A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CAPÍTULO III 2 Aula. ESPÍRITOS ERRANTES E MUNDOS TRANSITÓRIOS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CAPÍTULO III 2 Aula. ESPÍRITOS ERRANTES E MUNDOS TRANSITÓRIOS."— Transcrição da apresentação:

1 CAPÍTULO III 2 Aula

2 ESPÍRITOS ERRANTES E MUNDOS TRANSITÓRIOS

3 SIGNIFICADO DA PALAVRA ERRAR Cometer erro em, Equivocar-se, Enganar-se Andar de um lado para o outro, Vaguear, Perambular

4 ESPÍRITOS ERRANTES, SÃO ESPÍRITOS, QUE ESTANDO DESNCARNADOS, SE ENCONTRAM EM DIFERENTES MORADAS, AINDA ESPERANDO POR NOVAS REENCARNAÇÕES.

5 Livro dos Espíritos Allan Kardec Classificação dos Espíritos quanto ao estado que se encontram Espíritos encarnados – quer dizer, unidos a um corpo; Espíritos errantes – isto é, livres do corpo material e esperando uma nova encarnação para se melhorarem; Espíritos Puros – perfeitos, e não tendo mais necessidade de encarnação.

6 MORADA Estado de felicidade ou infelicidade que o Espírito desfruta na erraticidade

7 É no estado de Espírito errante, sem o véu material do corpo que o vestia, que o Espírito percebe suas existências anteriores e os erros que o afastam da perfeição e da felicidade infinita. É então, que escolhe novas provas, a fim de progredir mais rápido. Aos Espíritos errantes é dada a gloriosa oportunidade do aprendizado, mas é na existência corporal que ele põe em prática as novas idéias que adquiriu.

8 Na situação errante como na corpórea, os Espíritos tendem a formar núcleos coletivos onde interagem e acabam por formar seus próprios ambientes. A Lei da Afinidade é que rege essa questão, visto que os Espíritos afins se buscam.

9 Mundos Transitórios São mundos que servem de estações ou ponto de repouso aos Espíritos Errantes. São mundos particularmente destinados aos seres errantes, mundos que lhes podem servir de habitação temporária, espécies de acampamentos. São entre os outros mundos, posições intermédias, graduada de acordo com a natureza dos Espíritos que a elas podem ter acesso e onde gozam de maior ou menor bem-estar.

10

11 PROGRESSÃO DOS MUNDOS Santo Agostinho O progresso é uma das leis da natureza. Todos os seres da Criação, animados ou inanimados, estão submetidos a ela, pela bondade de Deus, que deseja que tudo se engrandeça e prospere. A própria destruição, que parece, para os homens, o fim das coisas, é apenas um meio de levá-las, pela transformação, a um estado mais perfeito, pois tudo morre para renascer, e nada volta para o nada.

12 DESTINAÇÃO DA TERRA

13 A Terra chegou a um dos seus períodos de transformação e vai passar de um mundo expiatório a mundo regenerador O Homem sairá da Terra para mundos mais felizes Mas, como a Natureza não da saltos, situações difíceis acontecerão para essa transformação Só ficarão aqui espíritos que tiverem merecimento para viver em um mundo mais civilizado Os indivíduos trabalharão primeiro para o bem coletivo e depois pensando na individualidade E quem persistir no bem, não se deixando levar pelas imperfeições, poderá encontrar a paz de espírito que tanto busca

14 A Terra não deve ser transformada por um cataclismo que aniquilaria subitamente uma geração. A geração atual desaparecerá gradualmente, e a nova sucederá do mesmo modo, sem que haja mudança na ordem natural das coisas. Jesus disse “ Eu vos digo, em verdade, que esta geração não passará sem que esses fatos tenham se cumprido ”. Assim, aqueles que esperarem ver uma transformação se operar por efeitos sobrenaturais e maravilhosos, serão decepcionados. A Gênese Cap XVIII Item 27

15 A multiplicidade das causas de destruição é um sinal característico dos tempos, porque elas devem apressar a eclosão de novos germes. São folhas de outono que caem, e às quais sucederão novas folhas cheias de vida, porque a Humanidade tem suas estações, como os indivíduos têm suas idades. As folhas mortas da Humanidade caem levadas pelas rajadas e golpes do vento, mas para renascerem mais vivaz sob o mesmo sopro de vida, que não se extingue, mas se purifica. A Gênese Cap.XVIII Item 34


Carregar ppt "CAPÍTULO III 2 Aula. ESPÍRITOS ERRANTES E MUNDOS TRANSITÓRIOS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google