A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ISRAEL X PALESTINA. No séc. XIX, surgiu na Europa um movimento político e religioso que objetivava restabelecer um Estado judaico na Palestina – Movimento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ISRAEL X PALESTINA. No séc. XIX, surgiu na Europa um movimento político e religioso que objetivava restabelecer um Estado judaico na Palestina – Movimento."— Transcrição da apresentação:

1 ISRAEL X PALESTINA

2 No séc. XIX, surgiu na Europa um movimento político e religioso que objetivava restabelecer um Estado judaico na Palestina – Movimento Sionista -O governo turco, que dominava a região, recusou o pedido de autonomia da Palestina e o movimento sionista buscou apoio da Inglaterra que propôs o assentamento dos judeus na África -Após a Primeira Guerra Mundial( ), a Palestina ficou submetida à Inglaterra que prometeu a criação de um Estado judeu na Palestina, mas ao mesmo tempo, prometeu também independência aos árabes para expulsar os turcos da região

3 Diante das promessas do governo inglês, muitos judeus emigraram para a Palestina e estabeleceram em núcleos agrícolas. Esse fato complicou as relações com os palestinos, pois os judeus compraram as melhores terras de turcos e sírios que não moravam na região Durante a Segunda Guerra Mundial( ), a perseguição alemã aumentou a emigração para a Palestina, agravando a tensão entre árabes e judeus

4 A criação do Estado de Israel Em 1947, a ONU passou a administrar a região e determinou a divisão da Palestina em dois territórios, um parte aos judeus e outra para os palestinos A partir da criação do Estado de Israel, o Oriente Médio tem sido palco de intermináveis confrontos entre israelenses, palestinos e árabes Além da questão religiosa, o controle das fronteiras, o domínio das terras cultiváveis, recursos hídricos e o petróleo, são questões que têm acirrado as disputas na região

5 As guerras entre árabes e israelenses A recusa de árabes em aceitar a partilha da Palestina, levou ao primeiro conflito contra Israel, em 15 de maio de 1948 Em janeiro de 1949, com o apoio dos EUA, Israel derrotou Egito, Árabia Saudita, Líbia, Jordânia e Síria e ocupou a Galiléia e o deserto de Neguev e Jerusalém foi dividida entre a Jordânia e Israel que incorporou também a Cisjordânia A Faixa de Gaza foi entregue ao Egito Esse primeiro confronto fez surgir um grande número de refugiados palestinos que ficaram sem território, provocando uma diáspora de palestinos para países árabes

6 Em outubro de 1956, Israel contando com o apoio dos EUA e Inglaterra, declarou guerra ao Egito que havia nacionalizado canal de Suez e fechado o porto de Eilat, ameaçando os projetos judaicos de irrigação no deserto de Neguev e impedindo o único contato do país com o mar Vermelho. Além disso, o controle de Suez era um duro golpe contra os interesses financeiros e geopolíticos franco-britânicos na região.

7 A criação do Al Fatah A partir de 1949, os palestinos se dispersaram e passaram a viver em campos de refugiados e começaram a surgir movimentos de resistência contra Israel, como o grupo político e militar Al Fatah (luta armada ou reconquista) -Entre 1956 e 1959, o movimento ganhou projeção, sob a liderança de Yasser Arafat. Era um movimento antissionista e anti-imperialista, cujo objetivo principal era criar um Estado laico em território palestino -Após a criação do Al Fatah, multiplicaram-se os ataques terroristas palestinos às instalações judaicas

8 Em abril de 1967, Israel atacou a Jordânia e o presidente do Egito, Gamal Abdel Nasser ordenou a retirada das tropas da ONU do Egito No fim de maio de 1967, Jordânia e Síria firmaram um acordo de defesa mútua com o Egito e em julho do mesmo ano, Israel atacou de surpresa as forças egípcias. O exército egípcio foi derrotado em menos de uma semana Vitorioso, Israel conquistou a península do Sinai, a Faixa de Gaza, Cisjordânia, Jerusalém Oriental e as colinas sírias de Golã.

9 Guerra do Yom Kippur Em 1973, tropas sírias e egípcias atacaram de surpresa Israel, no feriado do Dia do Perdão para os judeus. Israel atacou Damasco, a capital da Síria, e isolou as tropas egípcias no Sinai O conflito armado terminou após a interferência dos EUA, da União Soviética e ONU Após esse conflito, a questão palestina ganhou projeção mundial e o petróleo passou a ser usado pelos países da Opep como arma O fornecimento de petróleo aos países que apoiavam Israel foi suspenso pelos países produtores de petróleo e o aumento do preço do barril a partir daí gerou uma grave crise que derrubou as Bolsas de Valores de todo o mundo, era a Crise do Petróleo de 1973

10 A Intifada Em 1987, após a morte de 4 jovens palestinos, atropelados por um caminhão do exército israelense, eclodiu uma rebelião rebelião popular em Gaza A repressão israelense foi condenada pelo Conselho de Segurança da ONU o que influenciou a opinião pública mundial em favor da OLP Em 1988, o Conselho Nacional Palestino proclamou o Estado independente da Palestina e reconheceu a existência do Estado de Israel, declarou ainda sua rejeição ao terrorismo e deixou claro seu interesse em participar de uma conferência de Paz.


Carregar ppt "ISRAEL X PALESTINA. No séc. XIX, surgiu na Europa um movimento político e religioso que objetivava restabelecer um Estado judaico na Palestina – Movimento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google