A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Autores: Renato Eduardo, Hugo Lamin e Carlos Mattar Buenos Aires 29/09/2010 Procedimentos de Distribuição – PRODIST Destaques, inovações e a importância.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Autores: Renato Eduardo, Hugo Lamin e Carlos Mattar Buenos Aires 29/09/2010 Procedimentos de Distribuição – PRODIST Destaques, inovações e a importância."— Transcrição da apresentação:

1 Autores: Renato Eduardo, Hugo Lamin e Carlos Mattar Buenos Aires 29/09/2010 Procedimentos de Distribuição – PRODIST Destaques, inovações e a importância para o setor elétrico brasileiro

2 2 OBJETIVOS DO PRODIST Padronizar as atividades técnicas relacionadas à distribuição; Estabelecer os requisitos técnicos mínimos relacionados ao planejamento, acesso, operação, medição, cálculo de perdas técnicas e qualidade da energia; Código da Distribuição.

3 3 HISTÓRICO 1º versão aprovada em dezembro de 2008 pela REN nº 345/2008; Revisão 1 (atual) aprovada pela REN nº 395/2009: vigência a partir de 01/01/2010.

4 4 Módulos Técnicos: 2.Planejamento da Expansão do Sistema de Distribuição; 3.Acesso aos Sistemas de Distribuição; 4.Procedimentos Operativos do Sistema de Distribuição; 5.Sistemas de Medição; 7.Cálculo de Perdas na Distribuição; 8.Qualidade da Energia Elétrica. Módulos Integradores: 1.Introdução; 6.Informações Requeridas e Obrigações. MÓDULOS

5 5 Módulos Integradores PRODIST

6 6 M1 – INTRODUÇÃO Objetivos Gerais – Visão Macro; Fundamentos, Responsabilidades e Sanções; Relação com a Legislação; Glossário dos Termos Técnicos: 431 termos.

7 7 M6 – INFORMAÇÕES REQUERIDAS Estabelece as obrigações dos agentes para atender os procedimentos, critérios e requisitos definidos nos módulos técnicos. Define, especifica e detalha o intercambio de dados entre os agentes de distribuição e entre esses e as entidades setoriais; Formaliza o envio de dados à ANEEL;

8 8 Módulos Técnicos PRODIST

9 9 Diretrizes para o planejamento da expansão do sistema de distribuição (Expansão e PDD); Requisitos mínimos de informações para os estudos de planejamento; Sistema de Informações Geográficas - SIG: –31/12/ Concessionárias; –31/12/ Permissionárias. M2 – PLANEJAMENTO

10 10  Caracterização da carga e do sistema elétrico: Determinação da realização de Campanhas de Medição; Medições seguem as regras de amostragem estratificação e deverão ser representadas por tipologias típicas; ANEEL: cálculo das Tarifas de Referência necessárias para a definição da Tarifa de Uso dos Sistemas de Distribuição – TUSD. M2 – PLANEJAMENTO

11 11  Critérios e Estudos de Planejamento: Expansão e definição de planos de obras com horizontes definidos: – AT: 5 anos (médio prazo); – AT: 10 anos (longo prazo ); – SED: 10 anos; – MT: 5 anos; – BT: 5 anos. M2 – PLANEJAMENTO

12 12 Solicitação de acesso de novas conexões; Requisitos técnicos e de projeto; Implementação e comissionamento; Operação, manutenção e segurança da conexão e de utilização do sistema de distribuição; Contratos – modelos de CCD e CUSD. M3 - ACESSO

13  Cartilha de Acesso ao Sistema de Distribuição: Perguntas e respostas; Acesso, medição e qualidade. Conceitos e definições; M3 - ACESSO 13

14 14  Etapas necessárias à obtenção do acesso aos sistemas de distribuição: 4 etapas a serem observadas: –Consulta de Acesso; –Informação de Acesso; –Solicitação de Acesso; –Parecer de Acesso. Responsabilidades, informações e prazos; M3 - ACESSO

15 Procedimentos operativos relacionados à: Previsão de carga; Programação de intervenções; Controle de carga em contingência; Controle da qualidade do suprimento; Coordenação operacional; M4 - OPERAÇÃO 15

16 16 Apresenta requisitos sobre: Relacionamento operacional entre os centros de operação das Distribuidoras e Transmissoras, dos centros de despacho de geração distribuída; Recursos mínimos de comunicação de voz entre os órgãos de operação dos agentes envolvidos. M4 - OPERAÇÃO

17 17

18 18 Sistemas de medição das grandezas elétricas para faturamento, qualidade e planejamento; Requisitos mínimos para especificação; Implantação, inspeção e manutenção dos sistemas de medição; Leitura, registro, compartilhamento e disponibilização das informações; M5 – MEDIÇÃO

19  Atendimento e remissão a outros regulamentos: ABNT; INMETRO; Procedimentos de Rede: –SMF (Consumidores livres, centrais geradoras e outra distribuidora): Módulo 12 dos PR. M5 – MEDIÇÃO 19

20 20  Cálculo de Perdas na Distribuição. Metodologia para apuração e cálculo das perdas técnicas. Motivação principal: conhecer os valores de perdas técnicas e não técnicas. Requisitos: método simples e aplicável a todas as distribuidoras. M7 – PERDAS

21 21 M7 – PERDAS  Cálculo de Perdas na Distribuição. Cálculo realizado por nível de tensão, transformações, ramais de ligação e medidores. Estimular as empresas a buscarem a eficiência de suas redes. Premissas regulatórias: fator de potência, equilíbrio entre fases no MT e BT, normas da ABNT para transformadores, resistência a 55°C e perdas diversas de 5%.

22 22 M7 – PERDAS SDAT Medição (energia) ou fluxo de carga (potência) SDMT Modelo arborecente (estatística) SDBT Tipologias típicas (estatística)

23 23 M7 – PERDAS SDMT 336 1/0 ângulo distância equivalente área

24 24 M7 – PERDAS Tipologia 1 (2 trechos elementares) Tipologia 2 (4 trechos elementares) Tipologia 3 (8 trechos elementares) Tipologia 4 (16 trechos elementares) Tipologia 5 (24 trechos elementares) SDBT

25 25 M7 – PERDAS I j (A) i (A/km) l (m) r (ohm/km) x SDBT

26 26 M8 – QUALIDADE  Qualidade da Energia Elétrica: Qualidade do serviço (continuidade e atendimento a ocorrências emergenciais); Qualidade do produto (nível de tensão e “novos indicadores”); Define conceitos, indicadores, limites e eventuais compensações;

27 27 M8 – QUALIDADE  Qualidade do Serviço: O conjunto é a unidade de avaliação: área, potência instalada, km de redes MT, número de consumidores, consumo médio mensal (cerca de 3000); Limites definidos coletivos/individuais com base em metodologia comparativa; Apuração mensal de indicadores coletivos de continuidade e de atendimento emergencial;

28 28 M8 – QUALIDADE TMAE = TMP + TMD + TME  Atendimento emergencial:

29 29 M8 – QUALIDADE  Continuidade do fornecimento: Interrupção: descontinuidade do neutro ou da tensão disponível em qualquer uma das fases de um circuito elétrico que atende a unidade consumidora ou ponto de conexão; Interrupções de longa duração: maior que 3 minutos;

30 30 M8 – QUALIDADE FIC = n DMIC = t(i) Max  Continuidade do fornecimento:

31 31 M8 – QUALIDADE  Continuidade do fornecimento: Segmentação dos indicadores coletivos: internos, externos, programado, não programado, expurgo; Inexistência de multa em relação aos indicadores coletivos; Compensação paga diretamente aos consumidores em razão de descumprimento de limites individuais;

32 32 M8 – QUALIDADE  Qualidade do Produto: Tensão regime permanente deve ser mantida em patamares apropriados; Os valores dos indicadores devem ser obtidos de medições solicitadas pelos consumidores; Medições realizadas por 7 dias consecutivos, integralizadas em 10 minutos, totalizando 1008 leituras;

33 33 M8 – QUALIDADE TRTR T R –  ADINF T R –  ADINF –  PRINF T R +  ADSUP +  PRSUP T R +  ADSUP  Tensão em regime permanente:

34 34 M8 – QUALIDADE  Indicadores individuais: Devem ser apurados sempre que solicitado pelo consumidores; Deve ser feita medição para comprovação da regularidade do nível de tensão na unidade consumidora; Em caso de valores inadequados a distribuidora deve realizar a correção;

35 35 M8 – QUALIDADE  Indicadores individuais:

36 36 M8 – QUALIDADE  Indicadores coletivos:

37 37 M8 – QUALIDADE  Demais fenômenos: Fator de potência; Harmônicos; Desequilíbrio; Flutuação; Variação de tensão; Freqüência; Objeto de regulamentação futura no que tange às responsabilidades e limites;

38 Muito Obrigado! SGAN – Quadra 603 – Módulos “I” e “J” Brasília – DF – TEL. 55 (61) Ouvidoria: 167


Carregar ppt "Autores: Renato Eduardo, Hugo Lamin e Carlos Mattar Buenos Aires 29/09/2010 Procedimentos de Distribuição – PRODIST Destaques, inovações e a importância."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google