A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Perspetiva Isométrica. Quando olhamos para um objeto, temos a sensação de profundidade e relevo. As partes que estão mais próximas de nós parecem maiores.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Perspetiva Isométrica. Quando olhamos para um objeto, temos a sensação de profundidade e relevo. As partes que estão mais próximas de nós parecem maiores."— Transcrição da apresentação:

1 Perspetiva Isométrica

2 Quando olhamos para um objeto, temos a sensação de profundidade e relevo. As partes que estão mais próximas de nós parecem maiores e as partes mais distantes aparentam ser menores. A fotografia mostra um objeto do mesmo modo como ele é visto pelo olho humano, pois transmite a idéia de três dimensões: comprimento, largura e altura. O desenho, para transmitir essa mesma idéia, precisa recorrer a um modo especial de representação gráfica: a perspectiva. Ela representa graficamente as três dimensões de um objeto em um único plano, de maneira a transmitir a idéia de profundidade e relevo.

3 Perspectiva é a representação gráfica dos objetos tridimensionais. Ela pode ser feita de várias maneiras, com resultados diferentes, que se assemelham mais ou menos à visão humana. Observa como um objeto pode ser representado de maneiras diferentes:

4 Cada tipo de perspectiva mostra o objeto de um jeito. Comparando as três formas de representação, pode-se notar que a perspectiva isométrica é a que dá a idéia menos deformada do objeto. Iso quer dizer mesma; métrica quer dizer medida. A perspectiva isométrica mantém as mesmas proporções do comprimento, da largura e da altura do objeto representado.

5 O desenho da Perspectiva isométrica é baseado num sistema de três semi-retas que têm o mesmo ponto de origem e formam entre si três ângulos de 120°.

6 Por razões práticas costuma-se utilizar, na construção das perspectivas, o prolongamento dos eixos X e Y a partir do ponto O, no sentido contrário, formando ângulos de 30° com a horizontal, enquanto o eixo Z (vertical) permanece inalterado.

7 Cada uma das semi-retas é um eixo isométrico. Os eixos isométricos podem ser representados em posições variadas, mas sempre formando, entre si, ângulos de 120°. O traçado de qualquer perspectiva isométrica parte sempre dos eixos isométricos.

8 Qualquer reta paralela a um eixo isométrico é chamada linha isométrica.

9 As linhas não paralelas aos eixos isométricos são linhas não isométricas. A reta v, na figura abaixo, é um exemplo de linha não isométrica.

10 A malha isométrica é um artifício de desenho cuja finalidade é possibilitar a produção de rascunhos gráficos muito próximos da perspectiva isométrica precisa (feita com instrumentos). Consiste na malha de triângulos eqüiláteros formada por retas paralelas aos eixos.

11

12 Para facilitar o traçado da perspectiva isométrica à mão livre, usaremos um tipo de papel reticulado que apresenta uma rede de linhas que formam entre si ângulos de 120º. Essas linhas servem como guia para orientar o traçado do ângulo correto da perspectiva isométrica.

13 prisma retangular dimensões básicas: c = comprimento; l = largura; h = altura

14 12 345

15 Trata-se de um prisma retangular com um elemento paralelo: o rebaixo. O rebaixo é um elemento paralelo porque suas linhas são paralelas aos eixos isométricos: a e d são paralelas ao eixo y; b, e e g são paralelas ao eixo x; c e f são paralelas ao eixo z.

16 prisma com rebaixo c = comprimento; l = largura; h = altura

17 12 345

18 Os modelos prismáticos também podem apresentar elementos oblíquos. Esses elementos são oblíquos porque têm linhas que não são paralelas aos eixos isométricos.

19 Prisma chanfrado: c = comprimento; l = largura; h = altura

20

21

22 Construção da perspectiva isométrica de um objeto objeto, feito passo a passo:

23 Traçar os eixos isométricos com o uso dos instrumentos. 1

24 Usar os eixos isométricos para marcação das dimensões gerais do objeto (comprimento, largura e altura). 2

25 Por meio de retas paralelas aos eixos (traçadas com os esquadros apoiados na régua paralela) fechar volume do objeto. 3

26 Usar os eixos isométricos para marcação das dimensões parciais do objeto. 4

27 Por meio de retas paralelas aos eixos completar o volume do objeto. 5

28 Reforçar os traços que formam as arestas do objeto de forma que as linhas construtivas fiquem em segundo plano. 6

29

30

31

32 Existem vários tipos de projeções axonométricas ortogonais: Projeção isométrica normalizada - Com os eixos x e y a 30º da linha horizontal do desenho; x y z 30º

33 Na perspetiva cavaleira uma das faces é sempre paralela à linha do horizonte, pelo que aparece sempre representada em verdadeira grandeza. O ângulo que as linhas de profundidade formam com a horizontal é de 45º. A representação da dimensão lateral é reduzida para metade da sua dimensão real. z x y 45º

34


Carregar ppt "Perspetiva Isométrica. Quando olhamos para um objeto, temos a sensação de profundidade e relevo. As partes que estão mais próximas de nós parecem maiores."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google