A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Informacões Gerais - CEMIG Evolucão da Eletrificação Rural Política de Eletrificação Rural e Programas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Informacões Gerais - CEMIG Evolucão da Eletrificação Rural Política de Eletrificação Rural e Programas."— Transcrição da apresentação:

1 Informacões Gerais - CEMIG Evolucão da Eletrificação Rural Política de Eletrificação Rural e Programas

2 Área km² 774 Municipios Consumidores (maio/00) Empregados R$ x GWh Cap. Inst MW (dez/99) Dados CEMIG

3 Dados a destacar A maior concessionária integrada de energía elétrica no Brasil Dez/99BrasilCemig % Capacidade instalada ( MW) ,6 Consumo Total (GWh) ,3 Consumo industrial (GWh) ,7 Consumo médio mensal residencial ( kWh/cons.) Clientes ( mil) (maio/00) ,0 A maior concessionária integrada de energía elétrica no Brasil Dez/99BrasilCemig % Capacidade instalada ( MW) ,6 Consumo Total (GWh) ,3 Consumo industrial (GWh) ,7 Consumo médio mensal residencial ( kWh/cons.) Clientes ( mil) (maio/00) ,0

4 Rede de Distribuição Urbana(km) Rede de Distribuição Rural (km) Linhas de Transmissão dez/99 Rede de Distribuição Urbana(km) Rede de Distribuição Rural (km) Linhas de Transmissão dez/99 Dados a destacar

5 Mais de novos consumidores

6 Eletrificação Rural Conceito Área Rural - limite físico Propriedade Rural Energia como insumo de produção e como bem de consumo Conceito Área Rural - limite físico Propriedade Rural Energia como insumo de produção e como bem de consumo

7 Caracterização do Mercado Pequeno Produtor Rural Morador da Área Rural Utilização de Energia Elétrica para Fins Domésticos Área Média Possuída: 7 ha Carga Instalada: 4,2 kVA Simplificações Técnicas: Condutor de Aço, Padrão Simplificado, Poste de Madeira Menor Porte Consumo Médio: 40 kWh/mês Pequeno Produtor Rural Morador da Área Rural Utilização de Energia Elétrica para Fins Domésticos Área Média Possuída: 7 ha Carga Instalada: 4,2 kVA Simplificações Técnicas: Condutor de Aço, Padrão Simplificado, Poste de Madeira Menor Porte Consumo Médio: 40 kWh/mês

8 Caracterização do Mercado Produtor Rural Típico Utilização de Energia Elétrica para Fins Produtivos Área Média Possuída: 270 ha Carga Instalada: 5 kVA 75 kVA Recursos Técnicos: Ortofotocartas, Projeto por Computador, Redução Índice/Propriedade Consumo Médio: 300 kWh/mês Produtor Rural Típico Utilização de Energia Elétrica para Fins Produtivos Área Média Possuída: 270 ha Carga Instalada: 5 kVA 75 kVA Recursos Técnicos: Ortofotocartas, Projeto por Computador, Redução Índice/Propriedade Consumo Médio: 300 kWh/mês

9 Caracterização do Mercado Grande Produtor Rural Utilização de Energia Elétrica para Irrigação e Agroindústria Área Média Possuída: 500 ha Carga Instalada: acima de 75 kVA Necessidade de Sistema de Subtransmissão/Reforço Distribuição Consumo Médio: kWh/mês Grande Produtor Rural Utilização de Energia Elétrica para Irrigação e Agroindústria Área Média Possuída: 500 ha Carga Instalada: acima de 75 kVA Necessidade de Sistema de Subtransmissão/Reforço Distribuição Consumo Médio: kWh/mês

10 Evolução da eletrificação rural na área de concessão da CEMIG

11 Eletrificação Rural Antecedentes Pequeno número de consumidores rurais Pequena extensão de redes rurais Falta de financiamento Utilização racional de energia Não existência de motores monofásicos Falta de assistência técnica Antecedentes Pequeno número de consumidores rurais Pequena extensão de redes rurais Falta de financiamento Utilização racional de energia Não existência de motores monofásicos Falta de assistência técnica

12 Evolução da Eletrificação Rural Período 1962/1974 ERMIG (1962) Empresa subsidiária da CEMIG, com personalidade jurídica própria Ação coordenada da eletrificação rural Criação de Cooperativas (34) Competência: Financiar a implantação do sistema elétrico Projetos e construção do sistema elétrico Responsável pela operação/manutenção Período 1962/1974 ERMIG (1962) Empresa subsidiária da CEMIG, com personalidade jurídica própria Ação coordenada da eletrificação rural Criação de Cooperativas (34) Competência: Financiar a implantação do sistema elétrico Projetos e construção do sistema elétrico Responsável pela operação/manutenção

13 Evolução da Eletrificação Rural Período 1962/1974 Cooperativa Incapacidade técnica e financeira de realizar operação/manutenção do sistema elétrico Diferencial de preço Cooperativa / Concessionária - inviabilização da coexistência Resistência e Conservadorismo dos produtores rurais Período 1962/1974 Cooperativa Incapacidade técnica e financeira de realizar operação/manutenção do sistema elétrico Diferencial de preço Cooperativa / Concessionária - inviabilização da coexistência Resistência e Conservadorismo dos produtores rurais

14 Evolução da Eletrificação Rural Período 1974/1983 Transição ERMIG / CEMIG Negociação do sistema elétrico das Cooperativas Descentralização das ações de eletrificação rural Transferência das ações da ERMIG para a CEMIG Criação de Regiões e Distritos de Distribuição Busca de recursos financeiros Período 1974/1983 Transição ERMIG / CEMIG Negociação do sistema elétrico das Cooperativas Descentralização das ações de eletrificação rural Transferência das ações da ERMIG para a CEMIG Criação de Regiões e Distritos de Distribuição Busca de recursos financeiros

15 Evolução da Eletrificação Rural A partir da década de 80 Política de desenvolvimento Rural Integrado Papel da CEMIG: Coordenação da Eletrificação Rural Sistema elétrico planejado de maneira integrada Implantar ações de impacto e estabelecer critérios de negociação A partir da década de 80 Política de desenvolvimento Rural Integrado Papel da CEMIG: Coordenação da Eletrificação Rural Sistema elétrico planejado de maneira integrada Implantar ações de impacto e estabelecer critérios de negociação

16 Macro Planejamento da Eletrificação Rural Desenvolver Eletrificação Rural Planejament o Coordenaçã o Avaliação Caract. do Mercado Elaboraçã o Programa s Operacion. Programa s MonitoriaPesquis a Estudos Sócio- Econômico s Objetivo Process os Meios

17 Política de Eletrificação Rural Planejamento Caracterização de Mercado Indices Técnicos Utilização dos Dados Levantados Elaboração de Programas Diretrizes Básicas Operacionalização de Programas Elaboração de Manual de Operacionalização Planejamento Caracterização de Mercado Indices Técnicos Utilização dos Dados Levantados Elaboração de Programas Diretrizes Básicas Operacionalização de Programas Elaboração de Manual de Operacionalização

18 Política de Eletrificação Rural Coordenação / Monitoria Objetivos Acompanhamento dos dados físicos e financeiros Avaliação planejamento x execução Gerenciamento do processo Intervenção no processo Subsídio para o Planejamento Coordenação / Monitoria Objetivos Acompanhamento dos dados físicos e financeiros Avaliação planejamento x execução Gerenciamento do processo Intervenção no processo Subsídio para o Planejamento

19 Política de Eletrificação Rural Avaliação Objetivo: Mensurar e avaliar efeitos e impactos da Eletrificação Rural O que é feito Avaliar alterações: Estrutura Produtiva Aspectos Sócio Econômico-Financeiros Perfil Consumo Energético Benefício/Custo Avaliação Objetivo: Mensurar e avaliar efeitos e impactos da Eletrificação Rural O que é feito Avaliar alterações: Estrutura Produtiva Aspectos Sócio Econômico-Financeiros Perfil Consumo Energético Benefício/Custo

20 Política de Eletrificação Rural Avaliação Como é feito Pesquisa de Campo Avaliação Privada - ótica Concessionária, Governo e Produtor Rural Avaliação Social Convênio CEMIG / Universidade Avaliação Como é feito Pesquisa de Campo Avaliação Privada - ótica Concessionária, Governo e Produtor Rural Avaliação Social Convênio CEMIG / Universidade

21 Política de Eletrificação Rural Avaliação Utilização dos Dados Levantados Caracterização de Mercado Segmentação Perfil de Consumo Matriz Energética Identificação de Alternativas Incremento na Taxa de Atendimento Rural Participação Ideal no Investimento Simplificação de Sistemas Elétricos Redução de Custos Avaliação Utilização dos Dados Levantados Caracterização de Mercado Segmentação Perfil de Consumo Matriz Energética Identificação de Alternativas Incremento na Taxa de Atendimento Rural Participação Ideal no Investimento Simplificação de Sistemas Elétricos Redução de Custos

22 Política de Eletrificação Rural Avaliação Utilização dos Dados Levantados: Planejamento da Eletrificação Rural Planejamento Estratégico da Empresa Modelos de Desenvolvimento do Setor Agropecuário Avaliação Utilização dos Dados Levantados: Planejamento da Eletrificação Rural Planejamento Estratégico da Empresa Modelos de Desenvolvimento do Setor Agropecuário

23 Política de Eletrificação Rural Ações Pós Eletrificação Operação / Manutenção Conservação de Energia Fontes Alternativas Estudos de Tarifa Uso Final e Verticalização da Produção Rural Coordenação / Avaliação Ações Pós Eletrificação Operação / Manutenção Conservação de Energia Fontes Alternativas Estudos de Tarifa Uso Final e Verticalização da Produção Rural Coordenação / Avaliação

24 Política de Eletrificação Rural Ações Implementadas (Pós 1984) Cemig-Rural Iluminar Iluminas Casas de Máquinas Construção de Rede por Particular - Part Recursos do Consumidor - Necon Projeto Mutirão Luz de Minas Lumiar / Luz do Campo Ações Implementadas (Pós 1984) Cemig-Rural Iluminar Iluminas Casas de Máquinas Construção de Rede por Particular - Part Recursos do Consumidor - Necon Projeto Mutirão Luz de Minas Lumiar / Luz do Campo

25 Evolução da Eletrificação Rural Programa CEMIG-RURAL (1984/90) Plano Ano 2000: Eletrificação 100% Desenvolvimento de ações integradas Utilização das redes elétricas construídas no Programa Minas Luz Programa CEMIG-RURAL (1984/90) Plano Ano 2000: Eletrificação 100% Desenvolvimento de ações integradas Utilização das redes elétricas construídas no Programa Minas Luz

26 Evolução da Eletrificação Rural Programa CEMIG-RURAL (1984/90) Novo critério para determinação de custos relativos a atendimento a consumidor Recursos Financeiros: CEMIG, Banco Mundial, Produtor Rural Utilização de novas técnicas de engenharia Desenvolvimento de um sistema computacional Energia elétrica orientada ao consumo doméstico e prioritariamente, para fins produtivos Programa CEMIG-RURAL (1984/90) Novo critério para determinação de custos relativos a atendimento a consumidor Recursos Financeiros: CEMIG, Banco Mundial, Produtor Rural Utilização de novas técnicas de engenharia Desenvolvimento de um sistema computacional Energia elétrica orientada ao consumo doméstico e prioritariamente, para fins produtivos

27 Evolução da Eletrificação Rural Programa CEMIG-RURAL (1984/90) Subprogramas: Novas Ligações Equipamentos de Operação, Manutenção e Medição Mapeamento e Cadastramento Rural Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico Fazenda Energética Treinamento e Consultoria Programa CEMIG-RURAL (1984/90) Subprogramas: Novas Ligações Equipamentos de Operação, Manutenção e Medição Mapeamento e Cadastramento Rural Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico Fazenda Energética Treinamento e Consultoria

28 Evolução da Eletrificação Rural

29 Programa de Eletrificação Rural Programa LUMIAR (1999/2003) Investimento total US $ 239,16 Subprogramas Novas Ligações US $ 196,68 Fonte Alternativa US $ 3,95 Energia Solar Fotovoltaica Incentivo ao Uso Final de Energía US $ 38,53 Programa LUMIAR (1999/2003) Investimento total US $ 239,16 Subprogramas Novas Ligações US $ 196,68 Fonte Alternativa US $ 3,95 Energia Solar Fotovoltaica Incentivo ao Uso Final de Energía US $ 38,53

30 Programa de Eletrificação Rural Programa LUMIAR Metas – Novas Ligações TipoQuant.% Pequeno Produtor Rural Produtor Rural Típico Grande Produtor Rural Total Programa LUMIAR Metas – Novas Ligações TipoQuant.% Pequeno Produtor Rural Produtor Rural Típico Grande Produtor Rural Total

31 Programa de Eletrificação Rural Programa LUMIAR Critério para subsídio Índice de Proporção de Pobres e Condições de Vida do município Público alvo: Pequeno Produtor Rural Municípios agrupados em três classes: Classe A Classe B Classe C Programa LUMIAR Critério para subsídio Índice de Proporção de Pobres e Condições de Vida do município Público alvo: Pequeno Produtor Rural Municípios agrupados em três classes: Classe A Classe B Classe C

32 Programa de Desenvolvimento Rural - LUMIAR

33 Programa de Eletrificação Rural Programa LUMIAR Condições de Pagamento À vista À Prazo Pequeno Produtor Rural: em até 24 parcelas mensais, iguais e consecutivas - 6% ao ano Produtor Rural Típico: em até 36 parcelas mensais, iguais e consecutivas. - 6% ao ano Grande Produtor Rural: em até 36 parcelas mensais, iguais e consecutivas - 22,61% ao ano Programa LUMIAR Condições de Pagamento À vista À Prazo Pequeno Produtor Rural: em até 24 parcelas mensais, iguais e consecutivas - 6% ao ano Produtor Rural Típico: em até 36 parcelas mensais, iguais e consecutivas. - 6% ao ano Grande Produtor Rural: em até 36 parcelas mensais, iguais e consecutivas - 22,61% ao ano

34 Programa de Eletrificação Rural Programa LUMIAR Dados realizados (jan a agost/00) Número de Consumidores Beneficiados Número de Postes Instalados Programa LUMIAR Dados realizados (jan a agost/00) Número de Consumidores Beneficiados Número de Postes Instalados

35 Eletrificação Rural Conhecimentos Adquiridos Perspectivas a curto, médio e longo prazo Visão macro de mercado Novas tecnologias Subsídios a população de baixa renda Incentivos a produção comunitária Verticalização da agricultura Conhecimentos Adquiridos Perspectivas a curto, médio e longo prazo Visão macro de mercado Novas tecnologias Subsídios a população de baixa renda Incentivos a produção comunitária Verticalização da agricultura


Carregar ppt "Informacões Gerais - CEMIG Evolucão da Eletrificação Rural Política de Eletrificação Rural e Programas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google