A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Alfredo Setubal Diretor de Relações com Investidores Banco Itaú Holding Financeira S.A. 26 de Novembro – Brasília.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Alfredo Setubal Diretor de Relações com Investidores Banco Itaú Holding Financeira S.A. 26 de Novembro – Brasília."— Transcrição da apresentação:

1 Alfredo Setubal Diretor de Relações com Investidores Banco Itaú Holding Financeira S.A. 26 de Novembro – Brasília

2 1 Banco Itaú Holding Financeira S.A. Maior Valor de Mercado do Sistema Bancário Brasileiro: R$ 27,0 Bilhões (21/11/03); Financial Holding Company, concedido pelo FED; Integrante do Dow Jones Sustainability World Index desde 1999; Maior participação no Índice de Governança Corporativa da BOVESPA (Nível 1): 19,5% (05/11/03); Marca Mais Valiosa do Brasil: US$ 1,1 bilhão (Interbrand – junho de 2003).

3 2 Agenda Resultados Mercado de Bolsas Administrando em diferentes Cenários Análise de Sensibilidade para Varejo

4 3 Agenda Resultados Mercado de Bolsas Administrando em diferentes Cenários Análise de Sensibilidade para Varejo

5 4 Destaques R$ Milhões (Exceto onde indicado) 3º Trim./ ,3% ,5% 46,8% 4,71% Lucro Líquido Patrimônio Líquido ROE (%) Margem Financeira Capitalização de Mercado Índice de Solvabilidade (%) Índice de Eficiência (%) NPL (%) 2º Trim./ ,1% ,5% 45,8% 4,65% Variação 4,0% 6,4% -0,8 p.p. 10,8% 10,4% 3,0 p.p. 1,0 p.p. 0,06 p.p.

6 5 ROE Anualizado ROE acima de 30% pelo 5º trimestre consecutivo

7 6 ROE Anualizado Índice de Eficiência Operações de Crédito Nonperforming Destaques - Jan. a Set. de 2003 e ,6 p.p. 0,3 p.p. -9,0 p.p. -0,9 p.p. ROA Anualizado

8 7 R$ Milhões Balanço Patrimonial Consolidado Passivo Total do Passivo Fundos e Cart. Admin. Depósitos Mercado Aberto e outros Aceites e Emissão de Tít. Carteira de Câmbio Obrigações Prov. Téc. Seg/Cap/Prev Outros Particip. Minorit. Subsid. Patrimônio Líquido 30/09/03 c/ BBA e FIAT s/ BBA e FIAT /09/ Ativo Total do Ativo Avais e Fianças Dispon. + Liquidez Tit. e Val. Mobiliários (PDT Adicional) Rel. Interf. e Interdep. Op. de Créd. Líquidas (PDD Adicional) Carteira de Câmbio Outros Permanente 30/09/03 c/ BBA e FIAT (545) (913) s/ BBA e FIAT (545) (800) /09/ (1.336) (747)

9 8 Operações de Crédito Operações de Crédito e Garantias R$ Milhões (*) Em 30 de Setembro de /09/2003 Itaú Holding sem BBA e FIAT Operações de Crédito Op. de Crédito + Garantias /06/2003

10 9 Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa R$ Milhões Provisão Mínima Provisão Adicional Total de Provisão

11 10 Nonperforming Loans e Índice de Cobertura Índice de Cobertura (*) Índice de Nonperforming Loans – Global Índice de Nonperforming Loans – Pessoa Física Índice de Nonperforming Loans – Pessoa Jurídica (*) Saldo de PDD / Total Nonperforming Loans Índice de Nonperforming Loans (%)

12 11 Recursos Captados e Administrados R$ Milhões (*) Em 30 de setembro de 2003 Recursos Administrados Recursos Totais Depósitos Totais CAGR = 19,1%

13 12 Demonstração do Resultado Margem Financeira Despesa de PDD Recuperação de Créditos Baixados Rec. de Prestação de Serviços Despesas Administrativas Lucro Líquido Ativos Totais 3º Trim./ (659) (1.952) º Trim./ (484) (1.797) Var. (%) 10,8% 36,2% 27,2% 5,9% 8,6% 4,0% 11,4% * Para maior comparabilidade foram feitas reclassificações no segundo trimestre de 2003, sem causar impacto no lucro líquido. R$ Milhões (Exceto onde indicado)

14 13 Lucro Líquido Consolidado Diversificação das fontes de receitas Não derivam exclusivamente das taxas de juros

15 14 Receita de Serviços R$ Milhões 3º Trim./ º Trim./ Receitas de Administração de Fundos Rendas de Cobranças Serviços de Conta Corrente Serviços de Arrecadações Tarifa Interbancária Operações de Crédito Cartões de Crédito Rendas de Garantias Prestadas Receita de Administração de Consórcio Outros Serviços Total Variação % 12,0% 15,6% 0,0% -2,6% 3,9% 1,5% -4,0% 0,0% 6,3% 24,2% 5,9%

16 15 Despesas Administrativas R$ Milhões 3º Trim./ º Trim./ Despesas de Pessoal Remuneração Encargos Benefícios Sociais / Treinamento Reestruturação Abono Único Outras Despesas Administrativas Total Variação % 16,1% 9,0% 9,9% 4,4% 8,3% 3,6% 8,6% 12,6%Dissídio 2003/2004

17 16 Despesas Administrativas R$ Milhões Janeiro a Setembro 2002 Despesas de Pessoal Outras Despesas Administrativas 2003 S/ BBA e FIAT 2003 C/ BBA e FIAT Sub-Total Reestruturação Total

18 17 Despesas Administrativas Ajustadas R$ Milhões (73) (393) Janeiro a Setembro Despesas de Pessoal Desp. Administrativas 2003Variação (465)4.806Sub-Total (284)329Reestruturação (749)5.135Total (sem BBA e FIAT) Dissídio % * Dólar % IPCA % Índices Ponderados Dissídio % * (409)5.475Total (com BBA e FIAT) 340 BBA + FIAT Ajustado (*) Dissídio: set/02 = 7%, set/03 = 12,6%.

19 18 Índice de Eficiência (*) Acumulado nos últimos 12 meses. Intensos esforços para otimizar as despesas operacionais e aumentar a eficiência Índice de Eficiência Acumulado (*) Índice de Eficiência

20 19 Títulos e Valores Mobiliários Total Títulos para Negociação Títulos Disponíveis para Venda Títulos Mantidos até o Vencimento Derivativos Ativos R$ Milhões Valor de Mercado Custo Set Valor de Mercado Custo Jun Valor de Mercado Custo Mar Ajuste a Valor de Mercado no PL (A) Provisão Adicional (B) Resultado não Realizado (A) + (B)

21 20 Resultado Não Realizado Não inclui R$ 913 milhões de PDD Excedente em Set/03 R$ Milhões

22 21 Agenda Resultados Mercado de Bolsas Administrando em diferentes Cenários Análise de Sensibilidade para Varejo

23 22 Fonte: Balanços Publicados Apenas para efeitos de comparação, os Lucros Líquidos foram anualizados (Itaú, Bradesco e Unibanco base setembro) (LPA Base: 1995 = 100) Base: 1995 = 100 Comparativo de Mercado – LPA Base: 1995 =

24 23 Fonte: Balanços Publicados Apenas para efeitos de comparação, os Lucros Líquidos foram anualizados (Itaú, Bradesco e Unibanco base setembro) (LPA Base: 1995 = 100) Base: 1995 = 100 Comparativo de Mercado – LPA Base: 1995 = Resultados consistentes com o Shareholder Value

25 24 Consistentemente o Maior Valor de Mercado no Setor Bancário Brasileiro R$ Milhões Fonte: Economática. Período : Dez/98 até 21/Nov/03 Itaú Bradesco Unibanco Os maiores bancos do Brasil Bradesco Itaú Holding Unibanco Patrimônio Líquido Set/

26 25 Participação nos Índices de Mercado Nacional Internacional IBOVESPA 548 3,13% IBX ,25% DJ World ,02% BNY Em. Markets ADR ,30% BNY Latin America ADR9410 3,66% BNY Em. Markets 50 ADR5021 1,59% BNY Latin America 35 ADR3583,88% IBX1006 5,84% IGC431 19,50% DJSI World - Sustainability ,07% DJ World Financial ,09% BNY Composite ADR ,11% Posição Participação Itaú Holding Número de Empresas DJ Brazil776 5,47% BNY Brazil ADR336 7,26%

27 26 R$ Volume Médio Diário Negociado - Liquidez Bovespa + NYSE(*) (*) – Ações Ordinárias, Preferenciais e ADRs (**) – Média Diária até 21 de Novembro de 2003 CAGR = 47,9% CAGR = 17,7%

28 27 R$ Volume Médio Diário Negociado - Liquidez Bovespa + NYSE(*) (*) – Ações Ordinárias, Preferenciais e ADRs (**) – Média Diária até 21 de Novembro de 2003 CAGR = 47,9% CAGR = 17,7% Equivalente a US$ 12,0 milhões Set/03 : Mais de 11 milhões de ADRs Emitidos

29 28 Plano Real Crise Russa Desvalori- zação do Real US$ Crise Mexicana Crise Asiática Crise Argentina Ataque ao WTC Valorização das Ações Preferenciais Evolução de US$ 100 Investidos em Nov. de 93 (até 21 de Nov. de 2003) Itaú (1) Itaú (2) Ibov. 10 anos 24,18%19,84%7,49% 5 anos 15,66%11,38%-1,78% ,63%73,07%105,95% Valorização Média Anual em Dólar (1)Com Reinvestimento de Dividendos (2)Sem Reinvestimento de Dividendos

30 29 1)Reinvestimento automático 2)Adesão opcional aos acionistas 3)Escolha do valor a reinvestir 4)Sem limite máximo para aquisição Lançamento – Novo Produto para os Acionistas Programa de Reinvestimento de Dividendos (PRD) Criação de Valor e Compromisso com o Mercado de Capitais. Política de Relações com Investidores do Itaú Holding: Criação de Valor e Compromisso com o Mercado de Capitais.

31 30 PRD: Ferramenta de Criação Efetiva de Valor para os Acionistas Alternativa de investimento organizado e sistemático. Compras programadas reduzem a volatilidade do investimento no longo prazo. Tarifas de Corretagem mais baixas. PRD: Benefícios para o Banco Itaú Holding Financeira Possibilita aumento da liquidez da ação. Aumento da fidelidade e do comprometimento de longo prazo do acionista, criando uma base acionária estável e pulverizada. Lançamento – Novo Produto para os Acionistas Programa de Reinvestimento de Dividendos (PRD)

32 31 Agenda Resultados Mercado de Bolsas Administrando em diferentes Cenários Análise de Sensibilidade para Varejo

33 Antecipando Cenários Cenários Político Ditadura Militar Econômico Alto Crescimento Inflação Crescente Grande Intervenção Governamental Bancário Consolidação de Fusões e Aquisições Expansão da Rede Período : 1975 a 1984

34 Cenários Político Ditadura Militar Econômico Alto Crescimento Inflação Crescente Grande Intervenção Governamental Bancário Consolidação de Fusões e Aquisições Expansão da Rede Período : 1975 a 1984 Antecipando Cenários Mais de 100 bancos adquiridos / fundidos / incorporados º maior banco privado – Aquisição do BUC Nasce o Banco Eletrônico Ocupação do Território Nacional Início da Segmentação (Itaucorp) Administração Itaú

35 34 Em quantidades Agências + PABs(*) Evolução de Pontos de Venda Sustentabilidade Evolução de Pontos de Venda CAGR = 7,7% Obs.: 308 Pontos de Venda em 1972 (*) – Posto de Atendimento Bancário

36 35 Colaboradores CAGR = 13,1%

37 36 US$ Milhões Evolução do Patrimônio Líquido e ROE % ROE Médio = 18,7% Obs.: PL de US$ 49 milhões em 1972 CAGR PL = 12,8%

38 37 Antecipando Cenários Cenários Político Transição Democrática Econômico Baixo Crescimento Inflação Alta Economia Fechada Planos Econômicos Moratória Bancário Administração em Ambiente Inflacionário Investimentos em Tecnologia Foco em Serviços Período : 1985 a 1994

39 38 Antecipando Cenários Investimento em Tecnologia e Agências Foco: Atendimento / Serviços ( Floating ) Administração em planos de estabilização Início – Gestão de Custos Reformulação da Marca Administração Itaú Cenários Político Transição Democrática Econômico Baixo Crescimento Inflação Alta Economia Fechada Planos Econômicos Moratória Bancário Administração em Ambiente Inflacionário Investimentos em Tecnologia Foco em Serviços Período : 1985 a 1994

40 39 Caixas Eletrônicos Em quantidades Evolução de Pontos de Venda Sustentabilidade Evolução de Pontos de Venda Agências + PABs(*) Obs.: 308 Pontos de Venda em 1972 (*) – Posto de Atendimento Bancário CAGR Agências + PABs = 6,4%

41 40 Colaboradores CAGR = 2,1%

42 41 US$ Milhões Evolução do Patrimônio Líquido e ROE % ROE Médio = 18,7% ROE Médio = 14,4% Obs.: PL de US$ 49 milhões em 1972 CAGR PL = 16,0% CAGR PL75-93 = 15,0%

43 42 Cenários Consolidação Democrática Período : 1995 a 2003 PolíticoEconômicoBancário Antecipando Cenários Estrangeiros / Privatizações Especialização Cresce a Rede Eletrônica Aumenta a Competitividade Consolidação do Sistema Baixo Crescimento Controle da Inflação Volatilidade Mercado Juros Altos Globalização

44 43 Antecipando Cenários Cenários Consolidação Democrática Baixo Crescimento Controle da Inflação Volatilidade Mercado Juros Altos Globalização Estrangeiros / Privatizações Especialização Cresce a Rede Eletrônica Aumenta a Competitividade Consolidação do Sistema Período : 1995 a 2003 PolíticoEconômicoBancário Administração Itaú Aquisição do BFB 1997 – Aquisição do Banerj e Itaú Seguros 1998 – Aquisição do Bemge Aquisição do Banestado 2001 – Aquisição do BEG 2002 – Aquisição do BBA e FIAT

45 44 BFB Milhões Crescimento do Número de Clientes Com as aquisições

46 Nome / Credibilidade Base Sólida de Capital Capacidade de Atrair e Reter os Melhores Talentos Banco independente permite motivação através de política de RH diferenciada Estrutura leve e informal permitindo grande agilidade Amplo leque de produtos Foco na geração de valor aos acionistas Índice de Eficiência: 15,9% (Itaú-BBA consolidado – Jan. a Set. de 2003 ) Resumo da Estrutura e Posicionamento

47 46 513Vice-Presidências 232 Níveis Hierárquicos até o Cliente 22-34*Executivos Sócios Corporate Bank Estruturação do Banco Nº de Funcionários (73% da soma) (*) 12 executivos receberam convites para se tornarem sócios Desafio superado Perdas mínimas de funcionários Grande aceitação pelos clientes Principal Desafio: Integração

48 47 Não há a inércia de resultados do varejo Reconstrução do resultado a cada trimestre Rápida capacidade de adaptação às circunstâncias Operações de crédito estruturadas Banco de Atacado Desafios e Oportunidades Explorar plenamente o potencial de cross-selling Mercado de Capitais e M&A Posição privilegiada para crescer com o mercado Grande estrutura de distribuição e originação de títulos Oportunidades

49 48 Evolução do Patrimônio Líquido (*) CAGR = 26,4% (*) Valores originais em dólar, convertidos pela taxa de 30/12/2002 R$ Milhões

50 49 Retorno sobre o Patrimônio Líquido Média = 24,5%

51 50 Banking Itaú-BBA 3º Trim./ (175) 61 (93) (81) (45) 190 2º Trim./ (34) 45 (99) (223) (28) 187 Variação (3) (141) (17) 3 R$ Milhões Margem Financeira Resultado com Créditos de Liq. Duvidosa Receita de Prestação de Serviços Despesas Administrativas Imposto de Renda e Contribuição Social Outros Lucro Líquido A tabela acima apresenta a Demonstração do Resultado Pro-Forma do Segmento Banking Itaú-BBA considerando como se o processo de reorganização societária, atualmente em andamento, já estivesse concluído. A alocação das operações foi feita em caráter meramente informativo com o objetivo de demonstrar aproximadamente como seria a operação deste segmento. Ajustes ainda serão efetuados.

52 51 BFB (1995) 281 Banerj (1997) 25 Bemge (1998)297 Banco del Buen Ayre (1998) 123 Banestado (2000) BEG (2001) 364 Lloyds Asset Management (2001)160 BBA(2002) BBA-Icatu (2002) 51 Fiat (2002) 462 Total Ágio nas Aquisições R$ Milhões Totalmente Amortizado no Consolidado

53 52 ObjetivoCrescimento PlanejadoShareholder Value Mudanças de Abordagem Antecipando Cenários Pré e Pós Plano Real

54 53 R$ Milhões CAGR (90-S03) = 13,7% Evolução do Patrimônio Líquido e Lucro Líquido Crescimento Sustentado de Resultados Evolução do Patrimônio Líquido e Lucro Líquido Jan. a Set./2003 Lucro Líquido: R$ Milhões (*) Em 30 de Setembro de 2003 CAGR (90-02) = 23,9%

55 54 CAGR (90-S03) = 13,7% CAGR (90-02) = 23,9% R$ Milhões Evolução do Patrimônio Líquido e Lucro Líquido Crescimento Sustentado de Resultados Evolução do Patrimônio Líquido e Lucro Líquido Jan/90 a Set/03 Dividendos: R$ 4,8 Bilhões Aumento de Capital (1) : R$ 0,1 Bilhão Adaptabilidade a Vários Cenários Plano Real Crise do México Crise Asiática Crise Russa Desvalorização do Real Crise da Argentina Plano Collor Jan. a Set./2003 Lucro Líquido: R$ Milhões (*) Em 30 de Setembro de 2003

56 55 R$ Milhões (*) Em 21 de Novembro de Banco Itaú Holding Financeira S.A. Market Capitalization Banco Itaú Holding Financeira S.A. CAGR = 23,3%

57 ObjetivoCrescimento PlanejadoShareholder Value OperacionalFazer bem feito!Fazer com eficiência! Mudanças de Abordagem Antecipando Cenários Pré e Pós Plano Real

58 57 CAGR = 19,0% R$ Milhões (*) Inclui: Banco Eletrônico, Computadores e Periféricos e Telecomunicações. Investimentos somente em Infra-Estrutura (*)... Jan. a Set./03 = R$ 187,3 milhões Total no Período: R$ 2,2 bilhões Valor Contábil R$ 433 milhões (30/09/03)

59 58 Caixas Eletrônicos Em quantidades Evolução de Pontos de Venda Agências + PABs(**) (*) Em 30 de Setembro de 2003 (**) – Posto de Atendimento Bancário Obs.: 308 Pontos de Venda em 1972 CAGR Agências + PABs = 6,3%

60 59 Contas Correntes(**) Contas Correntes Em Milhares CAGR = 5,9% (**) – 1990, 1991 e 1992 : excluídas as contas correntes em NCz$ e DER / VOBC (*) Em 30 de Setembro de 2003

61 60 Colaboradores (*) Em 30 de Setembro de 2003 CAGR = 1,9%

62 61 Setembro de 2003 Transações: 319 Milhões Clientes: 3,0 Milhões Internet Banking … Gerando Eficiência para nossos Clientes Internet Banking

63 62 Índice de Eficiência(¹) Intensos esforços para otimizar as despesas operacionais e aumentar a eficiência (*) De Janeiro a Setembro de 2003

64 ObjetivoCrescimento PlanejadoShareholder Value OperacionalFazer bem feito!Fazer com eficiência! MercadoCrescerFocar Mudanças de Abordagem Antecipando Cenários Pré e Pós Plano Real

65 64 Estrutura de Segmentação de Mercado Itaú Poder Público Micro Empresas Vendas Anuais < R$ 500 mil Private (Investimentos > R$ 1 Milhão Personnalité Itaú Renda > R$ Pessoas Físicas Renda > R$ Pessoas Físicas Estruturas Especializadas Com Gerente de ContaSem Gerente de Conta Pessoas Empresas Pequenas Empresas R$ 500 mil < Vendas Anuais < R$ 10 Milhões Médias Empresas R$ 10 Milhões < Vendas Anuais < R$ 100 Milhões Banco Itaú Holding Financeira Banco Itaú-BBABanco Itaú Grandes Corporações Premium Investidor Empresário Portador de Cartão

66 65 Operações de Crédito (*) Por Moedas Moeda Estrangeira Moeda Nacional TOTAL 30/09/ (*) Inclui avais e fianças 30/06/ /09/ R$ Milhões Por Segmento Grandes Empresas Micro/Pequenas e Médias Empresas Pessoas Físicas Cartão de Crédito Crédito ImobiliárioPF PJ TOTAL 30/09/ /06/ /09/ Variação % Set/03 – Jun/03 -6,8% -3,1% -4,2% Variação % Set/03 – Jun/03 -6,9% 6,8% -2,2% -3,1% -2,4% -13,4% -4,2% Variação % Set/03 – Set/02 -12,2% 18,6% 7,6% Variação % Set/03 – Set/02 0,5% 21,8% 37,5% -4,3% -11,6% -44,0% 7,6% R$ Milhões

67 66 Fonte : Estimativa Banco Itaú com base no dados do Bacen, Abel, Itaú, Fiat e Fináustria Em % 9,0 16,0 (1) Aquisição da Fináustria CFI (2) Aquisição do Banco Fiat Participação no Mercado de CDC e Leasing de Veículos

68 67 Ceará Rio Grande do Norte Paraíba Pernambuco Bahia Minas Gerais Goiás Rio de Janeiro Espírito Santo Paraná Santa Catarina São Paulo Brasília Rio Grande do Sul Mato Grosso do Sul Maranhão Mato Grosso Piauí Sergipe Amazonas Roraima Pará Amapá Rondônia Alagoas Acre Tocantins Regiões de Atuação Complementares Itaú + Fináustria + Fiat

69 68 Fonte : Banco Itaú, Fiat e Fináustria Distribuição de Financiamento por Idade de Veículo 88% 7% 5% 53% 20% 27% 37% 21% 42% 0km a 3 anos4 a 6 anos> 6 anos FiatItaúFináustria Também complementares nos diferentes tipos de mercado

70 69 Fonte : Banco Itaú, Fiat e Fináustria Distribuição de Financiamento por Taxa 95% 5% 56% 44% 26% 74% 2,0 a 3,0 %> 3,0 % FiatItaúFináustria

71 70 Banco Fiat 350 mil Finaústria 225 mil (*) 2º Semestre de 2002 Carteira de Clientes com Financiamento de Veículos ITAÚ 325 mil TOTAL 895 mil 20,6 mil Média Mensal de Financiamentos – 20,6 mil (*) Fonte : Banco Itaú, Fiat e Fináustria

72 71 Fonte : Bacen Ranking Administradoras de Consórcio

73 72 R$ 100 milhões 8,5%29%37%... 18%... 29%... 17%(2%)... 51%6,7% 1,3% 2% ComercialCréditoOperacionalSistemas Redução de custos Fináustria ComercialCréditoOperacionalSistemas Redução de custos FIAT Redução de custos TOTAL Fináustria Fiat Estimativa de Redução de Custos para 2004 Após I.R. e Contribuições Sociais

74 73 Estimativa de Crescimento do Produto Bancário(*) Anual Itaú = base 100 (*) Produto Bancário: Margem Financeira + Rec. de Prestação de Serviços + Rec. de Seguros, Prev. e Cap. + Result. Equip. Patrimonial

75 ObjetivoCrescimento PlanejadoShareholder Value OperacionalFazer bem feito!Fazer com eficiência! MercadoCrescerFocar PessoalGenéricoEspecialização Mudanças de Abordagem Antecipando Cenários Pré e Pós Plano Real

76 75 Evolução do Nível de Escolaridade dos Colaboradores 41,1%

77 ObjetivoCrescimento PlanejadoShareholder Value OperacionalFazer bem feito!Fazer com eficiência! MercadoCrescerFocar PessoalGenéricoEspecialização RemuneraçãoEstrutura RígidaEstrutura Variável Mudanças de Abordagem Antecipando Cenários Pré e Pós Plano Real

78 77 Remuneração – Variável e Fixa 81,3% 18,7% Variável Fixa

79 ObjetivoCrescimento PlanejadoShareholder Value OperacionalFazer bem feito!Fazer com eficiência! MercadoCrescerFocar PessoalGenéricoEspecialização RemuneraçãoEstrutura RígidaEstrutura Variável RiscosEvitarAdministrar Mudanças de Abordagem Antecipando Cenários Pré e Pós Plano Real

80 79 Juros Câmbio Risco Brasil Pré 1994 Controle Pelo Governo Pós 1994 Mercado Livre Risco de Mercado

81 80 Diferentes Segmentos Diferentes Riscos Pré 1994 Mesmos Preços Pós 1994 Diferentes Preços Risco de Crédito

82 ObjetivoCrescimento PlanejadoShareholder Value OperacionalFazer bem feito!Fazer com eficiência! MercadoCrescerFocar PessoalGenéricoEspecialização RemuneraçãoEstrutura RígidaEstrutura Variável RiscosEvitarAdministrar Gov.CorporativaFormalAtuante Mudanças de Abordagem Antecipando Cenários Pré e Pós Plano Real

83 82 Foco em Governança Corporativa Abr-00 – Criação do Site de RI Mai-01 – Reunião APIMEC com 10h de duração Jun-01 – Adesão ao Nível 1 da Bovespa Jul-02 – Comitês de Divulgação e Negociação 2002 – 11 reuniões APIMEC (inédito no Brasil) Set-03 – Melhoria Qualitativa das Dem. Contábeis: alteração de composição e nomenclatura de contas; histórico comparativo; padrão das melhores práticas contábeis mundiais. Transparência Abr-00 – Instalação de Conselho Fiscal independente Abr-01 – Conselheiros Independentes no Conselho de Administração Abr-02 - Tag Along e Reforço na independência dos conselhos Jul-02 – Comitês de Divulgação e Negociação Set-03 - Conclusão da OPA de aquisição das ações dos minoritários do Banestado, BEG e Bemge Set-03 - Recompra de Ações - período de aquisição ampliado para um ano Nov-03 – Programa de Reinvestimento de Dividendos Respeito ao Acionista Minoritário Membro do Dow Jones Sustainability Index desde 1999 Fev – ADR Nível II na NYSE – Status FHC

84 83 Foco em Governança Corporativa Abr-00 – Criação do Site de RI Mai-01 – Reunião APIMEC com 10h de duração Jun-01 – Adesão ao Nível 1 da Bovespa Jul-02 – Comitês de Divulgação e Negociação 2002 – 11 reuniões APIMEC (inédito no Brasil) Set-03 – Melhoria Qualitativa das Dem. Contábeis: alteração de composição e nomenclatura de contas; histórico comparativo; padrão das melhores práticas contábeis mundiais. Transparência Abr-00 – Instalação de Conselho Fiscal independente Abr-01 – Conselheiros Independentes no Conselho de Administração Abr-02 - Tag Along e Reforço na independência dos conselhos Jul-02 – Comitês de Divulgação e Negociação Set-03 - Conclusão da OPA de aquisição das ações dos minoritários do Banestado, BEG e Bemge Set-03 - Recompra de Ações - período de aquisição ampliado para um ano Nov-03 – Programa de Reinvestimento de Dividendos Respeito ao Acionista Minoritário Membro do Dow Jones Sustainability Index desde 1999 Fev – ADR Nível II na NYSE – Status FHC Criação efetiva de Valor para os Acionistas

85 84 Melhor Banco Brasileiro – Euromoney (6º ano consecutivo) Principais Reconhecimentos Melhor Banco Brasileiro – The Banker (3º ano consecutivo) Melhor Banco no Brasil – Global Finance (2º ano consecutivo) 1ª marca entre os Bancos Latino-Americanos e 3ª marca – Brandchannel Prêmio Companhia Aberta – APIMEC Nacional (1999 e 2001) Destaque em Transparência – Atlantic Rating (5º ano consecutivo) Melhor Website de Relações com Investidores da América Latina – Investor Relations Magazine Melhor Profissional de Relações com Investidores – APIMEC Nacional (1999, 2001 e 2002) Melhor Banco da América Latina – Latin Finance (2º ano consecutivo) Prêmio Água Marinha de Transparência - 5 anos de apresentação consecutivas - APIMEC NE Prêmio Ametista de Transparência - 3 apresentações no mesmo ano (APIMECs Salvador, Recife e Fortaleza) - APIMEC NE

86 85 Principais Reconhecimentos Melhor Banco Brasileiro – Euromoney (6º ano consecutivo) Melhor Banco Brasileiro – The Banker (3º ano consecutivo) Melhor Banco no Brasil – Global Finance (2º ano consecutivo) 1ª marca entre os Bancos Latino-Americanos e 3ª marca – Brandchannel Prêmio Companhia Aberta – APIMEC Nacional (1999 e 2001) Destaque em Transparência – Atlantic Rating (5º ano consecutivo) Melhor Website de Relações com Investidores da América Latina – Investor Relations Magazine Melhor Profissional de Relações com Investidores – APIMEC Nacional (1999, 2001 e 2002) Melhor Banco da América Latina – Latin Finance (2º ano consecutivo) Prêmio Água Marinha de Transparência - 5 anos de apresentação consecutivas - APIMEC NE Prêmio Ametista de Transparência - 3 apresentações no mesmo ano (APIMECs Salvador, Recife e Fortaleza) - APIMEC NE Inclusão no Dow Jones Sustainability World Index Inclusão no Dow Jones Sustainability World Index 4º ano consecutivo Reconhecimento Euromoney: Mercados Emergentes Melhor Governança Corporativa em Mercados Emergentes. Mundo. 3º Melhor Governança Corporativa no Mundo. Único Banco na América Latina

87 ObjetivoCrescimento PlanejadoShareholder Value OperacionalFazer bem feito!Fazer com eficiência! MercadoCrescerFocar PessoalGenéricoEspecialização RemuneraçãoEstrutura RígidaEstrutura Variável RiscosEvitarAdministrar Gov.CorporativaFormalAtuante NegóciosBancárioServ. Financeiros Mudanças de Abordagem Antecipando Cenários Pré e Pós Plano Real

88 87 Lucro Líquido Consolidado Diversificação das fontes de receitas Não derivam exclusivamente das taxas de juros

89 88 Lucro Líquido Consolidado Segmento Cartões Lucro Médio de R$ 140 milhões por Trimestre R$ Milhões Lucro Jan-Set/03 de R$ 446 milhões – crescimento de 165% em relação a 2002

90 89 Market Share por Faturamento (%) Cartões de Crédito Market Share por Faturamento (%) Itaucard Credicard Bradesco Banco do Brasil Unibanco ,7% n.d. 10,2% 8,8% 9,7% ,4% n.d. 9,5% 10,1% 9,2% ,3% 27,0% 11,1% 10,5% 8,3% ,4% 24,8% 11,5% 8,1% ,2% 23,4% 11,5% 12,1% 8,7% ,7% 20,8% 11,7% 13,1% 8,6% 2003* 12,8% 18,5% 11,9% 13,8% 7,8% Participação do Itaú na Credicard: 33% (*) Em 30 de Setembro de 2003.

91 90 Operação de Seguros, Capitalização e Previdência (*) Variação3ºTrim./03 R$ Milhões 2ºTrim./03 15 (26) (16) 3 (20) 84 (20) 21 Prêmios Ganhos Resultado de Prev. e Capitalização Sinistros Retidos Despesas de Comercialização Despesas Administrativas Resultado Financeiro Imposto de Renda e Contribuição Social Outros (245) (92) (143) 207 (76) (229) (95) (123) 124 (56) 9 97,6%Índice Combinado (sem empresas de saúde)99,3% 54,6%Índice de Sinistralidade (sem empresas de saúde)53,9% 147Lucro Líquido41106 (*) Não inclui receitas financeiras.

92 91 Provisões Técnicas de Seguros, Capitalização e Previdência R$ Milhões Crescimento de 62% em relação a Setembro de 2002

93 92 Acordo com a AGF Brasil Seguros Contrato com a AGF Brasil Seguros e a AGF do Brasil Participações Ltda, para a aquisição do Banco AGF, da empresa AGF Vida e Previdência e da carteira de vida em grupo da AGF Seguros, totalizando R$ 243 milhões. Operações de seguro vida, de previdência privada e administração de fundos: foco em rentabilidade e criação de valor para os acionistas. Provisões Técnicas de Seg. de Vida e Prev Recursos Administrados Ativos R$ MilhõesAGFItaúTotal Clientes de Previdência (Mil) Apólices de Seg. Vida (Mil) Vidas Seguradas (Milhões) 123

94 93 Gestão de Fundos e Carteiras Administradas Volume de Fundos e Carteiras Administradas R$ Bilhões R$ Milhões Lucro Líquido

95 ObjetivoCrescimento PlanejadoShareholder Value OperacionalFazer bem feito!Fazer com eficiência! MercadoCrescerFocar PessoalGenéricoEspecialização RemuneraçãoEstrutura RígidaEstrutura Variável RiscosEvitarAdministrar Gov.CorporativaFormalAtuante NegóciosBancárioServ. Financeiros Mudanças de Abordagem Antecipando Cenários Pré e Pós Plano Real IntangíveisNão AdministradoAdministrado

96 Atualização da Marca ItaúRevitalização Marca Atual

97 96 Itaú Holding Bradesco Banco do Brasil BankBoston Real ABN Amro Citibank Unibanco HSBC Santander CEF Instituição ,21 11,05 11,01 10,41 9,27 8,45 7,29 4,00 3,31 Setor Bancário As Mais Admiradas* Setor Bancário (*) Fonte: Revista Carta Capital / Interscience 1º 2º 8º 4º 3º 5º 6º 9º 12º n.d º 2º 7º 4º 5º 3º 6º 8º 9º 15º 2002 Ranking em ,06 2º 1º 7º 3º 5º 4º 8º 9º 12º n.d º 2º 7º 3º 5º 4º 8º 14º 13º n.d º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º 2003

98 97 Fonte: Pesquisa Datafolha Mais Admirado Mais Vai Crescer Gostaria de Ter Conta Pesquisa – Data Folha Rankings Itaú (%)

99 98 Correntistas (%)População(%) Base total da amostra: Set / 2002 = Base : Correntistas de bancos = Banco mais Moderno (Top of Mind) Revista Seleções 2721 Itaú 20 Banco do Brasil 1314 Bradesco 79 Caixa Econômica Federal 43 Unibanco 42 HSBC/Bamerindus 32 ABN/Real 1117 Não sabe / nenhum

100 99 Revista Dinheiro – 04/06/2003 As Mais Valiosas Marcas do Brasil Revista Dinheiro – 04/06/2003 Empresa Bradesco Banco do Brasil Skol Brahma Petrobras Unibanco Embraer Antarctica Real Sadia Perdigão Valor em Valor em Itaú US$ Milhões Pesquisa Realizada pela Consultoria Inglesa Interbrand

101 100 Práticas Contábeis Conservadoras Total (*)R$ 3,0 bilhões Provisão Adicional para Créditos de Liquidação Duvidosa (PDD) R$ 913 milhões Instrumentos Financeiros: Valor de Mercado x Contábil (Líquido de PDT Adicional) R$ 846 milhões Títulos e Valores Mobiliários R$ 679 milhõesAjuste a Mercado PDT Adicional R$ 545 milhões Montantes não realizados 30 de setembro de 2003 (*) Nota Explicativa 19 (R$ milhões) + PDD Adicional

102 101 US$ Milhões Evolução do Patrimônio Líquido e ROE % ROE Médio 23,4% ROE Médio 14,4% ROE Médio 18,7% (*) ROE de Jan. a Set. de Anualizado Obs.: PL de US$ 49 milhões em 1972 CAGR PL = 11,5% ROE Médio (98-S03) 28%

103 ObjetivoCrescimento PlanejadoShareholder Value OperacionalFazer bem feito!Fazer com eficiência! MercadoCrescerFocar PessoalGenéricoEspecialização RemuneraçãoEstrutura RígidaEstrutura Variável RiscosEvitarAdministrar Gov.CorporativaFormalAtuante NegóciosBancárioServ. Financeiros Mudanças de Abordagem Antecipando Cenários Pré e Pós Plano Real IntangíveisNão AdministradoAdministrado

104 ObjetivoCrescimento PlanejadoShareholder Value OperacionalFazer bem feito!Fazer com eficiência! MercadoCrescerFocar PessoalGenéricoEspecialização RemuneraçãoEstrutura RígidaEstrutura Variável RiscosEvitarAdministrar Gov.CorporativaFormalAtuante NegóciosBancárioServ. Financeiros Mudanças de Abordagem Antecipando Cenários Pré e Pós Plano Real IntangíveisNão AdministradoAdministrado E os Resultados Futuros?

105 104 Agenda Resultados Mercado de Bolsas Administrando em diferentes Cenários Análise de Sensibilidade para Varejo

106 105 Análise de Sensibilidade – Varejo (*) Premissas Inflação Juros (Selic) Compulsório s/ Dep. a Vista Compulsório s/ Dep. Poupança (TR+ 6% a.a.) Redução de Spreads Aumento de Volumes Custos Controlados Cenário (*) 9,2% a.a. 26,2% a.a. 45,0% 20,0% Atual 5,0% a.a. 12,0% a.a. 25,0% 20,0% (*) Expectativas futuras, decorrentes da leitura desta análise de sensibilidade, devem considerar os riscos e incertezas que envolvem quaisquer atividades e que estão fora do controle das empresas do conglomerado (mudanças políticas e econômicas, volatilidade nas taxas de juros e câmbio, mudanças tecnológicas, inflação, desintermediação financeira, pressões competitivas sobre produtos e preços e mudanças na legislação tributária).

107 106 Fundos de Varejo Agências Personnalité Micro e Pequenas Empresas Cartões de Crédito Financiamento de Automóveis Seguros, Previdência e Capitalização Análise de Sensibilidade – Varejo

108 107 R$ Milhões Recursos Situação AtualCenário (*) Saldo Médio Margem Financ. SpreadSaldo Médio Margem Financ. Spread (*) Expectativas futuras, decorrentes da leitura desta análise de sensibilidade, devem considerar os riscos e incertezas que envolvem quaisquer atividades e que estão fora do controle das empresas do conglomerado (mudanças políticas e econômicas, volatilidade nas taxas de juros e câmbio, mudanças tecnológicas, inflação, desintermediação financeira, pressões competitivas sobre produtos e preços e mudanças na legislação tributária). Empréstimos PF Empréstimos PJ Crédito Imobiliário Receita de Serviços Produto Bancário Produtos Securitários PDD Custos Lucro antes do IR Análise de Sensibilidade – Varejo (*)

109 108 (*) Expectativas futuras, decorrentes da leitura desta análise de sensibilidade, devem considerar os riscos e incertezas que envolvem quaisquer atividades e que estão fora do controle das empresas do conglomerado (mudanças políticas e econômicas, volatilidade nas taxas de juros e câmbio, mudanças tecnológicas, inflação, desintermediação financeira, pressões competitivas sobre produtos e preços e mudanças na legislação tributária). R$ Milhões Recursos Situação AtualCenário (*) Saldo Médio Margem Financ. SpreadSaldo Médio Margem Financ. Spread Empréstimos PF Empréstimos PJ Crédito Imobiliário Receita de Serviços Produto Bancário Produtos Securitários PDD Custos Lucro antes do IR Mantém-se Retorno sobre o Capital acima de 20% Análise de Sensibilidade – Varejo (*)

110 Alfredo Setubal Diretor de Relações com Investidores Banco Itaú Holding Financeira S.A. 26 de Novembro – Brasília


Carregar ppt "Alfredo Setubal Diretor de Relações com Investidores Banco Itaú Holding Financeira S.A. 26 de Novembro – Brasília."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google