A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PRP 7 ano geografia José Victor. A regionalização do território brasileiro A regionalização tem vários objetivos: Perceber as semelhanças e diferenças.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PRP 7 ano geografia José Victor. A regionalização do território brasileiro A regionalização tem vários objetivos: Perceber as semelhanças e diferenças."— Transcrição da apresentação:

1 PRP 7 ano geografia José Victor

2 A regionalização do território brasileiro A regionalização tem vários objetivos: Perceber as semelhanças e diferenças entre as regiões. Facilitar o levantamento de dados sobre aspectos populacionais, econômicos, sociais etc. Auxiliar no planejamento das políticas de governo (nacional, estadual ou municipal) ou de órgãos internacionais, como a ONU, para solucionar problemas existentes.

3 A regionalização do Brasil Proposta do IBGEProposta de Pedro Geiger

4 IBGE: A divisão regional de 1990

5 Baseada nas macrorregiões: combinação de elementos demográficos, econômicos e naturais; Divisão do território nacional em microrregiões,baseadas na influências dos centros urbanos; Esta é a divisão regional oficial atual.

6 Regionalização geoeconômica Legenda 1 Amazônia, 2 Centro-Sul, 3 Nordeste Imagem: Complexos Regionais / Raphael Lorenzeto de Abreu / GNU Free Documentation License

7 Regionalização geoeconômica Centro-Sul: região de maior importância econômica e política. Concentra a maioria da população, da riqueza e da produção industrial e agropecuária. Apesar disso, há desigualdades sociais, mais evidentes nas grandes cidades. Nordeste: a maioria da população vive em condições precárias, mesmo com melhorias econômicas apresentadas nos últimos anos. Amazônia: distingue-se pela presença da floresta amazônica e pela ocupação recente do território, que possui baixíssima densidade populacional. O avanço da agropecuária é o principal responsável pelo desmatamento na região.

8 Países que fazem fronteira com Brasil

9 Fronteiras continentais brasileiras Pouco aproveitamento econômico representado pelo contato territorial. História econômica quase sempre voltada para mercados transoceânicos. Concentração da população na faixa litorânea Concentração urbana próximo ao litoral Pouco ligação entre o interior do país com o litoral

10 Grande parte da população brasileira, concentra-se no litoral

11 O Uso de nossas fronteiras continentais

12 Fronteira marítimas

13 Zonas econômicas exclusivas (ZEE) A ZEE é uma área, em princípio, delimitada por uma linha situada a 200 milhas marítimas da costa, porém pode haver uma extensão maior; A ZEE separa as águas nacionais das águas internacionais; Serve como justificativa para utilização dos recursos, tanto vivos como não-vivos, e responsabilidade na sua gestão ambiental.

14 Faixa de fronteira Faixa interna de 150 km de largura, paralela à linha divisória terrestre do território nacional.

15 FORMAÇÃO DO ESTADO BRASILEIRO OS TRÊS PODERES NO BRASIL Legislativo Legislativo: Vereadores, deputados estaduais, deputados federais e senadores. Judiciário Judiciário: Juízes, desembargadores, ministros do supremo. Executivo Executivo: Prefeitos, governadores e presidente da república.

16 Os três poderes no Brasil

17 Território É uma porção do espaço definido por uma relação de poder. Área delimitada sob a posse de um animal, de uma pessoa (ou grupo de pessoas), de uma organização ou de uma instituição. A divisa, ou seja, a linha que separa os territórios são chamados de limites. Podem ser: Limites naturais: marcados pelos elementos naturais, tais como rios, montanhas, serras... Limites artificiais: marcados pelos elementos culturais, tais como ruas, estradas, placas...

18 Fuso Horário

19 Mudanças do fuso horário brasileiro De acordo com os parâmetros internacionais estabelecidos na elaboração dos fusos horários, o Brasil possui quatro fusos diferentes, visto que o país é cortado por quatro meridianos de 15°, sendo que o intervalo de cada meridiano corresponde a uma hora. O estado do Acre e a porção extremo oeste do Amazonas estavam a -5 horas em relação ao Meridiano de Greenwich e com -2 horas em relação ao horário de Brasília. Com as mudanças, esses territórios passaram a integrar -4 horas. Outra mudança se refere ao estado do Pará, que possuía a porção oeste no fuso -4 e a porção leste no fuso -3. Desde as modificações, todo o estado passou a pertencer ao fuso -3.

20 O principal motivo alegado foi o de adequar os horários dos programas televisivos exibidos em rede nacional, levando-se em consideração a faixa etária da população, pois esses programas seguem o horário de Brasília, que era duas horas adiantado em relação ao horário do Acre e da porção oeste do Amazonas. Nesse sentido, uma programação exibida às 23h na capital federal era transmitida às 21h nesses dois locais.

21 Fuso Horário oficial (após 2008)


Carregar ppt "PRP 7 ano geografia José Victor. A regionalização do território brasileiro A regionalização tem vários objetivos: Perceber as semelhanças e diferenças."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google