A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Gripe Pandêmica (Influenza A H1N1): ênfase no tratamento Dr. Clóvis Arns da Cunha.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Gripe Pandêmica (Influenza A H1N1): ênfase no tratamento Dr. Clóvis Arns da Cunha."— Transcrição da apresentação:

1 Gripe Pandêmica (Influenza A H1N1): ênfase no tratamento Dr. Clóvis Arns da Cunha

2  Breve Histórico das pandemias de gripe  Gripe x resfriado  Gripe sazonal x gripe pandêmica  Tratamento com oseltamivir (tamiflu R )  Problemas com o protocolo do Ministério da Saúde  Problemas de expandir o tratamento  Vacinas Agenda

3 A H1 N1 H2 N2 (não ocorreu nos últimos anos) H3 N2 H5 N1 (aviária) B Conceitos de cepas e imunidade cepa-específica Mais de uma cepa pode circular no mesmo inverno Gripe

4 Pandemias “Gripe Espanhola”- A (H1N1) milhões mortes “Gripe Asiática”- A (H1N1) - 86mil mortes “Gripe Hong Kong”- A (H3N2) - 34mil mortes “Gripe Suína” - A (H1N1) “Gripe Aviária” - A (H5N1) Hong Kong - nova cepa

5 GRIPE RESFRIADO  Patógenovírus influenza  Transmissãoaérea (mãos)  Sistêmicofrequente  Iníciosúbito  Febrealta  Tratamentosim  Vacinasim  Patógenorino, corona, adenovírus  Transmissãomãos (gotículas aéreas)  Sistêmicoocasional  Iníciogradual  Febreausente ou baixa  Tratamentosintomático  Vacinanão Não é possível diferenciar clinicamente gripe sazonal x gripe pandêmica

6 Epidemia Pandemia  Epidemia: Ex. febre amarela, dengue quando uma doença se desenvolve local num local (cidade, estado, país) de várias vítimas forma rápida fazendo várias vítimas num curto intervalo de tempo  Pandemia de gripe: “ é uma doença causada por uma nova cepa de vírus influenza, que se espalha rapidamente pelo globo, causando óbitos em populações diferentes da gripe sazonal, tais como jovens e gestantes” Plotkin, 2004

7  Influenza tipo A – H1N1 (isolado 1930 – porco)  Embora chamada inicialmente de gripe suína, nova cepa não é transmitida pela ingestão de carne de porco.  Cepa geneticamente diferente da gripe suína (18%), denominada “influenza A (H1N1)v, cepa Califórina  O novo vírus contém de influenza humano, aviário e suíno Gripe Pandêmica

8 *  Sintomas: febre * * tosse * dor de garganta * mialgia * cefaléia calafrios fadiga eventual: diarréia e vômito quadro grave: pneumonia intersticial insuficiência respiratória hemorragia pulmonar Gripe Pandêmica

9  Tratamento: oseltamivir : comprimido(1cp) 75mg bid 5dias (Tamiflu ® ) zanamivir: inalado(2puffs) 10mg bid 5dias (Relenza ®) amantadina resistência e rimantadina efeito colateral Gripe Pandêmica

10 Oxford JS, Lambkin R. Targeting Influenza virus neuraminidase - a new strategy for antiviral therapy. Drug Discovery Today Oct; (10): Título viral e severidade de sintomas Tempo (dias) Carga viral Severidade dos sintomas Início súbito dos sintomas Pico da replicação viral

11  Tamiflu® › Fosfato de oseltamivir › Redução na duração da doença, na severidade dos sintomas, na incidência de complicações e na transmissão na comunidade › Não prejudica a resposta imunológica ao vírus influenza (vacinal ou infecção natural)

12 p = 0.05 –36–24– Inoculação Tempo (h) Score médio de sintomas Placebo Oseltamivir administração da droga Jama 1999; 282:

13 Média log 10 TCID 50 /ml Tempo (h) Placebo Oseltamivir p=0.02 administração da droga Inoculação Jama 1999; 282:

14 TRATAMENTO:  Uma c á psula de 75mg, 12/12h, 5 dias  Iniciar o tratamento at é 48 horas ap ó s o in í cio dos sintomas  Não interfere na resposta à vacina  Administra ç ão com alimentos aumenta a tolerabilidade ao medicamento Drugs 1999 Nov; 58 (5):

15  Prevenção: oseltamivir : comprimido(1cp) 75mg qd 10dias zanamivir: inalado(2puffs) 10mg qd 10-28dias  Prevenção: - cobrir nariz e boca (quando tossir ou espirrar) - higienização das mãos - evitar tocar olhos, nariz e boca - evitar contato com pessoa doente Gripe Pandêmica

16  Brasil criado: “Gabinete Permanente de Emergência” para surto de gripe composto: - Ministério da Saúde - ANVISA - Ministério da Agricultura Controle diário do número de casos no mundo

17  Sintomas iguais  Mais debilitante  Recuperação mais lenta  Mais frequente complicação pneumonia, sinusite, otite  Maior morbidade descompensação das doenças de base: DPOC, DM, ICC, HAS, IRC  Maior mortalidade principalmente por pneumonia  Idoso ativo : queda de produtividade

18  Objetivo: - prevenir gripe - prevenir as complicações da gripe - diminuir as internações hospitalares (reduz 32-45% internação por pneumonia) - diminuir a mortalidade (reduz 39-75% mortalidade por dça resp)

19  Componentes: Recomendação OMS – 2009 – Hemisfério Sul A / Brisbane / 59/ 2007 (H1N1) A / Brisbane / 10/ 2007 (H3N2) B / Florida / 4/ 2006  Eficácia: 70-90%  Duração: 01 ano  15 dias para obter níveis protetores de anticorpos

20  Em todo BRASIL = postos de vacinação  META: 80% da população de idosos = (>60a) % % %  Campanha: 25 de abril – 08 de maio de 2009

21  Conduta antes da pandemia  Os casos que complicam (pneumonia viral), a complicação ocorre geralmente a partir do 3º-4º dia em diante, quando o oseltamivir PROVAVELMENTE não tem mais efeito Problemas do Protocolo Atual

22  Uso indiscriminado, levando à resistência  Resistência do A H1N1 sazonal no inverno Problemas em Expandir o Protocolo Atual


Carregar ppt "Gripe Pandêmica (Influenza A H1N1): ênfase no tratamento Dr. Clóvis Arns da Cunha."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google