A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A SAÚDE DO HOMEM A SAÚDE DO HOMEM Dra Celeste C. Tacaci N. Baptista Médica Psiquiatra.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A SAÚDE DO HOMEM A SAÚDE DO HOMEM Dra Celeste C. Tacaci N. Baptista Médica Psiquiatra."— Transcrição da apresentação:

1

2 A SAÚDE DO HOMEM A SAÚDE DO HOMEM Dra Celeste C. Tacaci N. Baptista Médica Psiquiatra

3 Vários estudos constatam que os homens, em geral, padecem mais de condições severas e crônicas de saúde do que as mulheres e também morrem mais do que elas pelas principais causas de morte.

4 Por que os homens buscam menos os serviços de saúde do que as mulheres?

5 O cuidado não é visto como uma prática masculina. O ideal de homem (viril, forte, invulnerável e provedor), entretanto, vem sendo abalado a partir dos questionamentos dos movimentos feministas (anos 70) e de gays (anos 80).

6 Não há um empenho masculino voltado para o estilo de vida saudável e a promoção da saúde.

7 R. Gomes; E. F. Nascimento; F. C de Araújo Cad. Saúde Pública vol.23 no.3 Rio de Janeiro Mar ser homem seria associado à invulnerabilidade, força e virilidade. Características essas, incompatíveis com a demonstração de sinais de fraqueza, medo, ansiedade e insegurança, representada pela procura aos serviços de saúde, o que colocaria em risco a masculinidade...

8 R. Gomes; E. F. Nascimento; F. C de Araújo Cad. Saúde Pública vol.23 no.3 Rio de Janeiro Mar O horário de funcionamento dos serviços de saúde não atende às demandas dos homens, por coincidir com a carga horária de trabalho. As atividades laborativas vêm em primeiro lugar na lista de preocupações masculinas. O horário de funcionamento dos serviços de saúde não atende às demandas dos homens, por coincidir com a carga horária de trabalho. As atividades laborativas vêm em primeiro lugar na lista de preocupações masculinas.

9 Os serviços públicos costumam ser percebidos como um espaço feminilizado, freqüentado principalmente por mulheres e composto por uma equipe de profissionais formada, em sua maioria, também por mulheres. Essa situação provocaria nos homens a sensação de não pertencimento àquele espaço.

10 APESAR DO PAPEL DO PROVEDOR DO LAR ESTAR HISTORICAMENTE ASSOCIADO AO HOMEM, QUASE METADE DOS LARES ATUALMENTE ESTÃO SENDO MANTIDOS PELAS MULHERES.

11 Além do trabalho impedir a procura por serviços de saúde, o exercício dele também pode comprometer o ser saudável.

12 Os indivíduos temem que, ao buscar um serviço de saúde para saber se a sua saúde vai bem, possam se deparar com diagnósticos de uma doença e ter de se tratar.

13 Falta de hábito do homem de se expor ao médico. Houve uma maior medicalização do corpo feminino, ao longo dos seus diferentes ciclos de vida. Houve uma maior medicalização do corpo feminino, ao longo dos seus diferentes ciclos de vida. Essa assimetria entre os gêneros, no que se refere ao olhar da medicina, pode ter contribuído para que a exposição da mulher seja vista como mais natural do que a do homem. Essa assimetria entre os gêneros, no que se refere ao olhar da medicina, pode ter contribuído para que a exposição da mulher seja vista como mais natural do que a do homem.

14 Os homens não se reconhecem como alvo do atendimento de programas de saúde, devido às ações preventivas se dirigirem quase que exclusivamente para mulheres.

15 Os dados epidemiológicos apontam o homem como mais vulnerável do que as mulheres. O senso comum vê o homem como mais invulnerável. Essas idéias, aparentemente contraditórias, se complementam.

16 Ou seja, os homens por se sentirem invulneráveis se expõem mais e acabam ficando vulneráveis. São duas faces da mesma moeda. Ou seja, os homens por se sentirem invulneráveis se expõem mais e acabam ficando vulneráveis. São duas faces da mesma moeda.

17 Por outro lado..... O que é para o homem cuidar de sua saúde???? Quando o cuidado de si transforma-se em risco de adoecimentos.....

18 A saúde reprodutiva e a sexual costumam ser os eixos principais nos assuntos sobre homens e saúde no se refere a prevenção e tratamento.

19 Prevenção para o homem: Atividade física exagerada ou sem programação e acompanhamento. Sair para beber com amigos – descontrair. Festas com comida gordurosa e uso de bebidas alcoólicas. Abuso de substâncias. Quebra da rotina.

20 Afinal quem é este Homem Contemporâneo??? Busca por cirurgia e procedimentos estéticos. Busca pelos prazeres artificiais. Questionamento da sensibilidade. Confusão de papéis familiares. Ser feminino e masculino.

21 Obrigado.


Carregar ppt "A SAÚDE DO HOMEM A SAÚDE DO HOMEM Dra Celeste C. Tacaci N. Baptista Médica Psiquiatra."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google