A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CONCORDÂNCIA NOMINAL. Concordância é harmonização de flexões nas palavras, de acordo com a norma culta. Concordância nominal é a concordância em gênero.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CONCORDÂNCIA NOMINAL. Concordância é harmonização de flexões nas palavras, de acordo com a norma culta. Concordância nominal é a concordância em gênero."— Transcrição da apresentação:

1 CONCORDÂNCIA NOMINAL

2 Concordância é harmonização de flexões nas palavras, de acordo com a norma culta. Concordância nominal é a concordância em gênero e número entre o substantivo e os seus determinantes (adjetivo, pronome, artigo, numeral e particípio).

3 A regra geral é de que os determinantes do substantivo concordem com ele em número e gênero. Exemplos: Esta linda mulher é suspeita de assassinato. Todos os países incluídos na lista serão aceitos no acordo.

4 Quando um adjetivo vem após dois ou mais substantivos do mesmo gênero, há duas opções corretas. Adjetivo vai para o plural, assumindo o gênero dos substantivos; Exemplo: Rosa, margarida e violeta cheirosas. O adjetivo concorda com o último substantivo em gênero e número. Exemplo: Rosa, margarida e violeta cheirosa.

5 Quando um adjetivo vem após vários substantivos de gêneros diferentes, há duas opções corretas. O adjetivo vai para o masculino plural. Exemplo: Calça, casaco e blusa limpos. O adjetivo concorda com o último substantivo em gênero e número. Exemplo: Calça, casaco e blusa limpa.

6 Quando um adjetivo vem antes de vários substantivos, o adjetivo concorda com o primeiro substantivo em gênero e número. Exemplo: Bons legumes, frutas e verduras.

7 Casos que geram dúvidas Alerta: é invariável. Exemplo: Todos estavam alerta Anexo: concorda com o nome a que se refere. Exemplo: Seguem as fotos anexas. Bastante: quando é pronome, concorda com o nome a que se refere; quando é advérbio, torna-se invariável. Exemplos: Há bastantes pessoas aqui. As pessoas estão bastante felizes.

8 É bom, é necessário, é preciso, é proibido: concordam com o nome a que se referem, quando esse é precedido de artigo ou pronome; quando o nome não é precedido de artigo ou pronome, ficam invariáveis. Exemplos: É proibida a entrada. É proibido entrada. Meio: quando é numeral, concorda com o nome a que se refere; quando é adverbio, torna-se invariável Exemplos: Tomou meia taça de vinho. Estou meio cansada.

9 Menos: é invariável. Exemplos: Há menos pessoas agora. Mesmo: quando é pronome, concorda com o nome a que se refere; quando é adverbio, torna-se invariável. Exemplos: Ela mesma fez o exercício. Ela fez o mesmo exercício.

10 Obrigado: quando uma pessoa do sexo masculino agradece, deve dizer obrigado; quando uma pessoa do sexo feminino agradece, deve dizer obrigada. Pouco: quando é pronome, concorda com o nome a que se refere; quando é advérbio, torna-se invariável. Exemplos: Comprou poucos itens. Ficaram pouco no supermercado. Só: quando significa sozinhos ou sozinhas apresenta plural; quando significa somente, é invariável. Exemplos: Queriam ficar sós. Só quer dormir.


Carregar ppt "CONCORDÂNCIA NOMINAL. Concordância é harmonização de flexões nas palavras, de acordo com a norma culta. Concordância nominal é a concordância em gênero."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google