A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A linguagem do cinema Todo filme é uma narrativa, pois conta uma história. Por narrativa cinematográfica se entende a maneira pela qual o realizador cinematográfico.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A linguagem do cinema Todo filme é uma narrativa, pois conta uma história. Por narrativa cinematográfica se entende a maneira pela qual o realizador cinematográfico."— Transcrição da apresentação:

1

2 A linguagem do cinema Todo filme é uma narrativa, pois conta uma história. Por narrativa cinematográfica se entende a maneira pela qual o realizador cinematográfico manipula os elementos da linguagem fílmica. Para Umberto Eco, escritor italiano, o cinema é a mais poderosa máquina de contar mentiras que a humanidade já criou. As ficções que o cinema constrói, quando bem feitas, parecem muito reais. E quando o cinema conta histórias da vida real, como nos documentários, a realidade parece estar totalmente capturada pela tela. Nos dois casos, contudo, é apenas aquela máquina poderosa de contar mentiras que está funcionando muito bem.

3 Linguagem cinematográfica x linguagem literária Texto cinematográfico: Imagem e movimento como parâmetro; Linguagem predominantemente visual e sonora; Ex: O fantasma da ópera. Texto Literário: Código verbal como parâmetro ( a palavra); Estética: linguagem escrita. O que realmente interessa, no filme, é que a história seja contada com competência. Ficcional ou real, ela precisa ser compreendida e gerar alguma atividade cerebral no espectador. Precisa gerar emoção. Ou o espectador levanta da cadeira, ou troca de canal, ou dorme. O seu compromisso número um é manter o espectador atento e com vontade de assistir à história até o fim.

4 Principais recursos da linguagem cinematográfica A câmera: registra os acontecimentos (imagens em movimento); O enquadramento: é a forma como a realidade é organizada e aparecerá na tela. Alguns elementos da narrativa podem ficar fora ou aparecer por meio de um detalhe. Ex: filme Noé (enquadramento da arca) O plano: é estabelecido de acordo com a distância entre a câmera e o objeto que está sendo filmado. Aproximação ou distanciamento sugerem diversas ideias.

5 Os ângulos: são os movimentos que permitem o expectador perceber significações diferentes. Impressão de triunfo, superioridade, exaltação, inferioridade ou derrota. Movimento de câmera: permite uma maior interação com a cena. Ex: O zoom é um dos movimentos mais conhecidos.

6 A iluminação: o contraste entre a luz e as sombras. A luz pode ser: natural(do sol) Artificial (lançada diretamente – luz direta Indiretamente – luz difusa ou barroca)

7 O som: a interação entre o texto, a imagem e o som caracterizam a linguagem cinematográfica. Os três elementos do som são: as músicas, os efeitos sonoros e as vozes ou diálogos. Trilha sonora: a música, também, é um dos elementos da progressão narrativa, além de despertar sensações diversas no espectador..

8 O cenário: corresponde ao espaço – o lugar. Os cenários formam o fundo do filme e ambientam a atmosfera narrativa desejada para o espectador.

9 Linguagem cinematográfica dialogando com a linguagem literária A Obra O Quinze, de Rachel de Queiroz é tão famosa que acabou por virar um filme, de mesmo nome. Fotos de Chico Bento e sua mulher Cordulina.

10 O filme é de 1963, dirigido por Nelson Pereira dos Santos, baseado no romance Vidas secas, de Graciliano Ramos. Trata da trajetória de uma família de retirantes composta por Fabiano, Sinhá Vitória, o menino mais velho, o menino mais novo e a cachorra Baleia, que atravessam o sertão em busca de meios para sobreviver.

11

12 Cena do filme Vidas Secas, de Graciliano Ramos

13 Imagem do filme Vidas Secas

14


Carregar ppt "A linguagem do cinema Todo filme é uma narrativa, pois conta uma história. Por narrativa cinematográfica se entende a maneira pela qual o realizador cinematográfico."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google