A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

COMÉRCIO VAREJISTA SBGC-RS. Realidade e Perspectivas do Varejo na Era do Conhecimento Lourdes Maria Ritt Diretora do Projeto ABC da SBGC-RS KM DO VAREJO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "COMÉRCIO VAREJISTA SBGC-RS. Realidade e Perspectivas do Varejo na Era do Conhecimento Lourdes Maria Ritt Diretora do Projeto ABC da SBGC-RS KM DO VAREJO."— Transcrição da apresentação:

1 COMÉRCIO VAREJISTA SBGC-RS

2 Realidade e Perspectivas do Varejo na Era do Conhecimento Lourdes Maria Ritt Diretora do Projeto ABC da SBGC-RS KM DO VAREJO

3 ...“as cidades comerciais, Atenas e Florença, haviam mudado este planeta para sempre: que seus valores e filosofia tinham cunhado as nossas sociedades, exatamente por serem comerciais; que somente o comércio pode trocar e distribuir conhecimento e que o comerciante consciente de sua importância criava ou trazia riquezas de todas as formas”. Fernando Pessoa, poeta português, in Sociologia do Comércio, IMPORTÂNCIA DO COMÉRCIO Capacidade de criar cultura e mudar o mundo

4 Varejo (português brasileiro) ou retalho (português europeu) é a venda de produtos ou a comercialização de serviços em pequenas quantidades, em oposição ao que ocorre no atacado. É a venda por retalho, como por partes de um todo, direto ao comprador final, o consumidor do produto ou serviço, sem intermediários.português brasileiroportuguês europeu atacado Segundo Kotler (2000), “todas as atividades de venda de bens ou serviços diretamente aos consumidores finais” são definidas como varejo. VAREJO - CONCEITO

5 Objetivo Geral Como as organizações varejistas do RS estão posicionadas no contexto da Sociedade do Conhecimento? Projeto ABC da SBGC-RS Comércio Varejista

6 2. Identificar quais as lacunas do conhecimento estão presentes no setor varejista gaúcho. Objetivos Centrais da Pesquisa 1. Identificar quais estratégias do conhecimento estão sendo aplicadas no setor varejista gaúcho.

7 3. Identificar quais as políticas públicas no contexto do conhecimento referentes à legislação, carga tributária, parcerias, linhas de pesquisa e entidades representativas favorecem o setor varejista gaúcho. 4. Identificar quais as práticas de gestão do conhecimento aplicadas nas organizações do varejo gaúcho são adequadas e eficazes. Objetivos Centrais da Pesquisa

8 Desenho da Pesquisa Unidade de análise: Lojas Varejistas associadas à FCDL/RS. Cidades participantes: 150 cidades do RS. Respondentes: Proprietário/Sócio/Empresário Gerente/Supervisor/ Diretor Amostra de lojas. Questionário com 30 questões, estruturado em 4 construtos, conforme os objetivos da pesquisa.

9 Análise dos Dados Análise realizada no programa SPSS (Statistical Package for the Social Sciences) versão Utilizou-se a média dos escores de importância e concordância para avaliar o perfil dos respondentes e essas foram plotadas em gráficos de barras ou colunas. A comparação entre os administradores superiores e a supervisão foi realizada através do teste t-Student. O nível de significância adotado foi de 5% (p≤0,05). Nível de confiança de 95%, a um erro de 0,4% Estatística e Mestre em Engenharia da Produção, Ceres Andréia Vieira de Oliveira

10 Caracterização da Pesquisa Tamanho da amostra final: 556 lojas Nº de cidades com respondentes: 65 Questionários rejeitados: 10, por falta de preenchimento ou com menos 50% das questões respondidas.

11 Caracterização da Amostra CaracterísticasNº Quest Quant.(%) 1. Sexo – n(%)526 Masculino264 (50,2) Feminino262 (49,8) 2. Idade (anos) – Média ± DP53240,1 ± 11,0 3. Anos empresa – Média ± DP47612,3 ± 9,4 4. Cargo – nº (%)514 Administração superior179 (34,8) Supervisão244 (47,5) Operacional (não considerado)91 (17,7)

12 Segmentos de Atuação Outros: bancos, agropecuária, combustível, planos de saúde, veterinária.

13 DISTRIBUIÇÃO PERCENTUAL DA AMOSTRA NAS MESORREGIÕES DO RS MESORREGIÕES 1 CENTRO OCIDENTAL (SANTA MARIA) 2 CENTRO ORIENTAL (LAJEADO) 3 METROPOLITANA DE PORTO ALEGRE 4 NORDESTE (CAXIAS DO SUL) 5 NOROESTE (SANTA ROSA) 6 SUDESTE (PELOTAS) 7 SUDOESTE (URUGUAIANA) Fonte: Wikipedia 14,9% 33,4% 5,0% 8,2% 1,9% 12,8% 23,9%

14 1º OBJETIVO ESTRATÉGIAS DO CONHECIMENTO

15

16 2º OBJETIVO LACUNAS DO CONHECIMENTO Setores Estratégicos do varejo

17 SETORES ESTRATÉGICOS DO VAREJO – GRAU DE IMPORTÂNCIA DOS PROCESSOS (INDICADOR PRIORIDADE) Obs.: Escore de 1 a 5, sendo 5 o maior grau de importância

18 3º OBJETIVO POLÍTICAS PÚBLICAS PARA O VAREJO

19 4º OBJETIVO PRÁTICAS DO CONHECIMENTO

20 4º OBJETIVO PRÁTICAS DO CONHECIMENTO – DIMENSÕES Treinamento (3,9 ); Atendimento ao Cliente; (4,05 ), Desempenho (4,12) Planejamento(3,93); Sistema de Informação(4,05 ); Estrutura Tecnológica compatível(4,13); PDVs (3,58) Melhorias(4,31); Internet (1,98); Informações e Conhecimento do Cliente (4,02); Campanhas/Promoções(4,15)

21 SÍNTESE DOS 4 OBJETIVOS DA PESQUISA

22  redução da carga tributária  integração da cadeia produtiva - simplificação do processo  diminuição da informalidade  criação de um 'Simples Trabalhista'  regras especiais de remuneração e jornada de trabalho Políticas de sustentação das vendas IDV Metas do governo para 2009: combate à informalidade, benefícios fiscais e linhas de financiamento.

23 Metas para Consolidação do Comitê Temático da Agenda ABC do Comércio Varejista. 2.Plano de Ação nacional com abrangência em outros estados com representação da SBGC. 3.Formatação do Kit do Varejo: Bibliografia; adequação do questionário; roteiro da pesquisa; estrutura do KM do Varejo; resultados alcançados no RS). 4.KM do VAREJO 2010: setembro/ Curso de GC para o Varejo.

24 “ O conhecimento acumula-se lentamente ao longo do tempo, formado e canalizado em determinadas direções por meio do acúmulo de centenas de decisões gerenciais tomadas em base diária. O conhecimento não ocorre apenas uma vez; ele renasce constantemente. As reservas de conhecimento nas organizações não são lagos isolados, mas fontes constantemente realimentadas pelo fluir de novas idéias, constituindo uma nova fonte perene de renovação corporativa”. Doroty Leonard-Barton, in Nascentes do Saber, Pensamento Final


Carregar ppt "COMÉRCIO VAREJISTA SBGC-RS. Realidade e Perspectivas do Varejo na Era do Conhecimento Lourdes Maria Ritt Diretora do Projeto ABC da SBGC-RS KM DO VAREJO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google