A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

LIVRO DE JOSUÉ. AUTORIA 1) A tradição judaica (Talmude) diz que Josué escreveu todo o livro, com exceção de alguns versos, atribuídos a Finéias, (24:33).

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "LIVRO DE JOSUÉ. AUTORIA 1) A tradição judaica (Talmude) diz que Josué escreveu todo o livro, com exceção de alguns versos, atribuídos a Finéias, (24:33)."— Transcrição da apresentação:

1 LIVRO DE JOSUÉ

2 AUTORIA 1) A tradição judaica (Talmude) diz que Josué escreveu todo o livro, com exceção de alguns versos, atribuídos a Finéias, (24:33).

3 AUTORIA 2) Embora o Talmude afirme que Josué escreveu o seu próprio livro, desconsiderando a narrativa de sua morte, a evidência interna do livro torna isso improvável. A frase “até o dia de hoje”, sugere que algum tempo se passou entre os eventos narrados e a redação da história. (4.9; 5.9; 6.25; 7.26; ; 9.27; 10.27; 13.13; 15.63; 16.10)

4 AUTORIA 3) Pelo menos em um momento da etapa da composição do livro, o autor se utilizou de fontes escritas anteriormente (Js 10.13), posicionando o autor num momento subsequente a esse texto mais antigo.

5 BIOGRAFIA DE JOSUÉ 1 ) O nome significa “Jeová é salvação” ou “Jeová salva”. 2) Josué é chamado “servo de Jeová”, aquele por meio de quem Deus transmitiu Suas ordens e mediante quem Ele realizava Seus propósitos.

6 BIOGRAFIA DE JOSUÉ 3) Deus estava preparando Josué por muito tempo. a)Ele nasceu na escravidão do Egito, mas Deus o libertou, b)Foi colaborador de Moisés (Êx 33:11) e seu assistente na guerra de Refidim contra Amaleque (Êx 17:9). Sempre se revelou valente capitão.

7 BIOGRAFIA DE JOSUÉ 5 ) Era um dos doze homens enviados para espiar a terra de. 6) Ele e Calebe foram os únicos a acreditar que a conquista era possível. 7) Quase foi apedrejado, porque insistiu com os filhos de Israel que avançassem para Canaã (Nm 14:6-10).

8 BIOGRAFIA DE JOSUÉ 8) Esteve sempre unido a Moisés na liderança, e foi eleito para suceder Moisés como líder dos hebreus (Nm 27:15-23). 9) Por ser um dos sobreviventes do êxodo do Egito, Josué era quase um ancião quando invadiu Canaã.

9 CENÁRIO HISTÓRICO 1)A liderança da nação tinha sido transferida a Josué por ocasião da morte de Moisés trinta dias antes (provavelmente, 1 de março de 1405 a.C.). 2)Toda a população (cerca de dois milhões e meio) estava decidida a invadir Canaã depois da bem- sucedida conquista da Transjordânia. Apesar de duas tribos e meia terem negociado com Moisés a permanência na Transjordânia, elas mandaram cerca de homens para participar da conquista de Canaã. Stanley A. Ellisen. Conheça Melhor o Antigo Testamento. Editora Vida, p. 70

10 CENÁRIO HISTÓRICO 3) Canaã ou Palestina era uma terra muito cobiçada pelos povos poderosos, não pela riqueza natural que viesse a ter, ou pelo poderio de seus habitantes, mas por sua localização geográfica. a)Formava um corredor que unia o mundo da Europa, da Ásia e da África e os cinco mares: Mediterrâneo, Negro, Cáspio, Vermelho e Golfo Pérsico.

11 CENÁRIO HISTÓRICO b) Do ponto de vista comercial, ficava na rota obrigatória do tráfego entre o Oriente e o Ocidente e entre o Norte e o Sul. c) Do ponto de vista político, era passagem inevitável dos exércitos conquistadores das grandes potências em seu redor, razão pela qual esses se interessavam por sua conquista e fortificação.

12

13 4) Ocupando posição estratégica, a Palestina era com frequência alvo cobiçado pelos conquistadores do mundo. 5) Antes da primeira ocupação por Israel, tinha sido tomada pelos reis da Mesopotâmia a leste, pelos hititas a noroeste e pelos faraós a sudoeste.

14 6) Durante a ocupação israelita, Israel foi muitas vezes importunado ou atacado, não só por aqueles povos, mas também por uma variedade de pequenos reinos locais. Estes vizinhos saqueadores faziam com que o povo de Israel vivesse constantemente na defensiva.

15 1)Os habitantes da Palestina eram da descendência de Canaã, o qual havia sido amaldiçoado por Noé: “Maldito seja Canaã; seja servo dos servos a seus irmãos (...) Bendito seja o Senhor, Deus de Sem; e Canaã lhe seja servo” (Gn 9:25-26). 1)Sendo assim, aquele povo estava debaixo de maldição que trazia em si um teor profético: Seja Canaã servo de Sem  e o que aconteceu no período da conquista não foi nada mais do que a descendência de Sem prevalecer sobre a descendência de Canaã.

16 CAMPANHAS MILITARES PARA A CONQUISTA DE CANAÃ 1)O período da conquista, em seu sentido mais restrito, compreende somente os sete anos durante os quais os hebreus se apoderaram da Palestina. 2)Entretanto, a dominação israelita não se completou antes da captura de Jerusalém por Davi e da subsequente destruição do poder filisteu (o ferro e o aço).

17 CONQUISTA DA PALESTINA ORIENTAL 1) Campanha contra Gileade (Nm 21:21-25)  No tempo da conquista a região da Transjordânia (ao norte do Arnom) estava ocupada pelos amorreus (descendentes de Cão: Gn 10:16) e dividida em dois reinos: Basã e Gileade. a)Israel pediu permissão a Seom, rei de Gileade, para passar pacificamente por seu território, o que lhe foi negado. O rei de Gileade ajuntou seu povo e veio a Jaza lutar contra Israel (Nm

18 a 2 ) Campanha contra Basã (Nm 21:33-35) a)Moisés atravessou o rio Jarmuque para invadir Basã. b)Ogue saiu ao encontro de Moisés e foi derrotado. c)Israel tomou posse do território da Palestina Oriental e o dividiu entre as tribos de Rúben, Gade e a meia tribo de Manassés (Dt 3:12-13).

19 3) Campanha contra Midiã (Nm 25 a 31) a)Os midianitas (filhos de Quetura, mulher de Abrão ( Gn 25:4-6) se ligaram com os moabitas (filhos de Ló com sua filha mais velha — Gn 19:37) para opor-se a Israel. b)Balaque, rei de Moabe, mandou chamar a Balaão, adivinho que morava na terra de Arã, para amaldiçoar Israel.

20 CONQUISTA DA PALESTINA OCIDENTAL 1)Campanha da Palestina Central (Js 3-8)  a) Gilgal tornou-se o quartel-general de Israel durante a conquista da Palestina Ocidental (Js 4:19). b) Jericó foi a primeira conquista em Canaã, abrindo caminho para o centro do país.

21 c) A primeira tentativa para tomar Ai fracassou devido ao pecado de Acã (Js 7). d) Punido o pecado, Ai foi tomada (Js 8), e juntamente com ela caiu a cidade de Betel que ficava a pouco mais de dois quilômetros de Jericó (Js 8:9,12,17; 12:9,16). Parece que Siquém rendeu-se sem resistência.

22 d ) Os heveus, que habitavam nas cidades de Gibeom, Quefira, Beerote e Quiriate-Jearim (todas ao norte de Jerusalém), valendo-se de um estratagema, conseguiram fazer um pacto com Josué. (Js 9:1-27).

23 2) Campanha da Palestina Sul (Js 10)  a)Atemorizado pelas façanhas de Josué e em face do procedimento indigno dos heveus, o rei de Jerusalém, Adoni- Zedeque, formou uma confederação com os reis de Hebrom, Jarmute, Laquis e Eglom para resistir às forças da invasão israelita. b)Atacaram Gibeom, cidade hevéia, tributária de Israel.

24 a c) Josué veio em socorro de Gibeom e feriu ali os cinco reis dos amorreus e as suas tropas, perseguindo-os até Maquedá, onde os derrotou (Js 10:1-10; 16-27). d) Foi durante essa batalha que Josué orou e o sol se deteve e a lua parou até que o povo se vingou de seus inimigos (Js 10:12-15). e) Foi também nessa ocasião que o Senhor interviu em favor de Israel, fazendo cair pesada chuva de pedra sobre os inimigos, matando muitos deles (Js 10:11).

25 f) Depois dessa vitória sobre os cinco reis amorreus, Josué venceu outros reis e tomou as seguintes cidades: Maquedá, Libna, Laquis, Eglom, Hebrom e Debir. Assim, Josué apossou-se de toda a região da Palestina (Js 10).

26 3) Campanha da Palestina Norte (Js 11) a)O mais poderoso dessa região era Jabim, rei de Hazor. b)Ele enviou mensageiros para muitos outros reis das redondezas, desde o Monte Carmelo até o Monte Hermom, e formou com eles um poderoso exército para pelejar contra Israel. c)Acamparam-se junto ao Lago Merom, ao norte do Mar da Galiléia (Js 11:1-5). d)Josué os atacou e os derrotou totalmente, apossando-se de suas cidades (Js 11.12)

27 CAMPANHAS SUPLEMENTARES 1)A conquista da Palestina, até então, tinha sido parcial, ficando o país semeado de pequenos núcleos de tribos nativas. 2)A Planície Marítima se encontrava em grande parte nas mãos dos filisteus, e muitas das cidades tomadas em diversas partes por Israel foram novamente ocupadas e fortificadas por seus antigos donos. 3)O livro dos Juízes relata três campanhas suplementares ocorridas depois de Moisés e de Josué:

28 CAMPANHAS SUPLEMENTARES a) Campanha de Judá e Simeão (Jz 1:1-10; 16:20)  Judá uniu suas forças às de Simeão e pelejou contra os cananeus e os fereseus. Ao rei de Bezeque, Adoni-Bezeque, prenderam lhe, cortaram os seus polegares e o levaram para Jerusalém, onde faleceu (Jz 1:1-7).

29 CAMPANHAS SUPLEMENTARES Pelejou ainda contra os cananeus que habitavam em Jerusalém (Jz 1:8; 15:63), Hebrom (Jz 1:10), Zefate (Jz 1:17), Gaza, Ascalom e Ecrom (Jz 1:18). Porém, algumas dessas cidades não foram conquistadas definitivamente, e logo os filisteus desalojaram os israelitas de Gaza, Ascalom e Ecrom.

30 CAMPANHAS SUPLEMENTARES b) Campanha de Calebe e Otniel (Jz 1:11-15)  A região ao redor de Hebrom, prometida a Calebe em recompensa à sua fidelidade (Js 14:6- 15), foi conquistada por Josué na batalha contra Adoni-Zedeque e os reis de Hebrom-Jarmute, Laquis e Eglom. Todavia, os enaquins e os amorreus voltaram a ocupá-la. Calebe (talvez integrando a expedição de Judá e Simeão) toma-a de novo e expulsa os filhos de Enaque (enaquins

31 CAMPANHAS SUPLEMENTARES c) Campanha dos danitas (Jz 18 e Js 19:47) Na repartição de Canaã entre as Doze Tribos, a parte que se destinou aos danitas, na Palestina Central, de Quiriate- Jearim a Jope, era muito fértil, porém muito estreita. Então, 600 de seus guerreiros se dirigiram ao sopé do Monte Hermom e conquistaram para si mais uma herança, tomando a cidade fenícia de Laís, cujo nome mudaram para Dã. Desde aquela época, a expressão “de Dã até Berseba” (240 km) passou a representar a extensão das possessões de Israel (Jz 18:27-29; Js 19:47; Jz 20:1; IICr 30:5).

32 DIVISÃO DA TERRA

33 PROPÓSITOS DO LIVRO DE JOSUÉ 1) Preservar a história da conquista de Canaã e da divisão da terra entre as tribos. 2) Revelar a fidelidade do Senhor como um Deus observador da aliança (Js 1:2-6) 3) Mostrar a santidade de Deus no julgamento dos cananeus e na exigência de que os israelitas se despojassem de toda coisa proibida a fim de ganhar a guerra santa.

34 PROPÓSITOS DO LIVRO DE JOSUÉ 4) Demonstrar à posteridade de Israel a grande vitória que o povo pode alcançar se tão somente crer e seguir a liderança do Senhor, em vez de recorrer à força humana.

35 Cidades de Refúgio (Nm 35:6-34; Js 20:1-9) 1)Antes da conquista, o Senhor determinou a Israel, por intermédio de Moisés: “ Quando passardes o Jordão para a terra de Canaã, escolhei para vós outros cidades que vos sirvam de refúgio, para que nelas se acolha o homicida que matar alguém involuntariamente. Estas cidades vos serão para refúgio do vingador do sangue, para que o homicida não morra, antes de ser apresentado perante a congregação para julgamento (...) serão seis cidades de refúgio para vós outros. Três destas cidades dareis deste lado do Jordão, e três dareis na terra de Canaã (...) Serão de refúgio estas seis cidades para os filhos de Israel, e para o estrangeiro e para o que se hosped ar no meio deles” (Nm 35:9- 15).

36 CIDADELADO ORIENTALESTABELECIDA POR BezerTerritório de RubensMoisés Ramote-GileadeTerritório de GadeMoisés GolãTerritório de ManassesMoisés CIDADELADO OCIDENTALESTABELECIDA POR QuedesTerritório de NaftaliJosué SiquémTerritório de EfraimJosué HebromTerritório de JudáJosué

37 HERANÇA DOS LEVITAS 1)A tribo de Levi, responsável pelo serviço religioso de toda a nação, dependia dos dízimos e das ofertas do povo para seu sustento (Dt 12:11,12,19; Ne 10:37). 2)Portanto, não recebeu herança na forma de território. As tribos foram encarregadas de selecionar cidades para os levitas habitarem; terras de pasto em redor de cada uma das quarenta e cinco cidades foram igualmente providas para dar pasto ao gado dos levitas (Js 13:14,33; 18:7; 21:1-42).

38 OS ÚLTIMOS ANOS DA VIDA DE JOSUÉ 1)Em recompensa por seu destemido comando, Josué recebeu uma cidade só para ele, Timnate-Sera, nas colinas de Efraim (Js 19:49-50). 2)Siló, o centro religioso que ele estabeleceu para todo o Israel, ficava ali perto, no mesmo território de Efraim.

39 OS ÚLTIMOS ANOS DA VIDA DE JOSUÉ 3) Antes de morrer, com a idade de 110 anos (Js 24:29-30), Josué reuniu todo o povo de Israel em Siquém e advertiu-os severamente para que temessem a Deus. 4) Relembrou-lhes o fato de que Deus chamara a Abraão para que não servisse a ídolos e cumpriram o pacto estabelecido com os patriarcas, introduzindo Israel na terra prometida. (24:14-15).


Carregar ppt "LIVRO DE JOSUÉ. AUTORIA 1) A tradição judaica (Talmude) diz que Josué escreveu todo o livro, com exceção de alguns versos, atribuídos a Finéias, (24:33)."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google