A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Aula 10

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Aula 10"— Transcrição da apresentação:

1 CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Aula 10
25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 1 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

2 Agenda Diagramas de Classe Bibliografia
25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

3 Diagramas de Classes Um dos mais importantes e mais usados diagramas da UML. Principal caracteristica é demonstrar as classes que comporão o sistema com atributos, métodos e comunicação entre classes. UP recomenda o uso na fase de Analise para criação do modelo conceitual a respeito das informaçõe necessarias ao software. (Apenas informação, atributos e associações. Os métodos serão agregados no modelo de domínio na fase de projeto). 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 3 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com 3

4 Diagramas de Classes Atributos Metodos
As classes tem atributos para armazenar as informações dos objetos da classe. Metodos Tambem chamados de operações, que são funções que uma instancia de classe pode executar. Podem receber e enviar paramêtros e valores como funções. Não é obrigatorio que a classe mostre as três divisões, Pode haver classes sem metodos ou sem atributos ou ainda não precisem ser apresentados. Desenhar e explicar o layout de uma classe, Exemplificar metodo abrir conta recebendo parametro int numero da conta e encerrar conta int retornando o sucesso ou nao do encerramento, padrao 1 sucesso 2 falha. 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 4 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com 4

5 Diagramas de Classes Metodos podem ser apresentados sem detalhamento de quais argumentos (paramêtros) deveriam receber, isso é opcional para evitar que em diagramas com muitas classes fique dificil, extenso e de dificil visualização, esse detalhamento pode ser feito a parte em outro diagrama. Desenhar e explicar o layout de uma classe Classes representam uma categoria, Objetos sao os membros ou exemplos desta categoria 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 5 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com 5

6 Diagramas de Classes Os simbolos “#” , “+” e “-” na frente dos atributos e metodos representam a visibilidade dos mesmos, determinando que objetos de quais classes podem usar o atributo ou metodo. - - Visibilidade privada, determina somente objetos da classes detentora do atributo ou metodo poderão enxerga-lo ou utiliza-lo. # - Visibilidade protegida, determina que alem dos objetos da classe detentora do atributo ou método, tambem os objetos de suas subclasses poderão ter acesso. + - Visibilidade pública, determina que o atributo ou método pode ser utlizado por qualquer objeto. Desenhar e explicar o layout de uma classe Classes representam uma categoria, Objetos sao os membros ou exemplos desta categoria 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 6 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com 6

7 Diagramas de Classes Relacionamentos ou Associações
Unária ou reflexiva Binária Ternária ou N-ária Agregação Composição Generalização/Especialização Desenhar e explicar o layout de uma classe Classes representam uma categoria, Objetos sao os membros ou exemplos desta categoria 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 7 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com 7

8 Diagramas de Classes Relacionamentos ou Associações
Unária ou reflexiva Ocorre Quando existe um relacionamento de um objeto de uma classe com objetos da mesma classe Linha saindo da própria classe e retorna a mesma classe. Multiplicidade indica numero mínimo e máximo em cada extremidade da relação : 0..*; 0 = numero mínimo; *= numero máximo Default = 1..1 Essa relação ocorre por que funcionário pode ser chefe e por sua vez é um funcionário, logo associação “chefia” indica relação com nenhuma ou mais instancias da mesma classe 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 8 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com 8

9 Diagramas de Classes Relacionamentos ou Associações
Tabela de Multiplicidade 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 9 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com 9

10 Diagramas de Classes Relacionamentos ou Associações
Definição de Papeis – Informações extras na associação para explicar a função de um objeto, ex.: Objeto com multiplicidade 0 é chefe, objeto com multiplicidade muitos é subordinado. Leitura :Um funcionário pode ter um e apenas um chefe e um funcionário pode ou não chefiar outros funcionários. 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 10 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com 10

11 Diagramas de Classes Relacionamentos ou Associações
Associação Binária – Ocorrem quando são identificados relacionamento entre objetos de duas classes distintas, mais comumente encontrada. Classe Sócio pode ou não se relacionar com classe Dependente enquanto classe Dependente sempre terá de se relacionar com Classe Sócio 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 11 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com 11

12 Diagramas de Classes Relacionamentos ou Associações
Navegabilidade – Representada por seta em uma das extremidades identifica o sentido em que as informações são transmitidas entre objetos Não é obrigatória, omissão indica trafego de informações entre todos objetos da classes da associação Socio podera disparar metodos em Dependentes, o contrario não 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 12 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com 12

13 Diagramas de Classes Relacionamentos ou Associações
Associação ternária ou N-ária – Conectam objetos de duas ou mais classes, representadas por um losango para onde convergem todas as ligações da associação. Leitura : Um professor leciona para no mínimo uma turma e no Maximo muitas, uma turma tem no mínimo um professor e na Maximo muitos, um professor para lecionar usa uma ou muitas salas. 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 13 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com 13

14 Diagramas de Classes Relacionamentos ou Associações
Agregação – tipo especial de associação onde tenta-se demosntrar que as informações de um objeto (objeto-todo) precisam ser completadas por informações em um ou mais objetos de outra classe (objetos-parte) Difere de agregação no uso do losango na extremidade da classe que contem os objetos-todo 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 14 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com 14

15 Diagramas de Classes Relacionamentos ou Associações
Composição – Variação de agregação, apresenta vincula mais forte entre objetos-todo e objetos-parte, procura demonstrar que objetos-parte tem de estar associados a um único objeto-todo. Difere-se da agregação por usar um losango preenchido. 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 15 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com 15

16 Diagramas de Classes Relacionamentos ou Associações
Generalização / Especialização – Tipo especial de relacionamento, parecido a associação usada em caso de uso, representado por herança entre classes, identificando classes-mãe (superclasses) e classes-filhas (subclasses). Chamada de especializadas, demonstram hierarquia entre classes. Como no Caso de Uso, classes semelhantes reaproveitam atributos e metodos identicos. Metodos podem ser redeclarados em classes especializada com mesmo nome mas comportamento diferente. 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 16 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com 16

17 Diagramas de Classes Relacionamentos ou Associações
Generalização / Especialização – Continuação. 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 17 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com 17

18 Diagramas de Classes Classe Associativa Dependência Realização Portas
Interfaces Fornecidas Requeridas Restrições Desenhar e explicar o layout de uma classe Classes representam uma categoria, Objetos sao os membros ou exemplos desta categoria 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 18 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com 18

19 Diagramas de Classes Classe associativa – Produzida quando ocorrem associações que tenham multiplicidade muitos(*) em todas as suas extremidades. Necessárias quando existem atributos relacionados a associação que não podem ser armazenados pelas classes envolvidas. No exemplo, a necessidade de saber o papel em que o ator atua e a multiplicidade nas extremidades, não permite armazenar a informação (papel) nas classes. 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 19 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com 19

20 Diagramas de Classes Dependência – Identifica o grau de dependencia de uma classses em relação a outra por linha tracejada, seta aponta classes da qual a classe da outra extremidade do relacionamento depende. Realização – Mistura generalização e dependencia, usada para identificar classes responsáveis por executar funções em outras classes, herda o comportamento de outras classes mas não a estrutura. Pode ser comparada a palavra IMPLEMENTS do java, implementará os métodos definidos em outras classes (comportamento) Desenhar e explicar o layout de uma classe Classes representam uma categoria, Objetos sao os membros ou exemplos desta categoria 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 20 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com 20

21 Diagramas de Classes Portas – Caracteristica estrutural de um classificador que especifica uma interação distinta entre o classificados e seu ambiente ou entre o classificador e suas partes internas Desenhar e explicar o layout de uma classe Classes representam uma categoria, Objetos sao os membros ou exemplos desta categoria 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 21 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com 21

22 Diagramas de Classes Interfaces – Meio para definir serviços disponiveis de classes especificas, pode ser dois tipos : Fornecidas – Descreve o serviço implementado por uma classe, representada por circulo fechado, é necessário definir porta de comunicação entre interface e classe Desenhar e explicar o layout de uma classe Classes representam uma categoria, Objetos sao os membros ou exemplos desta categoria 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 22 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com 22

23 Diagramas de Classes Interfaces – continuação
Requeridas – Descreve o serviço que outras classes devem fornecer a uma determinada classe, representada por semicírculo fechado, é necessário definir porta de comunicação entre interface e classe Desenhar e explicar o layout de uma classe Classes representam uma categoria, Objetos sao os membros ou exemplos desta categoria 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 23 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com 23

24 Bibliografia BIBLIOGRAFIA BÁSICA 1 GUEDES, Gilleanes T.A. UML 2: Uma Abordagem Prática. 1ª Edição. São Paulo: Novatec, 2009. 2 WAZLAWICK, Raul Sidnei. Análise e Projeto de Sistemas de Informação Orientados a Objetos. 2ª Edição. Rio de Janeiro: Campus, 2010. 3 WEST, David; MCLAUGHLIN, Brett; POLLICE, Gary. Use a cabeça Análise & Projeto Orientado ao Objeto. 1ª Edição. Rio de Janeiro: Alta Books, 2007. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR 4 ARAUJO, Ricardo; LIMA, Cardoso André. UML Aplicada: Da teoria à implementação. 1ª Edição. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, 2007. 5 BOOCH, Grady; RUMBAUGH, James;, JACOBSON, Ivar. UML: Guia do Usuário. 1ª Edição. Rio de Janeiro: Campus, 2006. 6 LARMAN, Craig. Utilizando UML e padrões: Uma introdução à análise e projeto orientados a objetos e ao desenvolvimento iterativo. 3ª Edição. Porto Alegre: Bookman, 2007. 7 PAULA FILHO, Wilson de Pádua. Engenharia de Software: Fundamentos, métodos e padrões. 3ª Edição. Rio de Janeiro: LTC, 2009. 8 SILVA, Nelson Peres da. Análise e Estruturas de Sistemas de Informação. 1ª Edição. São Paulo: Érica, 2007. Bibliografia Basica – GUEDES (1) é o principal 02/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 24 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com


Carregar ppt "CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Aula 10"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google