A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Paulo exortou-os a não receberem a graça de Cristo em vão...(II Cor 6:1-3).

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Paulo exortou-os a não receberem a graça de Cristo em vão...(II Cor 6:1-3)."— Transcrição da apresentação:

1 Paulo exortou-os a não receberem a graça de Cristo em vão...(II Cor 6:1-3).

2 Meus amados irmãos! Então o que seria receber a graça de Deus em vão? Todos os dias o Senhor nos cumula de graças, bênçãos, milagres, curas, mas nem sempre tomamos posse daquilo que Ele nos dar gratuitamente.

3 Em meu entendimento pequeno, receber a graça de Deus em vão é simplesmente dela não tomar posse. Mas então, quando e de que forma deixo de tomar posse daquilo que o Senhor me dá, se digo, com minhas próprias palavras, que aceito e preciso de suas graças, bênçãos, milagres e curas?

4 É quando de repente percebo que, embora o Senhor me tenha dado, não sinto em mim nenhuma mudança. Talvez seja um pouquinho difícil de entender, mas tentarei explicar melhor.

5 Quando o Senhor nos proporciona tais coisas maravilhosas, Ele está simplesmente cumprindo o que prometeu, pois Ele é fiel e não pode desdizer-se. Mas o Senhor só realiza em nossas vidas aquilo que para nós é impossível, pois o possível Ele espera que façamos.

6 É exatamente em fazer a nossa parte, onde deixamos de tomar posse da graça que nos é dada, acabando por nos enquadrarmos entre os que recebem a graça de Deus em vão, pois deixamos de fazer a parte que nos cabe, que na verdade, é sempre a parte mais fácil, pois a mais difícil o Senhor faz por nós.

7 Como por exemplo, uma pessoa que recebeu de Deus a graça do Batismo no Espírito Santo, ela sente, ela experimenta na alma tal graça, mas não toma posse dela e ela acaba escapando.

8 Por que o tomar posse constitui- se em, a partir dali, viver atos de uma pessoa batizada no Espírito, é mudança de atitudes, pensamentos, comportamentos, e isso, meus amados, não depende de Deus, mas da pessoa que recebeu de Deus o batismo.

9 Mas aí está a parte que achamos difícil, quando exige de nós vivermos segundo o Espírito e não segundo a carne, e acabamos nos rendendo a esta, que nos priva da graça já recebida por Deus.

10 Um outro exemplo: é o fato de Cristo ter morrido numa cruz para nos remir do pecado, salvar nossas almas. A salvação é para todos. Mas será que todos se salvarão? A salvação nesse caso, será alcançada por aqueles que dela tomar posse.

11 Mas isso é o que deixa muitos privados da salvação eterna, pois tomar posse implica em fazer minha parte para preservá-la até o fim, é fugir do pecado, é converter-se interiormente, e isso é uma luta constante, diária, que nem todos vencem, muitos se perdem pelo caminho, tornando assim, em vão o sacrifício de Cristo por sua morte de cruz. É receber a graça de Deus em vão. São apensas exemplos.

12 Por que é tão difícil fazermos a parte que nos cabe? Nós temos, meus queridos, digo, infelizmente, o pensamento pequeno de achar que Deus tem obrigação de fazer tudo por nós, de nos entregar tudo prontinho, que não precisamos nos esforçar para ganharmos algo de Deus. Prepotência!

13 Temos que, no mínimo, sermos merecedores da graça que nos é dada. Tomar posse da graça de Deus exige de nós coragem. Coragem de deixar que Deus conduza nossas vidas, nossos caminhos. Meus amados, não é fácil, mas posso testemunhar que vale a pena.

14 Eu tomo posso da graça de Deus, tomo posso da cura, Senhor, tomo posso da bênção de hoje. (Eros Biondine). Escrito por: Rosielda Marreiros Silva Comunidade São José Codó-MA.


Carregar ppt "Paulo exortou-os a não receberem a graça de Cristo em vão...(II Cor 6:1-3)."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google