A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Secretaria de Educação Básica Diretoria de Políticas de Formação, Materiais Didáticos e de Tecnologias para Educação Básica Coordenação Geral de Formação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Secretaria de Educação Básica Diretoria de Políticas de Formação, Materiais Didáticos e de Tecnologias para Educação Básica Coordenação Geral de Formação."— Transcrição da apresentação:

1 Secretaria de Educação Básica Diretoria de Políticas de Formação, Materiais Didáticos e de Tecnologias para Educação Básica Coordenação Geral de Formação de Professores

2 HISTÓRICO: Plano Nacional de Educação – PNE – Metas e objetivos: 10.3.25 Identificar e mapear, nos sistemas de ensino, as necessidades de formação inicial e continuada do pessoal técnico administrativo, elaborando e dando início à implementação, (...) de programas de formação. 10.3.26 Criar, no prazo de dois anos, cursos profissionalizantes de nível médio destinados à formação de pessoal de apoio para as áreas de administração, multimeios e manutenção de infra-estruturas escolares, inclusive para alimentação escolar e, a médio prazo para outras áreas que a realidade demonstrar ser necessário.

3 HISTÓRICO: Projeto Arara Azul - Mato Grosso – de 1992 a 2005. Cursos Profissionais da Rede Municipal de Cuiabá – de 1995 a 2005. Cursos Profissionais da Rede Estadual do Acre de 2000 e 2002. Cursos Profissionais da Rede do Distrito Federal - 1996-97-98.

4 FUNDAMENTAÇÃO LEGAL Parecer CNE/CEB/nº 16/2005 – Diretrizes Curriculares Nacionais para a área profissional de Serviços de Apoio Escolar. Resolução de CNE/CEB/nº 5/2005. Inclui nos quadros anexos à resolução CNE/CEB/nº 4/99 a 21ªÁrea Profissional Serviços de Apoio Escolar

5 PROFUNCIONÁRIO Programa de Formação Inicial em Serviço dos Profissionais da Educação Básica dos Sistemas Públicos de Ensino - Portaria Ministerial - 25/2007 Curso Técnico de Nível Médio, com 1.260 horas, a distância, com momentos presenciais.

6 Reafirmar a inclusão social de todos os sujeitos constituintes do processo educativo; Articular nas escolas de Educação Básica, os espaços de gestão, dos multimeios, da alimentação, da infra-estrutura e do meio ambiente com os espaços de docência na perspectiva da construção do processo educativo para além da sala de aula. O PROFUNCIONÁRIO SE PROPÕE A

7 TÉCNICO EM EDUCAÇÃO Alimentação Escolar; Gestão Escolar; Multimeios Didáticos; Meio Ambiente e Manutenção da Infra-estrutura Escolar HABILITAÇÕES

8 Formação Pedagógica 360 horas Prática Profissional Supervisionada 300 horas Formação Específica 600 horas Eixos que constituem a estrutura curricular do Profuncionário

9 MÓDULO 1 – Funcionários de Escolas: cidadãos, educadores, profissionais e gestores – 60 horas MÓDULO 2 – Educadores e Educandos: tempos históricos – 60 horas MÓDULO 3 – Homem, pensamento e cultura: abordagens filosófica e antropológica – 60 horas MÓDULO 4 – Relações interpessoais: abordagem psicológica - 60 horas MÓDULO 5 – Educação, Sociedade e Trabalho: abordagem sociológica da educação – 60 horas MÓDULO 6 – Gestão da Educação Escolar – 60 horas Módulos do Eixo da Formação Pedagógica ( comum às quatro habilitações )

10 Módulos do Eixo da Formação Específica ( comuns às quatro habilitações) MÓDULO 7 – Informática básica – 60 horas MÓDULO 8 – Produção textual na educação escolar – 60 horas MÓDULO 9 – Direito administrativo e do trabalho – 60 horas

11 MÓDULO 10 – Trabalho escolar e teorias administrativas – 60 horas MÓDULO 11 – Gestão democrática nos sistemas e na escola – 60 horas MÓDULO 12 – Legislação escolar – 60 horas MÓDULO 13 – Técnicas de redação e arquivo – 60horas MÓDULO 14 – Contabilidade na escola – 60 horas MÓDULO 15 – Administração de materiais – 60 horas MÓDULO 16 – Estatística aplicada à educação – 60 horas Módulos do Eixo da Formação Específica (Técnico em Gestão Escolar)

12 MÓDULO 10 – Teorias da comunicação – 60 horas MÓDULO 11 – Biblioteca escolar – 60 horas MÓDULO 12 – Audiovisuais – 60 horas MÓDULO 13 – Laboratórios – 60 horas MÓDULO 14 – Oficinas culturais – 60 horas MÓDULO 15 – Informática aplicada à educação – 60 horas MÓDULO 16 – Informática aplicada às artes – 60 horas Eixo da Formação Específica (Técnico em Multimeios Didáticos)

13 MÓDULO 10 – Alimentação e nutrição no Brasil – 60 horas MÓDULO 11 – Alimentação saudável e sustentável – 60 horas MÓDULO 12 – Políticas de alimentação escolar – 60 horas MÓDULO 13 – Produção e industrialização de alimentos – 60 horas MÓDULO 14 – Organização e operação de cantinas ou cozinhas escolares – 60 horas MÓDULO 15 – Planejamento e preparo de alimentos – 60 horas MÓDULO 16 – Cardápios saudáveis – 60 horas Eixo da Formação Específica (Técnico em Alimentação Escolar)

14 Eixo da Formação Específica ( Técnico em Meio Ambiente e Manutenção da Infra-estrutura) MÓDULO 10 – Teorias do espaço escolar – 60 horas MÓDULO 11 – Sociedade, meio ambiente e educação – 60 horas MÓDULO 12 – Higiene e segurança nas escolas – 60 horas MÓDULO 13 – Equipamentos hidráulicos e sanitários – 60 horas MÓDULO 14 – Equipamentos elétricos e eletrônicos – 60 horas MÓDULO 15 – Equipamentos e materiais didáticos – 60 horas MÓDULO 16 – Técnicas de construção – 60 horas

15 O Eixo da PPS é concebido no Profuncionário como aquele em que o cursista se situa na redefinição do seu fazer profissional, transformando atividades rotineiras em práticas educativas intencionais. São momentos de problematização da rotina e de criação de outras possibilidades práticas com base nos estudos dos módulos e de outras experiências educativas. Eixo da Prática Profissional Supervisionada– PPS (300 horas)

16 CENÁRIO NNº de Estados que já assinaram o ACT - 17 TTotal de cursistas atendidos - 16.512 TTotal de Estados aguardando seminário para adesão ao PROFUNCIONÁRIO - 10

17 Estados-Piloto Nº de cursistas Pernambuco 1.282 Piauí 1.600 Paraná 2.430 (Certificados: 1.023) Tocantins 2.891 Mato Grosso do Sul 1.020 (Certificados: 274) TOTAL 9.223

18 Estados da Expansão I Alagoas 1.020 Maranhão 1.000 Rondonia 1.104 Goiás 975 Ceará 1.500 Mato Grosso 1.015 Bahia 250 São Paulo 2.000 Implementado A implementar Acre 1.500 Santa Catarina 1.000 R.G. Norte 1.500 Paraíba 515 TOTAL 8.864 TOTAL 4.515

19 Estados da Expansão II Quantitativo de vagas solicitadas Amazonas 1.500 Amapá 350 Distrito Federal 300 Espírito Santo a definir Minas Gerais 4.000 Pará 2.000 R. G. do Sul 2.500 Rio de Janeiro 5.000 Roraima 1.700 Sergipe 2.000 TOTAL 19.350

20 Coordenação Geral Diretoria de Políticas de Formação, Materiais Didáticos e de Tecnologias para Educação Básica /SEB/MEC Coordenação Estadual Professores Orientadores Tutores Cursistas Conselho Político Organograma para o funcionamento do Curso CEFETs

21 Processual – contínua, de todos elementos e momentos de formação. Diagnóstica – percepção das dificuldades com vistas a reconstruir e criar outras possibilidades de compreensão e prática. Participativa/Dialógica – coletiva e interativa. Emancipatória – auto-avaliação. Em cada módulo: práticas de leitura, de experimentação, de investigação, de reflexão e de produção textual. No curso: memorial reflexivo da trajetória do cursista. Na PPS: relatório final, descritivo e conclusivo, e registro das atividades em formulário adequado. PRINCÍPIOSINSTRUMENTOS PROCESSO DE AVALIAÇÃO


Carregar ppt "Secretaria de Educação Básica Diretoria de Políticas de Formação, Materiais Didáticos e de Tecnologias para Educação Básica Coordenação Geral de Formação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google