A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DOUTRINA ESPÍRITA RESUMO DOS PONTOS PRINCIPAIS - INTRODUÇÃO -

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DOUTRINA ESPÍRITA RESUMO DOS PONTOS PRINCIPAIS - INTRODUÇÃO -"— Transcrição da apresentação:

1 DOUTRINA ESPÍRITA RESUMO DOS PONTOS PRINCIPAIS - INTRODUÇÃO -

2 DOUTRINA OPOSTA AO MATERIALISMO TEM POR BASE DEUS E A SOBREVIVÊNCIA DA ALMA NÃO TEM POR BASE A CRENÇA NOS ESPÍRITOS E NAS SUAS MANIFESTAÇÕES É O CONJUNTO DE PRINCÍPIOS E LEIS QUE VEM REVELAR A EXISTÊNCIA DOS ESPÍRITOS E SUAS RELAÇÕES COM O MUNDO MATERIAL TODO ESPÍRITA É ESPIRITUALISTA, MAS NEM TODOS OS ESPIRITUALISTAS SÃO ESPÍRITAS

3 ETERNO ETERNO É SOBERANAMENTE SOBERANAMENTE JUSTO E BOM ONIPOTENTE ONIPOTENTE ÚNICO ÚNICO IMATERIAL IMATERIAL IMUTÁVEL IMUTÁVEL

4 DEUS CRIOU O UNIVERSO TODOS OS SERES : ANIMADOS INANIMADOS MATERIAIS IMATERIAIS

5 SERES IMATERIAIS NORMAL PRIMITIVO ETERNO SOBREVIVE A TUDO VISÍVEL SERES MATERIAIS SECUNDÁRIO PODERIA : DEIXAR DE EXISTIR NÃO TER EXISTIDO INVISÍVEL MUNDO ESPÍRITA MUNDO CORPORAL

6 ESTÃO POR TODA A PARTE HABITAÇÃO DOS ESPÍRITOS ENCARNADOS DESENCARNADOS ESTÃO NOS DIFERENTES GLOBOS DO UNIVERSO NO ESPAÇO AO NOSSO LADO

7 O CORPO ALMA PERISPÍRITO CORPO FÍSICO SER IMATERIAL SER MATERIAL PERISPÍRITO ( LAÇO ) PRINCÍPIO INTERMEDIÁRIO A ALMA HÁ NO HOMEM 3 COISAS

8 O CORPO FÍSICO É MATERIAL E PERECÍVEL REVESTIMENTO TEMPORÁRIO DO ESPÍRITO SUA MORTE RESTITUI A LIBERDADE AO ESPÍRITO

9 O PERISPÍRITO UMA ESPÉCIE DE ENVOLTÓRIO SEMIMATERIAL CONSERVADO PELO ESPÍRITO NA MORTE DO CORPO FÍSICO ETÉREO E INVISÍVEL EM NOSSO ESTADO NORMAL VISÍVEL E ATÉ TANGÍVEL COMO NAS APARIÇÕES É

10 UM ESPÍRITO ENCARNADO A ALMA É

11 INDIVIDUALIDADE A ALMA POSSUI SUA INDIVIDUALIDADE ANTES DE ENCARNAR E A CONSERVA APÓS A SEPARAÇÃO DO CORPO

12 É O QUE É O ESPÍRITO NÃO É ABSTRATO INDEFINIDO CONCEBÍVEL SÓ PELO PENSAMENTO REAL CIRCUNSCRITO APRECIÁVEL PELA VISTA, OUVIDO E TATO (EM CERTOS CASOS)

13 HIERARQUIA DOS ESPÍRITOS OS ESPÍRITOS PERTENCEM A DIFERENTES CLASSES NÃO SÃO IGUAIS EM PODER EM INTELIGÊNCIA EM SABER EM MORALIDADE

14 OS ESPÍRITOS SUPERIORES DISTINGUEM-SE PERFEIÇÃO CONHECIMENTOS PROXIMIDADE DE DEUS PUREZA DE SENTIMENTOS AMOR AO BEM SÃO OS ANJOS OU ESPÍRITOS PUROS

15 ESPÍRITOS INFERIORES IDENTIFICAÇÃO CADA VEZ MAIS DISTANCIADOS DA PERFEIÇÃO OS MAIS INFERIORES EIVADOS DAS NOSSAS PAIXÕES ORGULHO INVEJA CIÚME ÓDIO, ETC. COMPRAZEM-SE NO MAL ALGUNS NEM BONS NEM MAUS

16 RETORNO AO MUNDO ESPIRITUAL DEIXANDO O CORPO A ALMA VOLVE AO MUNDO DOS ESPÍRITOS E AGUARDA NOVA ENCARNAÇÃO

17 NÚMERO DE ENCARNAÇÕES TODOS NÓS TEMOS TIDO MUITAS ENCARNAÇÕES E TEREMOS AINDA OUTRAS NA TERRA EM OUTROS MUNDOS

18 SEMPRE NA ESPÉCIE HUMANA NUNCA NO CORPO DE UM ANIMAL A ENCARNAÇÃO DOS ESPÍRITOS

19 SIMPLES E IGNORANTES O PROGRESSO DOS ESPÍRITOS TODOS SE MELHORAM PELA REENCARNAÇÃO PASSAM PELOS DIFERENTES GRAUS DA HIERARQUIA ESPÍRITA IMPERF. BONS PUROS

20 NOSSAS QUALIDADES SÃO AS DO ESPÍRITO QUE ESTÁ ENCARNADO EM NÓS HOMEM DE BEM ENCARNAÇÃO DE UM BOM ESPÍRITO HOMEM PERVERSO ENCARNAÇÃO DE UM ESPÍRITO IMPURO

21 AÇÃO DOS ESPÍRITOS EXERCEM AÇÃO INCESSANTE SOBRE O MUNDO MORAL O MUNDO FÍSICO A MATÉRIA O PENSAMENTO CONSTITUEM UMA DAS POTÊNCIAS DA NATUREZA SÃO A CAUSA DE UMA MULTIDÃO DE FENÔMENOS CONSTITUEM UMA DAS POTÊNCIAS DA NATUREZA SÃO A CAUSA DE UMA MULTIDÃO DE FENÔMENOS

22 AS RELAÇÕES DOS ESPÍRITOS COM OS HOMENS SÃO CONSTANTES OS BONSOS MAUS NOS ATRAEM PARA O BEM NOS SUSTENTAM NAS PROVAS NOS AJUDAM SUPOR- TÁ-LAS NOS IMPELEM PARA O MAL É-LHES UM GOZO VER-NOS ASSEMELHAR- NOS A ELES

23 OCULTAS INFLUÊNCIA BOA OU MÁ CABE A NÓS DISCERNIR AS BOAS DAS MÁS INSPIRAÇÕES AS COMUNICAÇÕES DOS ESPÍRITOS COM OS HOMENS OSTENSIVAS POR MEIO : ESCRITA, PALAVRA E OUTRAS QUASE SEMPRE PELOS MÉDIUNS (INSTRUMENTOS)

24 COMO DISTINGUIR OS BONS DOS MAUS ESPÍRITOS É FACIL : LINGUAGEM DIGNA NOBRE ALTA MORAL PLENA DE SABEDORIA INCONSEQÜENTE TRIVIAL GROSSEIRA MALICIOSA FALSA NOS SUPERIORES NOS INFERIORES OBJETIVAM O MELHORAMENTO E O BEM DA HUMANIDADE LISONGEIAM A VAIDADE DIVERTEM-SE A CUSTA DOS QUE OS INTERROGAM

25 INFERIORES REUNIÕES SÉRIAS AMOR DO BEM DESEJO DE SE INSTRUIR E DE SE MELHORAR REUNIÕES DE PESSOAS : FRÍVOLAS SÓ CURIOSAS MAUS INSTINTOS ATRAÇÃO DOS ESPÍRITOS ATRAÍDOS PELA NATUREZA MORAL DO MEIO SUPERIORES AFASTAM OS INFERIORES FUTILIDADES MENTIRAS MISTIFICAÇÕES

26 A MORAL DOS ESPÍRITOS SUPERIORES FAZER AOS OUTROS O QUE GOSTARÍAMOS QUE OS OUTROS NOS FIZESSEM FAZER O BEM E NÃO O MAL É A DO CRISTO

27 ENSINAM OS ESPÍRITOS SUPERIORES DESLIGAM-NOS DA MATÉRIA PRENDEM-NOS À MATÉRIA DESPREZAR FUTILIDADES MUNDANAS * AMAR O PRÓXIMO EGOÍSMO ORGULHO SENSUALIDADE NOS AVIZINHA DA NATUREZA ESPIRITUAL NOS APROXIMA DA NATUREZA ANIMAL

28 QUEM A VENCE INFLUÊNCIA DA MATÉRIA O ESPÍRITO ENCARNADO SE ACHA SOB A INFLUÊNCIA DA MATÉRIA QUEM A DEIXA DOMINAR SE APROXIMA DOS ESPÍRITOS IMPUROS SE APROXIMA DOS BONS ESPÍRITOS

29 ENSINAM OS ESPÍRITOS SUPERIORES NÃO HÁ FALTAS IRREMISSÍVEIS A REENCARNAÇÃO SEMPRE PODE APAGÁ-LAS CONFORME OS DESEJOS E ESFORÇOS


Carregar ppt "DOUTRINA ESPÍRITA RESUMO DOS PONTOS PRINCIPAIS - INTRODUÇÃO -"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google