A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

2008 Informações, Orientações & Cuidados Influenza A H1N1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "2008 Informações, Orientações & Cuidados Influenza A H1N1."— Transcrição da apresentação:

1 2008 Informações, Orientações & Cuidados Influenza A H1N1

2

3 RECONHECENDO o Resfriado e a Gripe (INFLUENZA) Atenção aos sintomas

4 É UMA DOENÇA RESPIRATÓRIA AGUDA INFLUENZA RESFRIADO GRIPE = INFLUENZA

5 SINTOMASRESFRIADOINFLUENZA FEBRE Criança 39º Adultos pouco freqüente Pode elevar-se até 40º dura de 3 a 4 dias DOR DE CABEÇA Raras vezesInício súbito e intenso DORES MUSCULARES Leve a moderado Geralmente intensa CANSAÇO E DEBILIDADE Pode durar de 2 a 3 semanas DECAIMENTO LeveInício súbito e intenso CONGESTÃO NASAL FreqüenteAlgumas vezes ARDOR E/OU DOR DE GARGANTA TOSSE Leve a moderadaQuase sempre

6 INFLUENZA FEBRE ALTA TOSSE DOR DE GARGANTA MAL ESTAR GERAL MUITO CANSAÇO DOR MUSCULAR DOR NAS ARTICULAÇÕES

7 GRIPE sempre deve ser combatida AviáriaEstacional H1N1 suína SAZONAL

8 Que é a INFLUENZA SAZONAL? É uma doença própria do ser humano e se apresenta principalmente durante os meses de inverno ( sazonal ou estacional) É transmitida quando o vírus da Influenza entra no organismo através dos olhos, nariz, e/ou a boca Seus sintomas são similares aos do resfriado comum porém muito mais intensos

9 Quem pode ser mais afetado pela influenza sazonal? Tem a capacidade de afetar a todas as pessoas Mesmo assim são mais suscetíveis de sofrer complicações: –Crianças menores de 5 anos. –Adultos maiores de 65 anos. –Pessoas com doenças crônicas como: diabetes, doença do coração, dos pulmões, etc.

10 Existe vacina para a influenza sazonal? SIM É APLICADA ANUALMENTE

11 INFLUENZA PANDÊMICA é o início de uma mesma influenza em todo o planeta em todo o planeta de maneira simultânea com a capacidade de provocar sérias conseqüências

12 Que conseqüências teria uma pandemia de qualquer influenza? Grande número de pessoas doentes Uma forte crise econômica e social Decréscimo e inclusive paradas nos setores de trabalho, escolas, empresas, etc. Superlotação dos serviços de saúde pelo grande número de pacientes

13 Houve pandemias de influenza antes? SIM AnoNomeVirusMortes1918 GRIPE Espanhola Vírus GRIPE tipo A (H1N1) Vírus GRIPE tipo A (H1N1) 50 milhões[1] 1957GRIPE AsiáticaVírus da GRIPE tipo A (H2N2) 2 milhões 1968 GRIPE de Hong Kong Vírus da GRIPE tipo A (H3N2) 1 milhão (1) Osterholm MT. Preparing for the next pandemic N Eng J Med 2005; 352 (18):

14 GRIPE ESPANHOLA

15 Por que pode morrer tanta gente pela pandemia de INFLUENZA? Porque nenhum ser humano ainda foi exposto a este vírus Não há imunidade Ele se transmite facilmente pela tosse e pelo espirro

16 GRIPE SUÍNA INFLUENZA A (H1N1)

17 CAUSADA POR UM VÍRUS NOVO - Ninguém no mundo tem imunidade - Não se sabe qual vai ser o comportamento dele - Ele pode sofrer mutações que são imprevisíveis

18 NÃO EXISTE VACINA NOSSA ÚNICA PROTEÇÃO É A PREVENÇÃO

19 TRANSMISSÃO DO VÍRUS 90% GOTÍCULAS RESPIRATÓRIAS 10% CONTATO COM SUPERFÍCIES CONTAMINADAS A transmissão ocorre por meio de secreções nasais ou gotículas de saliva, como qualquer gripe. Dessa forma, o contágio por meio da ingestão de carne de porco não traz risco.

20 OS GERMES SAEM NAS GOTÍCULAS E PODEM SER INALADOS PELAS OUTRAS PESSOAS

21 INCUBAÇÃO Sintomas se manifestam de 1 a 5 dias após contato com o vírus em média 2 dias TRANSMISSIBILIDADE Pessoas transmitem o vírus desde 2 dia antes dos sintomas até 10 dias após. TEMPO O vírus H1N1, numa maçaneta ou superfície lisa, é viável para contágio Por até 10 horas

22 GOTÍCULAS ALCANCE ATÉ 2m Vírus da Influenza

23 HÁBITOS DE HIGIENE

24 TRABALHAMOS COM O INVISÍVEL GERMES

25 HIGIENE DAS MÃOS Elaboração: Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) IMPORTANTE Antes de iniciar qualquer uma dessas técnicas, é necessário retirar jóias (anéis, pulseiras, relógio), pois sob tais objetos podem acumular-se microrganismos. No caso de torneiras com contato manual para fechamento, sempre utilize papel toalha. O uso coletivo de toalhas de tecido é contra- indicado, pois estas permanecem úmidas, favorecendo a proliferação bacteriana. Deve-se evitar água muito quente ou muito fria na higienização das mãos, a fim de prevenir o ressecamento da pele.

26 HIGIENE DAS MÃOS Abrir a torneira e molhar as mãos, evitando encostar-se a pia. Aplicar na palma da mão quantidade suficiente de sabão líquido para cobrir todas as superfícies das mãos (seguir a quantidade recomendada pelo fabricante). 1.Abrir a torneira e molhar as mãos, evitando encostar- se a pia. 2.Aplicar na palma da mão quantidade suficiente de sabão líquido para cobrir todas as superfícies das mãos.(seguir a quantidade recomendada pelo fabricante). Fonte: (Anvisa)

27 Ensaboar as palmas das mãos, friccionando-as entre si. Esfregar a palma da mão direita contra o dorso da mão esquerda entrelaçando os dedos e vice- versa. 3.Ensaboar as palmas das mãos, friccionan- do-as entre si. 4.Esfregar a palma da mão direita contra o dorso da mão es- querda entrelaçando os dedos e VICE- VERSA. 5.Esfregar as palmas das mãos e entrelaçar os dedos e friccionar os espaços interdigitais. REPETIR 5 VEZES CADA POSIÇÃO Entrelaçar os dedos e friccionar os espaços interdigitais. Fonte: (Anvisa) NÃO TOQUE A PIA!!

28 Esfregar o dorso dos dedos de uma mão com a palma da mão oposta, segurando os dedos, com movimento de vai-e-vem e vice- versa. 6.Esfregar o dorso dos dedos (REGIÃO DAS DOBRAS DOS DEDOS) de uma mão com a palma da mão oposta, segurando os dedos, com movimento de vai- e-vem e vice-versa. REPETIR 5 VEZES CADA POSIÇÃO Fonte: (Anvisa) NÃO TOQUE A PIA!!

29 Esfregar o polegar direito, com o auxílio da palma da mão esquerda, utilizando-se movimento circular e vice-versa. 7.Esfregar o polegar direito, com o auxílio da palma da mão esquerda, utilizando-se movimento circular e vice-versa. REPETIR 5 VEZES CADA POSIÇÃO Fonte: (Anvisa) NÃO TOQUE A PIA!!

30 Fonte: (Anvisa) Esfregar o punho esquerdo, com o auxílio da palma da mão direita, utilizando movimento circular e vice-versa. Friccionar as polpas digitais e unhas da mão esquerda contra a palma da mão direita, fechada em concha, fazendo movimento circular e vice- versa. REPETIR 5 VEZES CADA POSIÇÃO 8. Friccionar as polpas digitais e unhas (AS UNHAS DEVEM SER MANTIDAS CURTAS) da mão esquerda contra a palma da mão direita, fechada em concha, fazendo movimento circular e vice-versa. 9.Esfregar o punho esquerdo, com o auxílio da palma da mão direita, utilizando movimento circular e vice-versa. NÃO TOQUE A PIA!!

31 Enxaguar as mãos, retirando os resíduos de sabão, no sentido dos dedos para os punhos. Evitar contato direto das mãos ensaboadas com a torneira. NÃO TOQUE A PIA!! REPETIR 5 VEZES CADA POSIÇÃO 10. Enxaguar as mãos, retirando os resíduos de sabão, no sentido dos dedos para os punhos. ATENÇÃO: Evitar contato direto das mãos ensaboadas com a torneira: - Se for torneira automática, acione com o cotovelo (Figura); -Se for torneira comum, use um papel toalha para fechá-la, depois elimine-o no lixo. Fonte: (Anvisa)

32 REPETIR 5 VEZES CADA POSIÇÃO 10. Secar as mãos com papel-toalha descartável, iniciando pelas mãos e seguindo pelos punhos. Desprezar o papel toalha na lixeira para resíduos comuns. ATENÇÃO: Não usar o mesmo papel toalha utilizado para fechar a torneira. Secar as mãos com papel-toalha descartável, iniciando pelas mãos e seguindo pelos punhos. Desprezar o papel toalha na lixeira para resíduos comuns. Fonte: (Anvisa)

33 HIGIENE ANTI-SÉPTICA DAS MÃOS Elaboração: Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) Finalidade: Promover a remoção de sujidades e de microrganismos, reduzindo a carga microbiana das mãos (não há remoção de sujidades), com auxílio de um anti-séptico. Duração do procedimento: 40 a 60 segundos. Técnica: A técnica de higienização anti-séptica é igual àquela utilizada para higienização simples das mãos, substituindo-se o sabão por um anti-séptico. Exemplo: anti-séptico degermante ou alcool 70% gel. ATENÇÃO: -A utilização de gel alcoólico a 70% ou de solução alcoólica a 70% com 1-3% de glicerina pode substituir a higienização com água e sabão quando as mãos não estiverem visivelmente sujas. - Depois de higienizar as mãos com preparação alcoólica, deixe que elas sequem completamente (sem utilização de papel-toalha).

34 Álcool 70% glicerinado ou gel Mãos não visivelmente sujas - não colocar o álcool nas mãos molhadas - não secar com papel toalha SEMPRE FRICCIONAR ATÉ SECAR MESMOS MOVIMENTOS DA LAVAGEM DAS MÃOS

35 HIGIENE ANTI- SÉPTICA DAS MÃOS A técnica de higieniza- ção anti-séptica é igual àquela utilizada para higienização simples das mãos, substituindo-se o sabão por um anti-séptico. Fonte: (Anvisa) Friccionar a palma das mãos entre si com os dedos entrelaçados. Friccionar a palma da mão direita con-tra o dorso da mão esquerda entrelaçando os dedos e vice-versa. Friccionar as palmas das mãos entre si. Aplicar na palma da mão quantidade suficiente do produto para cobrir todas as superfícies das mãos (seguir a quantidade recomendada pelo fabricante).

36 . Deixar as mãos secarem naturalmente Friccionar os punhos com movimentos circulares Friccionar as polpas digitais e unhas da mão direita contra a palma da mão esquerda, fazendo um movimento circular e vice-versa. Friccionar o polegar esquerdo, com o auxílio da palma da mão direita, utilizando-se movimento circular e vice-versa. Friccionar o dorso dos dedos de uma mão com a palma da mão oposta, segurando os dedos e vice-versa. HIGIENE ANTI- SÉPTICA DAS MÃOS A técnica de higieniza- ção anti-séptica é igual àquela utilizada para higienização simples das mãos, substituindo-se o sabão por um anti-séptico. Fonte: (Anvisa)

37 Quadro : Espectro antimicrobiano e características de agentes anti-sépticos utilizados para higienização das mãos. +++ excelente ++ bom + regular - nenhuma atividade antimicrobiana ou insuficiente. Concentração ótima: 70%; não apresenta efeito residual. Apresenta efeito residual; raras reações alérgicas. Fonte: Adaptada de CENTERS FOR DISEASE CONTROL AND PREVENTION. Guideline for hand hygie-ne in health-care settings: recommendations of the Healthcare Infection Control Practices Advisory Committee and HICPAC/SHEA/APIC/IDSA Hand Hygiene Task Force. MMWR v. 51, n. RR-16, p. 1-45, Outubro/2002. In: HIGIENIZAÇÃO DAS MÃOS - ANVISA

38 ETIQUETA DA TOSSE E DO ESPIRRO

39 ESPIRRO OU TOSSE GOTÍCULAS ALCANCE ATÉ 2m MANTENHA-SE DISTANTE DE AGOLMERAÇÕES. Distância recomendada mínimo de 1 a 2 metros para conversação.

40 CORIZA

41 NÃO USAR MAIS AS MÃOS PARA COBRIR A BOCA DURANTE A TOSSE

42 É OBRIGATÓRIO O BLOQUEIO DOS GERMES Use lenços de papel descartáveis ou use seu braço, o mais próximo do ombro possível (NÃO USE AS MÃOS)

43 BARREIRAS PARA A TOSSE E ESPIRRO LENÇOS DE PAPEL PAPEL TOALHA PAPEL HIGIÊNICO GUARDANAPO DE PAPEL AO USÁLOS, DESCARTE-OS IMEDIATAMENTE NO LIXO COMUM!! Não reutilize nem guarde.

44 LIXO É LIXO NÃO É QUALQUER LUGAR

45 ÀS VEZES, SE NÃO TEM JEITO... CDC Não tendo papel descartável, utilize seu braço, acima dos cotovelos.

46 ENSINAR AS CRIANÇAS ÁS VEZES CRIANÇAS FAZEM MELHOR QUE OS ADULTOS

47

48 MÁSCARA Uso indicado apenas para quem está tossindo ou espirrando ou em transporte público ou aglomerações NUNCA usar pendurada no pescoço e muito menos ficar subindo e baixando do rosto (o risco é maior do que não usar) Deve ser substituída a cada duas horas ou quando ficar úmida Sempre manuseada pelas tiras para não esgarçar e abrir fendas

49 EVITAR AGLOMERAÇÕES DE PESSOAS Evite locais pouco ventilados, com grande circulação de pessoas e onde você não tiver seu espação mínimo de 2x2m 2 (no mínimo 1x1m 2 ) Evite restaurantes a kilo, pois as pessoas conversam próximo à comida e todos põe a mão no mesmo talher que serve os alimentos Em restaurantes, certifique-se de que todos usam máscaras na cozinha Prefira comer em casa onde você tem segurança na preparação dos alimentos.

50 UNIOESTE CUIDADOS NO TRANSPORTE PÚBLICO Se utilizar, vestir a máscara cobrindo nariz e boca e esta deve estar bem ajustada. Ao sair do ônibus, retire a máscar e descarte-a no lixo IMEDIATAMENTE (naõ guarde-a). Não leve as mãos até boca, nariz e olhos. Lave as mãos IMEDIATAMENTE. Se possível, evite-o.

51 AREJAR AMBIENTES Portas SEMPRE abertas para ventilar o ambiente e para evitar contato com maçanetas Janelas abertas Evitar ar condicionado Proteção contra o frio é individual na vestimenta.

52 EM RESUMO

53 Cobrir o nariz e boca, de preferência com lenço descartável, ao tossir ou espirrar Se não tem lenço, utilizar a manga da blusa/camisa Lavar as mãos depois de tossir ou espirrar e no mínimo 10 a 15 vezes por dia Evitar cumprimentar: com a mão ou com beijo Evitar compartilhar copos, pratos, talheres, objetos pessoais, e/ou beber no copo de outros Não tocar a boca, nariz e os olhos Evitar aglomerações, mantendo distânvia de 2 metros Manter-se longe de pessoa com gripe e mesmo as saudáveis, pois estas tambérm podem transmitir a gripe Não cuspir no chão Manter o ambiente higienizado, com ventilação externa, mas evitando formar correntes de ar Alimentar-se e hidratar- se bem Não se automedicar

54 Quanto tempo dura vivo o vírus suíno numa maçaneta ou superfície lisa? Até 10 horas. É útil usar álcool em gel para limpar as mãos? Torna o vírus inativo e o mata. Qual é a forma de contágio mais eficiente deste vírus? A via aérea não é a mais efetiva para a transmissão do vírus, o fator mais importante para que se instale o vírus é a umidade, (mucosa do nariz, boca e olhos) o vírus não voa e não alcança mais de um a dois metros de distância. É fácil contagiar-se em aviões? Não, é um meio pouco propício para ser contagiado. Como posso evitar contagiar-me? Não passar as mãos no rosto, olhos, nariz e boca. Não estar com gente doente. Lavar as mãos mais de 10 vezes por dia.Evitar aglomerações. Qual é o período de incubação do vírus? Em média de 5 a 7 dias e os sintomas aparecem quase subitamente. Quando se deve começar a tomar o remédio? Dentro das 72 horas os prognósticos são muito bons, a melhora é de 100%. Fonte: aleitamento.com, pediatra e sanitarista Marcus Renato de Carvalhoaleitamento.com TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE A GRIPE H1N1 (GRIPE SUÍNA):

55 O vírus é mortal? Não, o que ocasiona a morte é a complicação da doença causada pelo vírus, que é a pneumonia. Que riscos têm os familiares de pessoas que faleceram? Podem ser portadores e formar uma rede de transmissão. A água de tanques ou caixas de água transmite o vírus? Não, porque contém químicos e está clorada. O que faz o vírus quando provoca a morte? Uma série de reações como deficiência respiratória, a pneumonia severa é o que ocasiona a morte. Quando se inicia o contagio, antes dos sintomas ou até que se apresentem? Desde que se tem o vírus, antes dos sintomas. Qual é a probabilidade de recair com a mesma doença? De 0%, porque fica-se imune ao vírus suíno. Onde encontra-se o vírus no ambiente? Quando uma pessoa portadora espirra ou tosse, o virus pode ficar nas superfícies lisas como maçanetas, dinheiro, papel, documentos, sempre que houver umidade. Já que não será esterilizado o ambiente se recomenda extremar a higiene das mãos. TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE A GRIPE H1N1 (GRIPE SUÍNA):

56 O vírus ataca mais as pessoas asmáticas? Sim, são pacientes mais suscetíveis, mas ao tratar-se de um novo germe todos somos igualmente suscetíveis. Qual é a população que está atacando este vírus? De 20 a 50 anos de idade. É útil a máscara para cobrir a boca? Existem alguns de maior qualidade que outros, mas se você não está doente é pior, porque os vírus pelo seu tamanho o atravessam como se este não existisse e ao usar a máscara, cria-se na zona entre o nariz e a boca um microclima úmido próprio ao desenvolvimento viral: mas se você já está infectado use-o para não infectar aos demais, apesar de que é relativamente eficaz. Posso fazer exercício ao ar livre? Sim, o vírus não anda no ar nem tem asas. Serve para algo tomar Vitamina C? Não serve para nada para prevenir o contagio deste vírus, mas ajuda a resistir seu ataque. Quem está a salvo desta doença ou quem é menos suscetível? A salvo não esta ninguém, o que ajuda é a higiene dentro de lar, escritórios, utensílios e não ir a lugares públicos. TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE A GRIPE H1N1 (GRIPE SUÍNA):

57 O vírus se move? Não, o vírus não tem nem patas nem asas, a pessoa é quem o coloca dentro do organismo. Os mascotes contagiam o vírus? Este vírus não, provavelmente contagiem outro tipo de vírus. Se vou ao velório de alguém que morreu desse vírus posso me contagiar? Não. Qual é o risco das mulheres grávidas com este vírus? As mulheres grávidas têm o mesmo risco mas por dois, podem tomar os antivirais mas em caso de de contagio e com estrito controle médico. O feto pode ter lesões se uma mulher grávida se contagia com este vírus? Não sabemos que estragos possa fazer no processo, já que é um vírus novo. Posso tomar acido acetilsalicílico (aspirina)? Não é recomendável, pode ocasionar outras doenças, a menos que você tenha prescrição por problemas coronários, nesse caso siga tomado. Serve para algo tomar antivirales antes dos sintomas? Não serve para nada. TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE A GRIPE H1N1 (GRIPE SUÍNA):

58 As pessoas com AIDS, diabetes, câncer, etc., podem ter maiores complicações que uma pessoa sadia se contagiam com o vírus? SIM. Uma gripe convencional forte pode se converter em influenza? NÃO. O que mata o vírus? O sol, mais de 5 dias no meio ambiente, o sabão, os antivirais, álcool em gel. O que fazem nos hospitais para evitar contágios a outros doentes que não têm o vírus? O isolamento. O álcool em gel é efetivo? SIM, muito efetivo. Se estou vacinado contra a influenza sazonal sou inócuo a este vírus? Não serve para nada, ainda não existe vacina para este vírus. Esse vírus está sob controle? Não totalmente, mas estão tomando medidas agressivas de contenção. TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE A GRIPE H1N1 (GRIPE SUÍNA):

59 O que significa passar de alerta 4 a alerta 5? A fase 4 não faz as coisas diferentes da fase 5, significa que o vírus se propagou de Pessoa a Pessoa em mais de 2 países; e fase 6 é que se propagou em mais de 3 países. Aquele que se infectou deste vírus e se curou, fica imune? SIM. As crianças com tosse e gripe têm influenza? É pouco provável, pois as crianças são pouco afetadas. Quais medidas que as pessoas que trabalham devam tomar? Lavar-se as mãos muitas vezes ao dia. Posso me contagiar ao ar livre? Se há pessoas infectadas e que tussam e/ou espirre perto pode acontecer, mas a via aérea é um meio de pouco contágio. Qual é o fator determinante para saber que o vírus já está controlado? Ainda que se controle a epidemia agora, no inverno boreal (Hemisfério Norte) pode voltar e ainda não haverá uma vacina. Pode-se comer carne de porco? SIM, pode, e não há nenhum risco de contágio. TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE A GRIPE H1N1 (GRIPE SUÍNA):

60 CUIDE DA SUA SAÚDE

61

62 Se envolva, você pode ser o diferencial entre a vida e a morte de um ser humano!

63 O mundo agradece!


Carregar ppt "2008 Informações, Orientações & Cuidados Influenza A H1N1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google