A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INOVAÇÕES NO ENFRENTAMENTO DE DESASTRES NATURAIS 68ª Semana Oficial da Engenharia, da Arquitetura e da Agronomia - SOEAA Rafael Schadeck Diretor Departamento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INOVAÇÕES NO ENFRENTAMENTO DE DESASTRES NATURAIS 68ª Semana Oficial da Engenharia, da Arquitetura e da Agronomia - SOEAA Rafael Schadeck Diretor Departamento."— Transcrição da apresentação:

1 INOVAÇÕES NO ENFRENTAMENTO DE DESASTRES NATURAIS 68ª Semana Oficial da Engenharia, da Arquitetura e da Agronomia - SOEAA Rafael Schadeck Diretor Departamento de Minimização de Desastres Secretaria Nacional de Defesa Civil Goiânia-GO, 12 de julho de 2011

2 Registros de desastres naturais e número total de pessoas afetadas entre Fonte: EM-DAT Desastres Naturais

3 Fonte: Center of Research on the Epidemiology of Disasters (CREA), Bélgica. Desastres Naturais

4 Desastres Naturais - Brasil Registros de desastres naturais por município 2000 a Fonte: SEDEC/MI

5 Conclusão Os Desastres Naturais vem crescendo nas últimas décadas, os números de afetados e o volume dos danos materiais vem crescendo rapidamente. O número de mortes atingiu, entre os anos de 1975 e 2007, uma média de ; 295 mil mortes devido a desastres naturais fizeram de 2010 o ano com piores números desde 1983; As mudanças climáticas são um fato, sendo necessária a adaptação para enfrentar esta nova realidade.

6 O QUE É UM DESASTRE??? X = X = AMEAÇAVULNERABILIDADE DESASTRE

7 DESASTRE, segundo a ONU Distúrbio significativo no funcionamento de uma comunidade ou sociedade, envolvendo perdas humanas, materiais, econômicas ou ambientais generalizadas, que excedem a capacidade da comunidade ou sociedade de se recuperar usando recursos próprios.

8 Inovações no Enfrentamento a Desastres Ações em andamento na Sedec relacionadas aos seguintes eixos: Sistemas de Monitoramento e Alerta; Sistemas de Informação; Gestão de Recursos.

9 Impacto Alerta Sistemas de Monitoramento e Alerta

10 Impacto Alerta Normalidade Sistemas de Monitoramento e Alerta

11 NormalidadePré Impacto Impacto Alerta Sistemas de Monitoramento e Alerta

12 NormalidadePré ImpactoAtenuação de danos Impacto Alerta Sistemas de Monitoramento e Alerta

13 Impacto Alerta Impacto Alerta Sistemas de Monitoramento e Alerta

14 Sistemas de Monitoramento e Alerta Centro de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais - CEMADEN Zoneamento Geoespacial de Risco: R$ 31,5 milhões Redes de Observações e Radares: R$ 100 milhões Rede de Comunicação Comunitária e Educação Ambiental: R$ 35 milhões Investimento Total Estimado ( ): R$ 252,5 milhões Infraestrutura e Pesquisas em Desastres Naturais : R$ 86 milhões Recursos Humanos: 75 pessoas Inicialmente Slide Prof. Reinhardt Fuck, VIII Forum Nacional de Defesa Civil, Maceió, Setembro de 2011.

15 Sistemas de Monitoramento e Alerta Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres - CENAD

16 CENAD – Modernização da Estrutura Física

17

18

19

20

21 CENAD – Integração

22 Sistemas de Informação Sistema Integrado de Informações sobre Desastres – S2ID ETAPA I: Pesquisa e Banco de Dados; Outubro/2010 a Julho/2011 ETAPA II: Integração e Processo de Reconhecimento; Julho/2011 a Fevereiro/2012 ETAPA III: Transferência e Fiscalização de Recursos de Reconstrução; Janeiro/2012 a Dezembro/2012

23 S2ID – Etapa I Banco de Dados de Registros de Desastres Avadans Nopreds 821 Relatório de danos Decretos Portarias Jornais Outros TOTAL:

24 S2ID – Etapa I

25 Mapas Temáticos

26 S2ID – Etapa I Atlas Brasileiro de Desastres Naturais

27 S2ID – Etapa I Atlas Brasileiro de Desastres Naturais

28 Gestão de Recursos Cartão de Pagamento de Defesa Civil O Cartão de Pagamento de Defesa Civil (CPDC) é um meio de pagamento específico para ações de defesa civil, que proporciona mais agilidade, controle e transparência dos gastos à Administração Pública. Destinado aos repasse de recursos de socorro, assistência e restabelecimento pelos municípios ou estados que tenham situação de emergência ou calamidade pública reconhecidos pelo Governo Federal; Vedado: saques em espécie, compras parceladas e uso no exterior; Todas as transações serão publicadas no Portal da Transparência da Controladoria Geral da União (CGU); Piloto em execução em 25 municípios de 5 estados, empregado pela primeira vez em SC, nos municípios de Blumenau, Brusque, Gaspar, Itajaí e Rio do Sul.

29 OBRIGADO!


Carregar ppt "INOVAÇÕES NO ENFRENTAMENTO DE DESASTRES NATURAIS 68ª Semana Oficial da Engenharia, da Arquitetura e da Agronomia - SOEAA Rafael Schadeck Diretor Departamento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google