A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

>Bases de conhecimento e novas técnicas de análise numérica aplicadas às águas subterrâneas Objetivos oO Projeto visa desenvolver trabalhos conducentes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: ">Bases de conhecimento e novas técnicas de análise numérica aplicadas às águas subterrâneas Objetivos oO Projeto visa desenvolver trabalhos conducentes."— Transcrição da apresentação:

1 >Bases de conhecimento e novas técnicas de análise numérica aplicadas às águas subterrâneas Objetivos oO Projeto visa desenvolver trabalhos conducentes a uma adequada aplicação de bases de conhecimentos e novas técnicas de análise numérica de apoio e gestão de recursos hídricos subterrâneos. Com carácter inovador, o Projecto visa a integração na área de recursos hídricos subterrâneos de outras áreas científicas, através da incorporação de novas técnicas numéricas. oO PIP divide-se em quatro áreas de conhecimento:  a) Ferramentas de apoio à decisão em gestão de recursos hídricos subterrâneos, que inclua i) Sistemas de Apoio à Decisão, ii) Sistemas de Informação Geográfica e iii) Bases de Conhecimentos;  b) Ferramentas de modelação numérica com forte integração com de outras áreas dos recursos hídricos (Zonas Costeiras, Rios, etc.)  c) Os impactes i) das incertezas dos dados das estruturas de decisão, ii) dos diferentes critérios dos actores envolvidos na decisão e iii) dos factores condicionantes nos resultados finais de projetos e/ou estudos em recursos hídricos subterrâneos.  d) Adaptação da metodologia DPSIR (Driving Forces – Pressure – State – Impact – Response) à gestão dos recursos hídricos subterrâneos. NAS: PIP : ESTUDOS 2) Estrutura do sistema aquífero do Quaternário de Aveiro na região envolvente ao complexo químico de Estarreja (ARH Centro – SIG) 1) Modelo digital de terreno do caso de estudo em Melides (imagem TIN obliqua e com exagero de 10 vezes) (PROWATERMAN)

2 >Bases de conhecimento e novas técnicas de análise numérica aplicadas às águas subterrâneas: Ferramentas de apoio à decisão em gestão de recursos hídricos subterrâneos Objetivos oDesenvolvimento de bases de dados/conhecimentos como suporte aos sistemas de apoio. oIntegração de sistemas de informação geográfica como ferramenta de análise em gestão do recurso. Resultados oCriação de bases de dados alfanuméricas de pontos de água georreferênciados a partir da digitalização de bases de dados em formato fisico (figura 1) oAplicação de ferramentas SIG na aplicação dos outputs do cálculo da recarga natural de aquíferos NAS: PIP : ESTUDOS 1) Estrutura da base de dados de pontos recolhidos nos arquivos da ARH do Centro e ARH do Tejo 2) Análise de balanços hídricos em bacias (PROWATERMAN)

3 >Bases de conhecimento e novas técnicas de análise numérica aplicadas às águas subterrâneas: Ferramentas de apoio à decisão em gestão de recursos hídricos subterrâneos (cont.) Resultados oEstruturação em modelos de dados geográficos (MDG), da informação geográfica e alfanumérica relacionada com as águas subterrâneas, para apoio aos planos de gestão de região hidrográfica e ao licenciamento/planeamento. (ARH-Norte, ARH-Centro, ARH-Tejo) oDefinição de geonálises de confrontação para integração em ferramentas de apoio ao licenciamento da ARH do Centro. NAS: PIP : ESTUDOS 2) A componente das águas subterrâneas no MDG da ARH- Centro. Oliveira et al (2012) 1) Diagrama de classes UML EstadoMASubterra neas referente à classificação do estado químico, quantitativo e global das massas de águas subterrâneas. Oliveira e Charneca (2010) 3) Esboço de metodologia de determinação da área de influência de uma captação como possível geoanálise

4 >Bases de conhecimento e novas técnicas de análise numérica aplicadas às águas subterrâneas: Ferramentas de modelação numérica Objetivos oConceptualização tridimencional de modelos oModelação do escoamento subterrâneo e transporte para diferentes cenários de recarga artificial Resultados oAplicação de software de análise tridimensional em sólidos de sistemas produzidos a partir de colunas de sondagem oIntrodução em ferramentas de modelação matemática dos dados recolhidos em campo e produzidos em SIG para a caracterização do comportamento hidrogeológico dos sistemas NAS: PIP : ESTUDOS 2) Calibração e modelção da propagação de particulas (ARH Centro – SIG) 1) Modelação do impacto da subsidência em Vialonga (SUBSIN)

5 >Bases de conhecimento e novas técnicas de análise numérica aplicadas às águas subterrâneas: Adaptação da metodologia DPSIR à gestão dos recursos hídricos subterrâneos Objetivos oAnálise, de forma integrada, quais as forças motrizes (Driving Forces) que produzem pressões (Pressure) numa determinada massa de água, em que estado esta se encontra (State) e qual o impacto (Impact) que este estado terá nos ecossistemas, na sociedade e nos materiais. oPor fim, é de maior importância a análise de possíveis respostas (Response) a aplicar. Resultados oObtenção das bases necessárias para a aplicação de medidas e respostas cientificamente baseadas oDesenvolvimento de um conjunto de possíveis respostas integradas que permitem solucionar os problemas identificados (figura 2) NAS: PIP : ESTUDOS 2) Solução para o problema da intrusão marinha e rebaixamento dos níveis através da implementação da recarga artificial de aquíferos (Cooperação Internacional Portugal – Tunísia (FCT)) 1) Avaliação da propagação de partículas (CM de Praia da Vitória)


Carregar ppt ">Bases de conhecimento e novas técnicas de análise numérica aplicadas às águas subterrâneas Objetivos oO Projeto visa desenvolver trabalhos conducentes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google