A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

 Principal exame usado para o cálculo do valor da lente intra-ocular.  De contato ou não-contato (imersão).  Fornece o diâmetro axial ântero-posterior.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: " Principal exame usado para o cálculo do valor da lente intra-ocular.  De contato ou não-contato (imersão).  Fornece o diâmetro axial ântero-posterior."— Transcrição da apresentação:

1

2  Principal exame usado para o cálculo do valor da lente intra-ocular.  De contato ou não-contato (imersão).  Fornece o diâmetro axial ântero-posterior do olho e das estruturas intra-oculares.  Profundidade da câmara anterior.

3  Perpedicularidade das superfícies intra- oculares.  Melhor medida: picos alinhados e na máxima altura.  Ecos anômalos: patologias vítreas e ou retinianas → ecografia modo B.

4

5  ≠ > 0,3 mm entre os olhos.  ≠ > 0,2 mm no mesmo olho.  Ø axial 25,0 mm. − Principais erros: ∙ identação corneana inadequada, ∙ falta de alinhamento do feixe de U.S., ∙ estafiloma posterior, ∙ opacidades vítreas, ∙ irregularidade retiniana, ∙ dificuldade de fixação.

6  Importante para o sucesso da cirurgia: emetropia  Comprimento axial, ceratometria central, escolha da fórmula.  Erros refracionais: - 2,35D para cada mm em olhos médios - 3,75D para cada mm em olhos pequenos

7  1 ◦ geração ou teóricas (1967)  SRK (1980, regressão linear) - Erros nos olhos de tamanhos extremos.  SRK - II, 2◦ geração - Fator de correção (varia de acordo com comprimento do olho). - Impossibilidade de se conhecer a profundidade da CA.

8  SRK-T (fórmula adaptativa) - Excelente desempenho, principalmente em olhos míopes.  Hoffer-Q (personalização CA) -Excelente em olhos hipermétropes, principalmente L < 22 mm.  Holladay II (1996) - 7 parâmetros para o cálculo daLIO. - Excelente para olhos hipermétropes.

9  Olhos pequenos(L < 22 mm): Holladay II ou Hoffer Q.  Olhos médios(L entre 22 e 24,5 mm):média das 3: Hoffer, Holladay II e SRK-T.  Olhos medianamente longos(L entre 24,5 e 26 mm): Holladay ou SRK-T.  Olhos longos(L > 26 mm): SRK-T.

10  Alta Miopia - L ≥ 27 mm - Cuidados: localização da mácula na presença de estafiloma.  Alta Hipermetropia - Cuidados: não aplanar a córnea. - < 20,5 mm com LIO ≥ 30D: implante de 2 LIOs (Piggyback).

11  ≠ velocidade do U.S. de acordo com o material da LIO. ∙ + 0,4mm ø axial - implantes PPMA ∙ + 0,2mm ø axial - lentes acrílicas ∙ - 0,6mm ø axial - lentes de silicone

12  que o normal.  saber qual o tipo de óleo.  considerar a permanência ou não de silicone na cavidade vítrea. - erro hipermetrópico médio de 4D no PO - miopização de 2 a 5D se o óleo é removido.  utilizar somente lente acrílica ou de PPMA.  LIO de pelo menos 6,0 mm ø

13  fator + importante e principal causa de erro: o valor da ceratometria final pós- transplante.  ceratometria média PO: ceratometria do olho doador e da técnica cirúrgica.  utilizar a média ceratométrica do cirurgião.

14  Fator + importante: crescimento do globo ocular.  Esperar sempre uma natural miopização.  Tendência: manter a hipermetropia, para não causar alta miopia na idade adulta.  Cuidado: hipermetropia é ambliogênica.  Crianças < 1 ano: usar ceratometria média do adulto (44,0D).

15  Calcular a LIO para emetropia ou pequena hipermetropia: melhor conforto e tolerância, principalmente em distância intermediária.

16  Aplanamento córnea central.  Preferência pela ceratometria através da topografia.  Não há fórmula ideal para ceratometria tão baixas → hipermetropia residual.  Cálculo da ceratometria por 3 métodos e utilizar a medida mais plana: › Método da lente de contato dura. › Método da ceratometria derivada. › Método do Effective Refrative Power.

17  Aplanação somente da superfície anterior da córnea.  Após o cálculo da ceratometria, subtrair 14 a 25 % do equivalente esférico do efeito refrativo proporcionado pela cirurgia.

18  Não-contato (interferometria de coerência óptica).  2 feixes de laser de diodo c/ pequeno atraso ao longo do eixo visual.  Comprimento axial, ceratometria, profundidade da câmara anterior, perimetria corneana.  Indicações: olhos c/ óleo de silicone, miopia extrema c/ estafiloma posterior.  Limitações: falta de colobaração do pcte, opacidade dos meios ópticos.

19

20


Carregar ppt " Principal exame usado para o cálculo do valor da lente intra-ocular.  De contato ou não-contato (imersão).  Fornece o diâmetro axial ântero-posterior."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google