A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1. 2 ERRATICIDADE É o estado dos Espíritos errantes, ou erráticos, isto é, não encarnados, durante o intervalo de suas existências corpóreas (Livro dos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1. 2 ERRATICIDADE É o estado dos Espíritos errantes, ou erráticos, isto é, não encarnados, durante o intervalo de suas existências corpóreas (Livro dos."— Transcrição da apresentação:

1 1

2 2 ERRATICIDADE É o estado dos Espíritos errantes, ou erráticos, isto é, não encarnados, durante o intervalo de suas existências corpóreas (Livro dos Médiuns). A erraticidade mesmo sendo muito longa, nunca é perpétua. Após determinado período, o Espírito voltará a uma existência apropriada a seu aprendizado e aperfeiçoamento. A erraticidade não é sinal absoluto de inferioridade para os Espíritos. Há Espíritos errantes de todas as classes, salvo os da Primeira Ordem ou Espíritos Puros, que não necessitam mais sofrer encarnações. Enquanto as almas desprendidas das influências terrenas se constituem em grupos simpáticos, cujos membros se amam, se compreendem, vivem em perfeita igualdade, em completa felicidade, os Espíritos que ainda não puderam domar as suas paixões levam uma vida errante, desordenada, e que, sem lhes trazer sofrimentos, deixa-os, contudo, mergulhados na incerteza e na inquietação. É a isso que se chama erraticidade; é a condição da maioria dos Espíritos que viveram na Terra, nem bons nem maus, porém ainda fracos e muito inclinados às coisas materiais. (Leon Denis - Depois da morte)

3 3 Espíritos Errantes: Separado do corpo físico, pela desencarnação, o Espírito, na maioria das vezes, reencarna depois de intervalos mais ou menos longos. Nesses intervalos, entre as encarnações, a alma se encontra na condição de "Espírito Errante" à espera de um novo destino. Esses intervalos entre as encarnações podem durar desde algumas horas, até alguns milhares de séculos, não existindo, neste sentido, limite determinado.

4 4 Situação dos Espíritos Errantes: Dizem todos os Espíritos que, na erraticidade, eles se aplicam a pesquisar, estudar, observar, a fim de fazerem a sua escolha. (LE. 266) O ensino dos Espíritos sobre a vida de além-túmulo faz-nos saber que no espaço não há lugar algum destinado à contemplação estéril, à beatitude ociosa. Todas as regiões do espaço estão povoadas por Espíritos laboriosos. Por toda parte, bandos, enxames de almas sobem, descem, agitam-se no meio da luz ou na região das trevas. (Leon Denis - Depois da morte) Encontram-se na erraticidade multidões imensas, sempre agitadas, sempre em busca de um estado melhor, que lhes foge. Numerosos Espíritos aí flutuam indecisos entre o justo e o injusto, entre a verdade e o erro, entre a sombra e a luz. Outros estão sepultados no insulamento, na obscuridade, na tristeza, sempre à procura de uma benevolência, de uma simpatia que podem encontrar. (Leon Denis - Depois da morte)

5 5 Para o Espírito errante, já não há véus. Ele se acha como tendo saído de um nevoeiro e vê o que o distancia da felicidade. Mais sofre então, porque compreende quanto foi culpado. Não tem mais ilusões: vê as coisas na sua realidade. Na erraticidade, o Espírito descortina, de um lado, todas as suas existências passadas; de outro, o futuro que lhe está prometido e percebe o que lhe falta para atingi-lo. É qual viajor que chega ao cume de uma montanha: vê o caminho que percorreu e o que lhe resta percorrer, a fim de chegar ao fim da sua jornada. (LE. 975) Situação dos Espíritos errantes:

6 6 Diferentes estados da alma na erraticidade Deve também se considerar que no estado de desencarnado, isto é, no intervalo das existências corporais, a situação do Espírito guarda relação com a natureza do mundo a que o liga o grau do seu adiantamento. Assim, na erraticidade, é ele mais ou menos ditoso, livre e esclarecido, conforme está mais ou menos desmaterializado. S. Luís. (Paris, 1859.)

7 7 Diferentes estados da alma na erraticidade Os Espíritos errantes são felizes ou desgraçados, segundo o grau de sua purificação. Tal felicidade está em correspondência como grau de desmaterialização que hajam alcançado. Os espíritos errantes que ainda não se desprenderam da matéria, ficam vinculados ao mundo onde acabaram de desencarnar. Poderão visitar outros mundos do mesmo grau, bem como, em havendo permissão e acompanhamento, ir a mundos superiores, mas na condição de estrangeiro. Podem entrevê-los e aspirar melhoria própria para habitá-los um dia. Os espíritos superiores(purificados) freqüentemente vão a mundos inferiores para auxiliar o seu progresso. É nesse estado que o Espírito, tendo despido o véu material do corpo, reconhece suas existências anteriores e os erros que o afastam da perfeição e da felicidade infinita. É então, igualmente, que ele escolhe novas provas, a fim de avançar mais depressa. Nos mundos superiores a reencarnação é quase sempre imediata, porque a matéria corporal é menos grosseira e os Espíritos gozam de todas as suas faculdades.

8 8 Bibliografia: SEF - Sociedade Espírita Fraternidade Estudo Teórico-prático da Doutrina Espírita Livro dos Espíritos Livro dos Médiuns O Evangelho Segundo o Espiritismo Leon Denis – Depois da morte Poema Sobre erraticidade encontrado no site – autoria: Júlio.

9 9 ERRATICIDADE Como é vazia a erraticidade, Não perceber o sentido da vida. Uma vida plena de verdade, Uma vida feliz e bem vivida. Passar o tempo assim na ignorância, Alienado das belas verdades, As vezes voltado para a ganância, Que nos imprime outras realidades. Realidades sem lugar para o amor E, que traz impressa alguma dor, Que as vezes foge a nossa compreensão, Para nos deixar duros de coração E, infelizes por nos impedir de ver O real sentido de nosso viver. Júlio


Carregar ppt "1. 2 ERRATICIDADE É o estado dos Espíritos errantes, ou erráticos, isto é, não encarnados, durante o intervalo de suas existências corpóreas (Livro dos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google