A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Concordância nominal Consiste na adaptação de uns nomes aos outros, harmonizando-se nas suas flexões com as palavras a que se relacionam. Aqueles dois.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Concordância nominal Consiste na adaptação de uns nomes aos outros, harmonizando-se nas suas flexões com as palavras a que se relacionam. Aqueles dois."— Transcrição da apresentação:

1 Concordância nominal Consiste na adaptação de uns nomes aos outros, harmonizando-se nas suas flexões com as palavras a que se relacionam. Aqueles dois meninos estudiosos leram livros antigos. Pronome numeral adjetivo adjetivo

2 REGRA GERAL O artigo, o pronome, o adjetivo e o numeral devem concordar em gênero (masculino/feminino) e número (singular/plural) com o substantivo a que se referem. O alto ipê cobre-se de flores amarelas. adjetivo ( masculino/singular) adjetivo (feminino plural) Faz duas horas que cheguei de viagem. Numeral (feminino plural)

3 OUTROS CASOS DE CONCORDÂNCIA NOMINAL Um adjetivo após vários substantivos 1) substantivos são do mesmo gênero há duas concordâncias: a) assume o gênero do substantivo e vai para o plural : Encontramos um jovem e um homem preocupados. masc. masc. adjetivo b) c oncorda só com o último substantivo em gênero e número: Ela tem irmão e primo pequeno. adjetivo

4 Quando os substantivos são de gêneros diferentes também há duas possibilidades: a) ir para o masculino plural: Uma solicitude e um interesse mais que fraternos. ( Mário Alencar) feminino masculino masculino plural b) concordar só com o substantivo mais próximo: A Marinha e o Exército brasileiro estavam alerta. feminino masculino masculino

5 Um adjetivo antes vários substantivos: a concordância se dará com o substantivo mais próximo. Tiveste má ideia e pensamento. adj. feminino subst. fem. subst. masc. Um substantivo e mais de um adjetivo admitem-se duas concordâncias: a) Quando o substantivo estiver no plural, não se usa o artigo antes dos adjetivos. Estudava os idiomas francês e inglês.

6 b) Se o substantivo estiver no singular, o uso do artigo será obrigatório a partir do segundo adjetivo. Estudo a língua inglesa, a francesa e a italiana. substantivo adjetivos É bom, é necessário, é proibido Essas expressões concordam obrigatoriamente com o substantivo a que se referem, quando for precedido de artigo ou determinante. Caso contrário, são invariáveis. Vitamina C é bom para saúde. É necessária muita paciência.

7 Anexo, incluso, próprio, obrigado Por serem adjetivos, concordam com substantivo a que se referem Seguem anexos os acórdãos. Os documentos estão inclusos no processo. Obrigadas, disseram as moças. Elas próprias resolveram os exercícios. A expressão em anexo é invariável. Em anexo, segue a procuração Em anexo, segue o despacho.

8 Mesmo, bastante Tanto pode ser advérbio como pronome. Quando for advérbio, permanece invariável. Quando é pronome, concorda com a palavra a que se refere. Os alunos mesmos resolveram o problema. Pronome Os alunos resolveram mesmo o problema. Nesse caso mesmo = realmente advérbio Havia bastantes razões para ela reclamar. Pronome Eles chegaram bastante cedo ao aeroporto. advérbio advérbio

9 Menos, alerta São palavras invariáveis. O Amazonas é o Estado menos populoso do Brasil. Havia menos alunas na sala hoje. Os soldados estavam alerta. Observação: Atualmente, alerta vem sendo utilizada no plural por ser considerada adjetivo. Nossos chefes estão alertas.

10 Meio Essa palavra pode ser numeral ou advérbio. a) Quando for numeral, é variável e concorda com a palavra a que se refere. Tomou meia garrafa de champanhe. numeral (metade) b) Se for advérbio, é invariável. Ela anda meio cabisbaixa. advérbio (um pouco)

11 Muito, pouco, longe, caro, barato, alto Quando essas palavras funcionam como adjetivo, variam de acordo com a palavra a que se referem. Se funcionarem como advérbio, são invariáveis. Os alunos falam alto. advérbio Muitos/poucos alunos compareceram à formatura. pronomes adjetivos indefinidos Os perfumes eram caros/baratos. adjetivos As mensalidades escolares aumentaram muito / pouco advérbios Vocês moram longe/distante. advérbios

12 Só a) Quando tem o significado de sozinho(s) ou sozinha(s), essa palavra vai para o plural. Lúcia e Lívia ficaram sós. (sozinhas) adjetivo b) Ela é invariável quando significa apenas/somente. Eles queriam ficar só na sala. (apenas) Observação: A locução adverbial a sós é invariável.

13 Possível Quando acompanhado de expressões superlativas (o mais, a menos, o melhor, a pior), varia conforme o artigo que integra as expressões. As previsões eram as piores possíveis. Recebemos a melhor notícia possível. Pronomes de tratamento Concordância ideológica, caso não haja indicação de gênero. Vossa Excelência, a senadora, está aborrecida. Vossa Alteza é muito sábio. (Príncipe – silepse de gênero)

14 Concordância dos particípios Os particípios concordarão com o substantivo a que se referem. Os livros foram comprados a prazo. As mercadorias foram compradas a prazo. Observação: Se o particípio pertencer a um tempo composto será invariável. O juiz tinha iniciado o jogo de vôlei. A juíza tinha iniciado o jogo de vôlei.

15 Adjetivo = predicativo do sujeito sujeito composto posposto ao verbo: adjetivo concorda com o mais próximo ou fica no masculino plural. Estava morto o amor e a compreensão.amor sujeito composto Estavam mortos o amor e a compreensão. sujeito composto

16 Adjetivo = predicativo do objeto: a) objeto simples: adjetivo concorda em gênero e número com o substantivo a que se refere. Encontrei tristonha a mulher abandonada. b) objeto composto: adjetivo fica no plural e, se gêneros diferentes, prevalece o masculino. Encontrei tristonhos a mulher e o jovem.

17 SILEPSE – CONCORDÂNCIA IDEOLÓGICA Silepse é a figura de construção em que a concordância não é feita de acordo com as palavras que efetivamente aparecem na oração, mas segundo a ideia a elas associadas. A silepse pode ser de gênero, número ou pessoa.

18 Silepse de gênero: Ocorre quando há discordância entre os gêneros gramaticais (feminino ou masculino) de artigos e dos substantivos, substantivos e adjetivos, etc.: Ex.: Rio de Janeiro é movimentada. Rio de Janeiro é um nome próprio do gênero masculino; adjetivo "movimentada" concorda, no entanto, com ideia subentendida de cidade: "(A cidade de) Rio de Janeiro é movimentada".

19 Silepse de número É o tipo de silepse em que ocorre discordância envolvendo o número gramatical (singular ou plural). O caso mais comum de silepse de número ê o do substantivo singular que, por se referir a uma ideia plural, leva os verbos e / ou adjetivos para o plural. Ex.: Corria gente de todos os lados, e gritavam. (Mário Barreto) A palavra gente" pertence ao gênero feminino e, gramaticalmente, é singular; mas como contém uma ideia plural ( = aquelas pessoas) esta prevalece sobre o ato de a palavra ser singular. O verbo, concordando no plural, expressa isso.

20 Silepse de pessoa: Ocorre quando há discordância entre o sujeito expresso e a pessoa verbal: Ex.: Os brasileiros choramos a derrota da seleção. O verbo na 1ª pessoa do plural, choramos, indica que aquele que fala se inclui entre os brasileiros, sujeito expresso na frase. A silepse dá conta de traduzir: Nós, os brasileiros, choramos a derrota da seleção.

21 POR ENQUANTO, ACABOU!


Carregar ppt "Concordância nominal Consiste na adaptação de uns nomes aos outros, harmonizando-se nas suas flexões com as palavras a que se relacionam. Aqueles dois."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google