A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Corbicula fluminea Amêijoa asiática. Estrutura do trabalho: Introdução ao tema das espécies invasoras; Breve apresentação do estuário do Rio Minho; Abordagem.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Corbicula fluminea Amêijoa asiática. Estrutura do trabalho: Introdução ao tema das espécies invasoras; Breve apresentação do estuário do Rio Minho; Abordagem."— Transcrição da apresentação:

1 Corbicula fluminea Amêijoa asiática

2 Estrutura do trabalho: Introdução ao tema das espécies invasoras; Breve apresentação do estuário do Rio Minho; Abordagem à espécie invasora Corbicula fluminea.

3 Espécies invasoras Espécies invasoras são todas aquelas que migram do seu habitat natural para outros habitats, passando por vários níveis: Introdução; Colonização; Estabelecimento no seu novo habitat; Dispersão.

4 Espécies invasoras O seu aparecimento gera, por vezes, impactos negativos no ecossistema como: Competição pelos recursos; Alterações do habitat e de cadeias alimentares; Introdução de doenças ou parasitas; Alterações genéticas em espécies nativas; Grandes impactos económicos. Como vectores de introdução dessas espécies destacam-se em ecossistemas aquáticos: Aquacultura; Aquariofilia; Actividades de recreio; Transporte feito por navios transatlânticos.

5 Estuário do Rio Minho Área: 23 km 2 Extensão: 40 km Largura máx.: 2 km

6 Corbicula fluminea Reino: Animalia Filo: Mollusca Classe: Bivalvia Ordem: Veneroida Família: Corbiculidae Género: Corbicula Espécie: Corbicula fluminea Taxonomia

7 Corbicula fluminea Expansão mundial Distribuição nativa

8 Corbicula fluminea Competição directa com as espécies nativas; Diminuição da quantidade de fitoplâncton devido à sua grande capacidade de filtração; Alteração da transparência da água, do ciclo de nutrientes e da própria natureza das cadeias alimentares; Ocorrência de grandes mortalidades no Verão. Impactos negativos

9 Corbicula fluminea Fonte de alimento para níveis tróficos superiores; Podem providenciar habitats favoráveis à instalação de outras espécies. Impactos positivos

10 Conclusão No estuário do rio Minho a distribuição desta espécie é muito elevada, com abundâncias na ordem dos 1100 indivíduos por m² (Sousa et al. 2005), o que corresponde a uma elevada densidade; Podemos prevenir a sua expansão informando todas as pessoas que praticam pesca desportiva e que usam estes animais como isco, sobre os riscos que podem haver na introdução desta espécie invasora.

11 Trabalho realizado por: Ana Sousa Célia Claro


Carregar ppt "Corbicula fluminea Amêijoa asiática. Estrutura do trabalho: Introdução ao tema das espécies invasoras; Breve apresentação do estuário do Rio Minho; Abordagem."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google