A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

GEOPOLÍTICA BRASILEIRA O BRASIL POLÍTICO ATUAL. As principais formas de governo contemporâneos Monarquia República Absoluta Abdallah bin Abdul Aziz Al-Saud.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "GEOPOLÍTICA BRASILEIRA O BRASIL POLÍTICO ATUAL. As principais formas de governo contemporâneos Monarquia República Absoluta Abdallah bin Abdul Aziz Al-Saud."— Transcrição da apresentação:

1 GEOPOLÍTICA BRASILEIRA O BRASIL POLÍTICO ATUAL

2 As principais formas de governo contemporâneos Monarquia República Absoluta Abdallah bin Abdul Aziz Al-Saud Arábia Saudita Constitucional (Parlamentarista) Elizabeth II Reino Unido Parlamentarista França Presidencialista Brasil

3 Os Modelos de Organização Territorial Estado Unitário: Federação: Confederação: Há uma única legislação em todo o país. Ex.: China Há mais de uma legislação vigente em todo o país, embora se subordinem à uma legislação federal Ex.: Brasil Junção de células administrativas em uma identidade política, mantendo grandes graus de autonomia legislativa. Ex.: E.U.A.

4 A República Federativa do Brasil A República Federativa Brasileira, segundo a Constituição Nacional de 1988, é organizada pela divisão de três poderes: Executivo Legislativo Judiciário

5 O Poder Executivo Possui como funções: Garantir a aplicação das leis vigentes; comandar as forças armadas; proposição de novas leis; administração da coisa pública; representar o Estado Nacional e organizar a sua política externa (papel cabível somente à presidência da República).

6 O Poder Executivo O Poder Executivo se organiza em três esferas: Federal: Presidência da República

7 O Poder Executivo O Poder Executivo se organiza em três esferas: Federal: Presidência da República A Presidência é responsável pela nomeação de Ministros de Estado que a auxiliam no papel de Chefe de Governo.

8 O Poder Executivo O Poder Executivo se organiza em três esferas: Federal: Presidência da República O Presidente da República é o Comandante Supremo das Forças Armadas.

9 O Poder Executivo O Poder Executivo se organiza em três esferas: Federal: Presidência da República A Política Externa Brasileira é de competência da Presidência da República (Chefia de Estado), devendo representar o Brasil de acordo com os interesses nacionais.

10 O Poder Executivo O Poder Executivo se organiza em três esferas: Estadual: Governadorias Estaduais

11 O Poder Executivo O Poder Executivo se organiza em três esferas: Municipal: Prefeituras Municipais

12 O Poder Legislativo Possui como funções: Elaborar leis; fiscalizar as ações do poder executivo; representar os interesses da população ou estados.

13 O Poder Legislativo O Poder Legislativo se organiza em três esferas: Federal: Câmara dos Deputados e Senado Federal

14 O Poder Legislativo O Poder Legislativo se organiza em três esferas: Federal: Câmara dos Deputados 513 deputados eleitos pela população a cada quatro anos. Representa, em teoria, os interesses da população. Presidente Henrique Eduardo Alves:

15 O Poder Legislativo O Poder Legislativo se organiza em três esferas: Federal: Senado Federal 81 senadores eleitos a cada oito anos. Representa, em teoria, os interesses dos estados e da União. Presidente Renan Calheiros:

16 O Poder Legislativo O Poder Legislativo se organiza em três esferas: Estadual: Assembleias Legislativas Estaduais Deputados eleitos a cada quatro anos. Representa, em teoria, os interesses da população do estado.

17 O Poder Legislativo O Poder Legislativo se organiza em três esferas: Municipal: Câmara dos Vereadores Vereadores eleitos a cada quatro anos. Representa, em teoria, os interesses da população dos municípios.

18 O Poder Judiciário Possui como funções: Intermediar conflitos de interesses existentes na sociedade; Garantir o respeito aos direitos, constitucionais e legais, da população.

19 O Poder Judiciário O Poder Judiciário se divide em duas esferas: Federal: Supremo Tribunal Federal Possui 11 Ministros da Justiça nomeados pela Presidência da República e aprovados pelo Senado Federal. Julga casos de interesse nacional e que firam a Constituição Nacional. Presidente Joaquim Barbosa:

20 O Poder Judiciário O Poder Judiciário se divide em duas esferas: Específica: Superior Tribunal de Justiça (S.T.J.), Tribunal Superior do Trabalho (T.S.T.), Superior Tribunal Militar (S.T.M.) e Tribunal Superior Eleitoral (S.T.E.).

21

22

23 A política externa brasileira Competência do poder executivo. Age de acordo com os interesses do estado Brasileiro. “Art. 4º A República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais pelos seguintes princípios: I - independência nacional; II - prevalência dos direitos humanos; III - autodeterminação dos povos; IV - não-intervenção; V - igualdade entre os Estados; VI - defesa da paz; VII - solução pacífica dos conflitos; VIII - repúdio ao terrorismo e ao racismo; IX - cooperação entre os povos para o progresso da humanidade; X - concessão de asilo político. Parágrafo único. A República Federativa do Brasil buscará a integração econômica, política, social e cultural dos povos da América Latina, visando à formação de uma comunidade latino-americana de nações. “

24 A política externa brasileira A política externa nacional se efetiva por ação do Ministério das Relações Exteriores, Itamaraty, sendo o Ministro das Relações Exteriores (atual, Antônio Patriota) o seu principal articulador, juntamente com o presidente da República. As representações internacionais se fazem por meio de órgãos denominados embaixadas. A atuação da política externa abrange aspectos econômicos, comerciais, políticos, comerciais, financeiros, culturais e consulares. O Poder Legislativo também pode atuar na política externa ao ratificar acordos e aprovar a nomeação de embaixadores.

25 A política externa brasileira

26 A Rodada Doha

27 A política externa brasileira

28 Os G-20

29 A política externa brasileira

30

31

32 EXERCÍCIOS (UNIFESP) A Rodada Doha, promovida pela Organização Mundial do Comércio não chegou a acordos importantes, devido: A-) às exigências trabalhistas de operários de fábricas localizadas em países emergentes, como México e Coreia do Sul. B-) ao protecionismo agrícola dos países centrais, que afeta as exportações de países como China e Índia. C-) às restrições ambientais do protocolo de Kyoto, apoiadas pela União Europeia, mas com resistência dos EUA. D-) às novas barreiras sanitárias à exportação de produtos agrícolas de países centrais a países periféricos. E-) ao aumento nas exportações dos EUA para a China, apesar da crise financeira do país, gerada no setor imobiliário.

33 EXERCÍCIOS (FGV-Adaptada) As eleições no Brasil ocorrem periodicamente. Sobre esse tema, é correto afirmar: A-) Compete ao STF definir as regras do processo eleitoral para os cargos eletivos no âmbito federal. B-) Por causa da tese da verticalização, não haverá coincidência na data das eleições federais e municipais, uma vez que o mandato dos prefeitos municipais é de seis anos, e o dos demais é de apenas quatro. C-) De acordo com a tese da verticalização, deputados e senadores que tenham sido cassados recentemente não poderão recorrer da decisão do STF. D-) Em 2008 foram renovados apenas dois terços dos governadores e senadores da República brasileira, e aqueles que tiveram seus mandatos cassados foram impedidos de participar do pleito. E-) Nenhuma das alternativas anteriores está correta.

34 EXERCÍCIOS (UFRJ- ADAPTADA) O grupo de países emergentes conhecidos pela sigla BRICS é composto por Brasil, Rússia, índia, China e África do Sul. Esses países têm apresentado ritmos de crescimento superiores aos dos países da Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Todos os países que formam o BRICS têm ambições de se consolidar como grandes potências regionais, com projeção em escala global. No entanto, do ponto de vista geopolítico e militar, o Brasil, juntamente com a África do Sul, se diferencia dos outros três integrantes do grupo. Apresente um aspecto que diferencie a geopolítica brasileira dos demais países integrantes do BRICS, excetuando-se a áfrica do Sul.

35 RESPOSTA A geopolítica brasileira e sul-africana se diferencia da dos demais países do grupo BRICS pelos seguintes aspectos: não possuem armamento de destruição em massa; estabelecem com países vizinhos laços de cooperações pacíficas em setores energéticos, militares e econômicos, juntamente com acordos como a Zona de Paz africana e Cooperação do Atlântico Sul; suas projeções geopolíticas se dão principalmente por disuasões geoeconômicas e não belicistas.


Carregar ppt "GEOPOLÍTICA BRASILEIRA O BRASIL POLÍTICO ATUAL. As principais formas de governo contemporâneos Monarquia República Absoluta Abdallah bin Abdul Aziz Al-Saud."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google