A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

USUÁRIOS DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS Abordagem, Diagnóstico e Tratamento Conselho Regional de Medicina – São Paulo Novembro 2002.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "USUÁRIOS DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS Abordagem, Diagnóstico e Tratamento Conselho Regional de Medicina – São Paulo Novembro 2002."— Transcrição da apresentação:

1 USUÁRIOS DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS Abordagem, Diagnóstico e Tratamento Conselho Regional de Medicina – São Paulo Novembro 2002

2 PROJETO DIRETRIZES CREMESP AMB

3 Por que esse projeto é importante ? Informar a todos os médicos e profissionais de saúde sobre as melhores evidências no tratamento da Dependência Química Boa parte dos Dependentes Químicos entram em contato com o sistema de saúde devido a complicações físicas ou sociais decorrentes do uso de substâncias Informar o público em geral de que existem critérios sobre o melhor tratamento a ser feito.

4 Como a coleta de evidências fei feita ? Convite a todos especialista brasileiros e em especial de São Paulo para participar do projeto. Revisões da experiências de todos os grupos profissionais envolvidos Recomendações das entidades internacionais Avaliação das evidências científicas internacionais

5 Quais os objetivos ? Auxiliar o médico que faz atendimento geral a: –Reconhecer –Orientar –Tratar –Encaminhar O usuário de substâncias químicas com potencial de gerar abuso e dependências

6 Quais os objetivos ? Atualizar os profissionais acerca das inovações conceituais e as novas abordagens baseadas em evidências

7 Quais as Drogas ? Álcool Nicotina Benzodiazepínicos Anfetaminas Maconha Cocaína Opiáceos Solventes

8 Álcool -12 % da população brasileira tem problemas com o álcool - Não existe consumo de álcool isento de riscos - O uso nocivo e a dependência de álcool são pouco diagnosticados - A ênfase da prática clínica geral diária está dirigida apenas às complicações clínicas do consumo - A demora em fazer o diagnóstico, piora o prognóstico

9 Nicotina -50% dos fumantes morrerão devido ao uso da nicotina -Essas pessoas precisam de tratamento, elas respondem pouco à prevenção -Novos medicamentos dobram a chance de parar de fumar. -Por exemplo: reposição de nicotina, bupropiona, nortriptilina

10 Benzodiazepínicos -Os BZDs são responsáveis por cerca de 50% de toda a prescrição psicotrópicos -Atualmente um em cada 10 adultos recebem prescrições de BZDs a cada ano, a maioria desta feitas por clínicos gerais -Estima-se que cada clínico tenha em sua lista 50 pacientes dependentes de benzodiazepínicos, metade destes gostariam de parar o uso. No entanto, 30% pensam que o uso é estimulado pelos médicos

11 Anfetaminas -Um estudo com adultos de uma cidade brasileira mostrou uma prevalência de 1,3%, sendo que 80% dos usuários possuíam prescrição médica para adquirir a substância. -Entre estudantes o uso das anfetaminas é eminentemente feminino, provavelmente com o intuito de perder peso

12 Opiáceos -Possivelmente será uma das principais drogas a aumentarem o consumo nos próximos anos. -Grande consumo entre médicos

13 Solventes -No Brasil, os solventes estão entre as drogas mais usadas por estudantes de escolas públicas brasileiras e entre adolescentes de baixa renda. -Diversos usuários crônicos apresentam quadros neurológicos graves. -


Carregar ppt "USUÁRIOS DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS Abordagem, Diagnóstico e Tratamento Conselho Regional de Medicina – São Paulo Novembro 2002."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google