A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Diodos – Parte III Retificadores Jadsonlee da Silva.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Diodos – Parte III Retificadores Jadsonlee da Silva."— Transcrição da apresentação:

1 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Diodos – Parte III Retificadores Jadsonlee da Silva Sá

2 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Retificadores  Diodo  Projeto de circuitos retificadores.  Diodo retificador  Fonte cc. v rede

3 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Retificadores  Retificador de meia onda.

4 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Retificadores  Retificador de meia onda. –Parâmetros importantes no projeto de um retificador: 1.Maior valor de corrente que o diodo pode conduzir. 2.Tensão de Pico Inversa – PIV  Maior valor de tensão inversa que pode aparecer no diodo.

5 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Retificadores  Retificador de onda completa. –Se v rede > 0  v S > 0, D 1 conduz e D 2 corte. –Se v rede < 0  v S < 0, D 1 corte e D 2 conduz. v rede I R circula sempre no mesmo sentido.

6 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Retificadores  Retificador de onda completa. –Determinação do PIV. •Considere apenas os semiciclos positivos – D 1 conduz e D 2 em corte. •A tensão no catodo de D 2 é v O e no anodo –v S. Então, a polarização inversa em D 2 será

7 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Retificadores  Retificador em ponte. –Implementação alternativa do retificador de onda completa. –O transformador não precisa ter derivação central. •É necessário ter dois diodos a mais.

8 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Retificadores  Retificador em ponte. –v S > 0, a corrente é conduzida por D 1, R e D 2. Enquanto que, D 3 e D 4 estão em corte. –v S < 0, a corrente é conduzida por D 3, R e D 4. Enquanto que, D 1 e D 2 estão em corte.

9 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Retificadores  Retificador em ponte. –Determinação do PIV. •Considere os semiciclos positivos.

10 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Retificadores  Retificador com capacitor de filtro (Retificador de pico). –O sinal na saída dos retificadores é variante – indesejável para circuitos eletrônicos. –Solução  Conectar um capacitor em paralelo com a carga.

11 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Retificadores  Retificador com capacitor de filtro (Retificador de pico). –Considere o circuito abaixo, onde v I é uma senóide com tensão de pico V P e o diodo é ideal.

12 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Retificadores  Retificador com capacitor de filtro (Retificador de pico). –Considere o circuito abaixo, onde v I é uma senóide com tensão de pico V P, um diodo ideal e um resistor. Determine v O.

13 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Retificadores  Retificador com capacitor de filtro. v I =v O i D =0 Tensão de Ondulação (ripple)

14 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Retificadores  Retificador com capacitor de filtro. –Durante o intervalo de corte, v O é dado por –No fim do intervalo de descarga, temos –Como RC » T, podemos aproximar e -T/RC ≈ 1 – T/RC. Então, temos

15 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Retificadores  Retificador com capacitor de filtro. –Determinando o intervalo de condução ∆t. –Como (w∆t) é um ângulo pequeno, podemos aproximar por –Então, temos

16 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Retificadores  Retificador com capacitor de filtro (Retificador de pico). –Retificador de pico de meia onda. –Os retificadores de onda completa podem ser convertidos como retificadores de pico – incluir um capacitor em paralelo com o resistor de carga.


Carregar ppt "Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Diodos – Parte III Retificadores Jadsonlee da Silva."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google