A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

P ROJETOS ELÉTRICOS Leonardo. SIMBOLOGIA A simbologia é uma linguagem utilizada pelos profissionais para ser compreensível e clara a interpretação do.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "P ROJETOS ELÉTRICOS Leonardo. SIMBOLOGIA A simbologia é uma linguagem utilizada pelos profissionais para ser compreensível e clara a interpretação do."— Transcrição da apresentação:

1 P ROJETOS ELÉTRICOS Leonardo

2 SIMBOLOGIA A simbologia é uma linguagem utilizada pelos profissionais para ser compreensível e clara a interpretação do projeto para evitar erros futuros. A NBR5444:1989 estabelece a simbologia utilizada nos projetos elétricos

3 PROJETOS ELÉTRICOS

4

5

6

7

8

9 A IMPORTÂNCIA DO DIMENSIONAMENTO ELÉTRICO vídeo

10 PLANTA BAIXA É a representação gráfica do terreno mostrando a disposição dos cômodos (sala, quarto, banheiro, cozinha,...) indicando a posição deles na organização com as medidas de cada cômodo

11 PROJETO ELÉTRICO É a distribuição elétrica na planta baixa com a designação dos condutores (bitolas), posicionamento das lâmpadas, tomadas, interruptores, caixas de distribuição e Quadros de energia. Também onde ficam os disjuntores de proteção do sistema elétrico e todas as informações necessárias para execução da elétrica

12 CONVERSÃO DE MEDIDAS EM PROJETOS É necessário saber a conversão dos diâmetros dos eletrodutos e conduítes para utilizarmos o SISTEMA MÉTRICO DECIMAL de acordo com as normas técnicas adotadas

13 CONVERSÃO DE MEDIDAS 1.Deve-se Conhecer as medidas do terreno e da casa; 2.E fazer a conversão das medidas para o papel utilizando o escalímetro na escala apropriada

14 Escala 1:50 Essa é a escala mais usada e preferida por quase todos os Engenheiros, Arquitetos e Projetistas, pois proporciona um projeto desenhado no tamanho ideal para leitura e interpretação, levando-se em conta o tamanho do papel. Nela, cada metro de parede no sentido horizontal, equivale a dois centímetros no desenho do projeto.

15 DE ONDE VEM OS FIOS NEUTRO, FASE E TERRA? A voltagem obtida por um transformador de rua é transferido por meio de três fios; Um deles (neutro) sai do ponto central do secundário do transformador que está ligado a terra; Os outros dois são chamados fios fase e saem dos pontos extremos do secundário do transformador Entre cada fase e o neutro existe uma tensão de 127V, entre duas fases há uma tensão de 220V

16 FIO NEUTRO, FASE E TERRA Numa residência é possível instalar uma tomada 127V e 220V? Em algumas instalações elétricas a residência é ligada ao transformador apenas por uma das fases e o neutro

17 PERGUNTA No padrão de energia da entrada de uma residência existe uma haste de terra galvanizada para proteção do mesmo. Posso usar o aterramento desta haste para levar para os chuveiros e as tomadas ou devo fazer um novo aterramento separado?

18 RESPOSTA A haste de aterramento que existe junto à caixa do medidor não serve para aterrar nenhum equipamento dentro de sua residência. Repare que o cabo que está conectado a esta haste vai diretamente ligado ao fio neutro na entrada de energia do medidor, servindo apenas para o aterramento do medidor Se você utilizá-lo para aterrar seus aparelhos elétricos, você estará conectando-os ao neutro da rede, o que não vai funcionar como aterramento interno de sua casa. Você deve instalar uma nova haste de aterramento no local mais úmido de seu terreno, e instalar um cabo condutor novo, direcionando-o para as tomadas e equipamentos internos de sua residência. Assim você estará protegendo-os de qualquer fuga de corrente que possa acontecer. vídeo

19 ESQUEMAS ELÉTRICOS TIPOS Multifilar Unifilar Funcional. Exemplos

20 PROJETOS ELÉTRICOS Etapas de Projetos Elétricos e Considerações Um projeto deve ser iniciado com avaliação do que pretende alcançar em termos de instalação elétrica. Desta forma, tornar-se necessário ter as informações básica da extensão do projeto a ser executado, para evitar erros futuros. Se as informações obtidas são insuficientes para se ter uma visão clara dos objetivos a serem alcançados, é necessário um anteprojeto para ser discutido com o solicitante e, a partir daí se definir os rumos a serem tomados. vídeo

21 PROJETOS ELÉTRICOS 1- Etapas de Projetos Elétricos e Considerações Para unidades residenciais, onde não se tem a especificação de cargas, é necessário adotar um procedimento de ESTIMATIVA DE CARGAS A NBR 5410 estabelece um procedimento de estimativa de cargas

22 PROJETOS ELÉTRICOS A partir da planta de arquitetura Avalia-se as diversas unidades em função das dimensões projetadas

23 PROJETOS ELÉTRICOS

24 ESTIMATIVA DE ILUMINAÇÃO Considera-se a área ( em m²) individual de cada unidade da edificação Ex. Sala com 3,25 x 3,05m 9,91 m² 9,91 100VA para 6m² (não considera 60VA, sobra menor que 4,0m²) 9,91 – 6,0 = 3,91m² < 4,0m²

25 E XERCÍCIOS Defina a potência (VA) de cada um dos ambientes abaixo de acordo com a NBR5410: a) Sala – 3,25 x 3,05 b) Copa – 3,10 x 3,05 c) Cozinha – 3,75 x 3,05 d) Dormitório 1 – 3,25 x 3,40 e) Dormitório 2 – 3,15 x 3,40 f) Banho – 1,90 x 2,30 g) Área de serviço – 1,75 x 3,40 h) Hall – 1,80 x 1,00

26 PROJETOS ELÉTRICOS

27 ESTIMATIVA DE TOMADAS DE USO GERAL - TUGs Considera-se o perímetro (em m) individual de cada unidade da edificação

28 PROJETOS ELÉTRICOS Ex. Cozinha com 3,75 x 3,05m 11,43 m² de área e 13,60m de perímetro 13,60/3,8 = 3,88 = 4 tomadas

29 PROJETOS ELÉTRICOS

30 A estimativa serve de apoio para se obter carga elétrica mínima a ser alimentada pelo projeto elétrico Para as cargas específicas, na qual se conhece a potência do equipamento a ser alimentado temos: TUE – Tomada de Uso Específico Considerar a potência do equipamento fornecido pelo fabricante ou valor médio tabelado Ex. Chuveiro elétrico de 5600W em 220V

31 ESTIMATIVA DE CARGAS

32 PROJETOS ELÉTRICOS Uma vez realizada a estimativa de cargas, temos o início da confecção do projeto elétrico (residencial)

33 PROJETOS ELÉTRICOS SIMBOLOGIA É necessário adotar uma simbologia - A simbologia pode ser adotada a partir de uma estrutura existente ou adotando-se uma simbologia própria do projetista Obs Obs. a simbologia adotada deve estar identificada no projeto

34 PROJETOS ELÉTRICOS Com uso da simbologia, e com uso do Auto CAD, plota-se (desenha) na prancha de desenho as cargas elétricas: Iluminação e TUG´s da estimativa de cargas TUE´s a serem alimentadas Efetiva-se a lançamento dos eletrodutos que permitirão a passagem de fiação ou seja, a alimentação das carga elétricas

35 PROJETOS ELÉTRICOS A NBR estabelece as seguintes seções mínimas de condutores de acordo com o tipo de circuito Deve-se separar os circuitos de iluminação dos circuitos de força (tomadas). Nota: A Norma estabeleceu que a parir de 2010 todas tomadas deverão apresentar ponto de aterramento acessível

36 PROJETOS ELÉTRICOS O lançamento da fiação deve adotar padrões conhecidos de instalações, seguir simbologia adotada e seguir separação de circuitos independentes.

37 TABELA DE POTÊNCIA

38 CONCLUSÃO Os circuitos terminais devem ser individualizados em função dos equipamentos de utilização que alimentam. Em particular devem ser separados os circuitos terminais para iluminação e para tomada ; A carga de iluminação é determinada em função da área do cômodo da residência; Devem ser previstos circuitos independentes para equipamentos com corrente nominal superior a 10A. E também circuitos exclusivos para cada TUE (tomada de uso específico) Nos circuitos de pontos de tomadas de cozinha, copas, copas- cozinhas, Área de Serviço, lavanderias e locais análogos, as potências dos circuitos podem ser conforme determina a norma.

39 P ROJETOS E LÉTRICOS Em geral o limite pode chegar a 2.100VA que corresponde até seis pontos de tomadas: 600VA + 600VA + 600VA + 100VA + 100VA + 100VA; Se forem previstos sete pontos de tomadas, a potência será de 600VA + 600VA + 100VA + 100VA + 100VA + 100VA + 100VA = 1700VA; Nas instalações alimentadas com duas ou três fases, as cargas devem ser distribuídas entre as fases de modo a obter-se o maior equilíbrio possível.


Carregar ppt "P ROJETOS ELÉTRICOS Leonardo. SIMBOLOGIA A simbologia é uma linguagem utilizada pelos profissionais para ser compreensível e clara a interpretação do."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google