A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

R e p r e s e n t a ç ã o LEITURA E REPRESENTAÇÃO DO ESPAÇO. AS RELAÇÕES ENTRE AS FORMAS NO ESPAÇO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "R e p r e s e n t a ç ã o LEITURA E REPRESENTAÇÃO DO ESPAÇO. AS RELAÇÕES ENTRE AS FORMAS NO ESPAÇO."— Transcrição da apresentação:

1 R e p r e s e n t a ç ã o LEITURA E REPRESENTAÇÃO DO ESPAÇO. AS RELAÇÕES ENTRE AS FORMAS NO ESPAÇO.

2 O ESPAÇO REAL ou pleno, reúne, pelo menos, três dimensões (comprimento, largura e altura). …ou FECHADO, limitado, restrito, interior, coberto… E pode ser ABERTO, amplo, descoberto, exterior…

3 ESPAÇO E FORMA TRIDIMENSIONAL Estátua de D. Sebastião Edificada em 1973, Lagos, da autoria do escultor português João Cutileiro.

4 A Máscara do Olho Verde Obra de 1915; Técnica Óleo sobre Tela; Museu Municipal Souza Cardoso (Pintor) Espaço e Forma Bidimensional

5 O espaço representado nesta pintura é ilusório! As personagens estão no interior de uma taberna, mas na verdade o suporte visual é bidimensional… "O Fado" Pintura naturalista de José Malhoa, 150cm x 183cm, 1910,Museu da Cidade de Lisboa.

6 Abertura em Trompe l'Oeil (Ilusão de Profundidade) Obra de 1972, Salvador Dali, Pintor Surrealista. Nesta obra, o artista pintou uma porta num espaço tridimensional. Na verdade, é uma representação bidimensional, que causa no observador a ilusão de realidade. Também designado Tromp l’Oeil.Tromp l’Oeil.

7 Anamorfose Ilusória Pintura Mural de Eduardo Relero. Outro exemplo de Tromp l’Oeil, mas neste caso, o artista recorreu a uma intervenção num elemento arquitetónico (Muro). Para tornar o espaço mais aberto criou um cenário ilusório na superfície da barreira arquitetónica. Continua a ser uma representação bidimensional.Tromp l’Oeil

8 Posição dos objetos no espaço Posição relativa de objetos no espaço Vertical Horizontal Oblíqua

9 Posição dos objetos no espaço Representação do Perto – Longe Através da dimensão

10 Posição dos objetos no espaço Representação do Perto – Longe Através da dimensão

11 Posição dos objetos no espaço Representação do Perto – Longe através da cor Repara como as montanhas mais longe têm uma cor mais clara e menos intensa.

12 Posição dos objetos no espaço Representação do Perto – Longe À frente – Atrás (sobreposição)

13 Posição dos objetos no espaço Representação do Perto – Longe À frente – Atrás (sobreposição)

14 Posição dos objetos no espaço Opacidade - TransparênciaTransparência

15 Posição dos objetos no espaço Opacidade Opacidade - Transparência

16 Posição dos objetos no espaço Opacidade Opacidade - Transparência

17 Posição dos objetos no espaço Opacidade - TransparênciaTransparência

18 Posição dos objetos no espaço Os Planos

19 Posição dos objetos no espaço Os Planos

20 Posição dos objetos no espaço Os Planos

21 Posição dos objetos no espaço Os Planos

22 Posição dos objetos no espaço Os Planos

23 Posição dos objetos no espaço Os Planos

24 Posição dos objetos no espaço Os Planos

25 Posição dos objetos no espaço Os Planos

26 Posição dos objetos no espaço Os Planos

27 Posição dos objetos no espaço Os Planos

28 Posição dos objetos no espaço Os Planos

29 Posição dos objetos no espaço Os Planos

30 Posição dos objetos no espaço Os Planos

31 Posição dos objetos no espaço Os Planos

32 Posição dos objetos no espaço Os Planos

33 Posição dos objetos no espaço Os Planos

34 Posição dos objetos no espaço Os Planos

35 Posição dos objetos no espaço Os Planos

36 Posição dos objetos no espaço Os Planos

37 Retas Complanares Estas retas são não complanares, relativamente às retas vermelhas. São, no entanto, complanares entre si. Que retas serão paralelas entre sí? Que retas são concorrentes entre sí? São retas que pertencem ao mesmo plano. Posição dos objetos no espaço Retas e Planos

38 Neste plano, que retas são paralelas entre sí? Posição dos objetos no espaço Retas e Planos

39 Neste plano, que retas são concorrentes entre sí? Posição dos objetos no espaço Retas e Planos Todas as retas que se cruzam são concorrentes

40 Esta reta pertence ao plano azul. Esta reta é concorrente com o plano azul. Esta reta é paralela ao plano azul. Porque interseta o plano azul mas, não faz parte dele. Porque é paralela a uma reta pertencente ao plano azul. Posição dos objetos no espaço Retas e Planos

41 Posição dos objetos no espaço Retas perpendiculares 90 º Quando duas retas se cruzam formando um ângulo de 90 graus, elas são perpendiculares.

42 COMUNICAÇÃO TECNOLÓGICA ESQUEMAS GRÁFICOS AS VISTAS DE UM OBJETO

43 EXISTEM MUITAS FORMAS DE REPRE-SENTAR TÉCNICA E GRÁFICAMENTO OS OBJETOS. Os objetos podem ser represen- tados em perspetiva (ilusão de volume) ou através de métodos das vistas ortogonais (sistema de 2, 3, 4 ou 6 vistas). Vamos analisar o método das 3 vistas, que pode ser utilizado na representação de formas (modelos) simétricos. Assim, imagina 3 planos perpendiculares entre si (Planos Projetantes): -Plano Vertical - Plano Horizontal - Plano Lateral

44 PRISMA TRIANGULAR

45 VAMOS COLOCÁ-LO NO ESPAÇO FORMADO PELOS TRÊS PLANOS PROJETANTES. Supondo que és o observador, vais te colocar por cima do prisma de modo a veres o topo dessa forma.

46 IMAGINANDO QUE POR CADA VÉRTICE VISÍVEL DO PRISMA FAZES INCIDIR RAIOS VISUAIS PERPENDICULARES AO PLANO HORIZONTAL, OBTERÁS UMA PROJEÇÃO CONFOR-ME A FIGURA A AMARELO. A essa representação designa- se de vista de topo ou PLANTA.

47 Continuando a observar o prisma, agora vais te colocar de frente para o Plano Lateral de modo a veres a forma de lado.

48 IMAGINANDO QUE POR CADA VÉRTICE VISÍVEL DO PRISMA FAZES INCIDIR RAIOS VISUAIS PERPENDICULARES AO PLANO LATERAL, OBTERÁS UMA PROJEÇÃO CONFORME A FIGURA A LARANJA. A essa representação designa- se de vista de perfil ou ALÇADO LATERAL.

49 Agora vais te colocar de frente para o Plano Vertical de modo a veres a forma de frente.

50 UMA VEZ MAIS, POR CADA VÉRTICE VISÍVEL DO PRISMA FAZES INCIDIR RAIOS VISUAIS PERPENDICULARES AO PLANO VERTICAL, OBTERÁS UMA PROJEÇÃO CONFORME A FIGURA A VERMELHA. A essa representação designa- se de vista de principal ou ALÇADO FRONTAL.

51 DEPOIS DE REUNIRES AS TRÊS VISTAS ORTOGONAIS DO PRISMA, PODES RETIRAR O OBJETO DO ESPAÇO DE MODO A OBTERES O ALÇADO PRINCIPAL, O ALÇADO LATERAL E A PLANTA. Assim, passas a ter o objeto dado pelas suas vistas e não precisas de vê-lo virtualmente no espaço. Obténs um objeto representado pelas suas vistas.

52 POR ÚLTIMO, SE REBATERES OU RODARES O PLANO LATERAL E O PLANO HORIZONTAL CONFORME AS SETAS TRIANGULARES, OBTERÁS A REPRESENTAÇÃO DO PRISMA PELAS TRÊS VISTAS. ATENÇÃO, NÃO TE ESQUEÇAS QUE PARA ESTE TIPO DE DESENHO NECESSITAS DOS INSTRUMENTOS DE DESENHO TÉCNICO (RÉGUA, ESQUADRO E COMPASSO). AS DIMENSÕES FICAM SEMPRE EM VERDADEIRA GRANDEZA, OU SEJA, COMO SE ESTIVESSES A VER CADA VISTA DE FRENTE. AS LINHAS DE CHAMADA TRADUZEM OS RAIOS VISUAIS OU PROJETANTES. SÃO SEMPRE PARALELOS E/OU PERPENDICU- LARES ENTRE SI E EM RELAÇÃO AOS EIXOS (VERTICAL E HORIZONTAL).

53 EDUCAÇÃO Visual - 2.º Ciclo 6.º ano Representação (R6) Professores: João Pedro Pereira Nélio Aguiar


Carregar ppt "R e p r e s e n t a ç ã o LEITURA E REPRESENTAÇÃO DO ESPAÇO. AS RELAÇÕES ENTRE AS FORMAS NO ESPAÇO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google