A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Www.literapiaui.com.br PROF. ALEX ROMERO. FUNÇÃO ESTÉTICA: ENTRETENIMENTO. EX. ROMANTISMO FUNÇÃO LÚDICA: ARTE PELA ARTE. EX. PARNASIANISMO  PREDOMINA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Www.literapiaui.com.br PROF. ALEX ROMERO. FUNÇÃO ESTÉTICA: ENTRETENIMENTO. EX. ROMANTISMO FUNÇÃO LÚDICA: ARTE PELA ARTE. EX. PARNASIANISMO  PREDOMINA."— Transcrição da apresentação:

1 PROF. ALEX ROMERO

2 FUNÇÃO ESTÉTICA: ENTRETENIMENTO. EX. ROMANTISMO FUNÇÃO LÚDICA: ARTE PELA ARTE. EX. PARNASIANISMO  PREDOMINA A CONOTAÇÃO / PLURISSIGNIFICAÇÃO;  POLISSEMIA / SENTIDO FIGURADO. FUNÇÃO COGNITIVA: CONHECIMENTO / VEROSSÍMIL FUNÇÃO POLÍTICA: SOCIAL. EX. REALISMO/MODERNISMO LEITURA / LITERATURA: PRAZER; CONSCIÊNCIA CRÍTICA; VISÃO SOCIAL E HUMANA; DIÁLOGOS EM DIFERENTES TEMPOS E ESPAÇOS; AGUÇA O CONHECIMENTO.

3 FUNÇÕES DA LINGUAGEM CONTEXTO Função Referencial / Denotativa CANAL Função Fática EMISSOR Função Emotiva / Expressiva MENSAGEM Função Poética RECEPTOR Função Conativa / Apelativa CÓDIGO Função Metalinguística FEEDBACK EXPLICAÇÃO DA LINGUAGEM IMPERATIVO CONVENCER 2º PESSOA 1º PESSOA SUBJETIVIDADE DIÁLOGO INFORMAÇÃO / OBJETIVIDADE / JORNALÍSTICO VOCABULÁRIO / ARTE/ FORMA CONCEITOS DA LÍNGUA TESTE CONOTAÇÃO

4 TROVADORISMO ERA MEDIEVAL COMPOSIÇÕES ACOMPANHADAS DE MÚSICA: • CANTIGAS LÍRICAS (AMOR / AMIGO) • CANTIGAS SATÍRICAS ( ESCÁRNIO / MALDIZER) HUMANISMO POESIA PALACIANA SEM MÚSICA (RIMA E MÉTRICA); PROSA DIDÁTICA E HISTORIOGRÁFICA; TEATRO VICENTINO: SIMPLES, CRÍTICO, ALEGÓRICO, MORALIZANTE, POPULAR.

5 CLASSICISMO – SÉCULO XVI ERA CLÁSSICA CULTURA GRECO-ROMANA / UNIVERSALISMO; ANTROPOCENTRISMO / HARMONIA / EQUILÍBRIO; OBJETIVIDADE / FORMALISMO / BELEZA; MITOLOGIA / MEDIDA NOVA. Luís Vaz de CAMÕES LÍRICO: MEDIDA VELHA E NOVA (SONETOS) / CONFLITO EU X MUNDO / NEOPLATONISMO. ÉPICO: “OS LUSÍADAS” - NACIONALISMO

6 QUINHENTISMO – SÉCULO XVI ERA COLONIAL • LITERATURA DE INFORMAÇÃO: DOCUMENTAL • LITERATURA JESUÍTICA: RELIGIOSA • CONFLITOS: DEUS X HOMEM / CÉU X TERRA; • DUALIDADES, BIFRONTISMO, ANGÚSTIA; • CULTISMO / CONCEPTISMO / REBUSCAMENTO; • GREGÓRIO (POETA) / PE. VIEIRA (SERMONISTA) BARROCO – SÉCULO XVII

7 ARCADISMO – SÉCULO XVIII ERA COLONIAL • ILUMINISMO / INCONFIDÊNCIA MINEIRA; • NEOCLASSICISMO / VIDA SIMPLES / HARMONIA; • PASTORALISMO / BUCOLISMO / CARPE DIEM. • POETAS LÍRICOS: TOMÁS A. GONZAGA / CLÁUDIO MANUEL DA COSTA / SILVA ALVARENGA; • POETAS ÉPICOS: BASÍLIO DA GAMA (O URAGUAI) / FREI DE SANTA RITA DURÃO (CARAMURU).

8 ROMANTISMO – SÉCULO XIX ERA NACIONAL • INDEPENDÊNCIA DO BRASIL / NACIONALISMO; • INDIANISMO / LINGUAGEM COLOQUIAL; • SUBJETIVIDADE / EGOCENTRISMO / MORTE; • ANTICLÁSSICO / TRISTEZA / MELANCOLIA; • IMAGINAÇÃO / SONHO / IDEALIZAÇÃO; • POESIA INDIANISTA-NACIONALISTA / POESIA DO MAL-DO-SÉCULO / POESIA CONDOREIRA.

9 ROMANTISMO – SÉCULO XIX ERA NACIONAL • ROMANCE LINEAR / FOLHETINESCO / BURGUÊS; • URBANO: COSTUMES DA BURGUESIA; • INDIANISTA: IDEALIZAÇÃO DA PÁTRIA; • HISTÓRICO: FATOS RELEVANTES E LENDAS; • REGIONALISTA: COSTUMES DO SERTÃO BRASILEIRO E LINGUAGEM TÍPICA DESTAQUE: JOSÉ DE ALENCAR

10 REALISMO / NATURALISMO – 2ª METADE DO SÉCULO XIX ERA NACIONAL • CIENTIFICISMO / SOCIALISMO X CAPITALISMO; • CRÍTICA À BURGUESIA / OBJETIVIDADE; • MENTALIDADE REFORMISTA DA SOCIEDADE, DO CLERO, DA ARTE / IRONIA / PESSIMISMO; • ANÁLISE PSICOLÓGICA DOS REALISTAS; • DETERMINISMO DOS NATURALISTAS; • ROMANCES DE TESE / ZOOMORFISMO.

11 REALISMO / NATURALISMO – PRINCIPAIS AUTORES • EÇA DE QUEIRÓS: SARCASMO, CRÍTICA AO CLERO E À BURGUESIA; • MACHADO DE ASSIS: IRONIA / PESSIMISMO / ANÁLISE PSICOLÓGICA E SOCIAL. • ALUÍSIO DE AZEVEDO: TESES CIENTÍFICAS E CRÍTICA SOCIAL. “O MULATO”/”O CORTIÇO” • RAUL POMPÉIA: ROMANCE CRÍTICO, SOCIAL, AUTOBIOGRÁFICO, IMPRESSIONISTA, FREUDIANO E TAINEANO. ”O ATENEU”

12 PARNASIANISMO – 2ª METADE DO SÉCULO XIX ERA NACIONAL PERFEIÇÃO FORMAL (rima / métrica) Olavo Bilac: “Príncipe dos poetas” Alberto Oliveira: “2º PRÍNCIPE DOS POETAS”; Raimundo Correia: MARCAS ROMÂNTICAS E SIMBOLISTAS. TEMAS: A MITOLOGIA; A HISTÓRIA; A NATUREZA; O AMOR SENSUAL; ALGUNS POEMAS SATÍRICOS (POLÍTICOS); A PÁTRIA (HINO DA BANDEIRA).

13 CRUZ E SOUSA: “CISNE NEGRO” • Sofrimento da condição humana / Morte • Espiritualização • Sofrimento (tragédia familiar / preconceito) • Obsessão pela cor branca... Missal – Broquéis – Faróis – Últimos sonetos ALPHONSUS DE GUIMARAENS: “SOLITÁRIO DE MARIANA” Dona mística – Kyriale – Câmara ardente • Morte da noiva / Paisagem fantasmagórica das cidades mineiras • Misticismo religioso PRINCIPAIS AUTORES SIMBOLISTAS Ó Formas alvas, brancas, Formas claras De luares, de neves, de neblinas!... Ó Formas vagas, fluidas, cristalinas... Incensos dos turíbulos das aras...

14 PRÉ – MODERNISMO: “Ecletismo literário” “OS SERTÕES” – Euclides da Cunha “CANAÔ – Graça Aranha Grupo passadista (realistas, naturalistas, parnasianos e simbolistas) X Grupo renovador (“Redescoberta do país” de uma perspectiva crítica)

15 MODERNISMO PORTUGUÊS 1ª FASE 1915/1927 REVISTA ORPHEU: SAUDOSISMO E RENOVAÇÃO / FERNANDO PESSOA, ALMADA NEGREIROS, MÁRIO DE SÁ- CARNEIRO E RONALD DE CARVALHO. 2ª FASE 1927/1940 REVISTA PRESENÇA: FILOSOFIA / ESTADO NOVO / EXISTENCIALISMO / JOSÉ RÉGIO, MIGUEL TORGA, BRANQUINHO DA FONSECA... 3ª FASE 1940/1960 GAIBÉUS – ALVES REDOL NEORREALISMO / FERNANDO NAMORA, FERREIRA E CASTRO, JOAQUIM PAÇOS D’ARCO. CONTEMPORÂNEA 1960 / ATUALIDADE AGUSTINA BESSA LUÍS, HERBERTO HÉLDER, ANTÔNIO LOBO ANTUNES E JOSÉ SARAMAGO.

16 MODERNISMO BRASILEIRO • Caráter anárquico, heroico e destruidor. 1ª FASE /1930 • Liberdade de expressão / Linguagem coloquial. • Valorização poética do cotidiano. • Nacionalismo / Paródias. OSWALD DE ANDRADE MÁRIO DE ANDRADE MANUEL BANDEIRA

17 N A C I O N A L I S M O MODERNISMO ROMANTISMO ● AFIRMAÇÃO DA IDENTIDADE PÁTRIA; ● VISÃO IDEALIZADA E UFANISTA. ● POSIÇÃO CRÍTICA E IRÔNICA DA REALIDADE BRASILEIRA; ● DISCUSSÃO DA IDEIA DE PÁTRIA.

18 POESIA: neossimbolismo / universal / preocupação com o destino dos homens, o estar-no-mundo; 2ª FASE /1945 • Formas tradicionais e livres / Ideologia social. CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE MÁRIO QUINTANA: ironia / humor / o cotidiano CECÍLIA MEIRELES • cotidiano / social • metalinguagem • musicalidade / mistério • subjetiva / universal

19 VINÍCIUS DE MORAES ( ) TEMAS E CARACTERÍSTICAS: “O poeta da paixão” - o amor místico (1ª fase) / o amor sensual (2ª fase); - o cotidiano / a denúncia social: “Operário em construção”; - Neossimbolista / religiosidade / misticismo / lirismo; - Retomada do soneto / Crise existencial / Coloquial; - Participação na música (compositor da Bossa Nova). PRINCIPAIS TEXTOS: Soneto de Fidelidade Soneto de Separação Soneto do Amor total A Rosa de Hiroshima Orfeu da Conceição (teatro) PRINCIPAIS OBRAS: • Cinco elegias • Poemas, sonetos e baladas • Livro de Sonetos • Para viver um grande amor (crônicas e poemas)

20 ESCOLA LITERÁRIA CARACTERÍSTICASAUTORES OBRAS MODERNISMO (Romance de 30) 1928 –A Bagaceira José A. de Almeida • Congresso regionalista do Recife (1926) • ROMANCE REGIONAL  sertão nordestino  zona da mata  Bahia: cacau/Salvador  Denúncia social • Neorrealismo crítico:  latifúndio, seca, coronelismo, violência, corrupção, exclusão • Romance Psicológico • Tensões políticas e ideológicas  Rio Grande do Sul GRACILIANO RAMOS • Vidas Secas • São Bernardo RAQUEL DE QUEIROZ • O Quinze • Memorial de Maria Moura JORGE AMADO • Capitães da Areia • Gabriela, Cravo e Canela • Tieta do Agreste • Dona Flor e seus Dois Maridos JOSÉ LINS DO REGO • “Ciclo da Cana-de- Açúcar” ÉRICO VERÍSSIMO • O Tempo e o Vento

21 PROSA: intimismo, sondagem psicológica (Clarice Lispector / Lygia Fagundes Teles) • Regionalismo universal / misticismo / linguagem e vocabulário inovadores (Guimarães Rosa) • Contos sociais e psicológicos (Dalton Trevisan) 3ª FASE / 2009 POESIA: geração que se opõe aos modernistas de 22 / social / Concretismo / Tropicalismo / Marginal... JOÃO CABRAL DE MELO NETO: “ENGENHEIRO DA PALAVRA” FERREIRA GULLAR / ADÉLIA PRADO / ANA CRISTINA TEATRO: social e crítico (Nélson Rodrigues) / popular, irreverente, alegórico e folclórico (Ariano Suassuna)

22 ESCOLA LITERÁRIA VANGUARDA CARACTERÍSTICAS VANGUARDAS MODERNISTAS Pós 1950 CONCRETISMO • Fim do intimismo /eu lírico • Geometrização; • Visualização da linguagem • Linguagem sintética • Palavra solta (som, forma, visual, carga semântica) TROPICALISMO •Iniciado em l967, a partir dos Festivais de Música Popular Brasileira da TV Record. •Proposta de uma postura nacionalista crítica e de ruptura formal. •Influenciados pelo Concretismo e Antropofagia.

23 3ª FASE: PÓS-MODERNISMO - TEATRO • Um dos nossos melhores dramaturgos / cronista da realidade; • Peças que provocam reações extremas como amor e ódio; • Retrata o cotidiano da classe média... seus vícios, aspectos desumanos (adultério, incesto, traição, loucura, suicídio,...) NÉLSON RODRIGUES ( ) polêmico e sarcástico Vestido de Noiva / Álbum de família / Beijo no asfalto / Toda nudez será castigada / Bonitinha, mas ordinária. “Nem todas mulheres gostam de apanhar, só as normais” / “O pudor é a mais afrodisíaca das virtudes” / “O dinheiro compra até o amor verdadeiro” / “Os homens mentiriam menos se as mulheres fizessem menos perguntas”.

24 DIAS GOMES ( ) O pagador de promessas (prêmio no Festival de Cannes e indicado ao Oscar em 1960) / O berço do herói (adaptado para Roque Santeiro ) / O bem amado (1962). • Social / crítico / moralizante / polêmico / popular e simples. Cineasta / dramaturgo / autor de novelas ARIANO SUASSUNA Auto da Compadecida / O santo e a porca (teatro) A pedra do Reino (romance) / Movimento Armorial • Um estudioso e defensor da cultura popular nordestina; • Aspecto moralizante / crítico / irreverência social /universal. o Dom Quixote nordestino

25 LITERATURA PIAUIENSE BARROCO/ NEOCLASSICISMO 1808 / 1866 ROMANTISMO 1866 / 1917 FASE ACADÊMICA 1917 / 1940 MODERNISMO 1940 / ? MERIDIANO 1950 VANGUARDISTASCLIPPÓS-69/MIMEÓGRAFO UM CONCEITO EM CONSTRUÇÃO / ESTUDOS CRÍTICOS SOMENTE A PARTIR DO SÉCULO XX

26 PROSA / FICÇÃO FRANCISCO GIL CASTELO BRANCO: “ATALIBA, O VAQUEIRO” – ROMANTISMO – 1º ROMANCE DO PIAUÍ ABDIAS NEVES: “UM MANICACA” – REAL-NATURALISMO FASE ACADÊMICA / 1º ROMANCE SOBRE TERESINA O.G. REGO DE CARVALHO: GERAÇÃO MERIDIANO / SOCIAL / OEIRAS / INTROSPECÇÃO / CONCISÃO ASSIS BRASIL: “BEIRA RIO BEIRA VIDA” / SOCIAL VANGUARDISTA / REGIONALISMO UNIVERSAL FONTES IBIAPINA: VANGUARDISTA / REGIONALISTA / SOCIAL E CRÍTICO (“PALHA DE ARROZ”) – 2º ROMANCE SOBRE TERESINA00

27 POESIA PIAUIENSE OVÍDIO SARAIVA: “POEMAS” - NEOCLASSICISMO LEONARDO DA SENHORA DAS DORES CASTELO BRANCO: “A CRIAÇÃO UNIVERSAL” – BARROCO / “O ÍMPIO CONFUNDIDO” - ROMANTISMO DA COSTA E SILVA: “SANGUE” / “ZODÍACO” “PANDORA” - FASE ACADÊMICA / PREDOMINA SIMBOLISMO / FORMA PARNASIANA HERMÍNIO CASTELO BRANCO: “LIRA SERTANEJA” – ROMANTISMO / CORDEL / COSTUMES

28 H. DOBAL: “O TEMPO CONSEQUENTE” – MODERNISTA GERAÇÃO MERIDIANO / SOCIAL / ORALIDADE MÁRIO FAUSTINO: “O HOMEM E SUA HORA” VANGUARDISTA / CLÁSSICO E MODERNO GRAÇA VILHENA / PAULO MACHADO / SALGADO MARANHÃO: MIMEÓGRAFOS OU PÓS-69 TORQUATO NETO: “OS ÚLTIMAS DIAS DE PAUPÉRIA” - VANGUARDISTA / LÍRICA SOCIAL / TROPICALISMO / IRREVERÊNCIA CRÍTICA HARDI FILHO: “ESTAÇÃO 14” / “SUICÍDIO DO TEMPO” – CLIP / LÍRICA AMOROSA.

29 ALGUNS REPRESENTANTES CONTEMPORÂNEOS Salgado Maranhão (lirismo amoroso-erótico / social / cotidiano / metalinguístico – “Sol Sanguíneo”) Airton Sampaio (contista social e crítico – “Contos da terra do sol”) Graça Vilhena (contista lírico-social / poeta – “Em todo canto”) Oton Lustosa (romancista - “Vozes da ribanceira”) Anfrísio Lobão (“Mandu Ladino” – romance histórico) TEATRÓLOGOS DE DESTAQUE: JÚLIO ROMÃO (“A MENSAGEM DO SALMO”) / FRANCISCO PEREIRA DA SILVA (“RAIMUNDA PINTO SIM SENHOR”) / GOMES CAMPOS (“AUTO DO LAMPIÃO NO ALÉM”) “Canário da terra” / “O jornaleiro de gesso”


Carregar ppt "Www.literapiaui.com.br PROF. ALEX ROMERO. FUNÇÃO ESTÉTICA: ENTRETENIMENTO. EX. ROMANTISMO FUNÇÃO LÚDICA: ARTE PELA ARTE. EX. PARNASIANISMO  PREDOMINA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google