A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Aula 3 Programação, Sequenciamento e Emissão de Ordens de Produção.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Aula 3 Programação, Sequenciamento e Emissão de Ordens de Produção."— Transcrição da apresentação:

1 Aula 3 Programação, Sequenciamento e Emissão de Ordens de Produção

2

3 Programação da Produção Conhecido o PMP, descriminado o tamanho do lote a ser produzido e datas de entregas, elabora-se o Programa de Produção, dizendo  onde  quando processar determinados itens.

4 Sistemas Produtivos Processos Contínuos e Discretos em Massa, o foco do PCP é o controle de estoques de matéria-prima e de produto final, já que os produtos são praticamente os mesmos, por longos períodos de tempo.

5 Seqüenciamento da Produção Puxada Utilizando-se o sistema kanban, as atividades de programação e sequenciamento da produção, são realizadas pelos próprios funcionários.

6 Seqüenciamento da Produção Empurrada para Lotes

7 Há a necessidade de definir a cada programa de produção, o seqüenciamento, baseada em critérios pre-determinados, para posteriormente emitir as Ordens autorizando a Compra,Fabricação e Montagem dos itens.

8 Várias ocorrências trazem instabilidades de curto prazo, provocando frequentes mudanças nas Ordens já enviadas. Ocorrências tais como: – Cancelamentos de pedidos – Adiantamentos – Acréscimos em pedidos já colocados, problemas de qualidade – Quebras de máquinas – Falta de funcionários Seqüenciamento da Produção Empurrada para Lotes

9 Estes tipos de ocorrências geram necessidades de um processo dinâmico de seqüenciamento e Emissão de Ordens de produção Seqüenciamento da Produção Empurrada para Lotes

10 A quantidade de cada tipo de produto que passa pelos sistema produtivo: não justifica: – massificação da produção – especialização das instalações, justifica: – a montagem de lotes repetitivos – manutenção de estoques para absorver os custos de preparação dos equipamentos. Seqüenciamento da Produção Empurrada para Lotes

11 Definir entre vários produtos a serem produzidos, qual terá prioridade! Definir entre vários recursos que pode ser utilizados, quais serão utilizados para o produto escolhido! Seqüenciamento da Produção Empurrada para Lotes

12 Duas grandes decisões a serem tomadas para definir o sequenciamento de produção – Lista de itens a serem produzidos – Lista de recursos a serem utilizados Seqüenciamento da Produção Empurrada para Lotes

13 Regras de Sequenciamento As regras de sequenciamento são heurísticas.

14 Regras de Sequenciamento Geralmente, as informações mais importantes estão relacionadas com: lead time data de entrega

15 Regra de sequenciamento Podemos dividi-las em: – Regras locais e regras globais – Regras de prioridades simples tais como: data de entrega, tempo de folga restante tempo de processamento restantes,etc

16 Regras mais empregadas na prática SiglaEspecificaçãoDefinição PEPSPrimeiro que entra primeiro que sai Os lotes serão processados de acordo com a data de chegada no recurso MTPMenor tempo de processamento Os lotes serão processados de acordo com os menores tempos de processamento no recurso MDEMenor data de entrega Os lotes serão processados de acordo com as menores datas de entrega IPIÍndice de prioridade Os lotes serão processados de acordo com o valor da prioridade atribuída ao cliente ou ao produto ICRÍndice críticoOs lotes serão processados segundo o menor valor de : (data de entrega – data atual)/tempo de processamento IFOÍndice de folgaOs lotes serão processados de acordo com o menor valor de : (data de entrega - ∑ tempo de processamento restante) /numero de operações restantes IFAÍndice de faltaOs lotes serão processados de acordo com o menor valor de: Quantidade em estoque/taxa de demanda

17 Gráfico de Gantt Visualização para a programação da produção Eixo vertical os pedidos Eixo horizontal, tempo de produção para cada pedido

18 Exemplo Cinco ordens de fabricação precisam ser estampadas na maquia A e, em seguida, usinadas na maquina B. Os tempos de processamento (incluindo setups), as datas de entrega (em numero de horas a partir da programação)e as prioridades atribuídas a cada ordem são apresentadas abaixo. Para a aplicação da regra PEPS,vamos admitir que as ordens deram entrada em carteira no sentido da OF1 para a OF5.

19 Exemplo (cont.) OrdensProcessamento (horas)Entrega (horas)Prioridade Máquina AMáquina B OF OF OF OF OF54395

20 Solução do Exemplo (cont.) RegraSequenciamento PEPSOF1- OF2-OF3-OF4-OF5 MTPOF4- OF5-OF3-OF1-OF2 MDEOF5- OF4-OF3-OF1-OF2 IPIOF2- OF4-OF3-OF1-OF5 ICROF5- OF2-OF3-OF1-OF4 IFOOF5- OF3-OF4-OF1-OF2

21 Grafico de Gantt para PEPS Maq A Maq B OF1OF3OF4 OF5 OF1OF3OF2 OF5 OF2 OF

22 Gráfico de Gantt para MTP Maq A Maq B OF4OF5OF3OF1OF2 OF4OF3OF1OF5OF

23 Gráfico de Gantt para MDE Maq A Maq B OF4OF5OF3OF1OF2 OF4OF3OF1OF5 OF

24 Gráfico de Gantt para IPI Maq A Maq B OF4OF5OF3OF1OF2 OF4OF3OF5OF2OF1

25 Gráfico de Gantt para ICR ICR A1= (data de entrega – data atual) tempo de processamento Menor valor de ICR = 15/10 = 1,5 ICR A2= 13/9 = 1,44 ICR A3= 20/14 = 1,42 ICR A4= 10/6= 1,67 ICR A5= 9/7= 1,28 Portanto, pelo índice de ICR a sequencia de produção fica: OF5; OF2; OF3; OF1; OF4

26 Gráfico de Gantt para ICR Maq A Maq B OF4OF5OF3OF1OF2 OF4OF3OF5OF2OF1 (data de entrega – data atual) tempo de processamento Menor valor de ICR = 7 18

27 Gráfico de Gantt para IFO IFO = numero de operações restantes IFO1=(15 – 10)/2= 2,5 Data de entrega data de entrega - ∑ tempo de processamento restante Temp. processamento restante Numero de operações que faltam

28 Gráfico de Gantt para IFO IFO2= (20 – 14)/2=3 IFO3= (13 – 9)/2=2 IFO4= (10- 6)/2=2 IFO5= (9-7)/2=1 Portanto, pelo índice de IFO a sequencia de produção fica: OF5; OF3; OF4; OF1; OF2

29 Gráfico de Gantt para IFO Maq A Maq B OF4OF5OF3OF1OF2 OF4OF3OF5OF2OF1 715 OF5; OF3; OF4; OF1; OF2 8 29

30 CONCLUSÃO RegrasLEAD TIME TOTAL (HORAS) LEAD TIME MÉDIO (H) ATRASO MÉDIO (H)TEMPO DE ESPERA Médio (H) PEPS3131/5=6,2( )/5 = 10,2( )/5=2,4 MTP2929/5=5,8( )/5=3,2( )/5=0 MDE2929/5=5,8( )/5=3,8( )/5=0,6 IPI3131/5=6,2( )/5=10,6( )/5=4,2 ICR3232/5=6,4( )/5=9,0( )/5=1,8 IFO2929/5=5,8( )/5=4,6( )/5=0,4


Carregar ppt "Aula 3 Programação, Sequenciamento e Emissão de Ordens de Produção."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google