A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A REVOLUÇÃO BOLCHEVIQUE. Na época da Primeira Guerra Mundial desmoronou-se o Império Russo. Os revolucionários implantam na Rússia o primeiro Estado Socialista.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A REVOLUÇÃO BOLCHEVIQUE. Na época da Primeira Guerra Mundial desmoronou-se o Império Russo. Os revolucionários implantam na Rússia o primeiro Estado Socialista."— Transcrição da apresentação:

1 A REVOLUÇÃO BOLCHEVIQUE

2 Na época da Primeira Guerra Mundial desmoronou-se o Império Russo. Os revolucionários implantam na Rússia o primeiro Estado Socialista no mundo. O século XX começou com uma novidade que persistiu por décadas: a separação do mundo capitalista do mundo socialista.

3 O CZAR NICOLAU II E SUA FAMÍLIA

4 A monarquia absoluta, era ainda a forma de governo na Rússia no início do século XX. O czar Nicolau II, da dinastia Romanov, governava apoiado por uma aristocracia despótica. A economia era predominantemente agrária, com técnicas de cultivo primitivas. O proletariado urbano era mais organizado do que a burguesia.

5 BOLCHEVIQUES E MENCHEVIQUES Bolcheviques: (maioria), liderados por Lenin e Trotsky, radicais, socilistas ortodoxos. Mencheviques: (minoria), socialistas moderados que pretendiam reformas graduais. Sovietes: (espécie de sindicatos de camponeses, operários e soldados) organizavam a oposição em todo o país.

6 BOLCHEVIQUES LIDERADOS POR LENIN

7 Domingo Sangrento “Domingo Sangrento”, foi uma pacífica manifestação popular pedindo reformas que foi massacrada pelas tropas do czar em Petrogrado, em 9 de janeiro de Para acalmar os ânimos, o czar proclamou, em outubro de 1905, algumas liberdades cívicas e a liberdade de consciência, de reunião e associação. Nesse momento, foram criados os sovietes e a Duma.

8 DUMA: era a Assembleia ou Conselho russo. Foi criada em 1905, porém, no ano seguinte, o czar definiu que a Duma não teria autoridade para decidir quanto ao orçamento do império nem quanto à política externa. O czar também garantiu o direito de dissolver a Duma, caso achasse conveniente.

9 A MOBILIZAÇÃO OPERÁRIA: A mobilização operária russa remonta aos anos de 1860, quando ocorreu a emancipação dos servos. A Rússia tentava, desprender-se dos grilhões de um sistema que lembrava muito o feudalismo medieval. Na prática, os trabalhadores continuavam dependentes dos grandes proprietários de terra.

10 Aos poucos, timidamente, começou a existir uma mobilização operária. Com o crescimento de algumas cidades que concentravam as poucas indústrias russas, grupos de operários se uniram em busca de melhores condições de vida e trabalho. Seguindo as teorias revolucionárias de KARL MARX ( ), outros grupos passaram a se organizar.

11 No ano de 1900, começou a circular um jornal revolucionário, denominado ISKRA (A Centelha). O jornal teve importante papel na coesão dos marxistas russos e, posteriormente, contribuiu para um novo partido proletário. Um dos homens que concebeu o jornal era Vladímir Ilych Uliánov ( ), mais conhecido como Lênin (derivado do rio siberiano Lena).

12 ENSAIO GERAL (1905) Em 1904, a Rússia entrou em guerra contra o Japão, disputando o domínio sobre a Coreia e parte da Manchúria. O czar Nicolau II esperava, ao derrotar o Japão, ampliar o vasto controle russo sobre o Oriente.

13 DERROTA RUSSA NA GUERRA CONTRA O JAPÃO A vergonhosa derrota russa na guerra contra o Japão ( ) e o agravamento da crise interna levaram ao “Domingo Sangrento”, uma pacífica manifestação popular pedindo reformas que foi massacrada pelas tropas do czar em Petrogrado, em 9 de janeiro de 1905.

14 SEGUNDO LENIN FOI O ENSAIO GERAL PARA A REVOLUÇÃO

15

16 1917: REVOLUÇÃO SOCIALISTA No dia 27 de fevereiro de 1917 eclodiu uma revolução de tendência burguesa e liberal. Houve renúncia do czar e formação de um governo provisório, encabeçado pelo príncipe Lvov; a Pasta da Justiça estava nas mãos de Kerenski, logo transformado no grande líder do período. Foi estabelecida uma grande anistia, o que permitiu a volta dos líderes bolchevistas que estavam no exterior, entre os quais Lenin e Trotski. O governo provisório insistia na manutenção da Rússia na guerra. Em julho de 1917, Lvov foi substituído no comando do governo por Kerenski.

17 LENIN DISCURSA AOS PROLETÁRIOS

18 AS TESES DE ABRIL Lenin publicou em abril, as famosas Teses de Abril, que defendiam, entre outros pontos, uma “verdadeira” revolução para que o poder passasse às mãos do proletariado e que a Rússia saísse efetivamente da guerra. Em outras palavras, Lenin invocava “todo poder aos sovietes”. A queda de braços entre bolcheviques e mencheviques continuava. Entretanto, a população não estava contente com os rumos do Governo Provisório, comandado por Kerenski. Vários bolcheviques foram presos, entre eles, Trotski. Lenin fugiu para a Finlândia. Enquanto isso, o Partido Bolchevique se reunia e apenas Stalin ousava defender, na Rússia, a tese da tomada de poder.

19 REVOLUÇÃO DE OUTUBRO Trotski organizou a Guarda Vermelha, uma milícia popular revolucionária. Os bolcheviques estavam infiltrados nos sovietes. No dia 25 de outubro de 1917, o governo provisório foi deposto e o poder passa para o Conselho dos Comissários do Povo, liderado por Lenin.

20 PRIMEIRAS MEDIDAS: Organização do Exército Vermelho; Reforma agrária com o fim da propriedade particular; Nacionalização dos bancos; Administração das fábricas pelos operários; Adoção do monopartidarismo (comunista); Assinatura da paz em separado com a Alemanha em março de 1918, através do Tratado Brest- Litovsk. No mês de julho de 1918 foi executada a família do czar. Logo eclodiu uma violenta guerra civil, na qual defrontaram-se o Exército Branco (contra- revolucionário), apoiado por nações do exterior, e o Exército Vermelho (revolucionário). Em 1921 o Exército Vermelho, vitorioso, põe fim à guerra civil.

21 EXECUÇÃO DE NICOLAU II

22 A NOVA POLÍTICA ECONÔMICA (NEP) Para restabelecer a economia russa, em 1921 Lenin estabelece a NEP, cuja tônica foi a volta de certas práticas capitalistas: Acabaram-se as requisições forçadas na agricultura. Pequenas fábricas (com menos de 20 operários) foram desnacionalizadas. Foram permitidos salários desiguais. Foi incentivada a vinda de capitais estrangeiros. Foram organizadas cooperativas para comerciantes e agricultores. Em 1922 foi organizada a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS).

23 LENIN

24 OS PLANOS QUINQUENAIS Em 1924, com o falecimento de Lenin, dois importantes dirigentes russos disputaram o poder. Trotski, partidário da revolução permanente e de sua exportação para o exterior, e Stalin, que era adepto da revolução socialista em um só país. Com o apoio do Exército Vermelho, Stalin consegue o poder, no qual ficou até 1953, com o título de Secretário Geral do Partido Comunista. Trotski foi expulso de seu país e assassinado mais tarde (1940), no México, onde se encontrava exilado.

25 PLANOS QUINQUENAIS Stalin estabelece os Planos Quinquenais, coletivizando a agricultura, a indústria pesada, os bens de produção. Na agricultura surgiram dois tipos de cooperativas:

26 KOLKHOZES= terras trabalhadas coletivamente por seus habitantes, nas quais em pequenas faixas eram permitidas plantações particulares, cujos produtos podiam ser vendidos livremente. SOVKHOZES= controladas diretamente pelo Estado. Stalin governou ditatorialmente a URSS, eliminando em massa seus opositores.


Carregar ppt "A REVOLUÇÃO BOLCHEVIQUE. Na época da Primeira Guerra Mundial desmoronou-se o Império Russo. Os revolucionários implantam na Rússia o primeiro Estado Socialista."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google