A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UM POUCO DE HISTÓRIA... Apóstolo de Cristo de origem pouco conhecida, considerado autor do segundo dos evangelhos sinóticos, e considerado fundador da.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UM POUCO DE HISTÓRIA... Apóstolo de Cristo de origem pouco conhecida, considerado autor do segundo dos evangelhos sinóticos, e considerado fundador da."— Transcrição da apresentação:

1

2 UM POUCO DE HISTÓRIA... Apóstolo de Cristo de origem pouco conhecida, considerado autor do segundo dos evangelhos sinóticos, e considerado fundador da Igreja no Egito e, também, fundador da cidade italiana de Veneza. Seu nome aparece nas epístolas de São Paulo, que se refere a ele como um de seus colaboradores que enviavam saudações de Roma.

3 A principal fonte de informações sobre sua vida está no livro Atos dos Apóstolos. Filho de Maria de Jerusalém e primo de Barnabé, já se havia convertido ao cristianismo quando Paulo e Barnabé chegaram a Jerusalém (44) trazendo os auxílios da Igreja de Antioquia (At 11,30). Acompanhou Barnabé e Paulo a Antióquia (12,25), na hoje Turquia, onde atuou como auxiliar de Paulo, mas voltou à Jerusalém quando chegaram a Perge, na Panfília.

4 Depois ele e Barnabé teriam embarcado para à ilha de Chipre (13,4-5), na sua primeira viagem apostólica, porém o apóstolo não voltou a ser mencionado nos Atos. De Chipre passou a evangelizar a Ásia Menor e, em decorrência de alguns conflitos, separou-se de Paulo e Barnabé em Perge (Panfília) e voltou para Jerusalém (13,13). Voltou a Chipre (50) acompanhado apenas de Barnabé (15,39) e depois foi para Roma como colaborador de Paulo, prisioneiro naquela cidade (Cl 4,10; Fm 24).

5 É possível que tenha deixado Roma antes da perseguição de Nero (64), pois depois (67) o apóstolo de Tarso, prisioneiro pela segunda vez, escrevia a Timóteo pedindo-lhe que levasse consigo, de Éfeso para Roma, o seu discípulo e colaborador, já que este lhe era muito útil em seu ministério (2Tm 4,11). Em Roma, também entrou em contato com Pedro, pois este, dirigindo-se aos fiéis do Ponto, da Galácia, Capadócia, Ásia e Bitínia, saúda-as em nome do evangelista, a quem afetuosamente chama de filho (1Pd 5,13).

6 Provavelmente escreveu em Roma o Evangelho (50-70) que traz o seu nome e que compila e reproduz a catequese de Pedro. Seu Evangelho destinou-se aos cristãos provenientes do paganismo e tem um estilo simples e vigoroso e com seus 661 versículos, é o Evangelho menos extenso. No século II, o bispo Pápias de Hierápolis, Anatólia, afirmou que ele teria sido intérprete de São Pedro. Embora sejam escassas as informações sobre o evangélico, é indiscutível sua importante participação nos primeiros tempos da Igreja cristã.

7 Na Itália seu nome está ligado à cidade de Veneza, para onde mercadores venezianos provenientes de Alexandria, transportaram o que diziam ser as suas relíquias (828). Seu símbolo como evangelista é o leão e a Igreja Católica festeja seu dia em 25 de abril, data em que o evangelista teria sido martirizado. XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

8 Paulo (45-65) Marcos (65-70) Mateus (85-90) Lucas (85-90) Mateus (85-90) Eternidade – pré-existência Genealogia - Adão Genealogia - Abraão/Davi Batismo/Ministério Quanto mais a comunidade vai adiante na História, mais necessita enraizar-se para traz, pois está mais distante do EVENTO HISTÓRICO: JESUS.

9 QUEM É JESUS? “Cumpriu-se o tempo e o Reino de Deus está próximo. Arrependei- vos e crede no Evangelho” (Mc 1,15).

10 O AUTOR: * Conhecemos Marcos a partir de outros textos do NT. Em At fala-se de um Marcos, cujo primeiro nome era João (At 12,12.25; 15,37). * Encontramos ele em pleno trabalho missionário com Barnabé e Paulo (At 12,25; 13,5). * Nas Cartas Paulinas ele também aparece: Cl 4,10; Fm 24; 2Tm 4,11. * Última alusão em 1Pd 5,13.

11 Abertura: João Batista, o arauto e precursor 1,14-3,6: o início na Galiléia 3,7-5,43: gestos e palavras do Reino 6,1-8,26: pão para todos 8,27-10,52: instruções do caminho e seguimento 11,1-13,57: atividade em Jerusalém 14,1-16,20: paixão, morte e ressurreição.

12 Ler os textos de Marcos e descreva quem é Jesus: 1) Mc 1,1 2) Mc 1,9-11 3) Mc 1, ) Mc 3,1-6 5) Mc 6,1-6 6) Mc 6, ) Mc 8, ) Mc 8, ) Mc 9, ) Mc 10, ) Mc 15, ) Mc 16,1-8

13 Ler os textos de Marcos e descreva quem é Jesus: 1) Mc 1,1 – Filho de Deus 2) Mc 1,9-11 – O Filho muito amado 3) Mc 1,16-20 – Aquele que chama 4) Mc 3,1-6 – Aquele que cura 5) Mc 6,1-6 – Aquele que ensina, cura... 6) Mc 6,30-44 – Aquele que se compadece, ensina, dá de comer, 7) Mc 8,22-26 – Aquele que cura 8) Mc 8,27-33 – Aquele que caminha junto, ensina, repreende 9) Mc 9,33-40 – exorta, é didático, ensina 10) Mc 10,46-52 – Aquele que tem compaixão, que chama, encoraja, envia 11) Mc 15,33-39 – Filho de Deus 12) Mc 16,1-8 – O ressuscitado,

14 Marcos chama seu escrito de Evangelho. Na tradição judaica “Evangelho” é a irrupção do Reino de Deus. (Is 40,9; 52,7; 61,7). (Mc 1,1) > {duas traduções}: “Começo do Evangelho de Jesus Cristo, o Filho de Deus” “Princípio da boa nova de Jesus Cristo, Filho de Deus” Chaves de leitura 1- O Evangelho:

15 Crer no Evangelho é reconhecer em Jesus a verdadeira presença de Deus no meio da humanidade. 1,14-15 Acolher Jesus significa acolher e reconhecer o Reino de Deus no meio de nós. Os mistérios do Reino foram transmitidos por Jesus aos seus seguidores (Mc 4,11) Chaves de leitura 2- A fé em Jesus:

16 Jesus é o filho de Deus, o Messias (1,1.11; 9,29; 15,39). Um soldado romano reconhece a presença de Deus em Jesus na Cruz (15,39). O escândalo da cruz e a perspectiva da paixão estão presentes em todo o Evangelho (3, ; 6,3; 8,15.31; 9,31; 10,33). Chaves de leitura 3- quem é Jesus?

17 Assumir o caminho supõe aceitar um chamado na liberdade e na generosidade (10,21). seguimento a Cristo. 1,16; 8,27; 9,33; 10,32; 10,52; O caminho em Marcos significa: seguimento a Cristo. 1,16; 8,27; 9,33; 10,32; 10,52; Chaves de leitura 4- O caminho:

18 a) A resposta do centurião (15,39) é a conclusão que todos devem ter ao caminhar com Jesus at é o fim. Ele (um pagão) representa todos aqueles que estão à procura de Jesus. Ele acreditou. E n ó s: quem dizemos que é Jesus? Estamos dispostos a tomar a nossa cruz e segui-lo pelo caminho? Aceitamos seu ensinamento? Atualização do Evangelho

19 b) Jesus quase pro í be que se espalhe a not í cia de que Ele é o Messias. O evangelista quer nos fazer entender que n ó s mesmos é que devemos descobrir quem é Jesus e não pelo que os outros andam dizendo.

20 c) A resposta ao chamado ser á “ seguir Jesus ” (8,34-38) e colocar-se a servi ç o do Reino de Deus hoje. Diante de um mundo injusto, violento e destas “ multidões ” exclu í das, qual é a nossa resposta?

21 Ler todo o Evangelho em seq ü ência (pessoalmente, mas sobretudo em grupos de estudo) e atualiz á -lo em nossa vida e comunidade! Fica o convite:

22


Carregar ppt "UM POUCO DE HISTÓRIA... Apóstolo de Cristo de origem pouco conhecida, considerado autor do segundo dos evangelhos sinóticos, e considerado fundador da."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google