A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Definições de Roteiro Eu comparo o roteirista a uma mãe de aluguel. Seu trabalho é conceber, gerar, parir e depois entregar o bebê para o diretor criar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Definições de Roteiro Eu comparo o roteirista a uma mãe de aluguel. Seu trabalho é conceber, gerar, parir e depois entregar o bebê para o diretor criar."— Transcrição da apresentação:

1 Definições de Roteiro Eu comparo o roteirista a uma mãe de aluguel. Seu trabalho é conceber, gerar, parir e depois entregar o bebê para o diretor criar. O roteiro, enquanto não é filmado, não vale nada e, depois de filmado, também não vale nada. É a peça literária menos lida e de vida mais curta, mesmo assim, sua importância é fundamental na produção de um filme. (Walter Webb)

2 Definições de Roteiro O Roteiro é uma peça informativa que deve se limitar a fornecer dados para a equipe que vai trabalhar no filme e criar a partir desse texto. Roteiro não é produto final, é uma espécie de molde no qual você aplica uma resina, retira o produto e o molde permanece lá. Um bom roteiro é uma peça de transição, não deve ter ambições literárias, nem de direção. (Marçal Aquino)

3

4

5 Definições de Roteiro: "O Roteiro é a forma escrita de qualquer audiovisual. É uma forma literária efêmera, pois só existe durante o tempo que leva para ser convertido em um produto audiovisual. No entanto, sem material escrito não se pode dizer nada, por isso um bom roteiro não é garantia de um bom filme, mas sem um roteiro não existe um bom filme". (Doc Comparato)

6

7 Definições de Roteiro "Roteiro é o desenvolvimento de um enredo, dentro de uma técnica determinada. O roteiro não é apenas uma arte, mas uma arte base ou uma arte básica. Em outras palavras, o roteiro é a base do cinema, do teatro e da novela / minissérie televisiva. É "a planta do edifício" de toda arte cênica". (Murilo Dias César)

8

9 Definições de Roteiro "Escrever um Roteiro é muito mais do que escrever, é escrever de outra maneira: Com olhares e silêncios, com movimentos e imobilidades, com conjuntos complexos de imagens e de sons que podem possuir mil relações entre si..." (Jean-Claude Carrière)

10

11 La Belle de Jour

12 O tambor

13 Definições de Roteiro: "Roteiro é uma peça literária na qual o autor só tem um reDefinições de Roteiro:curso: a descrição. E ela precisa ser compreendida por toda a equipe de produção. Pra todo mundo entender, não pode haver metáforas. Portanto, o bom roteirista não é necessariamente um bom escritor, mas aquele que sabe traduzir, com racionalidade e clareza, o seu pensamento visual". (Fernando Bonassi)

14

15

16 Definições de Roteiro: "Roteiro é uma história contada em imagens, diálogo e descrição, dentro do contexto de uma estrutura dramática". (Syd Field).

17 Fundamentos do roteiro: Logos Pathos Ethos

18 Logos A palavra, o discurso, a organização verbal, sua estrutura em geral.

19 Pathos É o drama: vida, ação, conflito quotidiano, que vai gerando acontecimentos.

20 Ethos A ética, a moral, o significado último da história, as suas implicações sociais, poéticas e existenciais. O ethos é aquilo que se quer dizer, a razão pela qual se escreve.

21 Etapas para a produção de um roteiro: Idéia: é o fundamento de um roteiro. Fato que provoca a vontade de escrever.

22 Etapas para a produção de um roteiro: Conflito: é a base de trabalho do roteirista. Contém elementos para o enredo, a intriga.

23 Story line: É a condensação do conflito básico em palavras. É o fio, os fundamentos da trama. Ex: Era uma vez um príncipe cujo pai, o rei, foi assassinado pelo seu próprio irmão com o fim de usurpar o trono. Este crime conduziu o jovem a uma crise existencial, que desembocou numa onda de mortes, incluindo a sua.

24 Hamlet

25 Story Line Uma story line deve ser breve, concisa e eficaz. Não deve ultrapassar as cinco linhas, e através dela devemos ficar com a noção do que vamos contar. O conflito básico apresenta-se por meio da story line.

26 Personagens: O desenvolvimento da personagem faz-se através da elaboração do argumento ou sinopse. Na sinopse: descrição do caráter das personagens principais. A sinopse é o reino da personagem, que vai viver a história onde e quando a situamos.

27 Ação dramática: Como? Quem? Onde? Quando? – construção da estrutura. Organização em seqüências.

28 Seqüências Organizam-se por cenas, determinadas pelas alterações do espaço e a participação das personagens. Estrutura: fragmentação do argumento em cenas.

29 Tempo dramático Dentro de uma cena se desenvolve uma ação dramática. Esta ocorre num determinado tempo (quanto tempo durará cada cena). Há diálogos. A cena abre, desenrola-se e acaba. É uma espécie de rascunho do roteiro.

30 Roteiro final: Guia para a construção audiovisual.

31 Roteiro Literário e Roteiro Técnico Roteiro Literário: não incide excessivamente sobre pormenores técnicos (movimentos de câmera, luz, som). Roteiro Técnico: cabe ao diretor e à produção

32 Resumindo: Construir a story line é determinar o conflito; escrever uma sinopse é descobrir as personagens; estruturar é organizar uma ação dramática; elaborar o primeiro roteiro é chegar aos diálogos e ao tempo dramático; trabalhar o roteiro final é manejar cenas, isto é, a unidade dramática.

33 Exercício Em duplas ou em trios, selecionar cinco notícias de jornal e transformá-las em uma story-line.


Carregar ppt "Definições de Roteiro Eu comparo o roteirista a uma mãe de aluguel. Seu trabalho é conceber, gerar, parir e depois entregar o bebê para o diretor criar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google