A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Interações Gênicas Quando dois ou mais pares de genes interagem para determinar uma característica. Esses genes se distribuem de forma independente durante.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Interações Gênicas Quando dois ou mais pares de genes interagem para determinar uma característica. Esses genes se distribuem de forma independente durante."— Transcrição da apresentação:

1 Interações Gênicas Quando dois ou mais pares de genes interagem para determinar uma característica. Esses genes se distribuem de forma independente durante a formação dos gametas.

2 Interações Gênicas Podem ser de vários tipos: 1.Interações não-epistáticas 2.Interações Epistáticas 3.Poligenia 4.Pleitropia

3 A proporção fenotípica em F₂ é igual à do diibridismo (9:3:3:1). Interação não-epistática A proporção 9:3:3:1 indica que agem dois pares de alelos, como ocorre no diibridismo clássico mendeliano. Diferença: Na interação gênica, em vez de duas características (cor e forma da ervilha, por exemplo), há apenas uma característica (forma da crista).

4 Muitas características nos seres vivos são determinadas dessa forma, como por exemplo, a forma da crista em galináceos. Em galináceos existem quatro tipos (fenótipos) de cristas: ervilha, rosa, noz e simples. Interação não-epistática

5 Depois de vários estudos de cruzamentos realizados entre galináceos com fenótipos diferentes, os cientistas concluíram que essas características eram condicionadas por dois pares de alelos R/r e E/e, que se segregam de forma independente durante a formação dos gametas. Interação não-epistática

6 A presença do alelo E (dominante) determina crista ervilha. A presença do alelo R (dominante) determina crista rosa. Se os dois alelos dominantes E e R estão presentes, há interação gênica e a crista é do tipo noz. A ausência de ambos os dominantes determina crista simples. Interação não-epistática

7 Quando duas aves heterozigotas (crista Noz) são cruzadas, a geração F1 obedece às seguintes proporções: Se cruzarmos dois indivíduos heterozigotos, com dois pares de alelos e obtermos a proporção 9:3:3:1, podemos concluir que trata-se de um caso de interação gênica com segregação independente. Interação não-epistática

8 Em F₂ a proporção de 9:3:3:1 pode ser obtida de forma simples:  O número 9 indica indivíduos com pelo menos um alelo dominante de cada par de alelos (E_R_: noz);  O número 3 indica indivíduos com apenas um alelo dominante de um dos dois pares de alelos (E_rr ou eeR_: ervilha ou rosa);  O número 1 indica indivíduos sem alelos dominantes (eerr: simples). Obs: Quando E e R estão presentes, o fenótipo produzido é diferente do fenótipo obtido quando só E ou só R está presente. Interação não-epistática


Carregar ppt "Interações Gênicas Quando dois ou mais pares de genes interagem para determinar uma característica. Esses genes se distribuem de forma independente durante."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google