A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Apresentação dos Resultado Finais Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa 13 de Janeiro de 2010.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Apresentação dos Resultado Finais Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa 13 de Janeiro de 2010."— Transcrição da apresentação:

1 Apresentação dos Resultado Finais Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa 13 de Janeiro de 2010

2 O que foi o Millennium Ecosystem Assessment? Lançado em 2001 pelo Secretário-Geral das Nações Unidas Objectivos fornecer uma avaliação integrada das consequências das alterações nos ecossistemas para o bem-estar humano; estabelecer a base científica para uma melhoria da gestão dos ecossistemas da Terra; Avaliação multi-escala, incluindo as escalas global, nacional, regional e local. Foram aprovadas 18 avaliações Sub- Globais, entre as quais a Avaliação para Portugal.

3 A Avaliação Sub-Global para Portugal Liderada pelo Centro de Biologia Ambiental da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa Equipa cerca 60 cientistas de diversos campos: ecologia, ciências agrárias, economia e ciências sociais. Tenta responder às necessidades de informação dum grupo de utilizadores: instituições governamentais agricultores e indústria sociedade civil

4 Ecossistemas e casos de estudo

5 Qual é a relação entre os ecossistemas e o bem-estar humano?

6 Que alterações sofreram os ecossistemas em Portugal? Nos últimos 50 anos: A economia aumentou mais de seis vezes O número de agricultores diminuiu mais de 60% e a área agrícola reduziu-se em 40% Ocorreu a intensificação agrícola e de produção florestal Os rios sofreram grandes alterações devido à construção de barragens e à poluição A expansão de espécies nvasoras agravou- se nas ilhas Aumentou a pressão sobre os ecossistemas costeiros. Manteve-se ou agravou-se o nível de sobre- caça e sobre-pesca.

7 Qual é a condição actual da biodiversidade em Portugal? A biodiversidade em Portugal Continental inclui mais de 3000 espécies de plantas vasculares, cerca de 400 espécies de vertebrados, e um número desconhecido de espécies de invertebrados. Nos Açores e na Madeira ocorrem mais de 1700 espécies de organismos endémicos, Actualmente 30% das espécies de vertebrados terrestres e 70% das espécies de peixes dulciaquícolas e migradores autóctones encontram-se ameaçadas.

8 Qual é o estado dos serviços de ecossistema em Portugal? Que opções existem para responder aos problemas? Produção de água Os níveis de produção de água dos ecossistemas portugueses satisfazem as necessidades existentes O valor de mercado do abastecimento de água é de 2 mil milhões de / ano Regulação do ciclo hídrico e qualidade da água 40% dos meios hídricos superficiais estão num estado mau ou muito mau Opções de resposta um maior controlo da poluição agro- pecuária restauro dos ecossistemas aquáticos gestão integrada dos recursos hídricos

9 Qual é o estado dos serviços de ecossistema em Portugal? Que opções existem para responder aos problemas? Produção de alimento A produção nacional de alimento é deficitária em 30% em relação ao consumo Os sectores agrícola e das pescas representam 3% e 0.3% da economia Uma grande parque dos recursos pesqueiros encontram-se sobre- explorados Opções de resposta Certificação e valorização dos produtos agrícolas Adopção de técnicas e quotas de pesca mais sustentáveis

10 Produção de madeira e cortiça Portugal produz 54% da cortiça mundial O sector florestal é responsável por 10% das exportações nacionais e emprega trabalhadores Os incêndios, o nemátode e a redução dos preços florestais são os principais problemas Sequestro de carbono A expansão da floresta tem favorecido o sequestro de carbono O montado sequestra até 5 t CO2/ha/ano e o pinhal até 32 t CO2/ha Opções de resposta Promoção de florestas multifuncionais de carvalhos O sequestro de carbono pode ser promovido nas áreas agrícolas Qual é o estado dos serviços de ecossistema em Portugal? Que opções existem para responder aos problemas?

11 Quais os futuros possíveis para Portugal? Os problemas ambientais das próximas décadas só serão minimizados através de uma atitude proactiva da sociedade

12 Autores do estudo Alexandra Correia (ISA), Alexandra Nogal (IST), Alexandre Correia (ISA), Alfredo Borba (UA), Américo Mendes (UCP), Ana Paulo (ESAS), Ana Moreira (INIA), Ana Correia (FCUL), António Brito (UM), Carlos Aguiar (IPB), Carlos Carmona Belo (INIA), Carlos Teixeira (IST), Cátia Rosas (CONFAGRI), Cibele Queiroz (FCUL), Cristina Marta (IPB), Eduardo Azevedo (Universidade dos Açores), Elvira Pereira (ISCSP), Emiliana Silva (UA), Eugénio Sequeiro (ESUVG), Francisco Andrade (FCUL), Francisco Fonseca (FCUL), Francisco Dinis (UA), Fuensanta Herrero (CUE), Henrique Cabral (FCUL), Henrique Pereira (FCUL), Humberto Martins (UTAD), Inês Gomes (FCUL), Inocêncio Coelho (INIA), Joana Patrício (UC), João Azevedo (IPB), João Carlos Marques (UC), João Neto (UC), João Santos Pereira (ISA), José Borges (ISA), Luis Ribeiro (IST), Luis Vicente (FCUL), Manuela Magalhães (ISA), Margarida Ferreira (FCUL), Margarida Santos-Reis (FCUL), Maria da Luz Mathias (FCUL), Maria de Fátima Borges (IPIMAR), M. Teresa Ferreira (ISA), Marta Silva Pereira (INIA), Miguel Araújo (MNCN), Nuno Onofre (INIA), Nuno Rodrigues (TerraPrima), Oriana Rodrigues (IST), Orlando Rodrigues (IPB), Patrícia Rodrigues (FCUL), Paulo Borges (UA), Ricardo Teixeira (IST), Rosalina Gabriel (UA), Rui Mota (IST), Rui Rebelo (FCUL), Rute Pinto (UC), Tatiana Valada (IST), Tiago Domingos (IST), Vânia Proença (FCUL)

13


Carregar ppt "Apresentação dos Resultado Finais Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa 13 de Janeiro de 2010."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google