A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ROTEADORES Roteamento IP. ROTEADORES Roteamento é o processo de encaminhamento de pacotes entre conexões de rede. O roteamento faz parte do Protocolo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ROTEADORES Roteamento IP. ROTEADORES Roteamento é o processo de encaminhamento de pacotes entre conexões de rede. O roteamento faz parte do Protocolo."— Transcrição da apresentação:

1 ROTEADORES Roteamento IP

2 ROTEADORES Roteamento é o processo de encaminhamento de pacotes entre conexões de rede. O roteamento faz parte do Protocolo de Internet (IP) e é utilizado em combinação com outros serviços de protocolo de rede para fornecer capacidades de encaminhamento entre hosts que estão localizados em segmentos de rede separados dentro de uma rede baseada no Protocolo (TCP/IP). Roteamento IP

3 ROTEADORES Os roteadores fornecem : Um meio primário de unir dois ou mais segmentos de rede IP fisicamente separados. Encaminhamento de pacotes para outros hosts TCP/IP. Deve ser capaz de encaminhar a comunicação baseada em IP entre redes para outros hosts de rede IP. Roteamento IP

4 ROTEADORES PROTOCOLO DE ROTEAMENTO RIP O funcionamento do protocolo RIP, consiste na divulgação de rotas de cada roteador para seus vizinhos (situados na mesma rede). O RIP utiliza três tipos de temporizadores : Temporizador route update (atualização de rotas): Define o intervalo entre as atualizações periódicas no roteamento, em que o roteador envia uma cópia completa de sua tabela de roteamento para todos os vizinhos.

5 ROTEADORES Temporizador route invalid (rota inválida): Determina o tempo que deverá se passar antes que um roteador determine que uma rota se tornou inválida. Ele chegará a esta conclusão se não tiver escutado qualquer atualização sobre determinada rota por esse período. Temporizador route flush (remoção efetiva da rota): Define o tempo entre uma rota tornar-se inválida e efetivamente ocorrer a sua remoção da tabela de rotas. Antes de ser removida da tabela, o roteador notifica seus vizinhos quanto ao problema iminente desta rota. PROTOCOLO DE ROTEAMENTO RIP

6 ROTEADORES Cada roteador divulga sua tabela de rotas através de um broadcast na rede. Os demais roteadores situados na mesma rede recebem a divulgação e verificam se possuem todas as rotas divulgadas, com pelo menos o mesmo custo (custo é a quantidade de roteadores até o destino). Se não possuírem rota para determinada rede divulgada, incluem mais uma entrada na sua tabela de rotas e colocam o roteador que a divulgou como o gateway para aquela rede. PROTOCOLO DE ROTEAMENTO RIP

7 ROTEADORES PROTOCOLO DE ROTEAMENTO RIP

8 ROTEADORES O OSPF é um protocolo baseado no conceito de mapas distribuídos: todos os nós da rede possuem uma cópia do mapa da rede, que é regularmente atualizado. Assim, os nós são capazes de computar a rota localmente, e como todos possuem o mesmo mapa, as rotas são coerentes em todos os nós, evitando loops. Sistema Autônomo dividido em diversas áreas PROTOCOLO DE ROTEAMENTO OSPF

9 ROTEADORES A especificação do protocolo OSPF é aberta, ou seja, de domínio público. Daí vem o "O" (Open) de OSPF. O "SPF" (Shortest Path First). OSPF um protocolo de roteamento interno cuja especificação é aberta e que utiliza o algoritmo de menor caminho. PROTOCOLO DE ROTEAMENTO OSPF

10 ROTEADORES Suporte a diversas métricas: no RIP, a única métrica permitida é o número de saltos. O OSPF permite o uso de diversas métricas, como por exemplo, delay, throughput, e reliability. Algoritmo dinâmico: o OSPF se adapta rápida e automaticamente a alterações na topologia da rede. PROTOCOLO DE ROTEAMENTO OSPF Características do OSPF:

11 ROTEADORES PROTOCOLO DE ROTEAMENTO OSPF Roteamento baseado no Tipo de Serviço: o OSPF pode usar o campo Type of Service para indicar ao protocolo qual métrica utilizar para o roteamento. Balanceamento de carga: o OSPF permite a divisão da carga entre o primeiro melhor caminho e o segundo melhor caminho. É comprovado que a divisão do tráfego melhora a eficiência do roteamento.

12 ROTEADORES Compatibilidade com sistemas hierárquicos: O OSPF permite que o roteador não seja obrigado a conhecer toda a topologia da rede. O roteador só precisa conhecer a topologia da "área" a que ele pertence. Segurança: O OSPF possui um esquema de autenticações para garantir que apenas roteadores confiáveis propaguem informações. PROTOCOLO DE ROTEAMENTO OSPF

13 ROTEADORES Principais comandos dos roteadores Cisco Os equipamentos cisco possuem duas sessões de execução. - Execução modo usuário - Execução modo privilegiado

14 ROTEADORES Associar nomes de host a endereços IP através do comando IP HOST. Comandos Principais: Router> enableMuda do modo usuário para o modo privilegiado(S/R) Principais comandos dos roteadores Cisco

15 ROTEADORES Router# disable Muda do modo privilegiado para o modo usuário (S/R) Router# show startup-configExibe o arquivo de configuração salvo na NVRAM (S/R) Router#show versionExibe a versão do IOS, origem e nome do arquivo IOS (S/R) Router#show flash Exibe a quantidade de memória flash (S/R) Principais comandos dos roteadores Cisco

16 ROTEADORES Router# copy (S/R) Router# copy running-config startup-config Copia o arquivo de configuração ativo RAM para a NVRAM(S/R) Router# copy startup-config running-config Copia o arquivo de configuração de backup para a RAM(S/R) Principais comandos dos roteadores Cisco

17 ROTEADORES Principais comandos dos roteadores Cisco Router#copy running-config tftp Copia o arquivo de configuração ativo RAM para um servidor TFTP (S/R) Router#copy tftp running-config Copia de um servidor TFTP para a RAM(S/R) Router#erase startup-config Apaga o arquivo de configuração de backup da NVRAM (S/R)

18 ROTEADORES Router#reloadReinicializa (S/R) Router#setupEntra no modo de SETUP perguntas para sair tecle CTRL + C (S/R) Router#configure terminal Entra no modo de configuração global(S/R) Router#hostname (nome do host) Define o nome do host(S/R) Principais comandos dos roteadores Cisco

19 ROTEADORES Router>ping Testa a conectividade ate um determinado host (S/R) Router>traceroute Testa as etapas do caminho ate um host (S/R) Router>telnet Acesso remoto a um host. (S/R) Principais comandos dos roteadores Cisco

20 ROTEADORES Router# show ip route Exibe a tabela de roteamento(R) Router# show interfaces Exibe parametros e estatisticas das interfaces (S/R) A sigla (S/R) significa que este comando pode ser utilizado tanto no switch cisco como no roteador A sigla (R) significa que este comando pode ser utilizado apenas no roteador Principais comandos dos roteadores Cisco

21 ROTEADORES Router> enable Router#configure terminal Router(config)#interface fastethernet 0/0 Router(config-if)#no shutdown para levantar a interface Router(config-if)#exit Principais comandos dos roteadores Cisco Para criar Trunk no Roteador

22 ROTEADORES Router(config)#interface fastEthernet 0/0.1 para criação de interface virtual 0.1 Router(config-subif)#encapsulation dot1Q 222 onde 222 é o número da Vlan Router(config-subif)#ip address ip máscara Router(config-subif)#no shutdown Router(config-subif)#exit Principais comandos dos roteadores Cisco


Carregar ppt "ROTEADORES Roteamento IP. ROTEADORES Roteamento é o processo de encaminhamento de pacotes entre conexões de rede. O roteamento faz parte do Protocolo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google