A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Relações com Investidores | pág. 1 Unibanco e Unibanco Holdings, S.A. Apresentação Institucional Março de 2006 Relações com Investidores.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Relações com Investidores | pág. 1 Unibanco e Unibanco Holdings, S.A. Apresentação Institucional Março de 2006 Relações com Investidores."— Transcrição da apresentação:

1 Relações com Investidores | pág. 1 Unibanco e Unibanco Holdings, S.A. Apresentação Institucional Março de 2006 Relações com Investidores

2 Relações com Investidores | pág. 2 Visão Geral do Unibanco

3 Relações com Investidores | pág. 3 Destaques Ações negociadas na Bovespa (Brasil) e NYSE (NY) Nível III ADR na NYSE e membro do IBOVESPA Liquidez: R$ 30,2 mm / US$ 13,8 mm ADTV* na Bovespa US$ 68,0 mm ADTV* na NYSE Liquidez: R$ 30,2 mm / US$ 13,8 mm ADTV* na Bovespa US$ 68,0 mm ADTV* na NYSE Demonstrações Financeiras em US GAAP desde 1997 Controlado pelo Grupo Moreira Salles * Volume médio diário negociado para o período de Jan 1 - Março 31; US$ 1 = R$ 2,17 Nível I Governança Corporativa na Bovespa

4 Relações com Investidores | pág. 4 Unibanco Modelo de Negócios Foco no atendimento a pessoas físicas de todos os níveis de renda (exceto private banking) e a empresas com faturamento anual inferior a R$ 150 milhões Aproximadamente 21 milhões de clientes Líder em Financiamento ao Consumo Hipercard: acima de 4,5 milhões de cartões emitidos e acima de 135 mil lojas afiliadas Varejo Atende mais de empresas com faturamento anual superior a R$ 150 milhões além de investidores institucionais no Brasil e no exterior. Banco de investimentos: M&A, Mercado de Capitais & Project Finance Top 10 Research House, de acordo com o Institutional Investor. Conquista da 1º posição no setor Varejista e 3º posição no setor Aeroviário, Transportes & Indústrias. Atacado março 2006 Oferece produtos de investimentos via UAM - Unibanco Asset Management para investidores pessoas física e jurídica e atende clientes com patrimônio elevado no segmento private banking Total de ativos administrados: R$39.9 bilhões 2º lugar no ranking de private banking (Anbid), acima de 10% de market share Prêmio Top Gestão da S&P Gestão de Patrimônios Joint venture com AIG Indivíduos e empresas: vida, auto, ativos, invalidez, fundos de pensão e anuidades Emissão da 1º apólice de seguro ambiental no Brasil Relevante crescimento de participação de mercado, com aumento de rentabilidade: participação de mercado de 4,9% em 2000 para 7,5% fevereiro 2006 Seguros & Previdência – Unibanco AIG Mix de negócios equilibrado Crescimento agressivo no segmento de Varejo Referência em Financiamento ao Consumo e Negócios de Atacado * * Vendas cruzadas

5 Relações com Investidores | pág. 5 Estrutura Organizacional Varejo Márcio Schettini Varejo Márcio Schettini Atacado e Gestão de Patrimônios Demosthenes Madureira Atacado e Gestão de Patrimônios Demosthenes Madureira Seguros e Previdência José Rudge Seguros e Previdência José Rudge Comitê de Auditoria Gabriel Jorge Ferreira Presidente Membros Comitê de Auditoria Gabriel Jorge Ferreira Presidente Membros Jurídico, Auditoria, Compliance e Riscos Lucas Melo Jurídico, Auditoria, Compliance e Riscos Lucas Melo Planejamento, Controle, Operações e RI Geraldo Travaglia Planejamento, Controle, Operações e RI Geraldo Travaglia Pessoas e Comunicação Corporativa Marcos Caetano Pessoas e Comunicação Corporativa Marcos Caetano Tesouraria Daniel Gleizer Tesouraria Daniel Gleizer Presidente Executivo Pedro Moreira Salles Presidente Executivo Pedro Moreira Salles Conselho de Administração Pedro Malan Presidente Pedro Moreira Salles Vice-Presidente Conselho de Administração Pedro Malan Presidente Pedro Moreira Salles Vice-Presidente Gabriel J. Ferreira Israel Vainboim Pedro Bodin Conselheiros Eduardo A. Guimarães Guy Almeida Andrade Armínio FragaJoaquim F. Castro Neto João Dionisio Forte Conselho de Administração Comitê de Auditoria Independente

6 Relações com Investidores | pág. 6 Mais de 80 anos de história no mercado financeiro brasileiro História

7 Relações com Investidores | pág. 7 Uma estratégia de segmentação superior e um amplo sistema de distribuição... Segmentação e Distribuição Segmentação de ClientesDistribuição Nacional …possibilitam atender uma base de clientes em expansão com uma gama diversificada de produtos

8 Relações com Investidores | pág. 8 Modelo Universal Agências Financiamento ao Consumo Cartão de Crédito Autos Seguros & Previdência Gestão de Patrimônio Private Foco nos negócios com margem maior e rápido crescimento Alta Baixa Margem BaixaAlta Crescimento Atacado PMEs Varejo Atacado & Gestão de Patrimônio Seguros &Previdência

9 Relações com Investidores | pág. 9 Financiamento ao Consumo Fininvest: plano de crescimento agressivo Alavancagem de Alianças e Joint Ventures Foco em vendas cruzadas: Cartões de Crédito, Contas Bancárias, Capitalização, Seguros e Garantia Estendida ,0% Mar-05Mar-06 Liderança em Financiamento ao ConsumoPortfolio de Crédito ao Consumo (R$ milhões) 2.900

10 Relações com Investidores | pág. 10 Cartões de Crédito Carteira de Crédito (R$ milhões) 51,6% Mar-05Mar-06 Adquirente, emissor e processador Aceito por mais de 135 mil varejistas Emissor dos cartões Visa e Mastercard Aliança com varejistas Destaques

11 Relações com Investidores | pág. 11 PMEs (R$ milhões) Financiamento de Veículos (R$ milhões) PMEs & Financiamento de Veículos 21,5% Mar-05Mar-06 Elevado potencial de crescimento Presente em todo território nacional, por meio das agências do Unibanco e da rede de revendedores/ dealers conveniados. Melhor qualificação, treinamento e remuneração da força de venda Líder no segmento de veículos pesados 25,1% Mar-05Mar-06 Aproximadamente 530 mil empresas Sinergias com o grupo (Fininvest, Unicard, Hipercard) Amplo portfolio de serviços bancários Significativa contribuição para o crescimento de core deposits

12 Relações com Investidores | pág. 12 Fundamentos

13 Relações com Investidores | pág. 13 Mix da Carteira de Crédito Varejo Atacado 43%45% 57%55% Mar-06Mar-05 49% Mar-04Dez-99 33% 51% 67% Migração para segmentos de maiores margem e rentabilidade

14 Investor Relations | page 14 Estrutura de Captação mais Eficiente SuperPoupe R$ milhões 1 dados preliminares Principais ações Desenvolvimento de fontes alternativas de captação como o SuperPoupe Remuneração variável nas agências relacionada à captação de Core Deposits Foco em serviços de Cash Management, como Folha de Pagamento e Cobrança Core Deposits/ Total Depósitos Expansão em 1T06 vs. 1T05 14,6% 6,3% Sistema Financeiro Nacional 1 Arena Competitiva – Core Deposits 30% 32% 35% Mar-04Mar-05Mar-06

15 Investor Relations | page 15 Administração de Custos Receitas R$ Milhões Evolução do Índice de Eficiência Índice de Eficiência T051T06 48,1% 53,7% 48,1% 49,2% 51,3% 52,8% 53,7% 59,5% 61,2% 63,4% T043T044T041T052T053T054T051T06 Despesas T04 59,5%

16 Relações com Investidores | pág. 16 Performance Financeira

17 Investor Relations | page 17 RPLM Anualizado (%) Patrimônio Líquido (R$ bi) Lucro Líquido +29,7% +16,8% 1T06 / 1T05 1T06 R$ 520 milhões R$ 834 milhões Resultado Operacional Performance 24,0% 9,5 1T06 23,0% 20,1% 21,0% 23,3% 24,2% 8,1 8,4 4T041T05 8,7 2T05 3T05 9,0 4T05 9,3 3T042T041T04 7,9 17,8% 17,3% 16,1% 7,4 7,7

18 Relações com Investidores | pág. 18 Destaques Resultado Evolução da Carteira de Crédito Units Administração de Custos Crescimento de 30% do lucro líquido em relação ao 1T05 Resultado da intermediação financeira (antes de provisões) de R$ milhões no 1T06, com crescimento de R$ 514 milhões ou 28% em relação ao 1T05 Pessoa Física: 26% (destaque para Cartões de Crédito, 52%) PMEs: 25% Grandes Empresas: 13% Valorização de 81% nos últimos 12 meses (contra 41% do Ibovespa) Participação no Ibovespa: 1,623% (incremento de 65% desde a inclusão em maio de 2005) Evolução de 5.6 p.p. no Índice de Eficiência: de 54% no 1T05 para 48.1% no 1T06 Despesas de pessoal e administrativas estáveis, 1T06 versus 4T05 Seguros Resultado líquido: R$ 92 milhões, crescimento anual de 21,1% ROAE anualizado: 27,7% Índice combinado: 93,7%, ante 98,6% no 1T05 Total: 19,6% no ano

19 Relações com Investidores | pág. 19 Indicadores Margem Financeira (antes de PDD) Ativos Totais (R$ milhões) Carteira de Crédito (R$ milhões) Lucro por Ação (R$) 0,29 0,32 0,34 0,36 0,37 1T052T053T054T051T Mar-05Jun-05Set-05Dez-05Mar Mar-05Jun-05Set-05Dez-05Mar-06 9,8% 10,3% 10,8% 10,9% 1T052T053T054T051T06

20 Relações com Investidores | pág. 20 Demonstração do Resultado R$ Milhões 1T064T051T05 1T064T051T05 Resultado Interm. Financeira (+) Receitas de Prestação de Serviços (-) Desp. de Pessoal e Administrativas (1.355) (1.351) (1.187) (+/-) Outras Receitas e Despesas Oper. (389)(398)(383) (=) Resultado Operacional (+/-) Resultado não Operacional (3) 5 (6) (+/-) Imposto de Renda e Contrib. Social (147) (137) (166) (Alíquota Efetiva de IR/CS) (-) Participação Lucros/Participação Minoritária (164) (107) (141) Lucro Líquido % 27%

21 Relações com Investidores | pág Operações de Crédito 100 Receitas de Prest. de Serviços 100 Core Deposits Despesas Administrativas Margem antes de PDD Resultado Operacional 100 Despesa PDD Lucro Líquido 130 Mar-06Mar-05 Base 100 = 1T05 Performance – 1T06 versus 1T

22 Relações com Investidores | pág. 22 Evolução da Carteira de Crédito 19,6% Dez-05Mar-06 -0,5% 1,3% Mar-05 Atacado Varejo R$ Milhões ,8%

23 Relações com Investidores | pág. 23 Evolução da Carteira de Crédito – PF / PJ Pessoa Jurídica Pessoa Física Financeiras de Crédito ao Consumidor Rede de Agências Cartões de Crédito PMEs Grandes Empresas R$ milhões Veículos Mar-05Dez-05 1,0% Mar ,6% 16,2% ,4% Mar-05Dez-05 Mar-06 Principais destaques: Tri (1,4)% 2,1% (0,3)% 2,1% (2,8)% 2,8% 21,0% 12,9% 51,6% 25,1% 12,6% 21,5% Ano

24 Relações com Investidores | pág. 24 Composição da Carteira de Crédito Saldo de Provisões / Carteira E-H Qualidade da Carteira de Crédito 109% 112% 113% Mar-05Dez-05Mar-06 4,6% 4,9% 3,1% 92,3% 92,0% Mar-05Dez-05Mar-06 AA-C D E-H 4,7% 91,9% 3,4%

25 Relações com Investidores | pág. 25 Margem Financeira Margem Financeira após Provisões Despesa de Prov. para Perdas com Créditos/ Margem Financeira 1T05 16,8% 4T05 29,0% 1T06 27,2% 10,9% 9,8% 10,8% 7,6% 7,9% 8,1%

26 Relações com Investidores | pág. 26 Receita de Prestação de Serviços R$ Milhões 63,3% ,7%66,0% 1T054T051T06 Receita de Prestação de Serviços Despesas de Pessoal e Administrativas Receita de Prestação de Serviços / Despesas de Pessoal e Administrativas 4T05 1T05 Tarifas bancárias437 Cartões de crédito230 Administração de recursos de terceiros84 Total T

27 Relações com Investidores | pág. 27 Despesas Administrativas R$ Milhões 4T05 Banco Múltiplo859 Controladas492 Total T T T T T05 Outras Despesas Administrativas Despesas de Pessoal

28 Relações com Investidores | pág. 28 Índice Combinado 93,7% 95,4% 98,6% 1T054T051T06 Seguros e Previdência Privada Mar-05Dez-05Mar ,9% Previdência Seguros Reservas Técnicas R$ Milhões Lucro Líquido Índice Combinado Ampliado 83,7% 85,7% 85,1% 1T054T051T T054T051T06 21,1% 1.676

29 Investor Relations | page 29 Ações

30 Investor Relations | page 30 Units e GDSs As Unit valorizaram-se 81% nos últimos 12 meses Aumento de participação da Unit no Ibovespa. Desde sua inclusão no índice, em maio de 2005, teve sua participação incrementada em 65% No último trimestre, o volume financeiro médio diário atingiu R$ 30,2 milhões na Bovespa e US$ 68,0 milhões na NYSE Units (UBBR11) versus Ibovespa GDSs (UBB) versus Dow Jones Índices de Ações do Mercado Brasileiro

31 Relações com Investidores | pág. 31 Perspectivas

32 Relações com Investidores | pág. 32 Perspectivas Macroeconômicas (E) Crescimento PIB 2,3% 3,5% Câmbio R$/US$ (final de ano) 2,34 2,20 SELIC (final de ano) 18,00% 14,50% IPCA 5,7% 4,4% Superávit Comercial (US$) 44,8 bi 39,0 bi Perspectivas Macroeconômicas

33 Relações com Investidores | pág. 33 Anexo I Dividendos

34 Relações com Investidores | pág. 34 Histórico de Dividendos 35 % 38 % 37 % 38 % 35 % 36 % 37 % Pay Out Ratio 35 % º semestre 2º semestre CAGR = 20% R$ milhões O Unibanco paga dividendos semestrais há mais de 3 décadas Em 2005 adotou política de pagamentos trimestrais 48 1T06 Pagamento Trimestral

35 Relações com Investidores | pág. 35 Anexo II Ratings

36 Relações com Investidores | pág. 36 Unibanco Ratings Fitch Ratings Unibanco BB- Moeda Estrangeira Brasil BB- B B Moeda Local Brasil - Unibanco BBB Standard and Poors Unibanco BB Moeda Estrangeira Brasil Longo PrazoCurto Prazo BB B B BB+ Moeda Local Brasil Longo PrazoCurto Prazo B Unibanco BBB Moodys Dívida de Longo Prazo Depósitos de Longo Prazo Depósitos de Curto Prazo Fortaleza Financeira Unibanco Ba1NPC-B1 Brasil Ba3B1NP- Escala Global: Moeda Estrangeira Escala Global: Moeda Local Depósitos de Longo Prazo Depósitos de Curto Prazo Unibanco P-2A3 Brasil -- Longo PrazoCurto PrazoLongo PrazoCurto Prazo

37 Relações com Investidores | pág. 37 Anexo III Retrospectiva 2005

38 Relações com Investidores | pág. 38 Jan Oferta Pública Global de Units e GDSs Jan Juros sobre Capital Próprio Trimestrais Mar Novo Posicionamento Destaques 2005 Nova marca Nova campanha publicitária Novo Modelo de Atendimento Banco mais simples, mais claro, transparente, ágil e próximo Pagamento de Juros sobre Capital Próprio Trimestrais Referente ao ano de 2005, o Unibanco distribuiu R$ 617 milhões em Dividendos/JCP, um crescimento de 38% em relação a 2004 Acionistas vendedores: Commerzbank e BNL Oferta Total: 6,6% do capital do Unibanco Preço Final: R$ 15,65 por Unit Volume Financeiro: R$ 718,3 milhões Demanda: 4,9x Oferta

39 Relações com Investidores | pág. 39 Mai Inclusão das Units no Ibovespa Jul Bônus Perpétuos Destaques 2005 A Unit ingressou no índice com peso de 0,984% Desde sua inclusão, foi o papel que registrou maior incremento de participação na carteira do índice Atualmente, responde por 1,623% do Ibovespa Emissão de bônus perpétuos em julho de 2005: US$ 500 milhões Cupom: 8,70% a.a. Call Option: direito de resgate total em Jul/2010 ou nas datas de pagamento de juros subsequentes

40 Relações com Investidores | pág. 40 Set Oferta Pública Global de Units e GDSs Dez Unit é a ação do Ibovespa com maior valorização no 2 o Semestre Destaques 2005 Acionista Vendedor: CGD – Caixa Geral de Depósitos Oferta Total: 12,3% do capital do Unibanco Preço Final: R$ 20,49 por Unit e US$ 44,00 por GDS Volume Financeiro: R$ milhões Demanda: 3,0x oferta Desde a oferta, em setembro, até o dia 15/02, as Units apresentaram valorização de 70% e os GDSs, de 87%. Evolução de 72% no período, ante evolução de 34% do Ibovespa Volume financeiro médio diário das Units apresentou uma evolução de 340,9%, passando de R$ 4,4 milhões em 2004 para R$ 19,4 milhões em 2005 Média diária no 4T05 atingiu R$ 21,0 milhões na Bovespa e US$ 43,8 milhões na NYSE R$ 29,27 R$ 17,10

41 Relações com Investidores | pág. 41 Dez-05 Inclusão no ISE Fev-06 Moody's eleva o rating de força financeira do Unibanco Destaques 2005 Iniciativa da Bovespa, em parceria com o IFC (International Finance Corporation) Objetivo é medir o retorno de uma carteira teórica composta por ações de empresas comprometidas com a responsabilidade social e a sustentabilidade empresarial Peso na carteira teórica: 9,569% Revisão reflete a melhora consistente dos resultados e a habilidade dos executivos do banco em focar nos segmentos de maiores margem e rentabilidade, além da manutenção da qualidade de crédito e do controle de custos

42 Relações com Investidores | pág. 42 A apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas, planos de crescimento, projeções de resultados e estratégias futuras sobre o Unibanco, suas subsidiárias e afiliadas. Embora essas referências e declarações reflitam o que os administradores acreditam, as mesmas envolvem imprecisões e riscos difíceis de se prever, podendo, desta forma, haver resultados ou conseqüências diferentes daqueles aqui antecipados e discutidos. Esses riscos e incertezas incluem, mas não são limitados, à nossa habilidade de perceber a dimensão das sinergias projetadas e seus cronogramas; bem como aspectos econômicos, competitivos, governamentais e tecnológicos que possam afetar tanto as operações do Unibanco, quanto o mercado, produtos/preços, e outros fatores detalhados nos documentos do Unibanco arquivados juntamente à CVM – Comissão de Valores Mobiliários, cabendo aos interessados lerem e avaliarem cuidadosamente as expectativas e estimativas aqui contidas. O Unibanco não se responsabiliza em atualizar qualquer estimativa contida nesta apresentação. Relações com Investidores Telefone: Fax: site:


Carregar ppt "Relações com Investidores | pág. 1 Unibanco e Unibanco Holdings, S.A. Apresentação Institucional Março de 2006 Relações com Investidores."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google