A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Aula 12

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Aula 12"— Transcrição da apresentação:

1 CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Aula 12
25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 1 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

2 Diagramas de Classe – Conclusão Esterótipo
Agenda Diagramas de Classe – Conclusão Esterótipo Enumeration Persistencia e Mapeamento de Classes em Tabelas Table Associações de chave estrangeira Bibliografia 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

3 Diagramas de Classe – Conclusão
Esterótipo Enumeration Representa um tipo de dados cujos valores são enumerados no modelo como litereais de enumeração. Basicamente esta classe lista todos os valores validos que um tipo de dados pode assumir. 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

4 Diagramas de Classe – Conclusão
Persistencia e Mapeamento de Classes em Tabelas Existem diversos frameworks de persistência que se responsabilizam por persistir os objetos das classes, entre eles estão o Hibernate, Torque ou Castor. 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

5 Diagramas de Classe – Conclusão
Esterótipo Table Nos casos mais simples, uma classe persistnte será representada por uma tabela, onde sera necessário definir uma chave primária para a tabela em questão, podendo criar um atributo exclusivamente para isso ou usar um já existente Tabela representada por classes contendo Esterótipo gráfico Chave primária Classe 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

6 Diagramas de Classe – Conclusão
Esterótipo Table - Continuação O perfil de modelagem de dados UML repsenta uma tabela como uma classe esterotipada, ou seja, com esterótipo <<table>> Colunas são identicas aos atributos da classe socio, acrescentando-se a coluna cod_socio do tipo long para servir de chave primária, demonstrado pelo texto PK (Primary Key), necessaria pois nenhum dos outros atributos poderia assumir essa função. 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

7 Diagramas de Classe – Conclusão
Associações de chave estrangeira Embora incomun, em uma associação de 1 para 1, pode denotar erro de modelagem, demonstrando que uma das classes envolvidas na associação poderia ter seus atributos transferidos para a outra classe da assoiação. Associação unária conjuge, multiplicidade 1, objeto da classe Interpreta marido e esta associado a Outro objeto da mesma classe que Interpreta esposa. Leitura da Associação: Um Marido é conjuge de uma e somente uma Esposa, e uma esposa é conjuge de um e somente um marido 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

8 Diagramas de Classe – Conclusão
Com base no Material de apoio descreva e explique as seguintes associações: Um para Muitos Muitos para Muitos Ternárias Herança 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

9 Bibliografia BIBLIOGRAFIA BÁSICA 1 GUEDES, Gilleanes T.A. UML 2: Uma Abordagem Prática. 1ª Edição. São Paulo: Novatec, 2009. 2 WAZLAWICK, Raul Sidnei. Análise e Projeto de Sistemas de Informação Orientados a Objetos. 2ª Edição. Rio de Janeiro: Campus, 2010. 3 WEST, David; MCLAUGHLIN, Brett; POLLICE, Gary. Use a cabeça Análise & Projeto Orientado ao Objeto. 1ª Edição. Rio de Janeiro: Alta Books, 2007. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR 4 ARAUJO, Ricardo; LIMA, Cardoso André. UML Aplicada: Da teoria à implementação. 1ª Edição. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, 2007. 5 BOOCH, Grady; RUMBAUGH, James;, JACOBSON, Ivar. UML: Guia do Usuário. 1ª Edição. Rio de Janeiro: Campus, 2006. 6 LARMAN, Craig. Utilizando UML e padrões: Uma introdução à análise e projeto orientados a objetos e ao desenvolvimento iterativo. 3ª Edição. Porto Alegre: Bookman, 2007. 7 PAULA FILHO, Wilson de Pádua. Engenharia de Software: Fundamentos, métodos e padrões. 3ª Edição. Rio de Janeiro: LTC, 2009. 8 SILVA, Nelson Peres da. Análise e Estruturas de Sistemas de Informação. 1ª Edição. São Paulo: Érica, 2007. Bibliografia Basica – GUEDES (1) é o principal 02/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/03/2017 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 9 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com


Carregar ppt "CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Aula 12"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google