A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

© 2010 IFRS Foundation 1 BNDES-IFRS Foundation Seminário IFRS para PMEs Tópico 1.7 Avaliação e Debate Seção 23 Receitas e Apresentação de Demonstração.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "© 2010 IFRS Foundation 1 BNDES-IFRS Foundation Seminário IFRS para PMEs Tópico 1.7 Avaliação e Debate Seção 23 Receitas e Apresentação de Demonstração."— Transcrição da apresentação:

1 © 2010 IFRS Foundation 1 BNDES-IFRS Foundation Seminário IFRS para PMEs Tópico 1.7 Avaliação e Debate Seção 23 Receitas e Apresentação de Demonstração Contábil

2 © 2010 IFRS Foundation 2 Esta apresentaçã foi elaborada pela equipe de educaçã da IFRS Foundation. Não foi submetida á aprovação do IASB. A IFRS Foundation autoriza indivíous e organizações a usar esta apresentação em seus programas de treinamento do IFRS para PMEs. Entretanto, se você fizer alguma modificação, deverá indicar claramente que as modificações não fazem parte da apresentação original preparada pela equipe de educação da IFRS Foundation e deverá retirar as referências aos direitos autorais de todos os slides alterados. Esta apresentação pode ser modificada de tempos em tempos. A versão mais atual pode ser baixada a partir do link: rkshops.htm Os requerimentos contábeis aplicáveis a empresas pequenas e de médio porte (PMEs) são estabelecidos no International Financial Reporting Standard (IFRS) for SMEs, que foram emitidos pelo IASB em julho de A IFRS Foundation, os autores, os apresentadores e os editores não aceitam responsabilidade por perdas causadas a qualquer pessoa que atue ou evite em atuar em conformidade com os materiais nesta apresentação, independente de tais perdas serem causadas por negligência ou afins.

3 © 2010 IFRS Foundation 3 Questões sobre Seção 23 Receitas

4 © 2010 IFRS Foundation 4 Seção 23 – Questões para debate Pergunta 1: Qual dos seguintes não é coberto pela Seção 23 Receitas? a.Receita de contratos de arrendamento? b.Alterações em VJ de ativos financeiros e passivos financeiros ou sua venda? c.Alteração no VJ de ativos biológicos relacionados à atividade agrícola? d.Todas as opções anteriores?

5 © 2010 IFRS Foundation 5 Pergunta 2: Bens com preço publicado de $1.000 são vendidos aos clientes em termos de crédito normais. O cliente paga $690 pela quitação total. Os $690 = $1.000 publicado, menos $200 de desconto de negociação, menos $100 de desconto pelo volume, menos $10 de desconto pelo pagamento imediato. Dos $690, $50 são imposto sobre vendas a ser remetido ao governo. Quanta receita deve ser reconhecida? a. $640? b. $1.000? c. $700? d. $690? Seção 23 – Questões para debate

6 © 2010 IFRS Foundation 6 Pergunta 3: O percentual de completação deve ser utilizado para reconhecimento de receita de: a.prestação de serviços e contratos de construção? b.prestação de serviços apenas quando o resultado puder ser estimado confiavelmente? c.contratos de construção apenas quando o resultado puder ser estimado confiavelmente? d.tanto b quanto c? Seção 23 – Questões para debate

7 © 2010 IFRS Foundation 7 Pergunta 4: Promoção de concessionária de carros – serviço gratuito e 2 anos de crédito sem juros. Reconhecer receita separadamente para: a.venda total de bens? b.venda de bens e prestação de serviços de manutenção? c.venda de bens, prestação de serviços e um elemento de financiamento (juros) relacionados ao pagamento diferido? Seção 23 – Questões para debate

8 © 2010 IFRS Foundation 8 Pergunta 5: A vende bens para B por $950 em 1/1/20X1 e incorre em custos de venda de $20 ao mesmo tempo. B negocia crédito sem juros por um ano (pagamento devido em 31/12/20X1). Se B pegou emprestado para pagar de antemão, taxa de juros = 10%. Quanta receita da venda de bens A reconhece em 1/1/20X1? a. $950? b. $863? c. $970 d. $930? Seção 23 – Questões para debate

9 © 2010 IFRS Foundation 9 Pergunta 6: Contrato de construção a preço fixo de $ A contratada incorre em custos de $10.000, $ e $ nos anos 1, 2, 3. No final do Ano 1, o resultado não pode ser estimado confiavelmente, porém os $ de custos são recuperados. No final do Ano 2, pode fazer uma estimativa confiável de $ de custos futuros para concluir o serviço. Quanto de receita e custo a contratada deve reconhecer no Ano 2? Ver próximo slide... Seção 23 – Questões para debate

10 © 2010 IFRS Foundation 10 Pergunta 6, continuação: Quanta receita e custo a contratada deve reconhecer no Ano 2? a.Receita $ e custos $ ? b.Receita $ e custos $ ? c.Receita $ e custos $ ? d.Receita $ e custos $ ? Seção 23 – Questões para debate

11 © 2010 IFRS Foundation 11 Pergunta 7: Contrato de construção a preço fixo de $ A contratada incorre em custos de $ , $ e $ nos anos 1, 2, 3. No final do Ano 1, a estimativa confiável de custos futuros foi de $ No final do Ano 2, os custos futuros estimados são de $ O contrato foi concluído no Ano 3. Quanta receita a contratada deve reconhecer nos anos 1, 2, 3? Ver próximo slide... Seção 23 – Questões para debate

12 © 2010 IFRS Foundation 12 Pergunta 7, continuação: Quanta receita e custo a contratada deve reconhecer nos anos 1, 2, 3? OpçãoAno 1Ano 2Ano 3 (a) (b) (c) (d) Seção 23 – Questões para debate

13 © 2010 IFRS Foundation 13 Perguntas sobre as Seções 3 a 8 Apresentação das Demonstrações Contábeis As perguntas são baseadas nas demonstrações contábeis ilustrativas publicadas juntamente com o IFRS para PMEs (um livro impresso separadamente).

14 © 2010 IFRS Foundation 14 Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis Pergunta (a): Demonstração consolidada do Resultado Abrangente e de Lucros ou Prejuízos Acumulados O grupo pode apresentar suas demonstrações separadas (demonstração consolidada do resultado abrangente e demonstração consolidada das mutações no patrimônio líquido) ao invés de apresentar uma única demonstração consolidada do resultado e dos lucros e prejuízos acumulados?

15 © 2010 IFRS Foundation 15 Pergunta (b): Demonstração consolidada do Resultado Abrangente e de Lucros ou Prejuízos Acumulados Como a apresentação da demonstração consolidada do resultado e de lucros e prejuízos acumulados mudaria se o Grupo XYZ tevesse uma operação descontinuada no ano finalizado em 31 de dezembro de 20X2? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

16 © 2010 IFRS Foundation 16 Pergunta (c): Demonstração consolidada do Resultado Abrangente e de Lucros ou Prejuízos Acumulados Como a apresentação da demonstração consolidada do resultado e de lucros e prejuízos acumulados mudaria se o Grupo XYZ possuisse uma controlada (participação menor que 100%)? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

17 © 2010 IFRS Foundation 17 Pergunta (d): Demonstração consolidada do resultado abrangente e de lucros ou prejuízos acumulados O Grupo XYZ pode optar por apresentar uma análise de despesas por função ao invés de uma análise de despesas por natureza? Quais são os exemplos de despesas por função? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

18 © 2010 IFRS Foundation 18 Pergunta (e): Demonstração consolidada do resultado abrangente e de lucros ou prejuízos acumulados Exige-se que o grupo divulgue a linha Lucro antes do IR? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

19 © 2010 IFRS Foundation 19 Pergunta (f): Demonstração consolidada da posição financeira Esta demonstração pode ser chamada de Balanço Patrimonial ao invés de Demonstração da Posição Financeira? E Demonstração dos Valores de Ativo e Passivo? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

20 © 2010 IFRS Foundation 20 Pergunta (g): Demonstração consolidada da posição financeira O IFRS para PMEs proíbe a apresentação da demonstração da posição financeira antes da demonstração do resultado e de lucros ou prejuízos acumulados? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

21 © 2010 IFRS Foundation 21 Pergunta (h): Demonstração consolidada da posição financeira O IFRS para PMEs requere uma demonstração da posição financeira no início do período comparativo mais remoto? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

22 © 2010 IFRS Foundation 22 Pergunta (i): Demonstração consolidada da posição financeira Ao invés de apresentar seus ativos / passivos circulantes separadamente de seus ativos / passivos não circulantes, o Grupo XYZ pode optar por apresentar seus ativos e passivos em ordem de liquidez (sem divisão de circulante / não circulante)? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

23 © 2010 IFRS Foundation 23 Pergunta (j): Demonstração consolidada da posição financeira Quando uma entidade apresenta seus ativos e passivos em ordem de liquidez, esta ordem é crescendente ou decrescendente? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

24 © 2010 IFRS Foundation 24 Pergunta (k): Demonstração consolidada dos fluxos de caixa Esta demonstração possui um sub-título Fluxo de caixa incluído nas atividades de investimento dentro de Fluxos de caixa das atividades operacionais. Por que este item está ali? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

25 © 2010 IFRS Foundation 25 Pergunta (l): Demonstração consolidada dos fluxos de caixa O IFRS para PMEs exige que o Grupo XYZ divulgue separadamente o montante de custos de financiamento pagos em dinheiro? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

26 © 2010 IFRS Foundation 26 Pergunta (m):Demonstração consolidada dos fluxos de caixa O IFRS para PMEs exige que o grupo divulgue separadamente o montante de impostos de renda pagos em dinheiro? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

27 © 2010 IFRS Foundation 27 Pergunta (n): Nota 2 Políticas Contábeis Se a moeda de apresentação for diferente da moeda funcional, qual informação adicional, se alguma, o Grupo XYZ divulgará? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

28 © 2010 IFRS Foundation 28 Pergunta (o):Nota 2 Políticas Contábeis – Investimentos em Coligadas Qual outra base de mensuração, se alguma, o Grupo XYZ pode adotar como sua política contábil para investimentos em coligadas? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

29 © 2010 IFRS Foundation 29 Pergunta (p):Nota 2 Políticas Contábeis – Custos de Empréstimos O Grupo XYZ pode alterar sua política contábil para custos de empréstimos de forma que estes que sejão diretamente atribuíveis à aquisição, construção ou produção de um ativo qualificável façam parte do custo deste ativo (isto é, o grupo pode contabilizar custos de empréstimos de acordo com os requerimentos de IAS 23 Custos de Empréstimos para IFRSs completos)? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

30 © 2010 IFRS Foundation 30 Pergunta (q): Nota 2 Políticas Contábeis – Ativos Intangíveis Se o Grupo XYZ comprar uma marca que a administração considere ter vida útil indefinida, o grupo ainda contabilizará a marca pelo custo menos depreciação acumulada e quaisquer perdas acumuladas por irrecuperabilidade? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

31 © 2010 IFRS Foundation 31 Pergunta (r): Nota 2 Políticas Contábeis – Arrendamentos Devido a algumas cláusulas presentes num contrato de arrendamento, a administração da entidade arrendatária encontra dificuldades para classificar o arrendamento como operacional ou financeiro. No final, concluiu-se por operacional. Existe alguma divulgação especial requerida? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

32 © 2010 IFRS Foundation 32 Pergunta (s): Nota 2 Políticas Contábeis – Benefícios a Empregados – pagamento por serviço de longa duração O Grupo XYZ pode optar por selecionar outro método para mensurar sua obrigação de benefícios definidos ao invés do método de crédito de unidade projetada? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

33 © 2010 IFRS Foundation 33 Pergunta (t): Nota 6 Ganho na venda de equipamento O Grupo XYZ nunca se desfez de qualquer item de Imobilizado. O grupo pode apresentar este ganho numa linha separada na demonstração consolidada de resultado e de lucros ou prejuízos acumulados como Item Extraordinário – Ganho sobre Venda de Equipamento? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

34 © 2010 IFRS Foundation 34 Pergunta (u): Nota 10 Duplicatas e outros recebíveis Ao invés de apresentar uma linha única Duplicatas e outros recebíveis no balanço patrimonial e então divulgar Duplicatas a Receber de Clientes e Pagamentos Antecipados separadamente nas notas, o Grupo XYZ pode apresentar estes dois itens em linhas separadas no balanço patrimonial? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

35 © 2010 IFRS Foundation 35 Pergunta (v): Nota 15 Imposto diferido A Nota 15 divulga que XYZ possui tanto imposto de renda diferido ativo quanto passivo. Ainda assim a demonstração da posição financeira apresenta apenas o ativo de imposto de renda diferido. Por quê? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

36 © 2010 IFRS Foundation 36 Pergunta (w): Nota 15 Imposto diferido Se o Grupo XYZ esperar receber em dinheiro em 20X3 um montante material do imposto de renda diferido ativo, o Grupo XYZ pode apresentar o montante a ser recebido em 20X3 como um ativo circulante em sua demonstração consolidada da posição financeira relativa a 31 de dezembro de 20X2? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

37 © 2010 IFRS Foundation 37 Pergunta (x): Nota 16 Cheques especiais e empréstimos Ao invés de apresentar caixa (ativo circulante) separadamente do cheque especial (passivo circulante), o XYZ pode optar por apresentar o valor líquido (ex. 20X2: ) como um passivo circulante Caixa e Equivalentes em sua demonstração consolidada da posição financeira (isto é, da mesma forma que é apresentado na demonstração consolidada dos fluxos de caixa)? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

38 © 2010 IFRS Foundation 38 Pergunta (y): Nota 18 Provisão para obrigações de garantia Se a garantia fosse para um longo período (ex. 3 anos), qual linha adicional, se algum, você esperaria ver na divulgação sobre as alterações na provisão para o período? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis

39 © 2010 IFRS Foundation 39 Pergunta (z): Nota 25 Evento subsequente $ de ressarcimento da seguradora foram recebidos em dinheiro antes que as demonstrações fossem aprovadas em 10 de março de X3. Então isto é uma certeza virtual. Por que isto não é apresentado como um recebível na demonstração de posição financeira? Caso de Apresentação das Demonstrações Contábeis


Carregar ppt "© 2010 IFRS Foundation 1 BNDES-IFRS Foundation Seminário IFRS para PMEs Tópico 1.7 Avaliação e Debate Seção 23 Receitas e Apresentação de Demonstração."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google