A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Compreender a dialética homem x natureza e as consequências dessa para a o meio ambiente foi o objetivo principal dos nossos estudos sobre os recursos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Compreender a dialética homem x natureza e as consequências dessa para a o meio ambiente foi o objetivo principal dos nossos estudos sobre os recursos."— Transcrição da apresentação:

1

2 Compreender a dialética homem x natureza e as consequências dessa para a o meio ambiente foi o objetivo principal dos nossos estudos sobre os recursos naturais de Fortaleza. Buscamos desenvolver em nossos alunos posturas críticas e responsáveis para com o meio ambiente. Instigamos as discussões com questionamentos sobre a necessidade que o homem tem de alterar / modificar o meio ambiente em prol do desenvolvimento. O grande questionamento das crianças foi: “é necessário destruir, por exemplo, as paisagens naturais para construir”? Por que não usamos os recursos naturais sem agredir?

3  O que sabemos sobre as praias? As praias são formadas pelo movimento de subida e descida da maré. Em algumas praias, quando a maré está baixa formam-se as piscininhas, e as crianças brincam sem preocupação. Além disso, a praia fica mais extensa. Quando a maré está alta, as ondas arrebentam com força e o vento fica muito forte.

4 As praias são áreas de lazer para os fortalezenses e turistas. Também dispõe de barracas, feirinhas de artesanato, restaurantes e hotéis que geram empregos pra milhares de pessoas. Existem muitas praias da nossas cidade: do Futuro, Mucuripe, Meireles, Iracema, Pirambu, Colônia, Goiabeiras, Barra do Ceará, dentre outras. Texto produzido pela turma 3º ano B

5

6 PRAIA DE IRACEMA: Iracema é a que fica mais próxima do centro. Limitada à sua direita por um quebra-mar que a divide com a Praia do Meireles. Do lado esquerdo, termina na Ponte dos Ingleses (Metálica), antigo porto da cidade. O Centro Cultural Dragão do Mar, referência da cidade, fica em Iracema. O pôr-do-sol na Ponte dos Ingleses, também conhecida como Ponte Metálica, na Praia de Iracema, é um programa obrigatório para quem visita a cidade. A nova estátua de Iracema faz alusão à história da índia de mesmo nome, retratada no romance do escritor José de Alencar. Assim como Mucuripe e Meireles, a praia de Iracema não é recomendada para banho no mar; tanto pela existência de recifes como pela qualidade da água.

7 PRAIA DE MEIRELES: A Praia do Meireles está localizado entre a Iracema e a do Mucuripe. Também fica na Avenida Beira Mar, e nela está presente alguns dos melhores hotéis de Fortaleza. Há restaurantes especializados na cozinha nacional e internacional, como japonês, italiano, fast food e "barracas" ao longo da beira mar. Meireles é a mais procurada para passeios e caminhadas. Esse trecho da praia tem calçada larga e vários pequenos estabelecimentos comerciais e turísticos, como restaurantes, quiosques, postos de informação. A Feirinha de Artesanato, que é armada todos os dias a partir do entardecer, é sua grande atração.

8 PRAIA DE MUCURIPE: Mucuripe (a praia das jangadas) fica adjacente à Praia do Meireles. Caminhando pelo calçadão, você vai ver uma grande frota de "jangadas" com velas coloridas, que são pequenos barcos de pesca alinhados na praia e utilizadas como meio de vida pra sustento de diversas famílias de pescadores. A praia de Mucuripe abriga o Museu do Farol, inaugurado em 1846, o farol funcionou por 111 anos, até ser desativado em É do Mucuripe também que partem os passeios de barco. Fica no final da Avenida Beira Mar, onde está localizado um mercado de peixes com aproximadamente 20 barracas. Lá é aonde as pessoas vêm de toda a cidade para comprar peixe, lagosta, lula e camarão, tudo fresquinho.

9  PRAIA DO FUTURO: A praia predileta dos banhistas e surfistas de Fortaleza é a Praia do Futuro, a única onde se pode tomar banho de mar sem preocupações - o trecho urbano da orla não costuma ser adequado para nadar por causa da poluição das águas. Além do sol garantido, do mar e de muito agito, a Praia do Futuro também tem as famosas barracas da Avenida Zezé Diogo. Toda quinta-feira a noite, acontecem as já tradicionais caranguejadas. Algumas barracas tem até um pequeno parque aquático para a criançada brincar. Aliadas ao vento, as ondas propiciam ambiente ideal para os amantes do kitesurf. Quem gosta de futebol e frescobol, uma espécie de tênis na areia, encontra na extensa faixa de areia o local adequado para a prática desses esportes. Pesquisas socializadas pelas crianças da turma.

10 DÈCADA DE 1970DÈCADA DE 1990

11

12  Não tinha muitas construções, nem barracas com parque aquático e era mais limpa e tranquila sem muita movimentação de pessoas.  Nessa década observamos muita negociação imobiliária e construções das famosas “casas de praias”, prédios, restaurantes e barracas com parque aquático.

13  Atualmente- Possui um corredor imenso com diversificadas barracas com comida típica (frutos do mar). È cheia de construções e tem uma grande movimentação de turistas e pessoas. Ela é considerada uma das mais conhecidas praias do Nordeste e preferida dos banhistas e surfistas fortalezenses. *Observações da turma.

14 Trechos próprios para recreação ou atividades. Trechos impróprios para banho.

15

16 *Pesquisas socializadas pelas crianças: saude/

17 ESGOTO IRREGULAR LIXOS *Sofrem várias formas de poluição: -A falta de consciência das pessoas que jogam lixo na areia e no mar. -A falta de coleta de lixo. -Construção de esgotos irregulares. -Desordenada ocupação do espaço causando conflito e mudanças no modo de vida dos habitantes do litoral. * Observações e pesquisas da turma.

18  Jogar lixo no lixo.  Fazer campanhas educativas a fim de conscientizar as pessoas para reutilizar, reciclar e reduzir a quantidade de lixo.  Aplicar multa em quem causa danos a natureza.  Fiscalizar junto com as autoridades o correto cumprimento das leis que protegem os ambientes naturais. * Observações da turma

19

20  O que sabemos?  São morros de areia formados pela ação do vento e que se localizam perto das praias.  Elas podem ser móveis ou fixas.  As dunas de Fortaleza são encontradas isoladas, próximas as praias da Cofeco, Sabiaguaba, do Futuro, Serviluz e Barra do Ceará.  Diversas dunas de Fortaleza estão sendo desmontadas de forma desordenada para a construção civil, causando prejuízo para a natureza e população.  Para se retirar areia das dunas, deve-se solicitar licença aos órgãos responsáveis que fiscalizam e cumprir as exigências estabelecidas. *Pontos destacados pela turma após leituras e pesquisas.

21

22  São importantes fontes de armazenamento de água subterrânea.  Contribuem para manter a faixa de areia de praia e evitam a subida do nível do mar.  Formam bela paisagem natural e servem como local de contemplação do sol, de pesquisas e etc. Pontos destacados pela turma após leituras e pesquisas

23 *Pesquisa socializadas pelas crianças:

24 O que sabemos sobre lagoas?  São importantes lugares de lazer e servem para fornecer água e alimentação.  Que antigamente havia muitas lagoas e com o tempo foi diminuindo a quantidade, por conta da poluição e muitas outras foram aterradas para dar lugar a loteamentos, construções de casas e conjuntos habitacionais.  A maioria é poluída pelo lixo que as pessoas jogam, pelos esgotos e por entulhos de construções..

25 Lagoa de Messejana Um dos recursos naturais mais importantes da cidade de Fortaleza. A Lagoa passou por um processo de urbanização em 2003, e conta com um calçadão para a prática esportiva além da presença da estátua de Iracema, um dos símbolos da cultura local com 13 metros de altura. É utilizada para pesca e lazer.

26 Lagoa da Parangaba Está localizada no Bairro da Parangaba. Ao seu redor tem muitos prédios, casas e lojas de comércio. A profundidade da lagoa favorece à realização de atividades pesqueiras. Também é conhecida por uma feira em seu entorno onde são vendidos diferentes produtos.

27 Lagoa do Opaia Localizada entre os bairros Aeroporto e Vila União, é uma das mais importantes de Fortaleza. É utilizada para atividades de pesca e lazer. Em 2012, a lagoa passou por um processo de arborização com o plantio de 300 árvores nas suas margens.

28 Lagoa da Precabura Maior espelho d’água e um dos últimos recursos hídricos preservados da Região Metropolitana de Fortaleza. Dá sustento para pescadores e marisqueiras.

29

30 Poluição causa morte de peixes nas lagoas. As mortes são ocasionadas pela falta de oxigênio gerada pela contaminação por produtos químicos residenciais e industriais ( detergentes, desinfetantes e etc.) que escorrem pelos esgotos nas lagoas segundo informações dos técnicos da Semam. Esgotos (ligações clandestinas) lançados em locais impróprios. Lixo e entulhos de construções. Invasão imobiliária (construções próximas às lagoas). As principais lagoas de Fortaleza estão atualmente impróprias para banho. Um boletim da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Controle Urbano (Semam) aponta as lagoas de Messejana, Opaia, Parangaba e Maraponga não se encontram próprias e um dos principais motivos é o despejo irregular de esgoto nos mananciais. As lagoas são usadas para o lazer da população nos fins de semana.

31  Ampliação da rede pública de esgoto no entorno das lagoas  Realização de limpeza periódica para retirada de lixo e aguapés.  Conscientização da população que mora no entorno das lagoas.

32 Lagoa da Parangaba

33 Lagoa de Messejana

34 Lagoa do Opaia

35 Lagoa da Maraponga

36 Medidas para preservar as lagoas  Ampliação da rede pública de esgoto no entorno das lagoas.  Realização de limpeza periódica para retirada de lixo e aguapés.  Conscientização da população que mora no entorno das lagoas;

37 Por que devemos preservar as lagoas?  É local de praticar esportes;  As pessoas utilizam como forma de lazer;  Deixa a paisagem mais bonita;  Por que é o local onde vivem vários animais.

38 O que sabemos?  Rios são cursos de água que correm naturalmente de uma área mais alta para uma mais baixa do relevo, geralmente deságuam em outro rio, lago ou no mar.

39  Que tem o rio Cocó e o Pajeú.  Que, atualmente, o rio Pajeú é apenas um canal poluído.  Os rios nascem em partes altas, em serras.  Os rios deságuam no mar.  Eles são maiores do que as lagoas.  Servem para muitas coisas: pescar, produzir energia, praticar esportes, usar a água para beber e fazer irrigação.

40  Fortaleza, além de lagoas, praias, dunas também tem rios: Cocó, Ceará e o Maranguapinho. O mais conhecido deles é rio Cocó, pois está localizado dentro da cidade de Fortaleza e tem o manguezal. Esse rio recebe três nomes diferentes. Onde nasce é chamado de Riacho Pacatuba, em Maracanaú tem o nome de Gavião e quando chega em Fortaleza é Cocó. De onde nasce até onde deságua entre, as praias do Caça Pesca e Sabiaguaba, percorre 24 km.

41  Os rios da nossa cidade, assim como as lagoas, são muitos poluídos, principalmente, por conta do lixo que é jogado em seu leito e dos esgotos que são lançados de forma clandestina, além do desmatamento das árvores das margens.  Outro problema pelo qual os rios passam é o fato de que no período das chuvas podem ficar muito cheios e provocar enchentes. Logo, as pessoas que moram perto correm riscos de ter suas casas alagadas e ficarem sem moradias, ou seja, desabrigadas.

42  O uso de produtos de limpeza que misturam compostos químicos não biodegradáveis, quando descartados pelo esgoto, esses produtos vão parar em algum rio, lagoa ou córrego, dificultando muito o tratamento, sem contar a contaminação de peixes e solo.  REGISTRO COLETIVO – 3º A

43  Fazer a coleta de lixo e entulho das ruas para evitar que tudo isso vá parar nos rios;  Fazer a limpeza dos rios, retirando o que tiver dentro, por exemplo, objetos como garrafas pet e, também a planta aguapé;  Não lançar esgotos clandestinos nos rios;  Proibir construções perto dos rios e não desmatar a vegetação.  Optar pelo consumo sustentável e utilização de formas alternativas de limpeza e que causam menores danos, como varrer ou utilizar produtos de limpeza caseiros.

44

45 O QUE SABEMOS SOBRE O MANGUE? - É um lugar que tem muitas animais e plantas; - É uma mistura da água salgada do mar com a água doce do rio; - Tem caranguejos e muitos espécies de animais; - Lá tem uma lama suja e muitas vezes tem mau cheiro; - As árvores têm as raízes para fora para tirar o oxigênio, já que a água é salobra.

46 O QUE DESCOBRIMOS... - Quando a água salgada do oceano se encontra com a água doce dos rios e lagos forma-se um ecossistema chamado estuário, ocupado por um tipo de floresta conhecido como manguezal, que funciona como berçário de várias espécies de peixes, crustáceos e moluscos. - A primeira característica importante é que a mistura da água salgada com a água doce cria condições muito especiais para a alimentação e a proteção de filhotes e o ambiente fica rico em nutrientes.

47 Além disso, outra particularidade do mangue é a pouca quantidade de oxigênio presente na água. Há muito lodo e ácidos na água, então algumas árvores desenvolvem raízes aéreas para puxar o oxigênio da superfície. 3º TARDE

48 NOSSO MANGUE O manguezal do Rio Cocó possui uma fauna característica, bastante rica, composta por várias espécies de aves, peixes, crustáceos e moluscos. Os caranguejos existem em sete espécies, desde o chamado mão-no-olho até o uçá. Já o camarão temos o marinho e de água doce. A maioria das aves que são encontradas no manguezal habita também outros ecossistemas. Elas utilizam o manguezal como local de alimentação e moradia. E algumas espécies em suas rotas de migração constroem nessas áreas seus ninhos, onde têm seus filhotes no período de procriação.

49 Entre os peixes que habitam o manguezal, podemos encontrar espécies de água doce, e de água salgada. A maioria utiliza o manguezal como um verdadeiro mercado alimentício, onde podem encontrar desde o camarão e pequenas algas até frutos do mangue que caem no rio. Outros utilizam o manguezal como maternidade, para desovar seus filhotes e protegê-los de predadores maiores que vivem no mar. TEXTO COLETIVO 3º TARDE

50 COMO ESTÁ O NOSSO MANGUE?

51 Nossa turma fez um passeio pela trilha do Cocó e percebemos muitas irregularidades. Durante o percurso várias placas de orientação para a preservação existem, porém, não vimos isso. Muito lixo, construções de prédios imensos, poluição do rio com esgotos e uma parte do rio muito seco. Não conseguíamos distinguir os dois tipos de mangues que lá existem: o mangue preto e o branco por causa da água dos esgotos que estão sendo lançados.

52 O QUE FAZER? O que estão fazendo? Vão destruir o nosso mangue? Em nossa visita o Guia informou que alguns projetos estão em andamento para a preservação desse lugar, mas ainda falta fazer muita coisa.

53 CUIDE DO MANGUE

54 A Lei Nº de 18 de junho de 2000 : - Proteger as espécies ameaçadas de extinção no âmbito regional e nacional; - Incentivar o uso sustentável dos recursos naturais; - Manejar os recursos da flora e da fauna para a sua proteção recuperação e uso sustentável; – Incentivar atividades de pesquisa científica, estudos e monitoramento da natureza ambiental, sob todas as suas formas.

55

56

57 3º ANO


Carregar ppt "Compreender a dialética homem x natureza e as consequências dessa para a o meio ambiente foi o objetivo principal dos nossos estudos sobre os recursos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google