A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A cidade ideal Platão: o rei filósofo. O filósofo grego Platão (428-347 a.C), em seu livro A República, explica que o indivíduo possui três almas: a concupiscente,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A cidade ideal Platão: o rei filósofo. O filósofo grego Platão (428-347 a.C), em seu livro A República, explica que o indivíduo possui três almas: a concupiscente,"— Transcrição da apresentação:

1 A cidade ideal Platão: o rei filósofo

2 O filósofo grego Platão ( a.C), em seu livro A República, explica que o indivíduo possui três almas: a concupiscente, a irascível e a racional. Pela educação, o indivíduo deveria alcançar o equilíbrio entre esses três princípios, mas um equilíbrio hierárquico, pois para o filósofo, a alma racional deve preponderar. Depois, fazendo uma analogia entre o indivíduo e a cidade (pólis), Platão também a dividiu em três grupos sociais.

3 Produtores: responsáveis pela produção econômica, como os artesãos e agricultores, criadores de animais etc. Esse grupo corresponderia à alma concupiscente; Guardiães: responsáveis pela defesa da cidade, como os soldados. Esse grupo corresponderia à alma irascível; Governantes: responsáveis pelo governo da cidade. Esse grupo corresponderia à alma racional.

4

5

6

7 A justiça na cidade dependeria do equilíbrio entre esses três grupos sociais, ou seja, cada qual cumprindo sua função, uma vez que se trata de aspectos necessários à vida da cidade. E da mesma forma que a alma racional prepondera no indivíduo, a esfera preponderante na cidade deve ser, para Platão, a dos governantes. Mas quem deve ser o governante? O filósofo propõe um modelo educativo que possibilitaria a todos os indivíduos igual acesso à educação, independentemente do grupo social a que pertencesse por nascimento.

8 Em sua formação, as crianças passando por processos de seleção, ao longo dos quais seriam destinadas a um dos três grupos sociais que formam a cidade. Os mais aptos continuariam seus estudos até o ponto mais alto desse processo – a filosofia -, a fim de se tornarem sábios e, assim, habilitados a administrar a cidade.

9 Dizemos, portanto, que a concepção política de Platão é a aristocrática, pois supõe que a grande massa é incapaz de dirigir a cidade. Apenas uma pequena parcela de sábios está apta a exercer o poder político. Aristocracia é a forma de governo em que o poder é exercido pelos melhores. Os quais na proposta de Platão, constituiria uma elite do latim eligere, escolhido que se distinguiria pelo saber.Trata-se portanto, de uma aristocracia do espírito, isto é, não está baseada no poder econômico.

10

11

12


Carregar ppt "A cidade ideal Platão: o rei filósofo. O filósofo grego Platão (428-347 a.C), em seu livro A República, explica que o indivíduo possui três almas: a concupiscente,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google