A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sistema VDS | Departamento técnico | 1 Seminário técnico VDS 2013.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sistema VDS | Departamento técnico | 1 Seminário técnico VDS 2013."— Transcrição da apresentação:

1 Sistema VDS | Departamento técnico | 1 Seminário técnico VDS 2013

2 Sistema VDS | Departamento técnico | 2 Curso VDS Linha de troncoBotoneiras Portaria Terminais Botoneiras Vários acessos Conversor de vídeo Áudio/Vídeo Linha de tronco Avançado Linha de tronco CablagemVários ramais Amplificador Tipos de botoneira Modo Cablagem Telefone Monitores Manual técnicoPorquê VDS? Arquitetura geral do sistema VDS 1 Botoneira2 Botoneiras 2 Botoneiras + Portaria ÁudioVídeo Botão Direct CatálogoIntrodução Estrutura do curso Comercial Técnico Alimentação Relação de materiais Pull-up Elementos Programação Cablagem Digital Botão Direct Digital ÁudioVídeo Áudio Vídeo

3 Sistema VDS | Departamento técnico | 3 Porquê VDS?

4 Sistema VDS | Departamento técnico | – Direção de áudio "Habitação-Botoneira de rua" 3.6 – Direção de áudio "Botoneira de rua-Habitação" VDS 4+N "4 fios comuns + N fios de chamadas por habitação" "Chamada digital" 3 fios comuns O VDS é um sistema de áudio e vídeoporteiro de fácil instalação. Uma das suas principais características é o facto de não se utilizarem fios de chamada (sistema 4+N). Desta maneira, reduz-se o número de cabos do sistema. Os diferentes tipos de sinais (Áudio, Dados) são transmitidos através do mesmo cabo físico "L". Sistema VDS Porquê VDS? Fios de chamada (1 x Habitação) L : Dados e Áudio +, - : Alimentação 18 VDC 3 4 N6 N4 N5 N3 N2 N1 "N fios de chamada" N Não requer fios de chamada por habitação.

5 Sistema VDS | Departamento técnico | 5 Edifícios de até 199 apartamentos Moradias unifamiliares 1 Sistema VDS A chamada realiza-se, transmitindo um código de chamada digital por meio do amplificador VDS (através do fio "L"). Trata-se de um sistema ideal para edifícios residenciais (blocos individuais) e moradias unifamiliares. 199

6 Sistema VDS | Departamento técnico | 6 Instalação - Áudio: bus 3 fios. - Vídeo: bus de 3 fios + cabo coaxial (vídeo). - Distância máxima desde o primeiro ponto de acesso até à última habitação: 200 m. Funcionamento - Tipos de botoneiras: de botões, de teclado ou de teclado com display e diretório eletrónico. - Botoneiras com teclado: controlo de acesso por teclado ou com leitor de proximidade auxiliar. - Terminais: telefones e monitores VDS. Flexibilidade - Ampliação simples de terminais na habitação. - Ampliação com sistema MDS-VDS (fechamentos: entradas gerais para um ou vários blocos VDS). Características - Até 199 habitações. - Até 2 acessos de rua (botoneiras) + 1 Portaria. - Ligação automática. - Conversação secreta (1 canal de comunicação). - Tempo de abertura de porta programável. - Controlo de acesso por meio de teclado e leitor de proximidade (em botoneiras equipadas com teclado). Porquê VDS? Características principais Programação - Durante o processo de instalação, os terminais de habitação requerem uma programação simples, que é efetuada a partir da botoneira da rua. Mediante esta programação, a cada terminal (telefone ou monitor) é atribuído um código de chamada.

7 Sistema VDS | Departamento técnico | 7 Arquitetura Geral do Sistema VDS

8 Sistema VDS | Departamento técnico | 8 Instalação de ÁUDIO: 3 fios (+, -, L) Acesso principal "BOTONEIRA PRINCIPAL" Acesso secundário "BOTONEIRA SECUNDÁRIA" Bus VDS Bus VDS COAX Conversor VDS Ref Distribuidor Instalação de VÍDEO: 3 fios + coaxial (+, -, L, V,M) * * Caso se instalem 2 botoneiras de vídeo, será necessário um fio adicional destinado a ativar o conversor de vídeo (não importa se é ativado a partir da botoneira principal ou da secundária). Acesso principal "BOTONEIRA PRINCIPAL" Acesso secundário "BOTONEIRA SECUNDÁRIA"

9 Sistema VDS | Departamento técnico | 9 Instalação de ÁUDIO + Portaria Arquitetura Geral do Sistema VDS Portaria Bus VDS Portaria Bus VDS COAX Distribuidor de vídeo Instalação de VÍDEO + Portaria * Módulo de ligação de Portaria (Ref. 2492) Módulo de ligação de Portaria (Ref. 2492) O 2492 inclui um conversor de vídeo encastrado (não requer 2450) * Caso se instalem 2 placas de vídeo, será necessário um fio adicional destinado a ativar o conversor de vídeo (não importa se é ativado a partir da botoneira principal ou da secundária). Acesso principal "BOTONEIRA PRINCIPAL" Acesso secundário "BOTONEIRA SECUNDÁRIA" Acesso secundário "BOTONEIRA SECUNDÁRIA" Acesso principal "BOTONEIRA PRINCIPAL"

10 Sistema VDS | Departamento técnico | 10 Comunicações VDS disponíveis Arquitetura Geral do Sistema VDS Comunicação do Sistema VDS Bloco de Habitações Não é possível a intercomunicação entre habitações, independentemente de existir ou não portaria no sistema VDS. 1 Botoneira da Rua ↔ Habitação 2 Portaria ↔ Habitação Botoneira da Rua ↔ Portaria É permitido somente um canal de comunicação ao mesmo tempo. Botoneira da rua Portaria Habitação 1 Habitação

11 Sistema VDS | Departamento técnico | 11 Extensões com Sistemas MDS Arquitetura Geral do Sistema VDS Sistema VDS: - Bloco de habitações individual ou moradias unifamiliares - Máximo de 2 acessos + Portaria. Sistema MDS-VDS: - Múltiplos Blocos VDS ou Complexos de moradias unifamiliares - Múltiplas Entradas Gerais para todos os blocos. Sistema MDS-VDS - Exemplo de edifício (complexo de habitações): 2 entradas gerais para 2 blocos VDS de 99 habitações + 1 moradia unifamiliar MDS VDS MDS VDS MDS VDS MDS BLOCO VDS 99 habitações ENTRADA GERAL ENTRADA GERAL BLOCO VDS 99 habitações Moradia unifamiliar Interface MDS - VDS BLOCO VDS 199 habitações Sistema VDS Edifício de 199 habitações

12 Sistema VDS | Departamento técnico | 12 Manual técnico

13 Sistema VDS | Departamento técnico | 13 FERMAX publica Manuais técnicos para cada sistema, que contribuem para adquirir um profundo conhecimento das características e possibilidades do sistema. Os Manuais técnicos incluem um grande número de esquemas de instalação totalmente detalhados. Disponíveis em formato eletrónico (pdf) e em papel. Transfira o PDF do website da FERMAX (Secção de downloads -> Manuais) Manual técnico

14 Sistema VDS | Departamento técnico | 14 Linha de tronco do sistema VDS

15 Sistema VDS | Departamento técnico | 15 Linha de tronco do sistema VDS LINHA DE TRONCO DE ÁUDIO: 3 fios (+, -, L) +L-+L VDC Linha de Áudio e Dados Negativo BUS VDS Resistência PULL-UP 10 kOhm Resistência PULL-UP 10 kOhm Botoneiras ligadas por meio de uma barra de ligações

16 Sistema VDS | Departamento técnico | 16 Linha de tronco do Sistema VDS LINHA DE TRONCO DE ÁUDIO: BUS de 3 fios (+, -, L) Ponte de Configuração de Botoneira JP2 Principal ou Secundária 3 fios: + : +18 VDC L : áudio + dados - : negativo Principal Secundária Resistência PULL-UP 10 kOhm

17 Sistema VDS | Departamento técnico | 17 Linha de tronco do Sistema VDS LINHA DE TRONCO DE VÍDEO: 3 fios + coaxial (+, -, L, V,M) + 18 VDC Linha de Áudio e Dados Negativo +L-+L- BUS VDS + Resistência PULL-UP 10 kOhm COAXIAL 75  V: Vídeo M: Malha Ct: Controlo de Telecâmara (10 VDC) 2448 Distribuidor de vídeo

18 Sistema VDS | Departamento técnico | 18 Distribuidor de vídeo (1) Linha de tronco do Sistema VDS Distribuidor de vídeo de 2 saídas. Existem 2 ref. disponíveis para os Distribuidores de Vídeo: Ref. 2448: até 2 saídas de vídeo. Ref. 2449: até 4 saídas de vídeo. As restantes características são idênticas para ambos os modelos de distribuidores (número de terminais, ligação de alimentação elétrica,...) Distribuidor de vídeo de 4 saídas. Resistência de 75 Ohm Resistência de final de linha 75 Ohm. Cortar esta resistência em todos os distribuidores instalados, exceto no último, ao longo da linha de vídeo, a fim de adaptar corretamente a impedância.

19 Sistema VDS | Departamento técnico | 19 Distribuidor de vídeo (2) Linha de tronco do Sistema VDS Terminais 1, 5 (V,M). Permitem a inserção do distribuidor na linha de vídeo, seguindo um ligação em cascata. Ambos os terminais estão unidos entre si internamente. Terminais +18, 4. Entrada de alimentação. 2 opções para a alimentação elétrica: Opção (a): +18 VDC no terminal do distribuidor "+18". Com esta opção, o distribuidor está permanentemente ligado (+18 VDC tomados do bus VDS "+" fio). Esta opção é mais conveniente sempre que o módulo esteja a funcionar como "distribuidor de linha de tronco". Opção (b): Sinal de "Ct" (desde o monitor) no terminal do distribuidor "4". Neste caso, o sinal de Ct (+10 VDC) proveniente do monitor fornecerá a tensão necessária ao distribuidor, que se ligará somente no caso em que se tenha ativado o monitor correspondente. Esta opção é adequada para os distribuidores que estejam a ligar os monitores à linha de tronco. Duas vantagens excecionais: uma vida útil mais longa e, além disso, um consumo de alimentação mais baixo. Terminais 2, 6, 7, 8 (V,M). Saídas de vídeo. Utilizam-se para ligar:  Os terminais do monitor.  A linha de vídeo através dos ramais, quando existam várias linhas de tronco. (a) (b) Resistência de 75 Ohm. Por predefinição, esta resistência une V e M nos terminais "1" e "5". Durante a instalação, deve-se retirar (cortar) a resistência, a menos que o distribuidor esteja ligado ao final da linha de vídeo.

20 Sistema VDS | Departamento técnico | 20 LINHA DE TRONCO DE VÍDEO: BUS de 3 fios + coaxial Resistência PULL-UP 10 kOhm Monitor: 3 fios + coax +: 18 VDC L: Áudio + Dados Ct: Ativação do Distribuidor Coaxial (V,M) Bus VDS de 3 fios: +,-: 18 VDC L: Áudio+Dados Coaxial (V,M): Vídeo Alimentação do Distribuidor de vídeo O sinal de Ct (10 VDC) desde o monitor proporciona a alimentação necessária ao distribuidor através do terminal "4". Resistência de carga do distribuidor. Cortar a resistência de 75 Ohm em todos, menos no último distribuidor, para, deste modo, adaptar adequadamente a linha de vídeo. Não é necessário levar o fio negativo "-" até aos monitores, dado que ambos os terminais "-" e "M" estão unidos internamente no monitor. Deste modo, o sinal negativo "-" é alimentado até aos monitores por meio de uma malha do coaxial "M", que parte do distribuidor correspondente até cada monitor, dado que a distância no solo não é demasiado longa. Linha de tronco do Sistema VDS

21 Sistema VDS | Departamento técnico | 21 LINHA DE TRONCO DE VÍDEO - Conversor de vídeo Botoneiras VDS * Botoneira Principal * Botoneira Secundária Sinal de ativação do conversor de vídeo "S": Sempre que o amplificador da botoneira esteja ativado, o mesmo amplificador ativa o Conversor de Vídeo, enviando um sinal negativo para o conversor através do terminal "S", de maneira que a entrada "V" é unida à saída "Vo" deste modo. 2 ENTRADAS: V, Vi 1 SAÍDA: Vo Fio comum negativo unido por fora do conversor. O conversor seleciona o sinal de vídeo proveniente da correspondente botoneira ativa. Os restantes fios ("L" e "+") estão todo o tempo unidos entre si internamente. * Para a ligação dos terminais "S", podem utilizar-se tanto a botoneira principal como a secundária. Apenas uma das duas botoneiras tem de ser unida ao conversor através de "S".

22 Sistema VDS | Departamento técnico | 22 Linha de tronco do Sistema VDS Características do BUS VDS Recomenda-se a instalação em bus. Ligação em estrela: 4 linhas de tronco, no máximo. Distribuição em vários ramais Vários Ramais (até 4) Distâncias e Secções Distância máxima desde a botoneira até ao último terminal de cada ramal: 200 m. 200 m Resistência PULL-UP 10 kOhm Ligar uma resistência no final de cada ramal

23 Sistema VDS | Departamento técnico | 23 Linha de tronco do Sistema VDS Características do BUS VDS – Distribuição em vários ramais Ativação do Distribuidor Ativado permanentemente a 18 VDC (terminal +18) para distribuir o sinal de vídeo procedente da câmara de vídeo aos diferentes ramais. Ramal 1 Ramal 2 Ramal 3 Resistência de carga na saída livre Pode-se instalar uma resistência de 75 Ohm em qualquer uma das saídas de vídeo que estejam disponíveis, para terminar a linha de transmissão nesse ponto (saída sem uso) e evitar qualquer tipo de offset no sinal de vídeo. 75 Ohm Saídas do Distribuidor de vídeo 4 saídas de vídeo disponíveis - 3 saídas utilizadas neste caso - 1 saída não utilizada, livre Resistência de carga de 75 Ohm. Deixar a resistência neste caso específico, dado que manterá a resistência de 75 Ohm necessária para a linha a chegar.

24 Sistema VDS | Departamento técnico | 24 Linha de tronco do Sistema VDS Características do BUS VDS - Conceito Pull-up O VDS é um Sistema em BUS, o que significa que os cabos se encontram em paralelo ao longo da instalação. Os dois condutores paralelos comportam-se como um condensador que, combinado com a resistência do fio, constitui um circuito RC que altera os dados digitais. As perdas do fio causam uma queda de tensão que aumenta com a distância. Portanto, dependendo da distância que exista entre a botoneira da rua e os terminais, a magnitude do sinal nos últimos terminais poderá entrar em valores não reconhecíveis. (+, -) R R R C C - L Tempo L Dados Interrupção Ponto 18 V cc Apenas efeito de saída de modulação (queda de tensão não considerada) Efeito de fio completo (incluindo queda de tensão) Tempo L Curvas de inclinação ascendente Quedas de tensão máx. / Subidas de tensão mínimas + A inclinação ascendente converte-se em curva Programação de fios curtos Programação de fios longos Próximo da onda ideal T real T ideal T = comprimento de bit Ideal Real 18 V dc Circuito RC Ideal Real

25 Sistema VDS | Departamento técnico | 25 Linha de tronco do Sistema VDS Características do BUS VDS – Resistência Pull-up A fim de minimizar este efeito entre o fio de dados "L" e os de fornecimento de alimentação, é necessário inserir uma resistência de atuação entre "L" e "+" no final de cada ramal. (+, -) R R R C C - L + Resistência Pull-up R C + V cc i Tempo L 18 V dc Ideal Real sem Pull-up Real com Pull-up O sinal é forçado a aumentar mais rapidamente devido à resistência de atuação, dado que então é permitido um caminho adicional para o fluxo da corrente, pelo que o condensador se enche mais depressa e aumenta a inclinação da curva. Mais corrente a circular

26 Sistema VDS | Departamento técnico | 26 Botoneiras VDS

27 Sistema VDS | Departamento técnico | 27 BOTONEIRAS VDS Botoneiras VDS BOTONEIRA CITYLINE Fabricada utilizando um perfil contínuo. Previamente montada e cablada de fábrica. A encomenda deve realizar-se em função do tipo de chamada:  Botão  é necessário o pack de extensão de chamada  Teclado  "VDS DIRECT"  Teclado + display  "VDS DIGITAL" Arquitetura modular: moldura + módulos. Não montada nem cablada previamente de fábrica. Estão disponíveis vários módulos, que permitem dispor de:  Botão  NÃO é necessário o pack de extensão de chamada  Teclado  "VDS DIRECT"  Teclado + display  "VDS DIGITAL" Áudio Vídeo Áudio Vídeo DIGITAL Áudio Vídeo DIRECT BOTÃO CITYLINE Áudio Vídeo Áudio Vídeo  Perfil contínuo DIGITAL * DIRECT * BOTÃO BOTONEIRA SKYLINE  Moldura + módulos SKYLINE * O teclado para as botoneiras Direct e Digital Skyline não tem a mesma ref.

28 Sistema VDS | Departamento técnico | 28 Botoneiras VDS Ligação de teclado, pack de extensão de chamadas e/ou módulos de botões. Regulação do nível de áudio Aumentar o nível de Áudio Reduzir o nível de Áudio P4: Regulação do volume do sintetizador de voz e nível de monitorização de chamada. Seleção do idioma: seleciona o idioma para a mensagem de "porta aberta" reproduzida pelo sintetizador de voz. (disponível em 4 idiomas diferentes) JP2: Configuração com Botoneira "Principal" ou "Secundária". - Botoneira Principal: deixar a ponte no seu lugar (ajustes de fábrica). - Botoneira Secundária: retirar a ponte. - Instalações de 1 botoneira: Botoneira Principal: -- Instalações de 2 botoneiras: Botoneira Principal + Botoneira Secundária A programação dos terminais de habitação só pode efetuar- se a partir da botoneira "principal". Bornes de conexão: Ct: Sinal de ativação de câmara (10 VDC). L: Bus de Áudio e Dados VDS. S: Sinal de ativação do conversor de vídeo (negativo). B,B: Ligação do botão auxiliar para a abertura de porta. +12: saída auxiliar +12 VDC (0,4 A). C, No, Nc: Ligação do trinco (relé livre de potencial). +, - : Alimentação 18 VDC. Elemento principal das botoneiras VDS. Gere todas as funções da instalação: chamada, comunicação, abertura de porta, etc. City Classic Cityline / Skyline AMPLIFICADOR VDS Modelo mais antigo. Módulo de áudio ainda disponível. Câmara descontinuada. Microfone interno. Áudio Áudio e Vídeo Áudio Modelo novo, utilizado como padrão. Câmara encastrada no mesmo fechamento. Microfone externo (parte inferior da placa). 2 opções: modelo de Áudio ou de Áudio/Vídeo.

29 Sistema VDS | Departamento técnico | 29 AMPLIFICADOR VDS Botoneiras VDS Ligação de módulo ONE-TO-ONE (info LED): L2, L3, L4: entregam um negativo ao realizar-se a ação correspondente, ativando o LED ligado entre "Lx" e "+": L2 = LED de chamada L3 = LED de comunicação L4 = LED de abertura de porta Equilíbrio de áudio: regulação do equilíbrio entre os níveis de áudio ascendentes e descendentes. Este potenciómetro está protegido de fábrica com um autocolante "Q.C." circular e verde. Seleção do idioma: seleciona a língua para a mensagem de "porta aberta" reproduzida pelo sintetizador de voz. (disponível em 29 línguas diferentes) Bornes de Conexão: Ct: entrada ou saída, dependendo do JP3 (ver nota anterior para JP3). L: Bus de Áudio e Dados VDS. S: Sinal de ativação do conversor de vídeo (negativo). BS, - : Ligação do botão auxiliar para a abertura de porta. +12: saída auxiliar +12 VDC (0,4A). C, No, Nc: ligação do trinco (relé livre de potencial). +, - : Alimentação 18 VDC. : Botão integrado lateral esquerdo : Botão integrado lateral direito Entrada do microfone: ligação para o fio da cápsula do microfone. O microfone está situado fora do módulo do amplificador, na parte inferior do perfil da botoneira Cityline / Skyline Ajustes do nível de áudio:. Reduzir Áudio. Aumentar Áudio. Sintetizador de voz e som de chamada de confirmação. CONFIGURAÇÃO DE JUMPER JP2: AjustesPrincipal / Secundária: ESQUERDA = Botoneira Principal. DIREITA = Botoneira secundária. JP3: Ativação dos LED da câmara: ESQUERDA = LED acesos apenas enquanto a câmara esteja ligada. DIREITA = LED sempre apagados. JP4: Entrada / Saída de Modo do terminal Ct: ESQUERDA = Set de saída. Ct alimenta +10 VDC enquanto a câmara esteja ativa. DIREITA = Set de entrada. Ct pode receber 10 VDC para forçar a câmara a ligar-se. (por predefinição de fábrica, JP2, JP3 e JP4 ajustados na ESQUERDA) CN1: para a ligação de um dos seguintes elementos: - Teclado - Botões (até 3) - Pack de extensão de chamada (mais de 3 botões) CN2: Ligação de Porta-cartões SW1: Botão de Programação para o pack de ext. de chamada

30 Sistema VDS | Departamento técnico | 30 Amplificador VDS + Telecâmara Botões de chamada VDS CITYLINE. Botão. Botoneiras VDS Ligação do Amplificador  Botões: Até 3 botões de chamada: Se o número de botões for ≤ 3, os botões de chamada podem ser ligados diretamente no amplificador VDS sem utilizar nenhum módulo adicional. Mais de 3 botões de chamada: É necessário um pack de extensão de chamada para trabalhar juntamente com o amplificador VDS (1 pack por cada 8 ou 16 botões). Os botões de chamada serão ligados ao amplificador através do pack de extensão de chamada. PRÉ-CABLAGEM Até 3 botões PACK DE EXTENSÃO DE CHAMADA NÃO NECESSÁRIO Mais de 3 botões PACK DE EXTENSÃO DE CHAMADA NECESSÁRIO Botões integrados sem amplificador. Não será utilizado nenhum dos dois terminais de botões integrados (não ligados).

31 Sistema VDS | Departamento técnico | 31 Códigos de chamada atribuídos aos botões. O pack de extensão de chamada envia o código de chamada até ao amplificador quando o botão correspondente é premido. BOTONEIRAS CITYLINE VDS - Pack de extensão de chamada Botoneiras VDS Cabo de ligação entre o pack de extensão e o amplificador Códigos de chamada VDS: - Pack 1: Pack 2: (16+1, ). - Pack 3: (32 +1, ) Pack 13: ( ). Ligação de vários packs de extensão de chamada Se existirem mais de 16 botões, será necessário aplicar vários packs de extensão de chamada para fazer funcionar a totalidade dos botões: Fios de ligação entre Botões e o Pack de extensão de chamadas Ligação ao pack de extensão seguinte. 2008: pack de extensão de chamadas até 8 botões. Em alternativa ao pack de extensão de chamadas 2441, também está disponível o pack "2008", como versão mais simples do O 2008 pode gerir até 8 botões.

32 Sistema VDS | Departamento técnico | 32 BOTONEIRAS VDS CITYLINE – 2 botoneiras: ÁUDIO e VÍDEO Botoneiras VDS Botoneira Áudio 3 fios + Coax: +,-: 18Vdc L: Áudio+Dados Conversor de vídeo NÃO NECESSÁRIO Botoneira Vídeo Botoneiras ligadas utilizando simplesmente uma barra de ligações PrincipalSecundária

33 Sistema VDS | Departamento técnico | 33 Amplificador VDS + Telecâmara Módulos de botões BOTONEIRA VDS SKYLINE (botão) Botoneiras VDS Características principais - NÃO requerem o pack de extensão de chamadas. - Os módulos de botões (de 1 a 6 botões) podem ser interligados em cascada. - Os módulos de botões geram o código de chamada à habitação, que o amplificador envia até aos terminais através do bus por meio da linha de dados "L". PRÉ-CABLAGEM Ligação entre módulos de botões Módulos de botões Ligação do amplificador e primeiro módulo de botões Módulos de botões Ligação entre 2 molduras Skyline Cabo Ref. 2541

34 Sistema VDS | Departamento técnico | 34 BOTONEIRAS VDS SKYLINE – Módulos de botões Botoneiras VDS Módulos de botões simples Módulos de botões duplos Os módulos de botões geram o código de chamada à habitação automaticamente (sem necessidade de dispor do pack de extensão de chamada) Códigos de chamada VDS predefinidos: Exemplo: - Módulo 1 (4 botões duplos): 1 a 8 - Módulo 2 (4 botões duplos): 9 a 16 Cada módulo de botões dispõe de um código VDS configurado de fábrica Exemplo Atribuição predefinida Por predefinição, uma vez ligado, o amplificador Skyline pesquisa e deteta o número de módulos de botões que lhe estão ligados e atribuirá automaticamente um número específico (código de chamada) a cada botão, seguindo um padrão de sequência de acordo com a norma seguinte: de EM BAIXO À DIREITA até EM CIMA À ESQUERDA MAPEAMENTO Mediante a utilização da função "Mapeamento", é possível personalizar a atribuição dos códigos de chamada a cada botão, deste modo observando uma sequência diferente da configurada por predefinição de fábrica. O mapeamento é guardado na memória do amplificador. Existem 2 formas de configurar a atribuição de códigos por "mapeamento":  Programação inversa.  Programação sequencial. Exemplo de Mapeamento Atribuição de botões personalizados

35 Sistema VDS | Departamento técnico | 35 BOTONEIRAS VDS DIRECT Botoneiras VDS - NÃO necessita de pack de extensão de chamadas. O próprio teclado gera o código de extensão de chamadas enviado pelo amplificador através da linha de dados "L". PRÉ-CABLAGEM Amplificador VDS + Telecâmara Teclado - A chamada realiza-se quando se marca o código de chamada atribuído a cada habitação. -Adicionalmente, é possível ativar um código de acesso que permita acionar a abertura de porta (1 código para todos os utilizadores) Quando se utilizem botoneiras "Direct", deve instalar-se também uma Botoneira de Diretório com o propósito de mostrar aos restantes utilizadores todos os códigos de chamada atribuídos a cada habitação. Módulo de Teclado Ligação de amplificador e ligação de teclado Módulos de porta-cartões Luz de fundo do porta-cartões Ligação (luz do porta-cartões)

36 Sistema VDS | Departamento técnico | 36 BOTONEIRAS VDS DIGITAL Botoneiras VDS - NÃO É NECESSÁRIO o pack de extensão de chamadas. - O próprio teclado gera o código de chamada à habitação enviado pelo amplificador através da linha de dados "L". PRÉ-CABLAGEM Módulo de Teclado Módulo de Display Ligação de amplificador e ligação de teclado Amplificador VDS + Telecâmara Display VDS Digital com diretório digital que permite pesquisar os nomes de utilizador e chamar as habitações. Teclado Para marcar o código de chamada da habitação. Além disso, é possível configurar um código de acesso por cada utilizador que, assim, lhe permita abrir a porta (podem memorizar-se até 350 utilizadores). Ligações de Display e Teclado

37 Sistema VDS | Departamento técnico | 37 BOTONEIRAS VDS DIGITAL Botoneiras VDS DIRETÓRIO ELETRÓNICO Utilizando-se esta função, é possível armazenar até 350 utilizadores na memória interna. Armazenam-se os seguintes elementos por cada utilizador:  Nome (até 2 linhas).  Código de chamada.  Código do Telefone.  Código de abertura de porta (opcional). "CÓDIGO DE CHAMADA" Código de 4 dígitos Intervalo de 0001 a O visitante marcará o "código de chamada" para estabelecer uma chamada com esse utilizador. Os códigos de chamada não podem repetir-se. O "código de chamada" coincide internamente com um "código de telefone" específico (o código VDS real de 3 dígitos) para cada utilizador. "CÓDIGO DE TELEFONE" Correspondências com o código real do terminal da habitação que foi atribuído a cada terminal ao concluir o processo de instalação. De cada vez que se marca um "Código de chamada" de um utilizador existente, o módulo do amplificador envia um sinal ao seu "Código de telefone" correspondente, que foi previamente armazenado na memória interna. Em seguida, a solicitação de chamada é enviada através do fio "L" do bus VDS. Parâmetros de utilizador que são armazenados no Diretório eletrónico

38 Sistema VDS | Departamento técnico | 38 BOTONEIRAS VDS- Ligação de Trinco Botoneiras VDS Trinco de alterna Trinco de contínua C, No, Nc: Relé livre de potencial (máx. 2A) +12: Saída auxiliar 12 VDC (máx. 0,4 A) 12 VDC (máx. 0,4 A) 12 VAC (máx. 1,5A) Ponte entre "C" e "+12" VARISTOR

39 Sistema VDS | Departamento técnico | 39 Portaria VDS

40 Sistema VDS | Departamento técnico | 40 Portaria VDS Funções disponíveis: - Abertura de porta - Receção de chamadas desde as botoneiras da rua e das habitações. - Cada chamada recebida é mantida em "fila". É possível guardar até 20 solicitações de chamada "em fila" antes de serem atendidas. - Comunicação com as habitações. - Comunicação automática entre a portaria e as botoneiras. - Estabelecimento da comunicação entre as Botoneiras e as Habitações. Modos de funcionamento CENTRAL DE PORTARIA Os sistemas VDS permitem instalar, para além das botoneiras da rua áudio/vídeo, também uma Portaria. A portaria VDS pode funcionar em 3 modos diferentes: Modos Dia, Automático e Noite. O modo de funcionamento é configurado por meio do teclado da Portaria. Não Sim Modo Dia Sim Modo Automático Sim Não Modo Noite Para configurar o modo de funcionamento: Prima a tecla "A" seguida da tecla "3" repetidamente até completar todos os traços A333_ _ Modo Dia Utilize as teclas de seta (por baixo do display) para selecionar o modo desejado: Não é possível a intercomunicação entre habitações

41 Sistema VDS | Departamento técnico | 41 Portaria VDS CENTRAL DE PORTARIA com Acessos de vídeo Saída de vídeo da Botoneira Principal (V1-M) e Secundária (V2-M) para ligação ao monitor de CCTV Comunicação da Botoneira Principal Comunicação da Botoneira Secundária Ligação da Portaria Módulo de ligação de Portaria Portaria Saída para linha de tronco de instalação Interface da Portaria VDS Botoneira Principal Botoneira Secundária

42 Sistema VDS | Departamento técnico | 42 Portaria VDS CENTRAL DE PORTARIA - Intercomunicação Módulo de ligação de Portaria Portaria INTERCOMUNICAÇÃO RADIAL Comunicação entre a portaria e as habitações. Não há botoneiras da rua instaladas. Interface 2492 não requerida neste caso. Comunicação entre as habitações e a portaria Não é possível a intercomunicação entre habitações

43 Sistema VDS | Departamento técnico | 43 TIPO DE INSTALAÇÃO CABOS DE BUS MÓDULOS ADICIONAIS NECESSÁRIOS 1 BOTONEIRA 1 BOTONEIRA ÁUDIO3Ø 1 PORTARIA 3  MÓDULO ADAPTADOR DE PORTARIA VDS (2492) 1 BOTONEIRA VÍDEO3 + COAX  DISTRIBUIDOR DE VÍDEO (2448, 2449) 1 BOTONEIRA VÍDEO 1 PORTARIA 3 + COAX  MÓDULO ADAPTADOR DE PORTARIA VDS (2492)  DISTRIBUIDORES DE VÍDEO (2448, 2449) 2 BOTONEIRAS 2 BOTONEIRAS ÁUDIO3Ø 1 PORTARIA 3  MÓDULO ADAPTADOR DE PORTARIA VDS (2492) 1 BOTONEIRA VÍDEO 1 BOTONEIRA ÁUDIO 3 + COAX  DISTRIBUIDORES DE VÍDEO (2448, 2449) (não se requer módulo interruptor de vídeo) 1 BOTONEIRA VÍDEO 1 BOTONEIRA ÁUDIO 1 PORTARIA 3 + COAX  MÓDULO ADAPTADOR DE PORTARIA VDS (2492)  DISTRIBUIDORES DE VÍDEO (2448, 2449) 2 BOTONEIRAS VÍDEO3 * + COAX  INTERRUPTOR VDS DE VÍDEO (2450)  DISTRIBUIDORES DE VÍDEO (2448, 2449) 2 BOTONEIRAS VÍDEO 1 PORTARIA 3 * + COAX  MÓDULO ADAPTADOR DE PORTARIA VDS (2492)  DISTRIBUIDORES DE VÍDEO (2448, 2449) Ø BOTONEIRA (intercomunicação radial) 1 PORTARIA3Ø (módulo adaptador de portaria 2492 não requerido) VDS. Vista rápida da Cablagem e dos módulos adicionais *No caso em que se instalem 2 botoneiras de vídeo, será necessário um fio adicional a fim de ativar o conversor de vídeo (não importa se é ativado a partir da botoneira principal ou da secundária).

44 Sistema VDS | Departamento técnico | 44 Terminais

45 Sistema VDS | Departamento técnico | 45 Terminais TELEFONES e MONITORES Terminais específicos para o sistema VDS. É necessário programá-los para os colocar em funcionamento. Telefones VDS Monitores VDS Loft Citymax Loft Loft Compact iLOFT encastrado iLOFT iLOFT de superfície

46 Sistema VDS | Departamento técnico | 46 Terminais PROGRAMAÇÃO DOS TERMINAIS VDS PASSOS DE PROGRAMAÇÃO Prima o botão de chamada ou insira o código de chamada (nas botoneiras de teclado) que deseje atribuir ao terminal. É novamente emitido um som de confirmação. Colocar o telefone ou o monitor em modo de programação. IMPORTANTE: A programação dos terminais só pode realizar-se a partir da botoneira configurada como botoneira PRINCIPAL (JP2 na posição esquerda). 1 2 Terminais com um botão de programação: Prima o botão de programação Terminais com OSD: iLOFT e SMILE A programação também pode ser efetuada através do menu. * Nestes casos, não é necessária botoneira * Veja as instruções detalhadas no manual. Telefones iLOFT:

47 Sistema VDS | Departamento técnico | 47 Alimentação

48 Sistema VDS | Departamento técnico | 48 Instalações de Áudio Instalações de Vídeo + 18 VDC Fontes de alimentação FERMAX: Ref. 4812: 18 VDC/1,5 A (DIN 6) Ref. 4813: 12 VDC / 2 A (DIN6) Ref. 4830: 18 VDC/3,5 A (DIN 6) Ref. 4800: 12 VAC / 1,5 A (DIN4) (Trinco de alterna) Ref. 4810: 12 VAC / 1,5 A + 18 VDC 1,5 A (DIN10) + 18 VDC O modelo e a quantidade de fontes de alimentação a instalar dependem do tipo de instalação e do número de dispositivos que cada fonte deve alimentar. Alimentação

49 Sistema VDS | Departamento técnico | 49 PROGRAMADOR VDS PROGRAMADOR PARA O SISTEMA VDS (Ref. 3265)  Modo PnL: Botoneira Auxiliar. Permite programar os telefones/monitores da instalação e efetuar chamadas como se se fizessem a partir da botoneira da rua.  Modo L: Indica se o sistema está em repouso ou se há uma comunicação em curso. Também indica a tensão entre o L e o negativo.  Modo MON: Verifica a existência da Botoneira Principal.  Modo ESPIÃO: Mostra o tráfego de dados desde a instalação até ao elemento que esteja ligado de acordo com a tabela:  Este dispositivo pode ser ligado a qualquer ponto da instalação VDS: botoneira da rua, monitor, telefone ou outro ponto de ligação do Bus VDS.  O programador da instalação VDS é um dispositivo desenhado para serviços técnicos e instaladores que permite realizar uma verificação do estado de uma instalação VDS por meio das seguintes funções: Transfira o manual completo no nosso website

50 Sistema VDS | Departamento técnico | 50 Oferecer cotações - Orçamentar

51 Sistema VDS | Departamento técnico | 51 Orçamentar: Instalações de Áudio Instalações de Vídeo - Botoneira Áudio (1 ou 2) - Pack de extensão de chamadas (baseado no modelo de botoneira) - Caixa de encastrar ou de superfície - Trinco - Portaria VDS - Módulo de ligação de portaria Acessos Linha de tronco - Botoneira Vídeo (1 ou 2) - Pack de extensão de chamadas (conforme o modelo de botoneira) - Caixa de encastrar ou de superfície - Conversor de vídeo (se as duas botoneiras forem botoneiras de vídeo) - Trinco. - Portaria VDS - Módulo de ligação de portaria Primeiro passo! Desenho da instalação! - Telefones VDS Linha de tronco de alimentação N.º de fontes de alimentação de 18 VDC/3,5 A = VDS/ 80 Telefones Fontes de 12 VAC/1,5 A = se se utilizar o trinco de 12 VAC - Distribuidores de vídeo (2/4 saídas) - Monitores (a cores ou a preto e branco) - Conectores de monitor Orçamentar: N.º de fontes de alimentação de 18 VDC/3,5 A = VDS/ 40 Monitores Fontes de 12 VAC/1,5 A = se se utilizar o trinco de 12 VAC

52 Sistema VDS | Departamento técnico | 52 Orçamentar: Exemplo – 1 Botoneira Áudio VDS Skyline (botões) para 40 telefones Alimentação geral 1 x 4830 – Alimentação 18 VDC 3,5 A. 1 x 4800 – Alimentação 12 VAC 1,5 A. Acessos 2 x 7336 – Moldura S7 (6 V). 1 x 7415 – Módulo áudio VDS (H). 5 x 7371 – Módulo VDS 8 botões (H). 2 x 8857 – Caixa de encastrar S7. 1 x 8829 – Jogo de separadores. 1 x 2541 – Cabo de ligação. 1 x 3071 – 12 VAC Trinco. Linha de tronco 40 x 5601 – Telefone VDS iLOFT Exemplo – 1 Botoneira Áudio VDS Cityline Direct para 90 telefones Exemplo – 1 Botoneira Áudio VDS Cityline Digital para 90 telefones Alimentação geral 2 x 4830 – Alimentação 18 VDC 3,5 A. 1 x 4800 – Alimentação 12 VAC 1,5 A. Acessos 1 x 7308 – Botoneira áudio VDS Cityline S5 Direct. 1 x 7309 – Botoneira de Diretório S5. 2 x 8855 – Caixa de encastrar S5. 1 x 8829 – Jogo de separadores. 1 x 3071 – Trinco 12 VAC. Linha de tronco 90 x 5601 – Telefone VDS iLOFT. Alimentação geral 2 x 4830 – Alimentação 18 VDC 3,5 A. 1 x 4800 – Alimentação 12 VAC 1,5 A. Acessos 1 x 7303 – Botoneira Áudio VDS Cityline S7 Digital. 1 x 8857 – Caixa de encastrar S7. 1 x 3071 – Trinco 12 VAC. Linha de tronco 90 x 3390 – Telefone VDS LOFT Básico.

53 Sistema VDS | Departamento técnico | 53 Orçamentar: Exemplo – 1 Botoneira Vídeo ADS CityLine (botões) para 40 monitores P/B Alimentação geral 1 x 4830 – Alimentação 18 VDC 3,5 A. 1 x 4800 – Alimentação 12 VAC 1,5 A. Acessos 1 x – Botoneira de vídeo CP210 VDS CityLine S7. 1 x – Botoneira VP210 VDS CityLine S7. 3 x 2441 – Pack de extensão de chamadas. 2 x 8857 – Caixa de encastrar S7. 1 x 8829 – Jogo de separadores. 1 x 3071 – Trinco 12 VAC. Linha de tronco 40 x 3311 – Conector B/N VDS. 40 x 3314 – Conector Loft VDS. 20 x 2448 – Distribuidor de vídeo 2 saídas. Exemplo – 1 Botoneira Áudio VDS SkyLine Direct para 90 monitores a cores Alimentação geral 3 x 4830 – Alimentação 18 VDC 3,5 A. 1 x 4800 – Alimentação 12 VAC 1,5 A. Acessos 1 x 7421 – Módulo de vídeo VDS (H). 1 x 7439 – Módulo de teclado VDS Direct (H). 1 x 7448 – Módulo One-to-one (V). 2 x 7445 – Porta-cartões (H). 1 x 7444 – Porta-cartões (V). 2 x 7335 – Molduras SkyLine S6 (5 V). 2 x 8856 – Caixa encastrada S6. 1 x 8829 – Jogo de separadores. 1 x 3071 – Trinco 12 VAC. Linha de tronco 90 x 5620 – Monitor VDS iLoft. 90 x 5630 – Caixa de encastrar iLoft. 45 x 2448 – Distribuidor de vídeo 2 saídas. Exemplo – 1 Botoneira Vídeo VDS CityLine Digital para 90 monitores a cores Alimentação geral 3 x 4830 – Alimentação 18 VDC 3,5 A. 1 x 4800 – Alimentação 12 VAC 1,5 A. Acessos 1 x 7299 – Botoneira Áudio VDS CityLine S7 Digital. 1 x 8857 – Caixa de encastrar S7. 1 x 3071 – Trinco 12 VAC. Linha de tronco 90 x 6550 – Monitor 7’’ Smile VDS Basic. 90 x 6548 – Conector 7’’ Smile VDS 45 x 2448 – Distribuidor de vídeo 2 saídas.

54 Sistema VDS | Departamento técnico | 54 Orçamentar Exemplo – 2 Botoneiras Áudio VDS SkyLine (botões) para 40 telefones Exemplo – 2 Botoneiras Vídeo VDS SkyLine Direct para 90 monitores a cores Exemplo– 1 botoneira Vídeo e 1 botoneira Áudio CityLine Direct (ambas) para 90 monitores a cores Alimentação geral 3 x 4830 – Alimentação 18 VDC 3,5 A. 1 x 4800 – Alimentação 12 VAC 1,5 A. Acessos 1 x 7308 – Botoneira áudio S5 VDS CityLine. 1 x 7305 – Botoneira vídeo VDS CityLine S5 Direct. 2 x 7309 – Botoneira de Diretório S5. 4 x 8855 – Caixa encastrada S5. 2 x 8829 – Jogo de separadores. 2 x 3071 – Trinco 12 VAC. Alimentação geral 1 x 4830 – Alimentação 18 VDC 3,5 A. 2 x 4800 – Alimentação 12 VAC 1,5 A. Acessos 4 x 7336 – Moldura S7 (6 V). 2 x 7415 – Módulo áudio VDS (H). 10 x 7371 – Módulo VDS 8 botões (H). 4 x 8857 – Caixa encastrada S7. 2 x 8829 – Jogo de separadores. 2 x 2541 – Cabo de ligação. 2 x 3071 – Trinco 12 VAC. Linha de tronco 40 x 5601 – Telefone VDS iLOFT. Alimentação geral 3 x 4830 – Alimentação 18 VDC 3,5 A. 1 x 4800 – Alimentação 12 VAC 1,5 A. Acessos 2 x 7421 – Módulo de vídeo VDS (H). 1 x 7439 – Módulo de teclado VDS Direct (H). 1 x 7448 – Módulo One-to-one (V). 2 x 7445 – Porta-cartões (H). 2 x 7444 – Porta-cartões (V). 4 x 7335 – Moldura SkyLine S6 (5 V). 4 x 8856 – Caixa encastrada S6. 2 x 8829 – Jogo de separadores. 2 x 3071 – Trinco 12 VAC. 1 x 2450 – Módulo conversor de vídeo VDS. Linha de tronco 90 x 5620 – Monitor VDS iLoft. 90 x 5630 – Caixa encastrada iLoft. 45 x 2448 – Distribuidor de vídeo 2 saídas. Linha de tronco 90 x 6550 – Monitor 7’’ Smile VDS Basic. 90 x 6548 – Conector 7’’ Smile VDS 45 x 2448 – Distribuidor de vídeo 2 saídas

55 Sistema VDS | Departamento técnico | 55 Orçamentar Exemplo– 2 botoneiras VDS CityLine Direct (1 Áudio e 1 Vídeo) + Central de Portaria para 90 monitores a cores. Exemplo – Portaria para 40 telefones (sem botoneiras, sistema de intercomunicação radial). Alimentação geral 1 x 4830 – Alimentação 18 VDC 3,5 A. Acessos 1 x 2536 – Portaria VDS Citymax Linha de tronco 40 x 3393 – Telefone VDS LOFT Extra. Alimentação geral 3 x 4830 – Alimentação 18 VDC 3,5 A. 1 x 4800 – Alimentação 12 VAC 1,5 A. Acessos 1 x 7308 – Botoneira áudio S5 VDS CityLine. 1 x 7305 – Botoneira vídeo VDS CityLine S5 Direct. 2 x 7309 – Botoneira de Diretório S5. 4 x 8855 – Caixa encastrada S5. 2 x 8829 – Jogo de separadores. 2 x 3071 – Trinco 12 VAC. 1 x 2536 –Portaria VDS Citymax 1 x 2492 – Módulo de ligação de Portaria. Linha de tronco 90 x 5614 – Monitor de superfície VDS iLoft. 45 x 2448 – Distribuidor de vídeo 2 saídas.

56 Sistema VDS | Departamento técnico | 56 Perguntas? Obrigado pela sua atenção


Carregar ppt "Sistema VDS | Departamento técnico | 1 Seminário técnico VDS 2013."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google