A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Orações Modalizadoras e Autoridade Polifônica Professora Sabine Mendes, Ms. Tópicos Especiais em Análise do Discurso – 2/2011.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Orações Modalizadoras e Autoridade Polifônica Professora Sabine Mendes, Ms. Tópicos Especiais em Análise do Discurso – 2/2011."— Transcrição da apresentação:

1 Orações Modalizadoras e Autoridade Polifônica Professora Sabine Mendes, Ms. Tópicos Especiais em Análise do Discurso – 2/2011

2 Modalizadores Conceito amplo (Koch, 1983) – todos os elementos linguísticos diretamente ligados ao enunciado e que funcionam como indicadores das intenções, sentimentos e atitudes do locutor com relação a seu discurso. Expressões que se apresentam como oracionais (do ponto de vista sintático), são modalizadoras.

3 Orações modalizadoras – comentam o dito. (Eu ordeno que) você saia daqui. (Eu prometo que) irei à sua festa. (Eu declaro que) F. trabalha nesta firma. (Eu pergunto se) todos me entenderam. (Eu aviso que) não compartilharei com essa farsa. - Orações principais? O conteúdo proposicional encontra-se na suposta subordinada. - Prova: podem ser omitidas, aparecerem como orações justapostas, intercaladas ou pospostas. Acessórias (Port-Royal) – funcionam como comentários.

4 Orações modalizadoras - grau de engajamento. (É certo que) Jorge virá. (Tenho certeza de que) Jorge virá. (É evidente, claro, indubitável...) que Pedro está enganado. (É possível, provável...) que o jornalista tenha razão. (Eu acho, penso, imagino,...) que o réu será absolvido. (Fontes autorizadas afirmam) que o dólar subirá novamente esta manhã. - Determinam o grau de engajamento do locutor em relação ao conteúdo veiculado. a) Assume a responsabilidade; b) Não assume totalmente a responsabilidade ou c) Atribui a outrem a responsabilidade.

5 Orações modalizadoras -expressam sentimentos/estados psicológicos do autor. (É bom que) eles tenham gostado da conferência. (É lamentável que) ele seja um delator. (É pena que) o meu time tenha perdido o campeonato. (Desejo que) você seja feliz. (As autoridades financeiras afirmam que) a nossa política econômica é adequada – discurso relatado ou autoridade polifônica.

6 Polifonia Dias atrás, no final da tarde, a Secretaria de Agricultura de Beauvais recebe um telefonema. Na linha, a voz de uma criança que parece assustada. Soluçando, ela expressa com suas palavras a gravidade da situação: Mamãe dodói, mamãe está dormindo em cima. São 18h30 (...) - Le Courrier Picard, 07 de dezembro de 1993 Percebe-se aqui, ao mesmo tempo, um enunciado jornalístico (discurso que cita) e a fala de uma criança assustada (discurso que é citado).

7 Polifonia heterogeneidade enunciativa. A polifonia é um fenômeno também identificado como heterogeneidade enunciativa. POLIFONIA MOSTRADA: POLIFONIA MOSTRADA: citações de outros autores em obras acadêmicas. POLIFONIA CONSTITUTIVA POLIFONIA CONSTITUTIVA: como a influência de dramaturgos clássicos em Shakespeare (que não é mencionada diretamente, mas transparecida).

8 Polifonia argumentativa - Segundo Koch, vai além do discurso relatado (oculto ou não). POLIFONIA É ADESÃO AO DISCURSO DE OUTREM. - Pedro disse que o tempo vai melhorar. Intenção discursiva: quero simplesmente relatar o que Pedro disse e fazer um comentário sobre Pedro ou quero aderir ao que ele disse para propor outra coisa? - Pedro disse que o tempo vai melhorar. Ele é um cara muito otimista. OU - Pedro disse que o tempo vai melhor. Então, poderemos ir à praia.

9 Polifonia argumentativa - Todos os astrônomos afirmam que a Terra é redonda. - Quero respaldar meu argumento ou simplesmente relatar a opinião dos astrônomos?

10 Pressuposição - João já não confia na sua mulher (João confiava em sua mulher/ João atualmente não confia em sua mulher) – VOX POPULI - Lamentamos não poder publicar seu artigo (criação de personagens no interior do discurso que anunciam algo – um lamento – que é somente retórico). - Jorge, que é um grande pilantra, sempre consegue levar a melhor. - Depois que Reinaldo conquistou aquela tua ex- namorada, nunca mais apareceu por aqui.

11 Negação - Ele não é orgulhoso, pelo contrário, é um homem bastante simples. - Ela não é bonita, mas simpática.

12 Futuro do pretérito - A esquadra britânica possuiria armas nucleares (não sou eu quem o digo).

13 Parece que - Parece que o custo de vida subirá menos no próximo ano.

14 Utilização de certos operadores argumentativos - Condicionais: - Se aquilo é uma obra de arte, então eu sou uma estrela de cinema.

15 Argumentos de prestígio Argumento de autoridade (infalibilidade da autoridade convocada). Ditatorial Facilmente questionável. Indica que o pressuposto está sob ataque.

16 Autoridade polifônica Não se apresenta como autoritário. Não pode ser contestado – funciona como mostração, representação dramática. O governo argentino estaria disposto a negociar com os ingleses; portanto, há esperanças de que a guerra termine em breve. - Permite ao leitor não se portar de modo ditatorial. - Prever argumentos possível do adversário e reconhecer- lhes certa validade, incorporando-os a seu discurso. - Aduzir argumentos decisivos em sentido contrário, fazendo oscilar a balança para seu lado.

17 Resumo – índices de polifonia. ÍNDICES DE POLIFONIA: formas lingüísticas que funcionam como índices, no texto, da presença de outra voz, com a qual o locutor se identifica ou não. a) ao contrário, pelo contrário: Ex: Roberto não é um traidor. Pelo contrário, tem-se mostrado um bom amigo. b) Operadores do grupo do MAS e do EMBORA c) Operadores conclusivos: Ex: Carlos é dorminhoco. Não pode, portanto, vencer na vida. (Quem cedo madruga, Deus ajuda.) d) Os marcadores de pressuposição: Mariana continua linda. e) O uso do futuro do pretérito como metáfora temporal (o locutor não se responsabiliza pelo que é dito, atribuindo-o a outrem): Ex: O técnico do Corinthians estaria disposto a se demitir. (=ouvi dizer) f) O uso de aspas (como modo de manter distância do que se diz, colocando-o na boca de outros). g) A intertextualidade, o discurso indireto livre, a ironia etc.

18

19

20 Lunardelli, 2009 – análise da conversa entre uma coordenadora e uma professor de curso de pós

21


Carregar ppt "Orações Modalizadoras e Autoridade Polifônica Professora Sabine Mendes, Ms. Tópicos Especiais em Análise do Discurso – 2/2011."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google