A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FICHA DE IDENTIFICAÇÃO DE ESTABELECIMENTO Nome do estabelecimento: E.B 2.3 do Cávado Código GEPE 303817#1 Código estabelecimento 346652 Nome do agrupamento:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FICHA DE IDENTIFICAÇÃO DE ESTABELECIMENTO Nome do estabelecimento: E.B 2.3 do Cávado Código GEPE 303817#1 Código estabelecimento 346652 Nome do agrupamento:"— Transcrição da apresentação:

1 FICHA DE IDENTIFICAÇÃO DE ESTABELECIMENTO Nome do estabelecimento: E.B 2.3 do Cávado Código GEPE #1 Código estabelecimento Nome do agrupamento: Mosteiro e Cávado Morada: Lugar da Veiguinha - Panoias – 4710 Braga Telefone: Fax: Distrito: BragaConcelho: Braga

2 Programa da semana DIA 3 Inauguração da Semana da Leitura Leitura de poemas em todas as turmas do 2º e 3º ciclo Montagem de exposições de trabalhos dos alunos DIA 4 Ao encontro de … Alexandre Parafita: - Leituras partilhadas - alunos do pré-escolar, 3º e 4º ano e uma turma 5º ano Visitas à Feira do livro - alunos do pré-escolar e 1º ciclo DIA 5 Ao encontro de … Pedro Seromenho Rocha: - Dramatizações pelos alunos do 6º ano - Leituras partilhadas Visitas à feira do livro - alunos do pré-escolar, 5º e 6º ano DIA 6 Visitas à feira do livro Leituras partilhadas Visita de estudo aos jardins de Sophia - alunos do 6º ano e 3º ciclo DIA 7 Visita de estudo aos jardins de Sophia Visitas à feira do livro Leituras partilhadas Sobre(mesa) de Leituras - alunos do 2º e 3º ciclo, encarregados de educação, professores e associação de pais

3 Materiais de divulgação

4 Actividades realizadas Actividade: Leitura de poemas e contos Participantes: Alunos do 2º e 3º ciclo Convidados : Local: Escola EB 2,3 do Cávado e EB1’s Dia: 3 de Março Breve descrição: Leitura de poemas e contos nas salas de aula das turmas do 1º, 2º e 3º ciclo.

5 Actividades realizadas Actividade: Exposições de trabalhos dos alunos Participantes: Professores e alunos do pré-escolar, 1º, 2º e 3º ciclo Convidados: Todo o Agrupamento e Comunidade escolar Local: Escola EB 2,3 do Cávado Dia: 3 a 7 de Março Breve descrição: Trabalhos de alunos realizados a partir da leitura de algumas obras sugeridas pelo PNL

6 Actividades realizadas Actividade: Encontro com um escritor Participantes: Professores e alunos do pré-escolar, 4º ano e uma turma do 5º ano Convidados: Escritor Alexandre Parafita Local: Escola EB 2,3 do Cávado Dia: 4 de Março Breve descrição: O escritor encontrou-se com os alunos do pré-escolar, 3º e 4º ano e com a turma G do 5ºano. As obras do autor foram lidas, contadas, analisadas e recriadas.

7 Actividades realizadas Actividade: Encontro com um escritor Participantes: Professores e alunos do 5º ano Convidados: Escritor Pedro Seromenho Local: Escola EB 2,3 do Cávado Dia: 5 de Março Breve descrição: O escritor encontrou-se com os alunos do 5º ano, partilhando momentos de leitura da sua obra "Nascente de Tinta“, lida e analisada nas aulas de Língua Portuguesa e Estudo Acompanhado.

8 Fotografias legendadas Apresentação de trabalhos, sessão de autógrafos e palestra na visita do escritor Pedro Seromenho. Apresentação de trabalhos, sessão de autógrafos e palestra na visita do escritor Alexandre Parafita. Retratos oferecidos aos escritores Alexandre Parafita e Pedro Seromenho, elaborados por dois alunos do 5º ano.

9 Actividades realizadas Actividade: Feira do Livro Participantes: Todo o agrupamento Convidados: Todo o Agrupamento e Comunidade escolar Local: Escola EB 2,3 do Cávado Dia: 4 a 7 de Março Breve descrição: A Feira do Livro realizou-se na biblioteca e foi visitada durante toda a semana pelos alunos do pré-escolar, do 3º e 4º ano e por todos os alunos do 2º e 3º ciclos. Professores e alunos tiveram oportunidade de folhear, ler e decidir que livro comprar.

10 Actividades realizadas Actividade: Visita de estudo Participantes: Alunos do 6º ano Convidados: Local: Jardins de Sophia - Porto Dia: 6 e 7 de Março Breve descrição: Na sequência da leitura e exploração da obra “O rapaz de bronze” de Sophia de Mello Breyner, cuja acção se desenrola neste espaço.

11 Actividades realizadas Actividade: Leituras partilhadas Participantes: Alunos, professores, encarregados de educação e associação de pais Convidados: Encarregados de Educação e Associação de Pais Local: Escola EB 2,3 do Cávado Dia: 3 a 7 de Março Breve descrição: Actividade realizada ao longo da semana, amplamente divulgada. Convite a elementos da comunidade educativa e que contou com leituras diversificadas na sala de aula por alunos, pais e professores.

12 Actividades realizadas Actividade: Sobre(mesa) de leituras Participantes: Alunos e professores Convidados: Grupo de Música tradicional “Os Bragueses” Local: Escola EB 2,3 do Cávado Dia: 7 de Março Breve descrição: Actividade de encerramento da Semana da Leitura. No último dia da semana, pelas 21 horas, elementos da comunidade educativa partilharam este momento que se dividiu em duas partes : musical e literária. Após a actuação do grupo de música tradicional “Os Bragueses”, professores, alunos e auxiliares da acção educativa leram poemas inéditos, contos e excertos de livros.

13 Trabalhos dos alunos Trabalho sobre o encontro com o escritor Alexandre Parafita Hoje, 4 de Março de 2008, fomos à Escola Básica do Cávado para conhecermos o escritor Alexandre Parafita. O escritor apresentou-se aos meninos, meninas e professores. Foi um momento muito, muito especial. Nós representámos o acróstico da história “O galo Vaidoso”, retirado da obra “Chovia Ouro no Bosque”. O escritor contou-nos que nasceu numa aldeia de Sabrosa e que os pais fizeram muito sacrifício para ele poder estudar. Foi professor do 1º Ciclo durante alguns anos e gostou muito de trabalhar com crianças. Foi também jornalista e actualmente é investigador de histórias, contos e lendas populares. Com esta recolha ele escreve lindas histórias para contar aos pequenos leitores, ensinando-lhes belas lições. As suas obras são histórias encantadoras, cheias de imaginação e ilustração. As personagens são muito divertidas e aventureiras. Gostámos de ouvir a declamação de poemas e histórias musicadas pelos alunos de outras escolas. Foi muito bonito! O escritor ficou sensibilizado com os trabalhos realizados pelas crianças. Os meninos fizeram algumas perguntas ao escritor: onde ia buscar tanta imaginação e tantas personagens. O escritor contou-nos que gostava de ouvir histórias, quando era criança, e de ler muito. Disse-nos ainda que as crianças que gostam de ler ficam mais desenvolvidas, são bons alunos e poderão tirar um curso. Os meninos que compraram livros receberam um autógrafo. Foi um dia muito especial porque conhecemos pessoalmente o escritor. Ele foi muito simpático e as histórias são de alto esplendor. Foi um sonho que se tornou verdade. Turma E do 3º ano

14 Trabalhos dos alunos Na “Hora do Conto” é contada ou lida uma história às crianças que depois realizam um trabalho de acordo com a mesma. A partir da história “À pesca de histórias na terra dos morangos”, os grupos realizaram vários trabalhos sobre o mar e mares imaginários. Estes são sempre elaborados de acordo com o projecto que se está a desenvolver nos Jardins de Infância. Ilustrações elaboradas a partir da leitura do conto “Os três porquinhos”. Trabalho realizado a partir da leitura da história “O Peixinho Dourado e o Lápis Mágico” Maqueta realizada na sequência da leitura do conto “O lobo e os sete cabritinhos”.

15 Trabalhos dos alunos Trabalhos realizados pelos alunos do 3º e 4º ano a partir da obra “Memórias de um cavalinho de páu” de Alexandre Parafita. A partir da história “O rei vai nu”, os alunos do Jardim de Infância, realizaram maquetas em plasticina, com a sequência da história. Marcadores de livros sobre personagens da obra “Ulisses” de Maria Aberta Menéres. Aguarelas baseadas nas obras “Chovia ouro no bosque” e “O principezinho”

16 Outras fotografias Numa actividade de articulação, três Jardins de Infância apresentaram um teatro de marionetas denominado “Araújo e Ofélia”. Dramatizações de episódios recriados pelos alunos a partir da obra “Ulisses”

17 Comentários finais Tendo como pressuposto os objectivos do PNL - Ler +, a Be/Cre iniciou a prepara ç ão desta semana com a antecedência e divulga ç ão necess á rias para o envolvimento de toda a comunidade educativa, que respondeu com entusiasmo à s propostas lan ç adas. A diversidade de actividades teve em conta o p ú blico-alvo, o meio envolvente e pautou-se pelas linhas orientadoras do Projecto Educativo. Equipa da Be/Cre

18 Sugestões Considerando que o envolvimento da comunidade escolar é uma condição essencial para o sucesso da Semana da Leitura, seria de todo conveniente que a data da sua realização fosse conhecida logo no início do ano lectivo. Seria, assim, possível proceder à planificação articulada, interdisciplinar e participada. A data de realização da Semana da Leitura deveria ter em conta os condicionalismos resultantes do período de realização de fichas de avaliação dos alunos, final do 2º período, evitando sobreposições e constrangimentos à participação de todos numa actividade agregadora de toda a comunidade.

19 Mensagens dos alunos ao PNL  Na minha escola E.B.2,3 do Cávado realizou-se na biblioteca uma feira do livro na Semana da Leitura, que teve como objectivo os alunos poderem apreciar mais os livros e conhecer alguns escritores que escreveram livros interessantes. Gostei muito quando alguns escritores vieram apresentar as suas obras mais recentes. Assisti apenas à apresentação de um escritor, Pedro Seromenho, que nos apresentou uma das suas obras ”Nascente de Tinta”. Apresentou-nos também as ilustrações originais desenhadas por ele a lápis de cor. Na feira do livro descobri livros maravilhosos de acção, humor e aprendizagem que adorei, não só por gostar muito de ler mas sim pelo interesse em lê-los. Infelizmente não comprei nenhum, o que foi o que gostei menos, mas tenho a biblioteca da escola à minha e à disposição de todos onde posso ler uma grande variedade de livros. Podiam realizar mais eventos destes por ano para que mais alunos apreciassem melhor a arte de escrever. André David Castro Silva (5º C)  Para mim a Semana da Leitura foi maravilhosa a ler muitos livros divertidos. Gil Marques (3º ano)  A Semana da Leitura, para mim, é um sonho. Entrei no mundo dos livros, um sótão colorido, era um enorme paraíso cheio de alegria. E eu adorei! Sara Santos (3º ano)  Para mim a semana da leitura foi um coração vermelhinho cheio de livrinhos para os pequenitos leitores lerem. Diana Gomes (3º ano)  Para mim a Semana da Leitura foi impressionante: descobri tesouros, desvendei mistérios e guardo segredos lindos. Ana Carolina Duarte (3º ano)

20 Mensagens dos alunos ao PNL  Para mim a Semana da Leitura é uma pombinha branca cheia de livros para as crianças lerem e divertirem-se muito. Ana Raquel Machado (3º ano)  A Semana da Leitura foi muito divertida porque li muitos livros. Eles ficaram meus amigos para sempre. Eduardo Lima (3º ano)  Para mim, a Semana da Leitura foi uma luz que se acendeu dentro das palavras e veio-me iluminar o sabor da leitura. Neuza Pinto (3º ano)  A semana da leitura é uma rosa, que mantida na sua planta fica viva e brilha e no jarro morre. Marta Oliveira (3º ano)  Na Semana da leitura o meu mundo mágico floriu e coloriu, lendo muito. Juliana Silva (3º ano)  Foi engraçado ver os meninos e meninas dos infantários visitar a nossa escola e a biblioteca. Também gostei que uma das colegas tivesse partilhado uma leitura connosco. Rui Gomes (7º ano)  Alegria, entusiasmo na semana da leitura. Foram dias diferentes e especiais. Diana (7º ano)

21 Mensagens dos docentes ao PNL  Como docente da escola senti-me orgulhosa de pertencer a uma comunidade que organiza e leva por diante iniciativas tão “deliciosas” como esta Sobre(mesa) de Leituras. Como formadora dos cursos de Educação de Adultos senti uma enorme satisfação ao ver o quanto esta actividade contribuiu para a aproximação entre os adultos, agora regressados à escola, e os livros, entre estes e o espaço desconhecido para a maioria. Foi muito bom vê-los descobrir ou redescobrir o prazer de ler e de ouvir ler. Conceição Esteves  A Semana da Leitura foi a festas das palavras. Palavras que moravam no silêncio das prateleiras, do baú, da vitrina, da mochila e outros esconderijos sombrios e chegaram num camião mágico. Nas crianças brilharam os olhos. Elas mimaram-nas e abraçaram-nas entusiasticamente. Os livros tornaram-se nas pequenas mãos, brinquedos de corpo e alma, que explodiam magia e contavam segredos. Na sala de aulas as palavras voavam e das folhas saiam borboletas, barcos, papagaios, regaços e música. Mas é só lendo que se tem acesso a esta reino maravilhoso. Também a semana da leitura nos brindou com a presença do escritor Alexandre Parafita, que nos trouxe a lanterna nas próprias palavras e as narrativas ganharam cores. Em jeito de reflexão: a porta está aberta aos alunos, no âmbito do Plano Nacional de Leitura, emergindo energia que os moverá aos moinhos das literacias. É neste caminho que crescerão as árvores, páginas do próprio mundo. Ana Barroso  Naqueles dias….Que emoção! Os livros ganharam vida, enlouqueceram, saíram das prateleiras, fugiram das lojas, saltaram de arcas e baús. Vieram ter à nossa escola, ocuparam todos os recantos… foram agarrados, mexidos, folheados, escolhidos, disputados e, por fim, saboreados em leituras muito doces. Alguns escaparam, esconderam-se nos desenhos maravilhosos de um contador de histórias que por aqui passou e nos encantou. Sofia Rainho

22 Mensagens das famílias ao PNL  Como Encarregada de Educação acompanhei o meu educando à Sobre(mesa) de Leituras, actividade que decorreu na Semana da Leitura. Achei a actividade muito interessante, os alunos empenharam-se e proporcionou-se um convívio entre todos – alunos, pais, professores e pessoal não docente. Tive também a oportunidade de visitar a Feira do Livro com o meu educando e, em conjunto, seleccionar um adequado à sua idade. Considero de extrema importância que se proporcionem mais momentos desta natureza, envolvendo toda a comunidade escolar em horários compatíveis com os dos pais. A Encarregada de Educação Inês Santos  A semana da leitura apresentou um conjunto de diversas actividades, de grande valor pedagógico e cultural, que motivaram os alunos para a disciplina de Língua Portuguesa tais como: dramatizações, sessões de autógrafos com diversos escritores e a feira do livro. O Encarregado de Educação Jorge Iglésias

23 Outras mensagens ao PNL  Mais uma iniciativa do PNL que revela ”que o caminho se faz caminhando” - Uma semana de partilha, de cruzamento de sensibilidades, de descoberta e de reencontros. Preparámos o terreno, lançámos as sementes na expectativa de que nasçam leitores conscientes de que a leitura é um bem essencial no crescimento como pessoa interveniente no processo de aprendizagem que é a vida. Ernestina Pinheiro (Coordenadora da Be/cre) Ângela Coimbra (Professora da equipa da Be/cre)  Vi com muito agrado a exposição das descrições e imagens do vosso blog relativas à minha passagem pela vossa escola e quero vivamente felicitar-vos e manifestar-vos a minha convicção de que este trabalho e estas abordagens são do que há de mais correcto e mais eficaz em prol da motivação e sensibilização para a leitura entre as crianças e jovens. Por isso, o meu muito muito obrigado. Alexandre Parafita


Carregar ppt "FICHA DE IDENTIFICAÇÃO DE ESTABELECIMENTO Nome do estabelecimento: E.B 2.3 do Cávado Código GEPE 303817#1 Código estabelecimento 346652 Nome do agrupamento:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google