A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PAC – Programa de Aceleração do Crescimento A Experiência da SANASA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PAC – Programa de Aceleração do Crescimento A Experiência da SANASA."— Transcrição da apresentação:

1 PAC – Programa de Aceleração do Crescimento A Experiência da SANASA

2 PAC – Programa de Aceleração do Crescimento: Plano do Governo Federal - 28/01/2007 Crescimento da economia brasileira Investimentos em obras de infra estrutura nas áreas de transporte, energia, saneamento, habitação e recursos hídricos. RECURSOS FINANCEIROS: não-onerosos – originários do Orçamento Geral da União(OGU),e onerosos: FGTS e BNDES por exemplo. DISPONIBILIDADE: Estados; Municípios e Administração indireta (recursos onerosos). PAC – A EXPERIÊNCIA DA SANASA

3 O PAC é mais que um programa de expansão do crescimento É um novo conceito de investimento em infra estrutura que, aliado a medidas econômicas, estimula os setores produtivos e, ao mesmo tempo, leva benefícios sociais para todas as regiões do país. O Governo Federal está investindo para o Brasil crescer mais. PAC – A EXPERIÊNCIA DA SANASA

4 PAC 2 Um país que quer ser grande não se limita a cuidar apenas do presente... É preciso planejar o futuro e criar as bases para que o Brasil supere novos desafios e siga crescendo. O PAC 2 chegou com a missão de manter a roda da economia girando: Investindo em obra e ações Diminuindo as desigualdades e Gerando ainda mais qualidade de vida para os brasileiros. PAC – A EXPERIÊNCIA DA SANASA

5 PREMISSAS: PAC 1 e PAC 2: Plano integrado de investimento nas cidades – ações de reurbanização em áreas de risco – habitação, saneamento básico, transporte e educação DIFERENÇAS ENTRE PAC 1 E 2: PAC 1: Permitia cláusula suspensivas para o que não estava concluído e distribuição em etapas. PAC 2 : Os requerentes devem apresentar: Projeto; Área; Licenciamento. Orçamento das obras: 30% Mão de obra 16% materiais e equipamentos – BDI separados PAC – A EXPERIÊNCIA DA SANASA

6 SANASA – Sociedade de Abastecimento de Água e Esgoto S/A: Empresa de economia mista – administração indireta da PMC Responsável pelo Saneamento Básico de Campinas: Água e Esgoto Contemplada com recursos do PAC/OGU para cinco obras de saneamento, sendo duas parte de um Projeto de Reurbanização de uma região de risco no município

7 OBRAS CONTEMPLADAS

8 SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO

9 ETE CAPIVARI I Processo: Reator Anaeróbio de Fluxo Ascendente com manta de Lodo, Câmara Anóxica,MBBR (Moving Bed Biological Reactor), Decantação Secundária e Desinfecção

10 SPE - Sociedade de Propósito Específico OBJETO: Interceptor de Esgoto: metros; Linhas de Recalque: 1.491,50 metros; Estação Elevatória de Esgoto: 6; Vazão da ETE -1ª. Etapa: 86 l/s; Retificação e canalização do córrego Cidade Satélite Íris: metros; Processo da ETE: Reator UASB + filtro biológico aerado submerso + decantador secundário População beneficiada: habitantes Percentual de tratamento: 3,51% Inaugurada em 02/03/09. Recursos Financeiros: R$ 60 milhões Obra executada na modalidade Locação de Ativos. Financiamento CAIXA/FGTS ao tomador SPE. Recursos pagos pela SANASA através de locação, após término da obra, a partir de jul/09 SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO ETE CAPIVARI I (SPE)

11 OBJETO: Coletores; redes domiciliares e ligações de esgoto em área de reurbanização da Região do Viracopos executadas pela SANASA e pela PMC. Essa obra faz parte do CT Repasse nº /2007 – PAC VIRACOPOS. População beneficiada: habitantes Extensão: metros Ligações: unidades Estações Elevatórias de Esgoto: 3 Concluída em JAN/11 Recursos Financeiros: R$ ,29 Recursos Não Reembolsáveis PAC/OGU: R$ ,11 Recursos Contrapartida da SANASA: R$ ,18. SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO OZIEL/ MONTE CRISTO/ GLEBA B

12 ETE NOVA AMÉRICA

13 OBJETO: Redes domiciliares e ligações de esgoto. Essa obra faz parte do CT Repasse nº /2007 – PAC VIRACOPOS que possui obras de reurbanização da Região do Viracopos executadas pela SANASA e pela PMC Execução de uma ETE com processo: Reator UASB + Biofiltro aerado submerso + decantador secundário Estações Elevatórias de Esgoto: 5 População beneficiada: habitantes. Percentual tratamento: 1,10% Extensão: metros de redes Término previsto: Junho/2012 Recursos Financeiros: R$ ,61 Recursos Não Reembolsáveis PAC/OGU: R$ ,77 Recursos Contrapartida da SANASA: R$ ,84 SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO ETE NOVA AMÉRICA – AEROPORTO INTERNACIONAL DE VIRACOPOS

14 2011 Rio Atibaia EPAR Capivari II Tratamento Terciário Ribeirão Quilombo Rio Atibaia SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO

15 EPAR CAPIVARI II Processo: Reatores Biológicos com Membranas Filtrantes, com Remoção de Nitrogênio e Fósforo

16 OBJETO: Sistema de Esgotamento Sanitário e 1ª Etapa da EPAR – 1ª Estação Produtora de Água de Reúso do Brasil. EPAR - 1ª Etapa = 182,5 l/s. População beneficiada: 292 mil habitantes (ano de 2.025) Estações Elevatórias de Esgoto: 3 Interceptores: Ø 200 a1200mm = 9.612m Linha de recalque: Ø500mm = 1.290m, Percentual tratamento: 12,7% Recursos Financeiros: R$ ,31 Recursos Não Reembolsáveis PAC/OGU (nº /2008) = R$ ,60 Recursos contrapartida SANASA = R$ ,71 Término: maio/2011 SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO EPAR CAPIVARI II (LOTE 1)

17 OBJETO: Sistema de Esgotamento Sanitário que engloba coletores, interceptores, uma EEE além da 2ª Etapa da EPAR – 1ª Estação Produtora de Água de Reúso do Brasil EPAR – 2ª Etapa = 182,5 l/s População beneficiada: 292 mil habitantes (ano de 2.025) Estações Elevatórias de Esgoto(construção): 2 Ampliação das EEE 1, 2 e 3 Interceptores: Ø 200 a1200mm = ,21 m Linha de recalque: Ø 700mm = 2.790m Percentual tratamento: 12,7% Recursos Financeiros: R$ ,00 Recursos Não Reembolsáveis PAC/OGU (nº /2011)= R$ ,00 (ainda não assinado) Término: dezembro/2012 SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO EPAR CAPIVARI II (LOTE 2)

18 Projetos Área Licenciamentos Recurso Financeiro Aprovado (Oneroso e Não Oneroso ) Licitação Execução da Obra Operação ETAPAS CONCLUÍDAS PAC

19 Melhoria da Saúde; Ausência de Doenças de Veiculação Hídricas; Preservação do Meio Ambiente; Resgate da Cidadania; Qualidade de Vida; Urbanização; Aumento de Empregos, etc... MISSÃO CUMPRIDA

20 ÍNDICE DE COBERTURA Abastecimento de Água: 98% (100% em 2012) Coleta e Afastamento de Esgoto: 88% (100% em 2012) Capacidade Instalada de Tratamento de Esgoto: 80% (100% em 2012) Referência: 2010

21 E AGORA? E DEPOIS.....

22 Agora o Municipio/ Companhia de Saneamento terá que ter receita para suportar aumento de custo com : Operação Manutenção Mão de Obra/Capacitação Melhoria Contínua Atualização Tecnologica, etc... PAC – A EXPERIÊNCIA DA SANASA

23 PARA GARANTIR A SUSTENTABILIDADE Gestão dos Processos: Atendimento a Legislação Ambiental; Política Tarifária Justa; Controle de Custos; Eliminação de Perdas e Desperdícios; Otimizar Recursos.

24 Lina Cabral Adani Tel: (19) Gerência de Controle de Perdas e Sistemas _________________________________________________________________________________ DIRETORIA EXECUTIVA DA SANASA Diretor Presidente - Lauro Péricles Gonçalves Diretor Técnico – Marco Antônio dos Santos Diretora Administrativo-financeira e de Relações com Investidores - Maria de Fátima B. Tolentino Diretor Comercial - Claudio Quércia Soares _________________________________________________________________________________


Carregar ppt "PAC – Programa de Aceleração do Crescimento A Experiência da SANASA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google