A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ÉTICA E RESPONSABILIDADE NO EXERCÍCIO PROFISSIONAL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ÉTICA E RESPONSABILIDADE NO EXERCÍCIO PROFISSIONAL."— Transcrição da apresentação:

1 ÉTICA E RESPONSABILIDADE NO EXERCÍCIO PROFISSIONAL

2 ÉTICA

3 Por que falar em ética ? Ética é fator determinante dos rumos de uma sociedade

4 A ética pode e deve ser incorporada pelos indivíduos, sob a forma de uma atitude prática diante da vida cotidiana, capaz de julgar criticamente os apelos acríticos da moral vigente. Mas a ética, tanto quanto a moral, não é um conjunto de verdades fixas, imutáveis; ela se move e, historicamente, se amplia e se adensa. Para se entender como isso acontece na história da humanidade, basta lembrar que, um dia, a escravidão foi considerada "natural". O que é a ética ?

5 É a ética necessária e importante? A ética tem sido o principal regulador do desenvolvimento histórico-cultural da humanidade. Sem ética, ou seja, sem a referência a princípios humanitários fundamentais, comuns a todos os povos, nações, religiões, etc.., a humanidade corre riscos reais de se despedaçar e, eventualmente, auto-destruir, uma vez que fica comprometido o relacionamento entre os povos.

6 Ética profissional, cidadã e universal Tudo até aqui afirmado e visto, sustenta que há uma relação direta entre os princípios que formam a ética universal do ser humano, a ética da cidadania e a ética do profissional ligado ao sistema CONFEA/CREA’s, até porque um profissional não é uma peça solta da cadeia de produção econômica. Cada profissional está vinculado à sociedade em que vive, constituindo-se num ser social e político, isto é, num cidadão.

7 Da identidade das profissões e dos profissionais: O objetivo das profissões e a ação dos profissionais volta-se para o bem-estar e o desenvolvimento do homem, em seu ambiente e em suas diversas dimensões: -como indivíduo, -nação e humanidade; -família, -comunidade, -sociedade, -nas suas raízes históricas, -nas gerações atual -nas gerações futuras. C ódigo de Ética Profissional - CEP do Engenheiro, Arquiteto e Agrônomo

8 Entidades De Classe As entidades, associações, instituições e conselhos integrantes da organização profissional são igualmente permeados pelos preceitos éticos das profissões e participantes solidários em sua permanente construção, adoção, divulgação, preservação e aplicação.. Código de Ética e Entidades de Classe

9 O bom funcionamento da Comissão de Ética na entidade contribui com o princípio do associativismo, tornando a entidade forte e legitima representante dos profissionais, em especial no que se refere da defesa de seus direitos e na melhoria do ambiente no exercício das profissões. As entidades de classe são corporações profissionais naturalmente compromissadas com a Ética. C ódigo de Ética e a Entidade de Classe

10 Comissão de Ética A.E.A.C. A Comissão de Ética da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Cascavel, é uma ferramenta auxiliar das câmaras especializadas de acordo com o regimento do CREA/PR, tem atribuição de iniciar o processo ético ante denúncia, tomando os depoimentos dos envolvidos visando instruir o processo, verificar, apontar e relatar a existência ou não da falta ética. A Comissão de Ética das entidades de classe só tem legitimidade se for contemplado no seu estatuto.A Comissão de Ética da A.E.A.C., existe desde C ódigo de Ética e a Entidade de Classe

11 Composição : Composição : A Comissão de Ética Profissional será apresentada em Assembléia Geral Ordinária da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Cascavel com os profissionais que estiverem em pleno exercício de seus direitos sociais e será composta de 02 (dois) membros representantes de cada modalidade profissional e pelo Presidente da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Cascavel. C ódigo de Ética e a Entidade de Classe

12 Processo Ético: -O processo terá seu inicio após ser protocolado na AEAC, e só será recebido com identificação, CPF, RG, assinatura e endereço do denunciante (deverá estar em envelope fechado endereçado à Comissão de ética da entidade ou ao presidente da mesma); -As reuniões da Comissão com os envolvidos serão em datas distintas; -Será feito o levantamento e análise dos dados, fatos e documentos levantados; -A comissão emitirá um parecer a respeito do problema; Código de Ética e a Entidade de Classe

13 Processo Ético: C ódigo de Ética e a Entidade de Classe -Ap ó s far á o encaminhamento para a Câmara especializada atrav é s do protocolo junto ao CREA PR, juntando todos os documentos anexados à denuncia); -A câmara especializada encaminhar á a comissão de é tica; -A comissão de é tica emitira um parecer, repassando para a câmara especializada, esta dever á emitir o parecer final, comunicando os arrolados; -Existe ainda a instancia de plen á rio do CREA PR onde pode haver recurso;

14 Processo Ético: C ódigo de Ética e a Entidade de Classe -Existe ainda a instancia de plenário do CONFEA onde pode haver recurso; -Após esgotados todas as instâncias, teremos o parecer final que pode contemplar as seguintes penalidade; Arquivamento, advertência reservada, censura pública, suspensão do registro, ou ainda o cancelamento definitivo do registro profissional; -A denúncia e seu encaminhamento será sigiloso não podendo ser emitido nenhum parecer antes do mesmo concluído.

15 Ações Preventivas 2008: AEAC/CREA-PR –Palestras UNIOESTE (Eng. Civil, Eng. Agrícola) – 300 acadêmicos. –Palestras FAG (Eng. Civil, Arquitetura, Agronomia, Mecânica, Telecomunicação e Controle e Automação) – 400 acadêmicos. –Palestras Cursos de Pós-graduação Eng. de Segurança do Trabalho na UNIOESTE – 100 profissionais –Palestras em Eventos das Associações: Foz do Iguaçu, Medianeira, Marechal C. Rondon, Toledo, F. Beltrão, Guarapuava, P Grossa, Castro. –Publicações em jornais, revistas, e boletins informativos; –Site. C ódigo de Ética e a Entidade de Classe

16 Ações Preventivas 2009: AEAC/CREA-PR –Palestras UTFPR de Toledo (Eng. Eletrônica) – 100 acadêmicos –Palestras UNIPAN Cascavel (Eng. De Produção) – 150 acadêmicos –Palestras semana acadêmica Eng. Civil da UNIOESTE) – 200 acadêmicos –Palestras para incentivo a criação da comissão de ética: Foz do Iguaçu, Medianeira, M C Rondon, Toledo. –FOLDER COMISSÃO DE ÉTICA; –Divulgação no Site. C ódigo de Ética e a Entidade de Classe

17 Ações Preventivas 2010: AEAC/CREA-PR Apresentação da comissão de ética na semana acadêmica do curso de Arquitetura da UNIPAR Cascavel. Palestra semana acadêmica da Eng. Civil UNIOESTE. Palestra sobre ética profissional nos cursos de Eng. Mecânica e Elétrica da UNIOESTE foz. Palestra sobre ética aos acadêmicos de Eng. Civil, Arquitetura, Agronomia e Eng. Ambiental da Faculdade UDC Foz. Apresentação da comissão de ética para Associação dos Eng. E Arq. de Palotina e Guaíra. Palestra sobre ética na semana acadêmica dos cursos da FAG Cascavel. Divulgação no site. C ódigo de Ética e a Entidade de Classe

18 Resultados – 40 casos analisados •CONCILIAÇÃO: 20 casos analisados: –10 casos com acordo entre as partes – termo de ajuste de conduta; –10 casos resolvidos na EC. C ódigo de Ética e a Entidade de Classe

19 JULGADOS e em JULGAMENTO - 19 casos julgados e denunciados ao CREA - 19 casos julgados e denunciados ao CREA –4 penas de advertência reservada; –2 penas de censura pública; –1 caso com pena aplicada de advertência reservada, porém o profissional ainda não foi localizado; –12 casos em andamento nas Câmaras Especializadas. - 1 caso em analise. (recente) C ódigo de Ética e a Entidade de Classe

20 • 2 casos de profissionais com mudança comprovada de comportamento; •De 39 casos, 20 deles foram bem resolvidos na base – 51%; •Conciliação melhor forma de resolver pequenos conflitos éticos. C ódigo de Ética e a Entidade de Classe Comentário

21 Conclusão: ÉTICA É ALGO QUE TODOS PRECISAM TER.... ALGUNS DIZEM QUE TÊM.... POUCOS LEVAM A SÉRIO.... É RARO OS QUE CUMPREM À RISCA...

22 Reflexão •Pode-se exercer com responsabilidade uma profissão, sem ética? •Sendo-se ético, pode-se exercer com irresponsabilidade uma profissão? •Em não sendo-se ético, como exercer com responsabilidade uma profissão?

23 Reflexão •Se não houver ética, e consequentemente nem responsabilidade, como manter um bom relacionamento com o cliente (com a sociedade)? •Em não havendo bom relacionamento numa sociedade, como construí-la?

24 ARQUITETA URBANISTA MARLI ANTUNES DA SILVA AOKI -PÓS GRADUADA EM ARQUITETURA DE INTERIORES. -ESPECIALISTA EM SUSTENTABILIDADE -INSPETORA DA ARQUITETURA CREA/CASCAVEL -PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS E ARQUITETOS DE CASCAVEL -EX DOCENTE CAU-FAG -ATUAÇÃO PROFISSIONAL – ARCH’3 ARQUITETURA E CONSTRUÇÕES LTDA. ÉTICA É RESPONSABILIDADE Obrigado....


Carregar ppt "ÉTICA E RESPONSABILIDADE NO EXERCÍCIO PROFISSIONAL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google