A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Capitulo IX Bem-Aventurados os Que São Brandos e Pacificos 1Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Capitulo IX Bem-Aventurados os Que São Brandos e Pacificos 1Nucleo Espirita "A Caminho da Luz""— Transcrição da apresentação:

1 Capitulo IX Bem-Aventurados os Que São Brandos e Pacificos 1Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"

2 Items • Injurias e violências • Intru ções dos Espiritos: a afabilidade e a doçura • A paciência • Obediência e resignação • A coléra Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"2

3 Injúrias e Violências •Bem-aventurados os que são brandos e pacificos, porque possuirão a terra. (S. MATEUS, Cap. V, v.4) •Bem-aventurados os pacificos porque serão chamados filhos de Deus. (Id., v.9) Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"3

4 Segundo o dicionário Aurélio Século XXI: Brando (Do lat. blandu ) Adj. 1. Que cede facilmente à pressão; mole, tenro, macio; flexivel. 2. Meigo, manso: os brandos olhos da menina. 3. Suave, doce, ameno: vento brando. 4. Que não tem, ou em quem não há energia; frouxo: atitudes brandas. 5. Lento, vagaroso, frouxo: Anda a passos brandos. Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"4 Brandos e pacificos?

5 Mansos e Pacíficos? Manso (Do lat. vulg. Mansu, der. regress. de mansueto, “ domesticado ”. ) Adj. 1. De g ê nio brando, ou índole pacífica; bondoso, pacato: rapaz manso. 2. Sereno, sossegado, tranquilo, quieto: á guas mansas. 3. Domesticado, amansado: Cavalo manso. 4. Não silvestre. Cultivado: pinheiro manso. Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"5

6 Pacifico (Do lat. pacificu. ) Adj. 1. Amigo da paz; sossegado, manso, tranquilo. 2. Que é aceito ou admitido sem discuss ão ou oposi ção : Seu prestígio eleitoral é coisa pacífica; É pacífica a elei ção dele para senador. 3. Relativo ou pertencente ao oceano Pacifico. ~ V. ponto pacifico. Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"6 Brandos e Pacificos?

7 Bem-aventurados os que são ao brandos e pacificos, porque possuirão a terra. (S. MATEUS, Cap. V, v.4) • Se Jesus nos disse que o verdadeiro reino é o Reino dos Céus, porque os brandos e pacificos possuirão a terra ? • Serão os brandos e pacificos indignos do Reino do Céu? Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"7 Mas o que Jesus quis dizer com isso?

8 Jesus quis nos recomendar que não dessemos mais valor aos bens da terra do que aos do céu. No nosso atual estágio evolutivo, precisamos da encarnação terrena para evoluir, e para cumprir a nossa encarnação, precisamos dos bens da terra. Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"8

9 Perguntas Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"9 Um navio esteve perdido por muitos meses, viajando por mares desconhecidos. De repente, a tripulação vê, exultante, um morro à sua frente, de onde sobressaía uma forca. Aliviados, os homens exclamam: “Graças a Deus! Chegamos à civilização! Qual é a ironia desse episódio?

10 Valores do mundo x valores cristãos Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"10

11 Por que entao Jesus disse bem-aventurados os brandos e pacificos? • Antigamente a lei da sobrevivência privilegiava o mais forte; imperava a lei da Selva – mais forte, mais violento. • Hoje ainda vigora a lei “do Gerson” – o “esperto” subsituiu o violento. Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"11

12 Jesus nos prometeu que a justiça será feita Assim na terra como no céu. Quando a lei do amor, da caridade, da fraternidade for regra no planeta, o forte não explorará o brando e pacifico; o esperto não tirará vantagem do manso, e a terra se tornará um mundo “feliz”, um planeta de regeneração. Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"12 Assim na Terra como no Ceu

13 Instruções dos Espiritos: A afabilidade e a doçura Ouvistes que foi dito aos antigos: Não matarás, e quem matar será réu no juízo. Pois eu vos digo que todo o que se irar contra o seu irmão será réu no juízo; e o que disser a seu irmão: raca, será réu no conselho; e o que disser: és louco, merecerá a condenação do fogo do inferno. (Mateus, V: 21 e 22.) Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"13

14 O que Jesus quis dizer? Por estas máximas, Jesus faz da brandura, da moderação, da mansuetude, da afabilidade e da paciência, uma lei. Condena, por conseguinte, a violência, a cólera e até toda expressão descortês de que alguém possa usar para com seus semelhantes. Ser afável e doce, predispõe a ser benevolente, educado, cortês, gentil. Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"14 Eloquência positiva é aquele que persuade com doçura, não com violência, ou seja, como um rei, não como um tirano. PascalPascal

15 Importância das Palavras Raca, era, entre os hebreus,um termo de desprezo que significa homem sem miolos, cabeca vazia, e se pronunciava escarrando e virando a cara. O que tem de tanta gravidade numa simples palavra para merecer tão severa reprovação? • sentimento contrário à lei do amor e da caridade • golpe desferido na benevolência recíproca e na fraternidade • depois da humildade para com Deus, a caridade para com o próximo é a lei primeira de todo cristão Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"15

16 Importância das Palavras Masaru Emoto, cientista japonês, demonstrou como o efeito de determinados sons, palavras, pensamentos, sentimentos alteram a estrutura molecular da água. A técnica consiste em expor a água a esses agentes, congelá-la -20 e depois fotografar -5 os cristais de água que se formam com o congelamento. Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"16

17 Importância das Palavras O Dr. Emoto colocou água entre dois alto- falantes que emitiam o som de uma oração e, após algum tempo, congelou a água e fotografou os cristais que se formaram. Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"17

18 Estudos do Dr. Masaru Emoto Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"18 Molécula de água na nascente Molécula de água exposta ao som de um “muito obrigado.”

19 Efeito dos sons sobre a água Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"19 Molécula de água exposta à energia do som da Ária para corda em Sol, de Bach A mesma molécula de água exposta ao som de um ROCK HEAVY METAL.

20 Instruções dos Espiritos: A paciência A Paciência é uma das virtudes mais difíceis de serem alcançadas. Ela consiste em suportar dores, infortúnios, infelicidades, insatisfações, com resignação. Paciência é também caridade. Dar esmolas aos pobres é a mais fácil de todas as formas de caridade. Há uma mais penosa, e mais meritória, que é perdoar os que Deus colocou em nosso caminho, para submeterem à prova a nossa paciência Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"20

21 A paciência No Evangelho Segundo o Espiritismo, um Espírito amigo, em Havre, 1862 nos diz que "a dor é uma benção que Deus envia aos seus eleitos. Sede pacientes, pois a paciência é também caridade e deveis praticar a lei da caridade, ensinada por Cristo e enviada por Deus. A caridade que consiste em dar esmolas aos pobres é a mais fácil de todas. Mas há uma bem mais penosa, e consequentemente bem mais meritória, que é a de perdoar os que Deus colocou em nosso caminho, para serem os instrumentos de nossos sofrimentos e submeterem à prova a nossa paciência." Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"21 Um homem é chamado paciente não porque foge do mal, mas porque aguenta um mal presente de forma honrosa; isto é, sem ficar indevidamente triste por isso. (S. Tomás de Aquino)

22 Obediência e resignação • Depois da humildade para com Deus, qual é a primeira lei de todo cristão? • Como o Espiritismo vê a paciência? • Como definir resignação, à luz do Espiritismo? • Como podemos aprender e desenvolver em nós essas duas virtudes? Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"22

23 O que é obediência? • Obediência (Do lat. Obedientia). S.f. 1. Ato ou efeito de obedecer. 2. Hábito de, ou disposição para obedecer. 3. Submissão à vontade de alguém; docilidade. 4. Sujeição, dependência. 5. Submissão extrema, vassalagem. Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"23

24 Obediência e resignação A obediência é o consentimento da razão; a resignação é o consentimento do coração, forças ativas ambas, porque carregam o fardo das provações que a revolta insensata deixa cair. É saber vivenciar os sacrifícios, as dificuldades, sem lamurias, mas com ações positivas e de amor. Tal como Jesus o fez. Obedeceu, resignou-se, mas agindo, trabalhando, exercitando a Lei de Amor. Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"24

25 A coléra Colera. (Do gr. chol é ra, pelo lat. Cholera, ‘ doença biliosa’,‘ira’.) S. f. 1. Impulso violento contra o que nos ofende, fere, indigna; ira, raiva, fúria, furor, zanga. 2. A ferocidade dos animais. 3. Fig. Ímpeto, agitação. Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"25

26 A coléra • O orgulho vos induz a julgar-vos mais do que sois, a não suportardes uma comparação que vos possa rebaixar, a vos considerardes, ao contrário, tão acima dos vossos irmãos, quer em espírito, quer em posição social, que o menor paralelo vos irrita. Que sucede então? Entregai-vos à cólera. • Pesquisai a origem desses acessos de demência passageira que vos assemelham ao bruto, fazendo-vos perder o sangue-frio e a razão; pesquisai e, quase sempre, deparareis com o orgulho ferido. Que é o que vos faz repelir, coléricos, os mais ponderados conselhos, senão o orgulho ferido por uma contradição? Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"26

27 o Ter uma postura de profundo respeito ao outro o Ter controle sobre os próprios pensamentos e impulsos o Conseguir perdoar o Nos defendermos sem vingança o Não responder o mal com o mal o Triunfar do mal com o bem Nucleo Espirita "A Caminho da Luz"27 Porém segundo Jesus, Nos devemos...


Carregar ppt "Capitulo IX Bem-Aventurados os Que São Brandos e Pacificos 1Nucleo Espirita "A Caminho da Luz""

Apresentações semelhantes


Anúncios Google