A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA MEDIUNIDADE EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA MEDIUNIDADE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA MEDIUNIDADE EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA MEDIUNIDADE."— Transcrição da apresentação:

1 EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA MEDIUNIDADE EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA MEDIUNIDADE

2 EVOLUÇÃO DA MEDIUNIDADE ETAPAS D A EVOLUÇÃO DA MEDIUNIDADE MEDIUNIDADES NO VELHO E NOVO TESTAMENTOS 2FEB/FEP-agosto- 2014

3 Mediunidade Primitiva: a intuição é a faculdade inicial. FEB/FEP-agosto- 2014

4 MEDIUNISMO PRIMITIVO CARACTERÍSTICAS Elaboração livre-arbítrio Início da intuição “é o sistema inicial de intercâmbio mediúnico” –André Luiz – Evolução em Dois Mundos. O médium é idólatra; adora ou teme as forças da natureza, nomeando como DEUSES: sol, céu, lua, estrelas, chuva, árvores, rios, fogo... 4FEB/FEP-agosto- 2014

5 MITO ASTECA DA CRIAÇÃO 5FEB/FEP-agosto- 2014

6 Mediunidade Tribal: desenvolve-se uma mentalidade mediúnica coletiva; - crença grupal em “deuses”. FEB/FEP-agosto- 2014

7 MEDIUNISMO TRIBAL CARACTERÍSTICAS Surge uma mentalidade mediúnica coletiva: crença grupal em Espíritos ou deuses. Aparecem as concepções de céu-pai (o criador ou fecundador) e terra-mãe (a geratriz, fecundada pelo criador) DEUSA DO MAR DA CULTURA ESQUIMÓ 7FEB/FEP-agosto- 2014

8 MEDIUNISMO TRIBAL: FETICHISMO CARACTERÍSTICAS Forma evolutiva do mediunismo tribal, de forte colorido anímico. Trata-se de um culto aos fetiches ou objetos materiais que representam a Divindade ou os Espíritos 8FEB/FEES-maio 2014

9 3.Fetichismo: forma da mediunidade tribal mais aprimorada. aparece o culto aos fetiches: objetos materiais que representam a divindade. surge a figura do curandeiro ou feiticeiro. 4.Mediunismo Mitológico: caracteriza-se pela presença dos mitos: simbolismo narrativo. Rituais anímicos, práticas de magias, alegorias.

10 FETICISMO:MAGIA NEGRA E VODU 10FEB/FEP-agosto- 2014

11 MEDIUNISMO MITOLÓGICO CARACTERÍSTICAS Presença de um curandeiro ou feiticeiro que auxilia o líder ou chefe da tribo ou clã, definindo regras de convivência. A prática mediúnica caracteriza-se por mitos (simbolismo narrativo da criação do universo e dos seres) e magia (práticas mediúnicas e anímicas ritualísticas). DEUS VÉDICO DA GUERRA 11FEB/FEES-maio 2014

12 MEDIUNISMO ORACULAR CARACTERÍSTICAS É o mediunismo que surge no início da civilização, propriamente dita: é politeísta e religioso. Os deuses (Espíritos) fazem parte de uma sociedade hierarquizada, onde há um deus maior (Zeus), que vivem em locais específicos (Olimpo). Os deuses são imortais, poderosos, mas têm paixões típicas dos homens mortais: ódio, amor, rancor, compaixão. Cada deus governa uma parte da terra ou dos seres terrestres. 12FEB/FEP-agosto- 2014

13 CARACTERÍSTICAS “Os oráculos constituem, praticamente, o centro da orientação de toda a vida urbana e rural, política e religiosa” – H. Pires: O Espírito e o Tempo. A Grécia torna-se o centro da mediunidade oracular, sendo que o oráculo de Delfos é o mais famoso. O oráculo pode ser, muitas vezes a Divindade que fala (voz direta), podia estar encarnada em uma médium, no templo, nos elementos da narureza, ou manifestar por outra médium (pitoniza) MEDIUNISMO ORACULAR 13FEB/FEP-agosto- 2014

14 5- Mediunismo Oracular:  Aparecimento: início da civilização do homem; local de maior expressão: Grécia  Os Espíritos são chamados: DEUSES; { Zeus é o deus maior; vive em local chamado Olimpo;  Caracteres dos deuses : são imortais, poderosos, mas têm paixões típicas dos homens mortais: ódio, rancor, ira;  Os oráculos -> representam as divindades; acreditavam manifestar-se : - por voz direta, - ou encarnados, em uma pitonisa (médium) - ou ainda, “ocupar” temporariamente o corpo do médium. 5- Mediunismo Oracular:  Aparecimento: início da civilização do homem; local de maior expressão: Grécia  Os Espíritos são chamados: DEUSES; { Zeus é o deus maior; vive em local chamado Olimpo;  Caracteres dos deuses : são imortais, poderosos, mas têm paixões típicas dos homens mortais: ódio, rancor, ira;  Os oráculos -> representam as divindades; acreditavam manifestar-se : - por voz direta, - ou encarnados, em uma pitonisa (médium) - ou ainda, “ocupar” temporariamente o corpo do médium.

15 Os fenômenos no período considerado como início da civilização humana. a) Gregos  mediunismo indiscriminado; controle de todas as atividades humanas; b) Egípcios  mediunidade de cura; fenômenos de emancipação da alma; c) Hindus  domínio de práticas anímicas; e mais: todas as práticas de iniciação mediúnica e do intercâmbio com os Espíritos, descritas no livro sagrado dos VEDAS. d) Judeus  a mediunidade é natural, revela-se exuberante na Bíblia; são fenômenos de efeitos físicos e de efeito inteligente. a) Gregos  mediunismo indiscriminado; controle de todas as atividades humanas; b) Egípcios  mediunidade de cura; fenômenos de emancipação da alma; c) Hindus  domínio de práticas anímicas; e mais: todas as práticas de iniciação mediúnica e do intercâmbio com os Espíritos, descritas no livro sagrado dos VEDAS. d) Judeus  a mediunidade é natural, revela-se exuberante na Bíblia; são fenômenos de efeitos físicos e de efeito inteligente.

16 Minerva. Olimpo 16 FEB/FEP-agosto- 2014

17  CARACTERISTICAS  FACE EXTERNA OU EXÓTICA: mediunidade de natureza politeísta, teatral, supersticiosa, repleta de magia, está destinada ao povo.  FACE INTERNA OU ESOTÉRICA: de essência monoteísta, envolvendo graus de árdua iniciação. Indicada para os sacerdotes e pitonisas.

18  EGÍPCIOS: revelam conhecimento sobre a morte (livro dos mortos), curas e fenômenos anímicos.  HINDUS: raça de profetas, mestres e sábios (Vedas); domínio das práticas anímicas.  GREGOS: Pela mediunidade, são considerados pais da mitologia e filosofia.

19 CARACTERISTICAS:  A mediunidade é natural e exuberante.  Apresenta sob variadas formas e natureza.  “O profetismo de Israel durou mais de 20 séculos consecutivos” (Leon Denis)  Moisés é o maior de todos os médiuns judeus, recebendo de Deus a primeira revelação: O decálogo  Moisés possui quase todo tipo de mediunidade

20  No Novo Testamento, os apóstolos e discípulos do Cristo demonstram conhecimento maior sobre as práticas mediúnicas.  O dia de Pentecostes caracteriza-se pelo maior feito mediúnico conhecido e marca o início da prática mediúnica, propriamente dita.

21  Matheus, 28:20

22  Todo aquele que sente num grau qualquer, a influência dos Espíritos é, por esse fato, médium. Essa faculdade é inerente ao homem. (...) Todavia, usualmente, só se classificam aqueles em quem a faculdade mediúnica se mostra bem caracterizada e se traduz por efeitos patentes, de certa intensidade, o que então depende de uma organização mais ou menos sensitiva.  O Livro dos Médiuns, segunda parte, cap. 14, item 159

23  Allan Kardec classifica a mediunidade segundo os efeitos produzidos:  Físicos

24  Intelectuais

25  1º Os que creem nas manifestações e se limitam a comprová-las; para esses, o Espiritismo é uma ciência experimental.  2º Os que lhe percebem as consequências morais.  3º Os que praticam ou se esforçam por praticar essa moral Alla Kardec O Livro dos Espíritos, conclusão 6

26  “Quem, dentre vós, o médium que não se sinta com forças para perseverar no ensino espírita, se abstenha; porquanto não fazendo proveitosa a luz que ilumina, será menos escusável do que outro qualquer e terá que expiar a sua cegueira”.  Allan Kardec, O Livros dos Médiuns, cap. XXXI, item 13.


Carregar ppt "EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA MEDIUNIDADE EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA MEDIUNIDADE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google