A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESTUDO COMPARATIVO ENTRE TÉCNICAS AGROPECUÁRIAS CONVENCIONAIS E AS SUSTENTÁVEIS CONTEMPLADAS NO PROGRAMA ABC RELATÓRIO TRATAMENTO DE RESÍDUOS ANIMAIS SUINOCULTURA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESTUDO COMPARATIVO ENTRE TÉCNICAS AGROPECUÁRIAS CONVENCIONAIS E AS SUSTENTÁVEIS CONTEMPLADAS NO PROGRAMA ABC RELATÓRIO TRATAMENTO DE RESÍDUOS ANIMAIS SUINOCULTURA."— Transcrição da apresentação:

1 ESTUDO COMPARATIVO ENTRE TÉCNICAS AGROPECUÁRIAS CONVENCIONAIS E AS SUSTENTÁVEIS CONTEMPLADAS NO PROGRAMA ABC RELATÓRIO TRATAMENTO DE RESÍDUOS ANIMAIS SUINOCULTURA Stela Basso Montoro Graduanda em Administração na Universidade Estadual Paulista – Campus Jaboticabal FCAV/UNESP J ORGE DE LUCAS JUNIOR Professor no Departamento de Engenharia Rural da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias – Campus de Jaboticabal - SP, da Universidade Estadual Paulista FCAV/UNESP BRASÍLIA – DF OUTUBRO/2012

2 APRESENTAÇÃO 1- INTRODUÇÃO: abordando a situação da suinocultura e o potencial de impacto. 2- QUANTIFICAÇÃO DOS DEJETOS DE SUÍNOS: quantidades de dejetos geradas nos sistemas de criação de suínos em suas diferentes categorias. 3- TRATAMENTO DOS DEJETOS DE SUÍNOS: possibilidades de tratamento dos dejetos de suínos. 4- USO DE BIODIGESTORES ANAERÓBIOS: abordagem sobre o processo de biodigestão anaeróbia, as quantidades de biogás e biofertilizante. 5- VIABILIDADE ECONÔMICA DA IMPLANTAÇÃO DE BIODIGESTORES EM SUINOCULTURAS: estudo de viabilidade da implantação de sistemas de biodigestão anaeróbia em diferentes tipos e tamanhos de suinoculturas. 6- CONSIDERAÇÕES SOBRE O PROGRAMA ABC E O USO DE BIODIGESTORES: possibilidades de aproveitamento dos dejetos e dos ganhos para o produtor.

3 1.INTRODUÇÃO

4 Aumentou animal/ área passando a produzir grandes quantidades animais em pequenas extensões de terra. Sistema vertical

5 DEJETOS MAU CHEIRO AMBIENTE EMISSÕES DE GEE

6

7 2. QUANTIFICAÇÃO DOS DEJETOS DE SUÍNOS

8 sistemas de produção de suínos Tabela 3. Categorias de animais que compõe UPT, UPL e UPC.

9 Em condições de campo têm sido observadas produções médias diárias de dejetos :

10 3. TRATAMENTO DOS DEJETOS DE SUÍNOS 4. USO DE BIODIGESTORES ANAERÓBIOS

11 Lagoa anaeróbia

12 DIGESTÃO ANAEROBIA REDUZ 60% DA CARGA POLUENTE DO DEJETO

13 Esquematização do funcionamento de biodigestores. Fonte. Hubner (2005).

14 Lagoa depois da instalação do Biodigestor

15 Biodigestor Visão Panorâmica Galpões Biodigestor com 2 células Lagoas 1ª e 2ª

16 Motogeradores e Motobombas

17 Em condições de campo têm sido observadas produções médias diárias de biogás : Observação: Os biofertilizantes obtidos com dejetos de suínos possuem em seus componentes nitrogênio, fósforo e potássio, os quais são essenciais para o desenvolvimento das plantas.

18 Mineral Composto Biofertilizante Controle

19 Viabilidade Econômica das Atividades de Projetos que Implementam Biodigestores para o Tratamento de Resíduos da Suinocultura Considerando a Geração de Energia Elétrica a Partir do Biogás e o Uso do Biofertilizante

20 UPT, UPL e UPC. Quantificar os custos para implantação de sistemas de biodigestão anaeróbia e de grupos geradores. Considerando-se que o biogás seria queimado totalmente nos motores para geração de energia elétrica. O biofertilizante aproveitado integralmente e 20% na propriedade (na própria atividade suinocultura ou em outra atividade integrada). Viabilidade Econômica determinando-se o Valor Presente Líquido (VPL) e a Taxa Interna de Retorno (TIR). OBJETIVO

21 Os preços para a implantação dos sistemas de biodigestão anaeróbia foram obtidos na empresa SANSUY Indústria de Plásticos S.A., localizada no município de Embú das Artes – SP, na Rodovia Régis Bittencourt, km 280. Os preços para a implantação de grupos geradores de energia elétrica foram obtidos na empresa ER-BR Energias Renováveis, localizada no município de Londrina – PR, na Rua José da Silva, Parque Industrial Kiugo Takata. A equivalência do biofertilizante foi realizada considerando-se apenas os valores do nitrogênio, fósforo e potássio presentes no biofertilizante, desprezando-se os outros minerais (macro e micro nutrientes). Os preços dos adubos comerciais Sulfato de Amônio (R$960,00/tonelada), Superfosfato Simples (R$1.160,00/tonelada) e Cloreto de Potássio (R$1.250,00/tonelada). Unidade de Terminação (UPT), Unidade Produtora de Leitão (UPL) e Ciclo Completo (UPC), plantéis de 500 a animais no sistema UPT e de 100 a 3000 matrizes para os dois últimos sistemas. MÉTODOS:

22 N° Matrizes UPC Volume diário de dejetos, litros Sistema de biodigestão anaeróbia Estimativa de Produção Diária de Biogás, m 3 Custo do Sistema de biodigestão, R$ N o de biodigestores Volume de 1 biodigestor, m , , , , , , , , ,49 Exemplo dos Cálculos

23 N° Matrizes UPC Potência do Grupo Gerador, kVA Grupo Gerador Receita com En. Elétrica, R$ Custo do Grupo Gerador, R$ NoNo Produção Anual de En. Elétrica, kWh , , , , , , , , , , , , , , , , , ,0 0 Exemplo dos Cálculos

24 UPC com aproveitamento integral do biofertilizante Payback de 2 anos

25 UPC com aproveitamento de 20% do biofertilizante Payback 3 anos

26  OBJETIVO: Em cada sistema de produção (UPT, UPL e UPC), quantificar os custos para implantação de sistemas de biodigestão anaeróbia e de grupos geradores para os diferentes tamanhos de plantéis avaliados neste estudo, considerando-se que o biogás seria queimado totalmente nos motores para geração de energia elétrica e o biofertilizante aproveitado integralmente na propriedade (na própria atividade suinocultura ou em outra atividade integrada). Com os resultados de custos e receitas (energia elétrica e biofertilizante), efetuar estudo de viabilidade determinando-se o Valor Presente Líquido (VPL) e a Taxa Interna de Retorno (TIR).

27 Tabela 18 - Custo total, receita bruta, lucro líquido, VPL e TIR para os diferentes tamanhos de plantéis na Unidade Produtora de Terminação para um período de 10 anos.

28 Tabela 19 - Custo total, receita bruta, lucro líquido, VPL e TIR para os diferentes tamanhos de plantéis na Unidade Produtora de Leitão para um período de 10 anos.

29 Tabela 20 - Custo total, receita bruta, lucro líquido, VPL e TIR para os diferentes tamanhos de plantéis na Unidade Produtora Ciclo Completo para um período de 10 anos.

30  OBJETIVO: Em cada sistema de produção (UPT, UPL e UPC), quantificar os custos para implantação de sistemas de biodigestão anaeróbia e de grupos geradores para os diferentes tamanhos de plantéis avaliados neste estudo, considerando-se que o biogás seria queimado totalmente nos motores para geração de energia elétrica e o biofertilizante com aproveitamento de 20% na propriedade (na própria atividade suinocultura ou em outra atividade integrada). Com os resultados de custos e receitas (energia elétrica e biofertilizante), efetuar estudo de viabilidade determinando-se o Valor Presente Líquido (VPL) e a Taxa Interna de Retorno (TIR).

31

32

33

34

35 6. CONSIDERAÇÕES SOBRE O PROGRAMA ABC E SUGESTÕES SOBRE O USO DE BIODIGESTORES

36 Observação: Sugere-se que o Programa ABC contemple, para as regiões com problemas ambientais, devido às dimensões da suinocultura em pequenas áreas, projetos que permitam ao produtor rural implantar uma atividade agrícola para absorver os nutrientes dos dejetos e que os excedentes possam ser eliminados com a diminuição do plantel. A renda estaria garantida com a nova atividade. Isto significa substituir parte do plantel impactante por uma atividade que mantenha ou aumente a renda, menos impactante.

37 Observação: Sugere-se que o Programa ABC incentive mecanismo de divulgação de ações relacionadas às boas práticas no uso de dejetos em parceria com instituições do tipo cooperativas, associações, sindicatos, entre outros. Sugere-se também que possam existir projetos que agreguem diversos produtores, pois analisando em blocos ocorrerá maior estimulo e maiores ganhos regionais, tanto econômicos como ambientais.

38 + =

39 OBRIGADO !

40 Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - UNESP Departamento de Engenharia Rural Via de Acesso Prof. Paulo Donato Castellane, s/n Fone: (16) /2638 Fax: (16) Jaboticabal-SP


Carregar ppt "ESTUDO COMPARATIVO ENTRE TÉCNICAS AGROPECUÁRIAS CONVENCIONAIS E AS SUSTENTÁVEIS CONTEMPLADAS NO PROGRAMA ABC RELATÓRIO TRATAMENTO DE RESÍDUOS ANIMAIS SUINOCULTURA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google